Como Funciona o Roma Pass?

Veja neste post algumas informações sobre o passe turístico de Roma. O que é? Como usar? Valeu a pena? Onde comprar? Confira.

Roma Pass

Roma Pass

O Roma Pass (que desde 2016 se chama Roma Pass 72 horas) é o passe turístico que dá direito à entrada imediata em algumas atrações e uso ilimitado do transporte público por 3 dias.

Muitas pessoas que pretendem visitar Roma tem dúvidas de como funciona e se vale mesmo a pena adquirir o passe.

Este post trará algumas informações para que você possa avaliar o que será melhor para o seu caso. O que é? Como adquiri-lo? Como usar? Valeu a pena?

Vamos às respostas...

Leia também:

Dicas de Sobrevivência Para Quem Vai à Itália

Roteiro de 18 dias pela Itália

O que é o Roma Pass 72 horas?

O Roma Pass Propriamente Dito

O Roma Pass Propriamente Dito

É um cartão válido por 3 dias, que dá direito a:

• Entrada livre em 2 atrações, dentre as credenciadas;

• Uso gratuito e ilimitado do transporte público (durante a validade do passe).

A partir da terceira atração, ele passa a valer como desconto na compra do ingresso, desde que apresente o cartão e que esteja dentro dos 3 dias de validade.

As atrações credenciadas são museus e sítios arqueológicos. As principais:

• Coliseu + Forum Romano + Palatino (que conta como uma atração só)

• Castelo Sant'Angelo

• Museus Capitolinos

• Termas de Caracalla

• Mercados de Trajano

• Galleria Borghese

Há muitas outras atrações vinculadas ao passe (geralmente menos badaladas entre os turistas). Você pode conferir a lista completa aqui.

ATENÇÃO: Quem for visitar a Galleria Borghese, não esqueça de que é obrigatório fazer a reserva, mesmo que vá utilizar o Roma Pass como ingresso. Porém, neste caso, a reserva só poderá ser feita por telefone (+39 06 32810).

ATUALIZAÇÃO: Agora também é necessário fazer a reserva para visitar o Coliseu, mesmo quem tiver o Roma Pass. E isso pode ser feito de 3 maneiras:

• On-line, no site da Coop Culture (link) - taxa de reserva obrigatória 2 € (com cartão de crédito)

• Call center (+39 06 39967575) - taxa de reserva obrigatória 2 € (com cartão de crédito)

• Na bilheteria do Fórum Romano / Palatino, somente no dia da visita (mediante disponibilidade) - a bilheteria emitirá um recibo gratuito com a hora da admissão.

A reserva on-line ou pela central de atendimento emitirá um voucher com um código (PNR). Ele deverá ser trocado num balcão reservado na bilheteria do Forum Romano, por um recibo com o horário de admissão.

Esse recibo não é válido para entrada no Coliseu. Ele é um comprovante da reserva do horário.

Na entrada do Coliseu, tem que apresentar o Roma Pass válido + o recibo da reserva. Senão a entrada não será liberada.

Os visitantes com entrada gratuita que estiverem acompanhando pessoas portadoras do Roma Pass que reservaram uma hora de admissão, podem recolher o bilhete gratuito na bilheteira, ignorando a fila. A taxa de reserva é de € 2,00.

Como usar o Roma Pass?

O passe consiste num kit, que vem:

Kit Roma Pass

Kit Roma Pass

Roma Pass 72 hours Card - o cartão que é o passe propriamente dito;

Roma Map - um mapa da cidade;

Roma Guide - um guia com todas as atrações credenciadas;

Roma Informa Pass – o cartão com um código que, ao ser digitado no site de turismo de Roma, dá acesso a informações sobre eventos e outros serviços úteis;

Roma Passè – o cartão com um código que ativa o aplicativo (somente iOS), que informa o melhor que a cidade pode oferecer;

Roma News - um livreto com o programa de eventos que estão ocorrendo na cidade e serviços turísticos.

ATUALIZAÇÃO (Abril/2018): Segundo o site oficial, o Roma Informa Pass, o Roma Passè e o livreto Roma News não vem mais no kit do Roma Pass. Agora eles oferecem um serviço interativo: baixando o aplicativo Charta Roma no seu celular ou tablet (disponível na App Store e Google Play), basta alinhar os aparelhos a um ponto de interesse marcado com o símbolo AR + no Roma Map (que virá no kit), para que aquele monumento ou evento "ganhe vida" e apareça uma reprodução 3D, que pode ser áudio, vídeo, imagens ou link para o site correspondente. Assim, o portador do passe pode obter mais informações sobre vários pontos de interesse em Roma. Bacana, né?!

No verso do cartão, preencha (à caneta) o seu nome e sobrenome e a data de início da validade do Roma Pass. A partir dela, você terá 3 dias para entrar gratuitamente em 2 atrações da lista de credenciadas e terá 3 dias de uso ilimitado do transporte público.

NO MEU CASO: Fiquei 4 dias em Roma. No primeiro, não fui a nenhuma atração que era coberta pelo Roma Pass, portanto não o utilizei. No segundo dia, coloquei o meu nome, datei e pude usá-lo neste e nos outros 2 dias que fiquei por lá.

Preenchimento no Verso do Roma Pass

Preenchimento no Verso do Roma Pass

O meu passe serviu para ir ao Coliseu/Forum Romano/Palatino (que conta como uma atração só) e aos Museus Capitolinos. Chegando a essas atrações e de posse do cartão, nos dirigimos para a entrada exclusiva para quem tem o Roma Pass, que costuma estar bastante vazia.

Nunca me esquecerei do que aconteceu: saindo do Coliseu, fui em direção a entrada do Palatino e me deparei com uma fila assustadora! Quando já estava achando que eu ia perder um bom tempo no meio daquela multidão, vi que parte era a fila da bilheteria e parte era fila para entrar. Porém, a entrada para aqueles que tinham o Roma Pass estava totalmente VAZIA! Resultado: passei na frente de todo mundo e entrei imediatamente.

TRANSPORTE PÚBLICO: Com o passe você terá acesso ilimitado, utilizando quantas vezes quiser e qualquer meio que quiser (metrô, ônibus ou bonde). Deverá ser usado por 3 dias, incluindo o da validação. Exemplo: se validou no dia 10, ele poderá se usado nos dias 10, 11 e 12.

O Roma Pass é pessoal e intransferível. Eventualmente, os fiscais que ficam na entrada podem pedir pra ver algum documento de identidade (no caso, o passaporte) para comprovar se o nome que está no verso corresponde a pessoa que está usando o passe.

Internet no celular durante a viagem

Não dá mais pra viajar para o exterior sem internet no celular. Para fugir das altas tarifas das operadoras a melhor solução é comprar um chip internacional antecipadamente e já chegar no destino com tudo funcionando. A Easysim4u oferece planos sob medida na Europa com conexão de internet 4G franquias proporcionais ao número de dias do pacote. Compre com 10% de desconto usando o nosso cupom exclusivo: PARAVIAGEM10.

Não perca a nossa resenha no post: Utilizando o chip da EasySim4U na Europa

Como validar o Roma Pass?

Tem duas formas: ou passando no leitor do transporte público ou no leitor da catraca da primeira atração.

O passe é ativado no momento que ocorrer a primeira utilização (ou numa visita a um museu/atração credenciado ou no transporte público) e fica válido por 72 horas a partir desse horário da validação.

Confesso que não entendi muito bem o motivo da gente ter que preencher o dia da validação no verso do cartão, já que ele é validado num leitor ligado a um sistema que fiscaliza se aquele passe está dentro do prazo ou não. Acredito que seja para caso do fiscal querer avaliar pessoalmente, ou caso ocorra alguma pane no sistema.

Quando usei, nenhum fiscal parou para conferir. De qualquer modo, aconselho preencher para evitar ter que passar por alguma situação constrangedora.

Roma Pass 48 Horas

Desde 2015 há uma variante chamada de Roma Pass 48 Horas. Ele é basicamente a mesma coisa do convencional que mencionei no post, mas com algumas pequenas diferenças:

• Este é válido apenas por 48 horas (o outro vale para 72h);

• Este dá entrada imediata em apenas 1 atração, dentre as credenciadas (o outro dá direito a 2 atrações);

• Este é mais barato.

Da mesma forma que o Roma Pass convencional, o uso no transporte público é gratuito e ilimitado, desde que seja utilizado dentro das 48 horas deste passe.

Dependendo do seu interesse e roteiro, pode ser uma boa pedida adquiri-lo. Confira os valores de ambos os passes e mais algumas informações neste link do site oficial do Roma Pass.

Valeu a pena comprar o Roma Pass?

Pra mim, valeu muito a pena. E acho que, de um modo geral, é uma boa pedida. Mas dependendo do seu roteiro, pode não ser tão vantajoso...

Em termos financeiros, não há grande vantagem. Se você escolher 2 atrações da lista e somar o valor de seus ingressos avulsos, mais o valor do bilhete do transporte público para 3 dias, verá que vai dar praticamente o mesmo valor do Roma Pass (com uma leve vantagem para o passe).

Porém, dependendo das atrações que você irá visitar ou se for utilizar os ônibus sightseeing, comprar o Roma Pass pode sair mais caro.

A meu ver, a grande vantagem do passe é a entrada VIP nem algumas atrações mais procuradas de Roma. Isso poupa um tempo precioso, pois as filas costumam ser homéricas, em qualquer época do ano. Eu fui num mês considerado como baixa temporada e, mesmo assim, tinham filas gigantes.

E cá entre nós: tempo vale tanto quanto dinheiro numa viagem desse porte, não é verdade?

E quais são as atrações que permitem entrada por um portão VIP? Coliseu/Forum Romano/Palatino, Museus Capitolinos e Castelo Sant'Angelo.

Outra vantagem é que ainda pode oferecer um desconto na entrada de outras atrações da lista. Eu, por exemplo, após usar o Roma Pass no Coliseu/Forum Romano/Palatino (considerados como uma atração única) e nos Museus Capitolinos, usei-o para obter um desconto no ingresso para as Termas de Caracalla.

Já contratou o Seguro Viagem?

Você sabia que quando se viaja para a Europa a contratação de um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros é obrigatória? Então, faça agora mesmo uma cotação na Seguros Promo e escolha entre as melhores seguradoras sempre com o melhor custo benefício. Aproveite essa oportunidade e tenha 5% de desconto utilizando o nosso cupom: PARAVIAGEM05.

Como adquirir o Roma Pass?

Você pode comprá-lo em pontos específicos na cidade ou pelo site.

NO LOCAL: Se você preferir comprar quando chegar em Roma, veja quais são os postos de venda.

ONLINE: Entrando na página específica de compra no site oficial, clique em "Buy Online" e siga as instruções. Durante o processo, você terá que marcar o dia e local onde irá resgatar o passe. Os endereços (todos em Roma) serão informados neste momento, para você escolher.

Uma vez finalizada a compra, o site vai gerar um código de letras e números. ANOTE! Espere pelo e-mail de confirmação que você logo receberá, imprima e leve tudo ao local combinado.

É bom anotar esse código, pois caso o e-mail não chegue, ele é a confirmação do seu pedido.

Geralmente o resgate ocorre nos quiosques de informações turísticas que estão espalhados pela cidade.

Quer mais dicas? Então não perca todo o nosso conteúdo publicado sobre Roma e Itália.

Vai Viajar?

 Encontre o hotel perfeito para sua próxima viagem com garantia do menor preço. O nosso blog tem parceria com o Booking, serviço que te ajuda a comparar preços de hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura. Você ainda pode fazer uma reserva com a opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in. Garanta sua reserva de hotel agora mesmo.

 Antes de alugar um carro, faça uma comparação entre as principais locadoras do Brasil e do mundo. A nossa parceira RentCars te ajuda nessa busca de preços e oferece todas as opções de forma rápida e segura. A cobrança poderá ser feita em reais, sem IOF. Divida em até 12 parcelas no cartão de crédito ou aproveite um desconto de 5% no boleto bancário. Compare os valores e economize.

 Não esqueça do seguro viagem. Economize tempo e dinheiro fazendo uma cotação na Seguros Promo. Encontre os melhores planos das principais seguradoras por preços imbatíveis. Pagamento no cartão de crédito em até 12 parcelas ou com desconto no boleto bancário. Ganhe 5% de desconto adicional comprando seu seguro com nosso cupom de desconto: PARAVIAGEM05.

 Compre um chip internacional e se mantenha conectado durante sua viagem. A Easysim4u oferece planos sob medida na Europa com conexão de internet 4G franquias proporcionais ao número de dias do pacote. Você recebe o chip em sua casa, de forma antecipada, e chega em seu destino com tudo funcionando. Compre com 10% de desconto usando o nosso cupom exclusivo: PARAVIAGEM10.

 Compre ingressos para atrações, shows, espetáculos, eventos, tours, passeios e muitas outras experiências com a GetYourGuide. A empresa, presente nos principais destinos, oferece vantagens como a garantia do menor preço e a possibilidade de reserva online antecipada, garantindo seus bilhetes antes da viagem.

 Encontre as melhores datas para a sua próxima viagem e economize na hora de comprar as passagens aéreas. Usando a plataforma do Passagens Promo você pode pagar com cartão de crédito em parcelas sem juros e sem cobrança de IOF. A empresa conta ainda com selo de qualidade no atendimento. Agora não tem mais desculpe, partiu Roma!

Reservando com nossos parceiros, além de garantir o menor preço e um serviço de qualidade, você também ajuda a manter o blog e nos motiva a produzir cada vez mais conteúdo.

Galeria de Fotos:

135 Comentários
  1. Fernanda

    Adorei esse Roma pass, queria saber quanto você pagou no seu!

  2. Renata

    Ola Fernanda.

    Adorei as dicas… vale a pena mesmo comprar o roma pass.

    Chego em Roma dia 08 de maio de 2014 e fico lá até dia 11, quando sigo para florença por dois dias e depois Veneza (um dia e meio). Gostaria de saber como estava o tempo lá para saber o que levar.
    Outra coisa que queria saber e que no post de Paris nao fala nada é se vale a pena comprar o paris pass… se funciona como o de Roma.
    Obrigada

    beijos

    • Fernanda Rangel

      Oi, Renata!

      No dia 08 de maio do ano passado eu estava em Roma! Hehehe…

      O clima nessa época é bem ameno. De manhã cedo e à noite é um pouco frio, mas nada que um casaco “brasileiro” não suporte. No meio do dia fica mais quente.
      Quanto mais pro norte vc for, mais frio vai ficando. De um modo geral, considerando essas 3 cidades italianas e a época, o clima variou entre 18 a 25 graus.
      Já Paris é bem frio. Fui em fevereiro, ou seja, ainda no inverno. Próximo ao Rio Sena corre um vento congelante. Em Maio, sendo primavera, vai estar melhor, mas acredito que esteja mais frio que na Itália.

      Com relação a Paris, há 2 passes disponíveis: o Paris Museum Pass (válido para atrações e museus) e o Paris Pass (válido para atrações, museus e transporte).
      Dependendo do roteiro, é sentar e fazer as contas para ver qual a melhor opção. O Paris Pass é bem mais caro. Eu preferi utilizar o Paris Museum Pass (PMP), pois era mais vantajoso financeiramente conforme o meu roteiro na época. Em breve haverá um post sobre ele.
      Diferentemente do que ocorre com o Roma Pass, o PMP tem opções de validade para 2, 4 e 6 dias. Eu adquiri um de 6 dias e usei nas seguintes atrações: Arco do Triunfo (para subir), Hotel de Invalides, St. Chapelle, Pantheon, Louvre e Versalhes. Somando o valor dos ingressos na época, ficava mais barato comprar o PMP do que os ingressos avulsos.
      Além dessas atrações, ainda vale pra subir na torre de Notre Dame, Museé D’Orsay, Museu de Rodin, entre outros.
      Portando o PMP, é só ignorar a fila da bilheteria, mostrar o passe para o fiscal na porta e entrar. Mas nem em todas as atrações se pode furar a fila. Naquelas que é necessário passar por um serviço de segurança com Raio X, todos terão que ir pra fila, mesmo que esteja com o passe. Dependendo da época, pode ocorrer uma espera. A vantagem nesse caso é não ter que passar pela bilheteria.
      Enfrentei essa fila do Raio X em Versalhes e na St. Chapelle. Mas como cheguei cedo, a fila estava pequena.

      Uma ótima viagem pra vc!

  3. paula moraes

    oi Fernanda! eu tb pretendo fazer o city tour! mas como terei apenas 50 horas em Roma, acho que tb vale o Rome Pass ne’?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Paula!
      A vantagem do Roma Pass no seu caso é a entrada rápida nos monumentos, já que você terá apenas 2 dias e precisa ganhar tempo.
      Em termos financeiros, vai ficar mais caro. Supondo que vc vá utilizá-lo somente no Coliseu/Forum Romano (12 euros o ingresso) e andará 2 dias de transporte público (6 euros cada ingresso diário, ou seja, 12 euros), então sairá tudo por 24 euros. O Roma Pass custa 34.
      Mas se vc for tb nas Termas de Caracalla e nos Museus Capitolinos, aí compensa.
      Se for usar o serviço de sightseeing, fica mais caro ter o Roma Pass. Mas em compensação ganha tempo furando as filas.
      Tudo vai depender do seu roteiro.
      Espero ter ajudado!

  4. Alessandra

    Olá, Fernanda.
    Eu e meu marido estamos viajando para Roma no próximo dia 14 e iremos ficar até o dia 22/4. Já adquiri dois Roma Pass. Minha principal dúvida: é necessário fazer reserva para o Coliseu e cia e Galleria Borghese (são as duas primeiras atrações em que pretendemos utilizar o Roma Pass)?
    Quando acesso o site Ticket One para tentar fazer alguma reserva, por exemplo, para a Galleria Borghese, apenas aparece opção para comprar os ingressos. Como já adquiri o Roma Pass…
    Aguardo seu contato. Obrigada.
    Alessandra

    • Fernanda Rangel

      Oi, Alessandra
      Infelizmente acabei vendo eu comentário após o seu retorno.
      A reserva para a Galleria Borghese deve ser feita mesmo tendo o Roma Pass, segundo informa o site oficial do passe. Mas para o Coliseu, não é necessário reservar. É chegar e entrar.
      Espero que a sua viagem tenha sido ótima!
      Abs

  5. Vane

    Ola Fernanda

    Pelo que entendi, possuindo o RomaPass, nao pagarei nada pelas 2 primeiras entradas, certo?Como faco para reservar a entrada para o Coliseu e a Galleria Borghese? Sao as 2 primeiras atracoes que pretendo visitar com meu RomaPass? Obrigada!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Vane!

      Isso mesmo. Com o Roma Pass, vc escolhe 2 atrações da lista de credenciadas e pode entrar direto, sem pagar o ingresso (na verdade, ele já está pago no passe). À partir da 3a. atração, tem que comprar o bilhete, mas se apresentar o passe, tem desconto.
      Tudo isso sendo válido se dentro dos 3 dias do passe.

      Para o Coliseu, não é necessário fazer nenhuma reserva. Ao chegar na entrada, vc verá uma seção exclusiva para quem tem o Roma Pass. É só chegar lá, passar o cartão na catraca e entrar. No dia que eu fui, tava completamente vazio.

      Já para a Galleria Borghese tem que reservar. Segundo o site oficial do Roma Pass, a reserva não poderá ser feita online, ou seja, somente por telefone (+39 06 32810).

      Parece que, ao entrar no site da Galleria, a reserva só é feita mediante a compra do ingresso. Como quem tem o Roma Pass não precisa comprar bilhete nenhum, então não teria como fazer a reserva online. Sobraria só a opção do telefone.

      Abs

  6. Angélica

    Fernanda, suas informações estão perfeitas… Comigo funcionou perfeitamente!!! Obrigada continue viajando e contribuindo com as informações. Bjks

  7. Ana Leal

    Olá Fernanda vou para Roma 4 dias e meio com duas crianças. Vamos ficar num hotel junto da Fontana de Trevi! Devemos chegar ao hotel por volta da hora de almoço. Pedia lhe uma sugestão de como organizar a viagem. Sendo que um dos dias será para o coliseu e outro para o vaticano. O roma pass tem o mesmo preço para as crianças ( as minhas tem 6 e9 anos). Obrigada

    • Fernanda Rangel

      Oi, Ana!

      Segundo o site oficial do Roma Pass, não há descontos para crianças. Eles alegam que o passe já é um desconto por si só.
      No site, eles informam que crianças menores de 10 anos podem utilizar gratuitamente o transporte público. Ou seja, para os pequenos, a utilização do Roma Pass como bilhete de transporte já não teria utilidade. Por outro lado, o Roma Pass vai facilitar bastante a vida dos pais. Aí é fazer as contas para ver se vale a pena.

      Quanto à sugestão do que fazer por lá, há um post aqui no blog com um roteiro de 4 dias por Roma. Lá, eu coloquei todo o itinerário que segui. Dá facilmente para você segui-lo, estando hospedada próximo á Fontana di Trevi. Para lê-lo, clique aqui.

      Espero ter ajudado.
      Abs

      • Catarina Braga

        ola!! nos vamos 5 a roma. e estavamos a pensar comprar os 5 o roma pass. mas como o meu irmao tem 4 anos e ele nao paga nos transportes publicos vale a pena comprar para ele? visto que ele inclui furar a fila no coliseu, ele nao puderia furar connosco??

        • Fernanda Rangel

          Oi, Catarina!
          Depende das atrações que vcs utilizarão para o Roma Pass.
          No caso do Coliseu, ele não paga. Portanto, não seria vantajoso comprar o passe pro pequeno, visto que ele não paga também o transporte. E sim, ele entra junto com os responsáveis (como a entrada dele é franca, tanto faz o local).
          Aí vai depender da segunda atração que vcs utilizarem o Roma Pass. Se a entrada pra ele também for gratuita, aí nem valerá mesmo a pena.
          Abs

  8. Alexandre

    Olá, Fernanda, tudo bem?

    Uma dúvida: o agendamento para a Galeria Borghese só pode ser feito quando você já está de posse do Roma Pass, ou pode ser feito antes da viagem? Estarei no início de agosto em Roma, e fico com receio da alta temporada lá esgotar as vagas para visitas.

    Outra pergunta: só pode ser feito por telefone ou pode ser feito por email também?

    Obrigado!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Alexandre!
      O agendamento deve ser feito antes da viagem, com antecedência. Não precisa estar com o Roma Pass na mão, até pq vc só irá resgatá-lo lá em Roma.
      O agendamento é obrigatório, independente de qual ingresso vc for usar.
      Quem for utilizar o passe, só tem a opção do telefone (segundo o site oficial). Infelizmente eles não disponibilizam um e-mail.
      O nosso editor Vinícius esteve recentemente em Roma e optou por comprar o ingresso da Galeria Borghese pelo site e não usar o Roma Pass. Durante a compra, já foi feito o agendamento. Ele preferiu não arriscar.
      Achei ruim só ter a opção do telefone, pois a maioria dos que visitam vem de fora da Itália, o que fica complicado para fazer o agendamento.
      Abs

  9. Lander

    Boa tarde Fernanda, tudo bem?
    Gostaria de uma ajuda, é possível?
    Bom, agora em setembro 2014, irei à Itália. Lá, ficarei 15 dias. Portanto, gostaria de recomendações dos lugares onde não poderei deixar de ir.
    Inicialmente, ficarei em Faenza. Pois visitarei um amigo. De lá, quero dar uma passeada nos principais lugares.
    O que você me recomenda?
    E sobre o Roma Pass, realmente vale a pena comprar pela internet?

    Desde já, agradeço.

    Lander Luiz

    • Fernanda Rangel

      Oi, Lander!
      Se for a sua primeira visita à Itália, seria o ideal ir às principais cidades italianas, como Florença, Roma, Pisa, Veneza e Milão, que são realmente maravilhosas.
      Não sei por qual aeroporto que vc chegará ou qual vc irá embora. Isso é importante para saber qual o melhor itinerário pra te indicar.
      Perto de Faenza tem a cidade de Bolonha, que tive a oportunidade de conhecer. Achei diferente e agradável.
      Sobre o Roma Pass, vc pode optar por comprá-lo quando chegar em Roma, em qualquer posto de venda. Na minha opinião, comprar pela internet tem a vantagem de que vc já chegará lá com uma despesa a menor para se preocupar. Como comprou antes de ir, só precisará se preocupar em resgatá-lo.
      Abs

  10. Adilson Sousa

    Oi Fernanda! Adoro seu blog, parabéns!
    Este mês vou passar uns dias na Itália e no vestuário surgiu uma dúvida:
    Tenho algumas camisas e camisetas na cor rosa, no Brasil isso é normal. Mas e na Itália? Você sabe me dizer se isso é algo mal visto pelos Italianos? obrigado !

    • Fernanda Rangel

      Oi, Adilson!
      Olha, sinceramente não sei te responder isso ao certo…
      Acredito que não haja nenhum problema. Os italianos são bastante simpáticos no geral e não presenciei nenhuma piadinha ou comentário sarcástico com relação a roupa de algum turista. E olha que tinha uns com uns trajes bem estranhos por lá.
      Por ser um país com muitas cidades turísticas, eles devem estar acostumados com os gostos e culturas de turistas de vários lugares do mundo. Não creio que haverá problemas.
      Obrigada pelo elogio ao blog!
      Abs

  11. Claudia

    Boa noite,
    Vou para Roma com minha família (marido e 2 crianças, uma de 3 e outra de 11 anos) e estou na dúvida: a maioria dos sites das atrações diz que menores de 18 anos não pagam ingresso. Porém comprando pela internet tem uma taxa de 2 ou 4 euros para as crianças. Minhas dúvidas pois vou em Janeiro (sei que as filas são menores, mas…):
    -se eu comprar na entrada do museu eu não teria que pagar para elas?
    -se eu escolher comprar o Roma Pass, tenho que comprar quantos cartões?
    Muito obrigada!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Claudia!

      Geralmente, essas taxas são apenas cobradas se você for comprar online (elas funcionariam como uma taxa de conveniência ou reserva).

      Comprando na hora, segundo sugere os sites oficiais, não há taxas extras. O ingresso é livre (no caso da criança de 3 anos) ou com concessão (no caso da criança de 11 anos, para algumas atrações, exceto Coliseu/Forum Romano/Palatino e Termas de Caracalla, que sairiam de graça).
      Quanto ao Roma Pass, não há desconto para crianças, pois segundo o site oficial, eles consideram que “o Roma Pass já é uma promoção em si”.

      Aí é fazer as contas.

      Levando em consideração que vocês iriam ao Coliseu/Forum/Palatino, Termas de Caracalla e Museus Capitolinos (todos cobertos pelo passe), acho que não compensa ter o Roma Pass para as crianças. A de 3 não paga em nenhuma dessas atrações e a de 11 só pagaria a entrada dos Museus Capitolinos (cerca de 11 euros). O Roma Pass tá custando hoje 36 euros.

      Para a Galleria Borghese, segundo o site oficial, não há entradas gratuitas ou concessões para as crianças (teriam que ser cidadãos da União Européia). É o preço integral (ingresso + taxa de reserva obrigatória).

      Acredito que a maior vantagem do Roma Pass para as crianças seria a entrada imediata nas atrações. Não sei se comprando os ingressos pela internet dá direito a entrada imediata também. Se der e se as taxas somarem um valor menor que o preço do Roma Pass, aí é melhor comprar online.

      Outra coisa que deve ser avaliada também é se o portão de entrada para quem tem o ingresso online é o mesmo para quem tem o Roma Pass. Para evitar de você e seu marido terem que entrar por um lado e as crianças terem que entrar por outro. Isso também deve contar na hora de escolher a melhor opção, pois varia em cada atração. Se não me falha a memória, nos Museus Capitolinos e no Palatino, a porta de entrada era uma ao lado da outra. Minha dúvida é no Coliseu. Não sei dizer se o portão é o mesmo. O ideal é confirmar tudo nos respectivos sites.

      Não sei como é em janeiro, mas com certeza é cheio (o inverno em Roma não é tão rigoroso). Eu não contaria com filas pequenas…

      Espero tê-la ajudado!

      Abs

  12. Luiz Kenji

    Olá Fernanda, bom dia!

    Muito interessante e útil o seu blog e você está de parabéns por compartilhar as suas experiências. Eu a minha namorada iremos a Roma no dia 15/12 e ficaremos lá até o dia 18/12. Chegaremos no dia 15/12 às 18h05 no aeroporto de Fiumicino e partiremos no dia 18/12 às 16h10, portanto, dois dias e meio. Ficaremos hospedados no hotel Amalfi, que fica a 5 min. do estação central Termini. Você acha que o custo/benefício do Roma Pass para esses 2,5 dias compensa? Quais atrações você pode indicar para esse curto período e qual a melhor forma de traslado do aeroporto até o Termini e vice-versa?

    Desde já agradeço-lhe pelas dicas e informações que puder me enviar, ok?

    Abs.

    Luiz

    • Fernanda Rangel

      Oi, Luiz!

      Obrigada pelo elogio!

      Tudo vai depender de quais atrações vocês irão visitar. O ideal é pegar os valores dos ingressos, somar e ver se compensa comprar o Roma Pass.
      Talvez no caso de vcs valha a pena pelo fato de oferecer a entrada imediata nas atrações, sem filas. Não sei como são as coisas em dezembro, mas Roma é uma daquelas cidades que está sempre lotada de turistas (dizem que é assim o ano todo). Então, acredito que haverá uma bela fila, principalmente no Coliseu e Forum Romano/Palatino. Há tb no Vaticano, mas essas atrações não são cobertas pelo Roma Pass.

      Como vc deve ter visto no blog, fiquei 4 dias em Roma, o que eu já achei apertado, pq a cidade tem realmente muita coisa pra visitar, além de ser muito agradável. Mas vamos lá… Vcs podem visitar o Coliseu, Forum Romano, Palatino, Museus Capitolinos e Monumento Vittoriano e Igreja Santa Maria Maggiore num dia, no outro ir nos Museus do Vaticano de manhã e à tarde visitar o Centro Histórico (Piazza Navona, Pantheon, Piazza di Spagna, Fontana di Trevi, Piazza del Popolo) e na manhã do último dia, Basílica de São Pedro. Se der tempo, dê uma esticada até a Igreja San Giovanni in Laterano. Pra mim, foi a mais linda da cidade.
      Tá longe de ser um roteiro ideal, além de pouco corrido. Mas tomando conta do relógio, dá pra fazer numa boa. Considero estas atrações são as imperdíveis.
      Se vocês não estiverem muito cansados no final do dia (o que geralmente é difícil), dê uma esticada até o Trastevere e jantem por lá.

      Pra ir do aeroporto ao Termini, eu contratei um serviço de transfer como motorista brasileiro, pois fiquei um pouco receosa de ter que me virar em outro idioma depois de muitas horas de viagem. É um serviço um pouco caro, mas eu estava com outras pessoas e, por isso, deu pra rachar essa despesa. Mas há a opção do “Leonardo Express”, um trem que liga o aeroporto ao Termini. Nosso editor Vinícius esteve em Roma em junho deste ano e falou um pouco sobre ele em seu diário de viagem (para ler, clique aqui).

      Espero tê-lo ajudado!

      Abs

  13. Sandra Santos

    ola, Fernanda.

    ficarei vinte dias na Italia, precisamente na casa de uma amiga em Busto Arsizio, mas gostaria de conhecer Paris, como posso fazer isso?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Sandra!
      Das duas, uma: ou você pega um trem de Milão até Paris ou um vôo.
      Particularmente, acho um pouco longe pra ir de trem, mas era bom dar uma pesquisada no site da Rail Europe.
      Fique atenta também às promoções das cias que fazem vôos internos pela Europa, como Alitalia, TAP, Air France. De vez em quando aparecem boas tarifas entre cidades europeias. Há tb a opção dos vôos “low cost”, mas não tenho experiência sobre esse assunto.
      Abs

  14. Camila Vicentini

    Oi Fernanda!
    Parabéns!
    A maneira como você descreve o roteiro é bem objetiva e facilita para quem não tem nem ideia do que vai encontrar.
    Vamos pra Roma em abril/15, no entanto…. (pasme), vou com minha mãe e meus dois filhos (um de 1 ano e outro de 5 anos).
    Você acha possível seguir o mesmo roteiro que o seu, indo com as crianças? Você recomenda alguma coisa? Via bastante crianças nessas ocasiões?
    Obrigada

    • Fernanda Rangel

      Oi, Camila!

      Obrigada pelo elogio! Fico contente por estar conseguindo atingir um dos meus maiores objetivos aqui no blog, que é ajudar quem está programando uma viagem. Sei como isso é importante, pois também já precisei de muita informação para fazer minhas viagens.

      Mas vamos lá…

      Acho que vai ficar pesado pras crianças fazer o roteiro que eu fiz. Foi uma maratona e eu chegava realmente muito cansada no hotel. Imagina isso pros pequenos?
      Há muitos turistas em Roma e sim, tinham várias crianças. Mas dentro das atrações, confesso que vi poucas da faixa etária dos seus filhos.

      Sem dúvida, você precisará adaptar esse roteiro para o tempo das crianças – que costuma ser bem diferente do nosso. E inclusive, contar com o uso de carrinho, principalmente para o neném de 1 ano.

      Por exemplo: se vocês forem ao Palatino e depois descer até o Forum Romano (ou vice versa), há escadas e o terreno é um pouco irregular.
      Dentro do Coliseu tem elevador para cadeirantes, então ali seria viável. Mas o terreno tb é um pouco irregular (porém menos que no Forum).
      Não presenciei nenhuma criança no carrinho nas minhas visitas à Basílica de São Pedro ou Museus do Vaticano. Acredito que não seja permitido, pois as poucas que vi estavam andando com os pais.
      As praças (Spagna, Popolo, Fontana di Trevi, São Pedro, Navona, Campo dei Fiori) dá pra utilizar tranquilamente o carrinho.

      Minha sugestão é a seguinte: selecione as atrações imperdíveis de Roma e coloque no seu roteiro como uma prioridade. E faça uma lista em separado daquelas que você gostaria de ir, se der.
      Das principais: Coliseu, Forum + Palatino (o bebê vai precisar ficar no colo), Fontana di Trevi, Piazza di Spagna, Piazza Navona, Pantheon e Vaticano (Basílica + Praça + Museus).
      Você poderia utilizar como base o meu roteiro, excluindo as atrações que não citei na lista acima. Assim, vcs não deixariam de visitar o essencial e ainda adaptariam o passeio às crianças.

      Espero tê-la ajudado!
      Abs

  15. Pedro Menezes

    Excelente a forma como explica ao detalhe o Roma Pass. Muito bom mesmo Fernanda 🙂

  16. Moisés Wagner Franciscon

    Oi Fernanda, parabéns pelo guia minucioso de sua viagem à Itália!
    O Roma Pass também serve para obter descontos nos museus do Vaticano? Qual o custo dele em euros?

  17. Moisés Wagner Franciscon

    Perdão. Não tinha visto que já existem respostas pra minhas perguntas nos comentários dos leitores. Ainda assim estou assustado com uma coisa: o preço das passagens de trem. 30-40 euros entre Roma e Pisa, Florença e Veneza, Veneza e Milão. É tão caro assim mesmo????

    • Fernanda Rangel

      Oi, Moisés!
      Você acabou sendo mais rápido do que eu! Rsss…
      Não se preocupe, sua dúvida é super comum. O Vaticano, embora esteja em Roma, não é Roma. Por isso, não entra na promoção do passe.
      Quanto às passagens de trem, infelizmente são caras sim. E o fato do euro também ter subido, só piora as coisas.
      A melhor opção é tentar comprar com o máximo de antecedência, para adquirir as melhores tarifas. Ou então tentar algum passe de vários dias. Dependendo do número de deslocamentos que você fará, pode ser vantajoso. É sentar e fazer as contas.
      No meu caso, utilizei muito o trem e foi melhor ter o passe de dias. Adquiri com ajuda de uma agente de turismo, mas você pode saber mais informações no site da Eurail Itália Pass.
      Abs

  18. Alessandra Mota

    Ola Fernanda,
    tenho uma dúvida. Como o coliseu, fórum romano e palatino funcionam como uma atração só, gostaria de saber se tenho que conhecê-las no mesmo dia ou posso ir no coliseu num dia e ir no forum e palatino em outro. Obrigada. Alessandra

    • Fernanda Rangel

      Oi, Alessandra!
      Há vários sites que se dizem “oficial” do Coliseu. Em um deles (chamado Coopculture) diz que o bilhete Coliseu + Palatino/Forum é válido para 2 dias consecutivos, dando a entender que sim, é possível visitá-los em dias diferentes. Os outros 2 (este link e este link) não falam nada, mas direcionam pro site da Coopculture, quando tentamos comprar o ingresso online.
      Utilizando o Roma Pass, é possível utilizar em dias diferentes (dentro da validade do passe). Só que segundo o site oficial do passe, o Palatino e Forum tem que ser visitados obrigatoriamente no dia seguinte da visita ao Coliseu (ou vice-versa).
      Abs

  19. Alcileia Fernandes

    Foi mto útil para fazermos a viagem para Roma mais tranquilos. Vamos de Cruzeiro e pegaremos um voo pela Ryaner até Roma. Posso comprar 1 mes antes da viagem, o Rome Pass? Sabe me informar bons restaurantes a preço justo em Roma?
    Obrigada e parabéns pelo blog

    • Fernanda Rangel

      Oi, Alcileia!
      Obrigada pelo elogio!
      Sim, pode comprar sem problemas (comprei o meu uns 2 meses antes). Basta fazer o processo pelo site e eles vão mandar um voucher com um código pro seu e-mail. Basta imprimir e apresentar no posto de coleta, que você irá escolher durante o processo da compra online.
      Sobre os restaurantes, não tenho um especificamente. Eu ia seguindo o meu roteiro e quando a fome apertava, eu entrava no restaurante mais próximo que eu encontrava e simpatizava.
      Um ótimo em que almocei chamava “O Pazzariello” e ficava pertinho do Castelo Sant’Angello (veja no Tripadvisor aqui).
      Uma região onde costuma ter muitos restaurantes bons é o Trastevere.
      Na Itália, dificilmente se come mal, pois há uma verdadeira competição entre os restaurantes e cantinas pra ver quem faz o prato mais gostoso e eles geralmente se superam. É difícil ter um restaurante que seja muito ruim.
      Abs

  20. Mara Salgado

    Oi Fernanda, vi sua dica de ir 2 manhãs para o Vaticano e, achei bem interessante. Vc pode me explicar melhor, inclusive sobre o ingresso que compro on line, ele vale para os dois dias? Por favor qual seria o melhor roteiro lá dentro. Ah gostaria tb de conhecer o “Scavi” (não sei se é isso), parece que é o subsolo da Capela??? Agradeço desde já.

  21. Margarida Ferreira

    Boa Tarde
    Vou estar em Roma 4 dias, entre 04 a 08 de junho e vou comprar o Roma Pass, mas gostaria que me dessem uma sugestão.
    Tendo em conta que no 1º domingo do mês muitas atrações são gratuitas estava a ponderar usar o passe no sábado para visitar o Coliseu (de forma a evitar filas) e os Museus Capitolinos (uma vez que pelo que vi não grátis no domingo) deixando para domingo a Galleria Borghese, entre outros.
    No entanto tenho receio que a fila para a Galleria Borghese seja enorme e perca lá imenso tempo, e os Museus Capitolinos não valham assim tanto a pena… Que me aconselham? Já agora, sendo a Galleria Borghese grátis no 1º domingo do mês, não é preciso fazer qualquer reserva, certo?
    Obrigada

    • Fernanda Rangel

      Oi, Margarida!

      Tb fiquei 4 dias em Roma e, no meu caso, valeu a pena usar o Roma Pass. Financeiramente não houve diferença. A vantagem maior mesmo foi a entrada imediata no Coliseu + Forum/Palatino. A fila nesse dia estava gigantesca para ambas atrações.

      Particularmente, adorei os Museus Capitolinos. Lá há uma exposição de peças da Roma Antiga, algumas delas resgatadas do Forum Romano. É um museu que eu recomendaria pra quem gosta do tema.

      Meu Roma Pass foi utilizado para entrar no Coliseu/Forum/Palatino (que conta como uma atração única) e para os Museus Capitolinos. Depois, só utilizei o passe como desconto para as Termas de Caracalla e como bilhete do transporte público.

      Sobre a Galleria Borghese, não encontrei nenhum relato no site sobre a gratuidade no 1º domingo do mês. Mas mesmo que seja, tem que reservar: eles não vendem o ingresso lá na hora. Vc compra online, leva o voucher e troca na entrada, no horário reservado. Outra coisa: há um limite de pessoas permitidas para estar lá dentro e, inclusive, há tb um limite de tempo para visita (2h, se não me engano). Passou disso, eles colocam pra fora!
      Infelizmente, acabei não indo à Galleria Borghese, mas dizem que é um museu incrível. Nosso editor Vinícius esteve lá em 2014 e fez um breve relato aqui no blog.

      Como sugestão, dê uma olhadinha no post que escrevi sobre o meu roteiro de 4 dias em Roma, em que conto o que fiz por lá e as atrações que visitei.

      Espero tê-la ajudado!

      • Margarida Ferreira

        Desde já agradeço a resposta e aproveito para partilhar que a entrada na Galleria Borghese no 1º domingo do mês é gratuita, sendo necessário igualmente a reserva e o pagamento dos 2€ de taxa, tal como num dia “normal”.
        Assim sendo. tendo o horário marcado, vou claramente aproveitar o Pass para os Museus Capitolinos + Coliseu e no dia seguinte, por 2€ :), vou até à Galleria Borghese.

  22. Ermelinda Morais

    Boa noite Fernanda. Gostaria que me informasse sobre o seguinte.
    Em Agosto, vou a Roma. Chego a Ciampino às 20h 10minutos. O apartamento onde vou ficar, é próximo de Termino.
    Qual a melhor maneira de chegar ao apartamento?
    Vou com o meu marido e as minhas 2 filhas( 10 e 17 anos). Já é quase de noite e por isso estou preocupada!
    Pode ajudar-nos? Muito obrigada e parabéns pelo blogue.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Ermelinda!

      Existe um ônibus da empresa Terravision que faz o trajeto Ciampino até Roma Termini. São uns 40 min de viagem e custa 4 euros (que passa a ser 6 euros, se comprado lá na hora).

      As pessoas falam um pouco mal da região do Termini, mas eu não vi nada demais por lá. É feia sim, mas não me senti insegura de andar pelo entorno não. Tudo bem que evitava de estar na rua tarde da noite, mas já andei por ali por volta das 21 horas e não vi nada de mais.

      Mas se vc estiver com um pouco de receio de circular por aquela região muito tarde, uma boa opção é alugar um transfer do aeroporto até o apartamento que vcs ficarão. Utilizei os serviços da Elmocar quando estive em Roma e fui muito bem atendida. Não é um serviço muito barato, mas é seguro e os motoristas falam português.

      Espero ter conseguido ajudá-la. E obrigada pelo elogio ao blog!

      Abs

      • Ermelinda Morais

        Muito obrigada pela resposta e pela ajuda.
        Fiquei um pouco mais preocupada pela informação que me deu sobre a segurança na zona de Termini. O apartamento onde vamos ficar é no largo Leopardi, perto da Piazza Vittorio Emanuele II. Será esta uma zona insegura para poder chegar ao apartamento à noite, após o jantar?
        Agradeço mais uma vez.
        Ermelinda

        • Fernanda Rangel

          Eu não achei a região nada demais, como te falei. Não me senti insegura, mas evitava andar por lá muito tarde porque já ouvi gente reclamando do local em minhas pesquisas pré-viagem. Acho que é mais por acharem o local feio do que por ser perigoso em si, entende?
          Eu fiquei hospedada para o lado da Piazza della Repubblica, por isso não circulei para o lado do seu apartamento.
          Mas nosso editor Vínicius ficou hospedado nessa região que você ficará, na viagem que ele fez em 2014. Inclusive, escreveu um post sobre o hotel que ficou hospedado e lá ele fala um pouco sobre como é essa região que está o seu apartamento. Dê só uma olhada (clique aqui).
          Vai dar tudo certo!
          Abs

  23. Ermelinda Morais

    Obrigada Fernanda pela simpatia e pela ajuda!
    Um abraço.

  24. Aline Pereira

    Boa noite!

    Gostaria de algumas informações. Você sabe me informar qual o valor atual do ingresso do Coliseu? Esse ingresso inclui entrada para o Fórum Romano e Palatino, não é? Mas eu posso ir as atrações em dias diferentes? E se eu comprar o Roma Pass eu também poderei ir a essas atrações em dias diferentes?

    Desde já agradeço!

    Abraços!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Aline!
      Vamos lá…

      1- O ingresso está 12 euros;

      2- O ingresso inclui a visita Coliseu + Forum + Palatino. Há vários sites que se dizem “oficial” do Coliseu e em um deles (chamado Coopculture) diz que o bilhete Coliseu + Palatino/Forum é válido para 2 dias consecutivos, dando a entender que sim, é possível visitá-los em dias diferentes. Há outros 2 (este link e este link) que não falam nada à respeito disso, mas direcionam pro site da Coopculture, quando tentamos comprar o ingresso online;

      3- Utilizando o Roma Pass, é possível utilizar em dias diferentes (dentro da validade do passe). Só que segundo o site oficial do Roma Pass, o Palatino/Forum tem que ser visitados obrigatoriamente no dia seguinte da visita ao Coliseu (ou vice-versa).

      Espero ter conseguido ajudá-la!
      Abs

  25. Fabrício Almeida

    Oi Fernanda, tudo bem?
    Inicialmente parabéns pelo site…simplesmente PERFEITO!!!
    Estarei em Roma com uma amiga no período de 02 à 07/10, sendo 04 dias inteiros – 03 à 06/10 – e pretendemos seguir fielmente seu roteiro de 4 dias. Iremos ficar no B&B Hotel Trastevere. Chegaremos em Roma no final da tarde pelo Aeroporto Leonardo da Vinci. Como fazemos para chegar em nosso hotel?
    Abraços e desde já agradecemos pela sua simpatia!! =)

    • Fernanda Rangel

      Oi, Fabrício!
      Obrigada pelo elogios! 🙂
      Existe um trem expresso que liga Fiumicino até a estação Roma Termini (chama Leonardo Express). Só que o Termini fica meio longe do bairro Trastevere e não será muito prático pegar transporte público até o seu hotel.
      Duas opções seriam pegar um taxi ou contratar um transfer. Alguns hoteis oferecem este serviço, seria legal mandar um e-mail pro seu e procurar saber.
      Caso não eles não ofereçam, há uma empresa chamada Elmocar que possui motoristas brasileiros (ou que falam português) que buscam no aeroporto e levam aonde vc quiser. Utilizei o serviço deles na minha chegada a Roma e foi só dividir a tarifa com as 2 outras pessoas que estavam viajando comigo. O serviço foi impecável. Dê uma olhada no site deles aqui.
      Abs

      • Fabrício Almeida

        Obrigado Fernanda pela atenção!!
        Ah, não tem como deixar de falar…(risos), coincidência ou não, faremos a mesma quantidade de dias que vc fez em Roma, Florença, Veneza e Amsterdã (de Veneza vamos para Amsterdã e finalizamos por Paris – este, 4 noites…vc fez 6)…ou seja, seu blog foi o MELHOR PRESENTE que poderíamos ter tido neste momento que antecede a viagem.
        Parabéns mais uma vez pelo carinho e qualidade do seu trabalho!! =)

        • Fernanda Rangel

          Que viagem bacana! Vai ser incrível!
          E mais uma vez, agradeço o elogio! Fico muito contente pelos posts terem ajudado.
          Uma excelente viagem pra vcs!

  26. Luciana

    Oi Fernanda!!

    Adorei as suas preciosa dicas !! Parabéns pelo blog!
    Estou indo a Roma no final de outubro com 3 filhos (14 /17 e 18 anos), estou lendo nos sites oficiais que eles não pagarão ingresso para o Coliseu. Vc sabe me dizer se essa situação enquadra cidadãos não europeus?
    Obrigada!!!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Luciana!
      Obrigada pelo elogio!
      O Coliseu de Roma não tem um site específico (o que é inacreditável), mas sim vários sites que se dizem oficiais. E todos eles direcionam para o endereço da “Coopculture”, que me parece ser o “oficial” que vende os ingressos.
      Lá diz que cidadãos não-europeus só entram de graça se visitarem a atração no primeiro domingo do mês (que é um dia de entrada franca pra qualquer pessoa, seja da UE ou não).
      Fora isso, só tem desconto para cidadãos entre 18 e 25 anos que seja da UE. E menores de 18 anos, esse site não fala nada…
      Mas um dos que se dizem oficiais diz que 17 anos ou menos não paga, independente de ser cidadão da UE ou não (veja aqui).
      Por segurança, sugeriria contactar o escritório de turismo de Roma. Lá eles oferecem um canal de contato online (aqui) onde você poderia obter informações mais precisas.
      Espero ter conseguido ajudá-la!
      Abs

  27. Sílvia Alfaiate

    Boa tarde:

    Vou para Roma com a família durante 3 dias. Somos 4 adultos e tenho os meus 2 filhos. Um de 6 e uma de 14. Quero visitar o Coliseu e o Forum e o Castel S. Angelo entre outros e estava a pensar comprar o Roma Pass para os adultos (usando-o para entrar nestes dois monumentos que citei) e os bilhetes apenas de transporte de 48h (12,50€) para a minha filha de 14 anos. Isto porque os dois não pagam nos monumentos e o pequeno tb não paga transportes. A minha dúvida é, se no momento de entrar no Coliseu e no castel S. Angelo, não vão pôr problemas com as crianças, pois pelo que percebi há uma entrada específica para o Roma Pass (que eles não vão ter). Será que eles vão ter de ir para a fila, apesar de não pagarem bilhete? Obrigada.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Sílvia!
      Como as crianças não pagam, então tanto faz o portão que eles vão entrar.
      Geralmente eles entram no mesmo local dos pais, de acordo com o bilhete que os adultos adquiriram.
      Abs

  28. Julia

    Olá, Fernanda. Tudo bem? Estive “vasculhando” o seu site esses dias e adorei todas as dicas….Parabens!!!!

    Estou indo com minha família para Roma no dia 11/10. Somos ao todo 5 adultos e vamos ficar em um apartamento por lá… Gostaria de saber de você algumas dicas. Primeiro: já percebi que o Coliseu/Palatino/Fórum Romano é uma das atrações que devemos escolher para utilizar o Roma Pass. A minha dúvida é quanto a segunda atração… Isso, pois, os meus pais não são essas pessoas que gostam de frequentar museus (eu AMO) que sejam “só” de quadros sabe? Acredito que eles gostariam de algo mais interativo… Pensei em ir ou na Galeria Borghese ou nos Museus Capitolinos ou Termas de Caracalla. Qual desses você me indica para utilizarmos como segunda atração?

    Em segundo lugar, gostaria de saber quais outros lugares é legal de visitar no terceiro dia com o Roma Pass, que darão os descontos sabe… Tenho pesquisado tanto e to achando que só com um mês inteiro em Roma eu conseguiria fazer tudo o que eu pensava (isso porque vamos ficar 6 dias) rsrs….

    Muito obrigada pelas informações já postadas! Foram muito esclaracedoras.

    Abraços,

    Julia.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Julia!
      Eu que agradeço o elogio!

      1- Olha… Os museus de Roma não são muito interativos… Não fui na Galleria Borghese, mas vendo os relatos e as fotos do meu colega Vinícius Miranda aqui no blog, é um museu de arte assim como os Museus Capitolinos e até mesmo os Museus do Vaticano (guardadas as devidas proporções).
      As Termas de Caracalla eu adorei conhecer, mas é um monte ruínas sem uma placa explicativa (há uma apenas na entrada). Mas é um parque verde lindo e pode ser que os seus pais gostem do passeio. Seria uma opção boa para o 2º ingresso do Roma Pass.
      Se tiver que “forçá-los” a ir a algum museu, aposte nos Museus do Vaticano. Sempre agrada ao visitante e ainda tem a Capela Sistina no final. Mas esse não está incluso no Roma Pass…

      2- Isso é normal: Roma tem muita coisa legal e interessante. Pra quem adora história (principalmente da Roma Antiga), há muito o que visitar. Mas pensando na situação dos seus pais, fica difícil porque a maioria das atrações são museus.
      Eu usei no Coliseu/Forum e nos Museus Capitolinos. E depois usei de desconto para as Termas de Caracalla.
      Uma ideia é a seguinte: como vcs ficarão 6 dias, faça 4 em Roma vendo o essencial (não daria pra conhecer tudo, de qq forma) e utilize os 2 dias restantes para passeios “bate e volta”. Sugiro: Pisa, Assis, Florença, Bolonha… Acho que seus pais iriam adorar e as viagens são curtas (cerca de 2h ou menos).

      Abs

  29. Larissa Helena

    Oi, Fernanda! Gostaria de tirar uma dúvida.
    Voce comentou anteriormente que segundo o site oficial do Roma Pass, o Palatino/Forum tem que ser visitados obrigatoriamente no dia seguinte da visita ao Coliseu (ou vice-versa). Mas voce conseguiu faze-los no mesmo dia? Minha dúvida é essa. Se posso faze-los no mesmo dia.

    Parabéns pelo seu trabalho aqui!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Larissa!
      Obrigada pelo elogio!
      Sim, visitei tudo no mesmo dia. Aliás, é o mais recomendado a se fazer, já que um fica do lado do outro.
      Relatei como foi esse dia no meu roteiro de 4 dias em Roma na Itália.
      Abs

      • FABIANA B CAMARGO

        Oi Fernanda….
        Parabéns pelo blog…..viajo em maio e está me ajudando muuuito….
        Mas essa pergunta da Larissa ainda fiquei com dúvida…
        Com certeza visitar Coliseu, Palatino e Fórum Romano juntos é o ideal pela proximidade, porém, vc dissse que É OBRIGATÓRIO a visitação ser em dias separados mas você fez em um dia só…Como faço pra fazer isso também?

        • Fernanda Rangel

          Oi, Fabiana!
          Obrigada pelo elogio!
          Eles recomendam que visite as atrações no mesmo dia porque elas são muito próximas e os ingressos são combinados. Mas para quem não quer visitar as 2 atrações no mesmo dia, para aproveitar o mesmo ingresso é OBRIGATÓRIO fazer essa visita até no máximo o dia seguinte. Ex: se visitou o Coliseu no dia 08/03, tem que visitar o Forum/Palatino até no máximo o dia 09/03 para aproveitar o mesmo ingresso. Ou vice-versa.
          Dando uma pesquisada no site do Roma Pass, eles não falam se essa possibilidade de visitar em 2 dias consecutivos vale pra quem tem o passe. O receio é que conte como 2 visitas e inviabilize a gratuidade do Roma Pass para outras atrações.
          Por via das dúvidas, eu visitaria Coliseu + Forum/Palatino no mesmo dia, usando o passe.
          Abs

  30. Iury

    Boa noite Fernanda
    estarei em Roma em uma passagem rapida (14 a 18 julho de 2016)com minha familia (eu esposa e filha 9 anos e filho de 6) minha duvida é : se comprar 2 roma pass para os adultos já que para crianças não compensam , quando for entrar no Coliseu as crianças entram comigo tenho que pegar um bilhete para eles mesmo sendo gratuito.
    obrigado

    • Fernanda Rangel

      Oi, Iury!
      Não visitei o Coliseu com crianças, mas vi as mesmas entrando junto com os responsáveis na fila que cabiam aos adultos. Por exemplo, se você e sua esposa forem para a fila de quem tem o Roma Pass, as crianças entram junto com vcs (como elas não pagam, tanto faz o portão de entrada pra elas). E não é necessário nenhum passe ou bilhete extra para elas (pelo menos, não vi nada do gênero).
      Abs

  31. Marilene Torres

    Olá Fernanda muito boa suas dicas, mas estou com muitas dúvidas, estou planejando minha 1ª primeira viagem para a Itália e por conta própria, por isso já estou pesquisando passagens de avião, passagens de trens, hotéis, atrações turísticos, cartões de atrações ou passeios com guia, e estou com muitas dúvidas, principalmente como vou me locomover nos transportes, trens e ônibus, eu sei pouquíssimas palavras em italiano, e o meu roteiro está assim: Chego em Roma pelo Fiumicino de lá da estação sei que tem um trem Leonardo Express para poder ir para a estação Termini de lá pegaria o trem de velocidade para Veneza, de lá iria para Florença, de Florença para Roma, sabendo que em cada lugar desse passaria uns 3 dias, exceto em Roma que ficaria 4 dias, e também saindo de Veneza para Florença faria uma viagem de um dia para Verona, chegando em Roma iria para Bari, ou seja, como ver todo o meu trajeto seria tudo de trens, outra coisa os hotéis preferiria muito próximo das estações de trens, até ir a pé seria ideal, a única coisa que quero no quarto seria banheiro privativo, o resto não faço muita questão, já que o quarto só será para dormir mesmo.Me ajuda se esse roteiro está bom ou tem alguma coisa para alterar ou excluir? Obrigada

    • Fernanda Rangel

      Oi, Marilene!
      Você precisa definir primeiro seu roteiro e só depois ir cotando hoteis e trens. Senão vc ficará perdida.
      Outra coisa: o ideal é seguir uma sequência pelo mapa, para evitar a perda de tempo em deslocamento. Vc chegará por Roma e quer ir direto lá para o norte (Veneza) pra depois voltar e ainda descer até Bari (que fica a 4 horas de trem de Roma). Isso vai consumir muito tempo da sua viagem.
      O ideal é pesquisar passagem aérea que chegue por uma cidade e saia de outra. Por ex: eu fiz Brasil-Roma e depois Milão-Brasil.
      Bari fica meio contramão para esse roteiro, mas se vc quiser muito ir até lá, é melhor mesmo saindo de Roma, mas antes de subir pra Florença. Eu fiz algo parecido, porém mais perto, quando visitei Nápoles e Costa Amalfitana.
      Do tipo de hospedagem, aí é só selecionar no site de busca de hotéis (recomendamos o Booking) e selecionar a opção “hotel” (a maioria é quarto e banheiro privativo). E selecionar as regiões próximas às estações de trem de cada cidade.
      Essa pesquisa pré-viagem é árdua e dá trabalho. Sei bem o que é isso…
      Sugiro que vc leia aqui os seguintes posts abaixo, que fala como foi a logística da minha viagem à Itália e algumas dicas sobre que vc mencionou na pergunta.
      Abs
      Roteiro de 18 dias pela Itália
      Dicas de sobrevivência para quem vai visitar a Itália
      Comprando passagem pela Trenitalia

  32. Alanna

    Oi,
    Estou adorando o site de vocês e está super me ajudando a montar o roteiro.
    Tenho umas dúvidas meio básicas e queria saber se você pode me ajudar.
    1) o RomaPass o mesmo cartão eu entro nos museus e uso no transporte público?
    2) Coloco normal o cartã do RomaPass na máquina do metro?
    3) Meu voo tem conexão em Portugal, eu devo fazer a imigração lá ou em Roma?
    4) Agora que tem o RomaPass de 48 horas, qual você acha que mais vale a pena?
    5) Quero assistir a uma audiência papal, que começa pelas 10h30, você acha que vale a pena comprar o ingresso pro museu para esse mesmo dia ou vai estar muito lotado por causa do honorário?

    Conforme forem surgindo mais dúvidas eu volto a perguntar
    Obrigada pela ajuda!!!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Alanna!
      Eu que agradeço o elogio! Fico contente pelo blog estar conseguindo ajudá-la 🙂
      Vamos lá…
      1) Sim, pra entrar nas atrações e usar no transporte, é o mesmo cartão (aquele que a gente preenche o nome)
      2) Basta encostar o código de barras no leitor da catraca do metrô (na verdade é um sistema de portinholas que se abrem quando encostamos o bilhete no leitor, e não uma roleta em si).
      3) A imigração é em Portugal. Depois disso, é como se fosse um voo doméstico. Também fui pra Itália de TAP e fiz conexão (e imigração) em Lisboa. Isso se esse dilema dos refugiados não acabar com o esquema do Espaço de Schengen entre Portugal e Itália na época da sua viagem… Até o presente momento, o trânsito entre esses 2 países está aberto, sem controle de passaporte.
      4) Vai depender do seu roteiro. Na minha época só tinha o Roma Pass convencional de 3 dias. Arrumei meu roteiro para utilizá-lo em 3 dias e o 4º comprei o bilhete normal do transporte na máquina da estação de metrô.
      5) A entrada para os Museus fica fora da Praça de São Pedro, ou seja, a multidão que estiver por lá não atrapalha a entrada. Mas é um dia que o Vaticano costuma ficar cheio. Eu evitaria, mas não chega a ser contra-indicado. O que não dá pra fazer é assistir a audiência e depois visitar a Basílica de São Pedro. Quase certo que vai encontrar uma fila gigante.
      Abs

  33. Fabio Renato Basilio

    Bom dia…estou indo para Roma em Julho com esposa e 02 filhos, de 13 e 10 anos. Li que o menor não paga o metrô e que atualmente o Coliseu não cobra ingresso de menores de 18 anos de qq nacionalidade.
    O ideal então seria comprar apenas 03 Roma Pass? O menor consegue entrar conosco no Coliseu só mostrando o passaporte?
    A segunda atração do Roma Pass seria a Galeria Borghese…compraria o ingresso do menor com desconto pelo site, mas e nós que teríamos o Roma Pass, a prenotação é por telefone? Tem custo? Como conciliar nossa prenotação com o ingresso dele?
    Qualquer ajuda é bem vinda.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Fabio!
      Recaptulando: vcs pretendem usar o Roma Pass no Coliseu e na Galleria Borghese, certo?
      Pergunta difícil, mas vamos lá…
      Do Coliseu:
      Sim, o pequeno entra junto com vcs. Como ele não paga, tanto faz o portão de entrada. A preferência é que ele fique junto dos pais.
      Da Galleria Borghese:
      A reserva do seu caçula será tranquila, pois é feita pelo site. Mas a de vcs, que usarão o Roma Pass, tem que ser por telefone. O valor da reserva está incluso no passe, só sobrando apenas o custo da ligação.
      É um risco enorme vcs tentarem casar a reserva do site com a do telefone, pois não só as vagas são limitadas, como tem a questão de vcs terem que ligar pra Itália (e falando italiano) pra tentar resolver. Acho um transtorno, eles poderiam facilitar a vida dos turistas nesse quesito, mas infelizmente é assim que funciona…
      Minha sugestão seria vcs utilizarem a segunda visita do Roma Pass para outra atração e fazerem a Galleria Borguese SEM usar o passe. Vai dar menos dor de cabeça.
      E aí, de acordo com a nova atração que vcs escolherem, avalie se o seu filho de 13 anos paga entrada. Se não pagar, talvez não valha a pena comprar o passe para ele.
      Abs

  34. Yvan

    Olá Fernanda, parabéns pelo blog, uma verdadeira mão na roda!!!
    Lendo em outro link do seu roteiro, percebi que você não foi no Castelo Sant´Angelo. Gostaria de saber se o Roma Pass cobre essa atração, saber se você cogitou ir e se tem dicas do lugar.

    Obrigado.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Yvan!
      Obrigada pelo elogio! 🙂
      Sim, o Roma Pass dá direito a entrada no Castelo Sant’Angelo. E segundo o site oficial, ainda há uma entrada especial para quem tiver o passe.
      Dê uma olhadinha nas informações do site da atração.
      Abs

  35. Marcos Campos

    Olá, Estarei em Roma no final de agosto e tentei comprar o Roma Pass agora no site oficial e só aparece a opção de 48 hs. Queria comprar o de 3 dias….. Sabe se houve alguma mudança ?

    Abs e Obrigado

  36. Junior

    Olá, parabéns pelo site, excelente trabalho. Tenho uma dúvida: chegarei em Roma dia 08/09, se eu comprar um Roma Pass de 48h e ativá-lo nesse mesmo dia à tarde (no caso, para transporte, pois pretendo usá-lo no Coliseu no dia seguinte) ele perderá a validade no dia 09/09 depois das 23:59 (0:00h de 10/09)? É isso mesmo? Obrigado.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Junior!
      Segundo o site oficial, o passe é válido por exatas 48 horas após a ativação em algum transporte público e/ou em algum museu/atração. Isso dá a entender que, se vc validou às 13h do dia 08, por exemplo, ele vale até às 12:59 do dia 10 (ou seja, 48h depois da validação).
      Agradeço a sua pergunta, pois notei que eles mudaram também o esquema do Roma Pass convencional, que agora vale por exatas 72h (antes ele valia até às 23:59 do terceiro dia). Precisarei fazer um update no post. Valeu pelo alerta! 😉
      Abs

  37. Manndy

    Bom dia! Gostaria de uma orientação: quando meu voo chegar a Roma (19h) o ponto de troca do Roma Pass (PIT Fiumiccino) estará fechado. O que faço? Sabem me informar se há um ponto de troca que fique aberto até mais tarde?

  38. Patrícia Costa

    Olá Fernanda,

    pintou uma dúvida. estou viajando em outubro para Roma e já com ingressos para alguns museus. mesmo de posse dos ingressos, como por ex. o Colisseu, o Roma Pass auxilia na entrada? ou as filas para quem tem ingresso e Roma Pass são as mesmas?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Patrícia!
      Na época que eu fui, havia uma fila exclusiva para o Roma Pass nas atrações onde o utilizei.
      No seu caso, seria um desperdício comprar o passe só pra furar as filas, pois funcionaria como se vc tivesse comprando 2 ingressos pra cada atração. Se não tivesse nada comprado ainda, aí sim o Roma Pass seria uma boa opção.
      O ideal é checar nos bilhetes que vc comprou se eles dão a possibilidade de furar a fila. Alguns museus e atrações dão essa vantagem ao visitante que programou a visita com antecedência.
      Abs

  39. Hauana

    ola! Sabe dizer o valor do ingresso do coliseu e da passagem de trem ou onibus? Pra saber se realmente vale a pena pois só compraria por esses dois motivos. Obrigada

  40. Rafael

    Bom dia Fernanda! Depois das dicas já decidi comprar o Roma Pass, minha dúvida agora é se realmente é necessário comprar com antecedência pelo site, irei viajar agora em novembro de 2016, e fico com receio de esgotar, o que você acha? Outra coisa, como você acha que deve ser o clima nesse período (Roma, Florença, Veneza, Assis)?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Rafael!
      Novembro não é mais alta temporada, mas em se tratando de Roma, vai estar cheia de turistas assim mesmo. Por isso, eu compraria online o Roma Pass por garantia (eu fiz isso e foi muito tranquilo).
      Não sei exatamente como estará o clima nesta época, já que visitei a Itália no mês de maio. Como será no meio do outono, acredito que as temperaturas variem do ameno para o frio (quanto mais perto de dezembro, mais frio). E também quanto mais pro norte, mais frio também, pois fica perto dos Alpes.
      Abs
      Abs

  41. Rose Moura

    Olá Fernanda! Parabéns pela tua página, dicas super boas! Tenho uma dúvida em relação à entrada no Coliseu…com o Roma Pass não necessita agendamento prévio? E para uma criança de 11 anos vale a pena pelo fácil acesso , ou seja, ausência de filas…?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Rose!
      Obrigada pelo elogio!
      Com o Roma Pass em mãos, basta ir direto pra entrada exclusiva e pronto. Sem fila de bilheteria, nem nada.
      Quanto à sua filha, ela entra de graça no Coliseu/Forum Romano, então não precisa do passe. Não lembro de ter visto nenhuma criança entrando sozinha por um portão especial. Acredito que a sua filha deva entrar junto com vc (como é entrada dela é livre, tanto faz por qual portão passará).
      Mas dependendo do roteiro que vcs farão, pode ser que ela pague ingresso em outras atrações e talvez o Roma Pass possa ser útil. Teria que pesquisar os sites oficiais das atrações pra conferir e depois fazer as contas.
      Abs

  42. Amanda Dias

    Boa tarde.

    Obrigada pelas dicas são muito boas 🙂

    Tenho uma dúvida você já comprou os ingressos pelo site chamado ticketbar?
    É seguro?

    Obrigada.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Amanda!
      É um site bem conhecido de vendas de ingresso, mas nunca comprei com eles.
      Eu costumo comprar direto nos sites oficiais das atrações (ou dos passes), pois assim não tem taxa de comissão que possa vir a ser cobrada por terceiros.
      Abs

  43. Carlos Libório

    Você sabe me informar se eu posso comprar online no site do Romapass cinco meses antes da minha viagem ou seja no dia 20 de janeiro de 2017 e depois retira-lo em local escolhido por mim em Roma no dia 9 de junho 2017 ? Porém pretendo ativa-lo somente. no dia 19 de junho de 2017

    • Fernanda Rangel

      Oi, Carlos!
      Simulei a compra no site oficial do Roma Pass e só era possível agendar a retirada até o final de abril.
      Baseando nisso, a reserva para a retirada para junho/17 provavelmente só estará disponível de ser agendada à partir de Março/17.
      Por via das dúvidas, entre no site (neste link aqui) e vá simulando a compra. Dá pra fazer isso sem finalizar a compra.
      Abs

  44. Carolina

    Olá, tenho uma dúvida. Eu vou comprar o Romapass de 72h e vou escolher o Coliseu+Museus Capitolinos como as 2 entradas incluídas.
    Nos restantes museus que entrar que tenham o desconto do Romapass, dirijo-me à fila do Romapass ou tenho de ir para a fila normal?
    Cumprimentos e desde já obrigado

    • Fernanda Rangel

      Oi, Carolina!
      Olha, o site oficial não fala nada a respeito, mas acho que será por uma entrada comum. Digo isso pq vc terá que entrar na fila da bilheteria, apresentar o Roma Pass no guichê e adquirir o bilhete do ingresso com preço diferenciado. E provavelmente será direcionada para a entrada convencional (algumas exclusivas do Roma Pass exigem que se passe o cartão na catraca pra liberar a atração – e isso não seria possível de ser feito se o passe já tivesse sido usado nas 2 atrações anteriores).
      Minha experiência não valeu muito pra confirmar isso: usei o meu Roma Pass exatamente como vc pretende fazer para as 2 atrações iniciais e depois usei como desconto para visitar as Termas de Caracalla. Lá não tinha uma entrada exclusiva para o Roma Pass. A diferença é que quem tinha o passe, entrava logo de cara. E quem não tinha, precisava encarar a bilheteria.
      Abs

  45. Hilda

    Olá Fernanda! Obrigada por responder! Estou com dificuldade para compra o Roma Pass porque pede uma província da Itália… poderia me ajudar? Obrigada

    • Fernanda Rangel

      Oi, Hilda!
      Dei uma olhada lá no site e faria assim: preencheria a cidade e o país, deixando em branco a província. Espero que ele aceite (não tive como continuar sem efetuar a o pedido).
      Se conseguir efetuar a compra, avise-nos para que possamos repassar a informação para os outros leitores.
      Abs

  46. Diego

    Olá!
    Esse é o melhor blog de Roma que existe. Parabéns!
    Uma dúvida, o preço online do Roma Pass é o mesmo das bilheterias físicas?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Diego!
      Obrigada pelo elogio! 😀
      Creio que sim. Não encontrei nenhuma citação no site oficial dizendo que há um preço diferenciado pra quem compra online.
      O único risco de deixar pra comprar lá é que, dependendo do posto de turismo, pode acabar o estoque de passes do dia (já ouvi alguns relatos sobre isso).
      Por desencargo, é melhor comprar pelo site e programar o resgate lá – eles guardam os passes reservados para serem pegos naquele determinado dia.
      Abs

  47. Edina

    Fernanda querida, parabéns, muito bem explicado seu blog.
    No meu caso, creio q o Roma pass não é viável, pois chegarei em Roma dia 17/5, pela manhã, sigo até a estação Termini e a tarde desse mesmo dia já embarco para Rapallo.
    Eu gostaria de apenas conhecer o Coliseu, dar uma olhada rápida, até porque não sei se o tempo q tenho me será suficiente para mais q isso.
    O q vc acha relevante conhecer ??
    eu devo realmente dar uma andada internamente, o tempo não seria curto? a permanecerei no local (entre a chegada e saída de Roma) aproximadamente 5 horas
    Vou ficar 40 dias em Rapallo, depois eu pretendo voltar pra conhecer o Vaticano, mas acho q um dia tb não sera suficiente para conhecer os dois locais.
    Me dê uma luz, por favor.
    Muito obrigada e sucesso!

    • Fernanda Rangel

      Eu que agradeço o elogio, Edina! 😀
      Olha… É um desafio e tanto fazer um roteiro de 5 horas em Roma. Eu fiquei 4 dias e nem de longe foi o suficiente! Hehehe…
      Se eu tivesse 5h, optaria apenas por conhecer o Coliseu por fora e depois ia dar uma volta pelo Centro Histórico, passando por atrações que dá apenas pra dar uma olhadinha rápida e pausa pra uma foto, como a Fontana di Trevi, a Piazza di Spagna, a Piazza Navona e o Pantheon.
      Aí deixa o Vaticano pra quando vc voltar. Se tb tiver algumas horas, opte pela Basílica de São Pedro, tentando chegar bem cedo pra fugir da fila. Ou então, se quiser muito ir nos Museus e Capela Sistina, compre o ingresso com hora marcada, fique de olho no relógio e esqueça a Basílica (talvez só uma foto na Praça de São Pedro).
      Uma excelente viagem pra vc!

  48. Andreia Gontijo

    Ótimas dicas! Estou com uma dúvida, meu filho tem 10 anos já completos, fiquei sabendo que ele não pagará pelo transporte publico. Isto procede?

    obrigada!

  49. Josiane

    Oi Fernanda, ficarei em Milão, estou tentando reservar passagem de trem até Roma. Fazer um bate e volta, ir bem cedinho e voltar a noite para Milão.
    As passagens são muito caras, é isso mesmo, não tenho opção, ?

  50. Josiane

    Irei no mês de julho

    • Fernanda Rangel

      Oi, Josiane!
      Sei que não foi o que vc me perguntou, mas tem certeza que vai ser uma boa ideia fazer esse bate-volta? Roma tem muita coisa pra visitar (mas muita meeeeesmo) e será que vale a pena ver tudo correndo ou de maneira superficial?
      Isso sem contar no tempo perdido de deslocamento: segundo o site da Trenitalia, uma viagem entre as duas cidades dura cerca de 3h. Contando a ida e a volta, serão 6h no total – quase metade do dia que vc vai perder só se deslocando…
      Se mesmo assim vc achar que vale a pena, basta pesquisar os preços no site oficial da Trenitalia, a cia que administra o serviço ferroviário italiano (veja aqui). Lembrando que, na hora de pesquisar, tem que escrever o nome das cidades em italiano (Milão é Milano e Roma é Roma mesmo…).
      Abs

  51. Dirce Helena

    Estou encantada com o Post!
    È tudo que eu precisava, estou indo viajar para Roma mas com medo de me perder, pois a viagem com grupo
    excursões sai o dobro do preço. Então consegui fazer um pacote de 12 dias mais em conta, mas já com Hoteis,
    ja incluído por onde passar. Agora vou cada detalhe aqui, e ficar atenta as dicas. Preciso entender o Celular como funciona, comprar bilhetes etc…
    grata pela ajuda,
    Dirce

  52. guilherme

    Olá Fernanda, tudo bem? Você informar se crianças de 4 anos pagam? Ou terei que comprar 3 (eu, minha esposa e minha filha) ingressos no Roma Pass? Obrigado

    • Fernanda Rangel

      Oi, Guilherme!
      Crianças pequenas não pagam na maioria das atrações e no transporte. Dependendo de onde vcs forem, não será necessário 😉
      Palavras da FAQ do site do Roma Pass (traduzida): “A compra do Roma Pass não é recomendada para crianças menores de 10 anos, já que para eles a entrada nos museus estatais é gratuita, assim como o transporte público. E o bilhete com valor reduzido é esperado para museus pertencentes a Civic Network, gerido pela City of Rome”.
      Veja a informação na íntegra aqui (é pergunta 1.7).
      Abs

  53. Ranniere

    Vc poderia me tirar uma dúvida? Como uso o roma pass no ônibus? É só portar ou precisa ativar? Grato

    • Fernanda Rangel

      Oi, Ranniere!
      Desculpe a demora pela resposta.
      A página oficial (na seção “FAQ”) diz: “O cartão funciona em um sistema RFID (Radio Frequency Identification). Não precisa ser inserido e carimbado em máquinas de validação localizadas em ônibus, bondes e estações de metrô. Simplesmente coloque seu cartão no círculo preto do leitor amarelo para passar por bondes, ônibus e trens de metrô. Uma luz verde indica que o cartão foi lido corretamente.”
      Na época que usei, tinha um código de barras que a gente encostava no leitor do ônibus / catraca do metrô. Pelo jeito, continua assim. 😉
      Abs

  54. Noralice Shigetomi

    Fernanda, você sabe se o Roman Pass pode ser pago em dinheiro lá nos pontos de vendas? Porque no site deles informam que deve ser pago com cartão de débito ou crédito. Obrigada

    • Fernanda Rangel

      Oi, Noralice!
      O passe pode ser comprado na hora sim, mas dependendo da época que vc for, é recomendável garantir a compra pelo site, pois às vezes eles esgotam. Se comprar com antecedência, eles reservam.
      E acredito que possa ser pago em dinheiro sim. Não encontrei nada falando sobre isso no site oficial, o que se subentende que não é proibido (quando não pode, geralmente é avisado).
      Abs

  55. Carlos

    Oi Fernanda,

    Parabéns pelo site. Ótimo.
    Comprei o Roma Pass 72 horas para utilizar na minha viagem.
    Minha dúvida é:
    Coliseu/Foro Romano/Palatino são considerados um só evento.
    Mas se fizer a sequencia: Coliseu e Castelo Sant`Angelo em um dia e Foro Romano no outro, o Roma Pass continua me dando direito a furar fila no Foro (mesmo tendo colocado o Castelo Sant`Angelo como segunda atracao) ?

    Obrigado

    • Fernanda Rangel

      Oi, Carlos!
      Eu que agradeço o elogio!
      No site do Coliseu, é dito que “o bilhete coliseu / fórum romano / palatino e exposições atuais é válido por 2 dias consecutivos, desde o primeiro uso, para 1 entrada para o coliseu e 1 entrada para o fórum romano / palatino”. (veja a informação aqui).
      Mas não sei te dizer se esse esquema vale também para quem tem o Roma Pass. Rodei todo o site do passe e não achei essa informação…
      Sugiro entrar em contato com eles pra confirmar isso. O e-mail de contato é: info@romapass.it
      Abs

  56. Claudia G Coelho

    Olá! Gostaria de saber se com o passe vc consegue furar fila em todas as atrações, por exemplo, nas que eu usar a entrada gratis, sei que sim. Mas após isso quando eu precisar ir comprar o ingresso na bilheteria, há uma fila especial para quem possui o pass?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Claudia
      Desculpe a demora pela resposta.
      Não sei se em todas as atrações teria uma fila exclusiva, mas de qualquer forma, vc tem que encarar a da bilheteria para conseguir comprar o ingresso com desconto.
      Abs

  57. leonardo ulhoa

    ola
    tenho uma divida
    se comprar o roma pass de 72horas
    e ativa-lo dia 9/3 as 9h ele valerá ate as 9h do dia 12/3?

    • leonardo ulhoa

      Duvida*

      Se usar 1 entrada gratuita no coliseu posso comprar com desconto no Castelo Sant`Angelo e só usar minha segunda gratuidade na galeria borguese?

      • Fernanda Rangel

        Oi, Leonardo!
        Isso. Ele expira quando faz 72h exatas da validação. Se ativou às 09:00 do dia 09/03, ele valerá até 08:59 do dia 12/03.
        Vc pode escolher 2 atrações (qualquer das credenciadas) para ter a gratuidade. Da 3ª em diante, aí só com desconto. Se vc quer ir “de graça” ao Coliseu e a Galeria Borguese, sem problemas. Qdo for ao Castelo Sant’Angelo, aí pede o desconto.
        Lembrando que, para a Galleria Borghese, é obrigatório fazer a reserva, mesmo que vá utilizar o Roma Pass como ingresso.
        Abs

  58. Marcondes

    Bom dia Fernanda, ótimo o seu site.
    Com o Roma para, posso visitar todos os lugares dentro do coliseu? Já vem com audioguide ou posso comprar separadamente on line ou na bilheteria do coliseu?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Marcondes!
      Obrigada pelo elogio.
      Pode sim. A menos que esteja ocorrendo algum evento extra lá dentro, que exija ingresso separado. Quando fui, o Roma Pass me permitiu visitar tudo. EXCETO, claro, o subterrâneo do Coliseu. Isso é a parte. E talvez o último andar do Coliseu, aberto recentemente.
      No site do passe não fala nada sobre cobrir o valor do audioguia no Coliseu. Mas faz uma observação sobre oferecer desconto para o audioguia no Forum Romano/Palatino. Isso me leva a crer que deva ser assim também no Coliseu…
      Aliás, dando uma pesquisada aqui no site oficial do Roma Pass, há uma observação que diz que agora a visita ao Coliseu requer reserva – mesmo com o Roma Pass. Foi bom, pois atualizarei essa informação no post. 😉
      Para o Coliseu , os portadores do Roma Pass podem fazer uma reserva de três maneiras:
      >> On-line, no site da Coop Culture – taxa de reserva obrigatória 2 € (com cartão de crédito)
      >> Call center no 0639967575 – taxa de reserva obrigatória 2 € (com cartão de crédito)
      >> Na bilheteria do Fórum Romano / Palatino, somente no dia da visita (mediante disponibilidade) – a bilheteria emitirá um recibo gratuito com a hora da admissão.
      Abs

  59. Thiago Brito

    Fernanda, parabéns pelo Blog e pelas facilidades que oferece aos visitantes:-) Digna de elogios.

    Algumas dúvidas, por gentileza.

    A primeira: se eu fizer a sequência Monte Palatino, Forum e Coliseu, como faço em relação ao Roma Pass? Utilizo ele na primeira bilheteria do Monte e nela já recebo os tickets para O Forum e para o Coliseu automaticamente, ou precisarei me dirigir a cada uma posteriormente e pegar cada ingresso?

    Em relação a reserva do Coliseu que precisa ser pré agendada, se eu começar pelo Monte, ele precisará de reserva também?

    Por último: o Roma Pass dá direito a duas entradas sem pagar, mas em relação a”fura’ as filas, engloba tantas quantas eu quiser, ou fica limitado a apenas duas também?

    Obrigado pela ajuda:-)

    Thiago Brito

    • Fernanda Rangel

      Oi, Thiago!
      Eu que agradeço o elogio!
      Vamos lá…
      1) Basta se dirigir a entrada especial para portadores do Roma Pass em cada uma dessas atrações e apresentar o passe. E no caso do Coliseu, tem que ter a reserva junto (que vc deverá pegar na bilheteria do Forum). A entrada no Coliseu e no Forum/Palatino conta como 1 entrada.
      2) Essa informação da reserva para o Coliseu é recente, não era assim na época que eu fui. Pesquisando no site oficial, nada é falado sobre reserva para visitar o Forum/Palatino… Eles dizem que é o Coliseu que tem limite de 3.000 pessoas lá dentro. Como o Forum e o Palatino são mais amplos, acho que não deva haver tanta restrição de gente. Mas isso é o que eu acho, não sei se está sendo assim. Se tiver reserva, provavelmente aparecerá o agendamento na hora de efetuar a compra.
      3) O passe dá “gratuidade” às 2 primeiras atrações que vc visitar e a partir da 3ª, ele dá apenas desconto. Ou seja, tem que encarar a fila da bilheteria para comprar esse ticket com desconto. Por isso, perde um pouco o sentido do “fura a fila”, cuja vantagem maior é escapar das bilheterias (que costumam ser a parte demorada do passeio).
      Abs

  60. Juliana Nunez

    Oi Fernanda! Gostaria de fazer a visita com audioguia, sabe me dizer como funciona? O Roma Pass fornece? Bju.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Juliana!
      Vc diz a visita ao Coliseu com audioguia?
      Não utilizei na época que eu fui, não saberia te dizer exatamente como ele funciona. Mas baseado em outras visitas que já fiz com audioguia, deve ser um aparelho onde vc colocará um código (que estará identificado na atração) e escutar. Alguns audioguias são um tablet, em que o visitante consegue ouvir e visualizar as curiosidades sobre aquela atração.
      E, infelizmente, não está incluso no Roma Pass (segundo o site oficial).
      Bjs

  61. Vanessa

    Oi, Fernanda! Muito bom o site! Tenho uma dúvida, no Roma pass de 72 temos duas atrações gratuitas, elas tem que ser as duas primeiras (consecutivas)? Ou eu posso usar uma gratuita no primeiro dia, usar o desconto ao longo do dia e aí usar a segunda gratuita no segundo dia?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Vanessa!
      Obrigada pelo elogio.
      Tem que ser consecutivas. Não existe a opção de escolher a atração e cadastrar no sistema, por exemplo. Ao entrar nas atrações, vc passa o cartão do passe e o sistema reconhece o código, registrando o uso. A próxima vez que usar, ele vai considerar como “segunda gratuidade”.
      Abs

Totos os direitos reservados