Como Utilizar o Transporte Público em Viena na Áustria?

Se você está indo conhecer a capital austríaca, tem dúvidas de como fazer para locomover-se pela cidade e quer saber como funciona o transporte público de lá, então não perca esse post.

Transporte público de Viena

Transporte público de Viena

Um dos grandes baratos de visitar uma cidade por conta própria, sem ajuda de um guia turístico, é pode se misturar com a população local e viver um pouco do cotidiano daquele lugar.

E para conseguir se locomover mais facilmente, muitas vezes precisamos lançar mão do transporte público disponível para realizar os deslocamentos. Se a cidade for grande, então... Vamos encontrar várias opções.

A cidade de Viena é relativamente grande e conta com um ótimo serviço de transporte público que facilita muito a vida dos vienenses e também dos turistas.

Um dos atrativos da capital austríaca é passear por suas ruas e admirar a elegância dos edifícios. Mas como toda cidade grande, precisamos fazer deslocamentos maiores ou até mesmo poupar tempo (e as pernas) em algumas situações. É nessa hora que um metrô ou um bode salva a lavoura.

Neste post trarei informações úteis e também dicas para que você possa desfrutar do transporte público de Viena, sem entrar em nenhuma roubada.

O bilhete do transporte público de Viena

Não importa qual meio de transporte você utilizará por lá: o bilhete a ser usado é o mesmo.

Isso é uma facilidade não só para os vienenses, mas principalmente para os turistas, que não estão acostumados com o esquema da cidade.

O bilhete – chamado VOR – possui várias opções de acordo com o tempo de validade e a zona da cidade que ele abrange.

Há também o Einzelfahrschein, que nada mais é do que o bilhete avulso (corresponde a uma única viagem) – ideal para quem for fazer um deslocamento ocasional.

Mas se você for utilizar várias vezes o transporte para se deslocar entre as atrações turísticas da cidade, vai valer mais a pena adquirir o bilhete VOR de 24-Stunden (24h), 48-Stunden (48h), 72-Stunden (72h) ou o 8-Tage (semanal). Geralmente sai mais barato do que comprar vários avulsos.

Confira os preços dos bilhetes oferecido pelo site da cia de transportes de Viena.

Máquina de validação

Máquina de validação

COMO VALIDAR O BILHETE? Basta introduzi-lo nas máquinas próprias que há nos meios de transporte e ela irá carimbar o papel do bilhete.

Se for um dos bilhetes VOR de horas ou dias, basta fazer isso apenas na 1ª vez. Mantenha-o sempre com você enquanto durar a validade dele.

Já o bilhete avulso (Einzelfahrschein) só é validado uma única vez, quando utilizado – depois disso, já não vale mais. E também tem que ser mantido com você até terminar a viagem do transporte, caso haja fiscalização (e ela ocorre mesmo, vi várias vezes...).

Cuidado! Se não validar o ticket e for pego no flagra por algum fiscal, prepare-se para receber uma multa pesada (e passar por um constrangimento).

Máquina de bilhetes dentro do Tram

Máquina de bilhetes dentro do Tram

ONDE COMPRA O BILHETE? Ele pode ser adquirido nos guichês das estações ferroviárias de Viena e do metrô, ou então em máquinas próprias que ficam nos pontos do Tram (o bonde de Viena) ou nas estações do metrô.

Ele também pode ser adquirido em máquinas que ficam dentro dos veículos (onde só se aceita moedas) ou com o motorista do tram e do ônibus. A desvantagem de ambas é que a passagem sai mais cara.

QUAL BILHETE COMPRAR? Também vai depender do seu roteiro...

Bilhete VOR 72 horas

Bilhete VOR 72 horas

Viena é uma daquelas cidades que se faz quase tudo a pé, mas que às vezes requer o uso do transporte público não só para deslocamentos maiores, como também para ganhar tempo.

No meu caso, fiquei o equivalente a 3 dias em Viena e precisei do transporte algumas vezes. Fiz as contas e percebi que valia mais a pena comprar o VOR de 72h (72-Stunden).

DICA: Vários hotéis de Viena fornecem um passe gratuito do transporte para os hóspedes, que cobre todo o período da hospedagem. Verifique isso no ato da sua reserva e obtenha uma economia no seu gasto diário.

Eu não sabia que o meu dava esse “mimo” e me ferrei: comprei o bilhete na estação ferroviária logo que cheguei de Salzburgo, antes de ir pro hotel, e tive a surpresa (desagradável, no meu caso) logo após concluir o check-in.

Vienna Card

Vienna Card

E O VIENNA CARD? O passe turístico de Viena dá direito a desconto no ingresso de várias atrações da cidade e também permite o uso ilimitado do transporte público dentro do período de validade dele. Há opções para 48h e 72h.

Aí vai depender de cada caso. De acordo com o roteiro que eu ia fazer, não achei um passe muito vantajoso.

Além do mais, ele apenas oferece desconto nos ingressos (não dá “gratuidade” a nenhuma atração) e não evita a fila da bilheteria.

Mas torno a dizer: depende de cada caso. Confira as informações para que você possa fazer uma avaliação.

O sistema de “zonas” do transporte público de Viena

Assim como ocorre em várias capitais europeias, o preço do bilhete varia de acordo com a zona da cidade que a viagem de transporte atinge.

Zonas do transporte público de Viena

Zonas do transporte público de Viena

Por exemplo: se você for ficar só pelo centro paga um bilhete mais barato do que aquele que for utilizado para ir à periferia da cidade (vai se deslocar mais e, por isso, paga mais).

O mapa das zonas de Viena é meio complicado e não segue o esquema de zonas concêntricas perfeitas, como ocorre em outras cidades da Europa.

E pra piorar: não é zona 1, zona 2, zona 3... É um tal de zona 100, zona 375, zona 480... Uma zona!

Mas como o foco do Para Viagem é trazer dicas úteis para turistas, saiba que não será preciso decorar mapa nenhum. Ainda bem!

Basta apenas saber que todas as atrações de Viena ficam na zona 100 – e isso inclui a ida até Schönbrunn, que fica na periferia da cidade, mas ainda dentro desta zona.

Planejando a sua rota em Viena

Para quem está fazendo o planejamento dos trajetos de transporte público a ser feito, há 2 opções bacanas para que você possa escolher o meio a ser utilizado, o percurso e a linha ideal.

Uma delas é o site da Wiener Linien, o órgão que administra o transporte em Viena. Na página inicial você encontra um formulário onde preenche o local de origem e o destino e ele calcula as opções para o seu caso. Simples e prático. Confira o site.

A outra é o site da ÖBB, a companhia que administra todo o transporte público e ferroviário da Áustria. Qualquer tipo de deslocamento no país, seja entre cidades ou dentro delas, ele gera o itinerário que você precisa.

Da mesma forma, ele oferece um formulário onde preenchemos a origem e o destino. Muito prático também.

A única diferença é que aqui será necessário especificar que você quer que seja Viena (que em alemão se escreve Wien). Digo isso, porque algumas ruas e praças possuem nomes iguais em cidades diferentes dentro da Áustria.

Como você estará procurando por um trajeto em Viena, basta acrescentar o Wien no campo de preenchimento. Confira o site.

Já contratou o Seguro Viagem?

Você sabia que quando se viaja para a Europa a contratação de um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros é obrigatória? Então, faça agora mesmo uma cotação na Seguros Promo e escolha entre as melhores seguradoras sempre com ótimo custo benefício. Aproveite essa oportunidade e tenha 5% de desconto utilizando o nosso cupom: PARAVIAGEM05

O Metrô de Viena

Conhecido como U-Bahn, o metrô de Viena conta com 5 linhas que cruzam entre si: a U1, U2, U3, U4 e U6 (não existe a U5).

Cada uma delas possui uma cor diferente e possibilita que o turista circule pelos principais pontos de Viena, mesmo que necessite fazer baldeações pelo caminho.

Mapa do metrô de Viena

Mapa do metrô de Viena

Para identificar uma saída de metrô, é fácil: basta procurar por cubos azuis com a letra U em branco.

Símbolo do Metrô de Viena (U-Bahn)

Símbolo do Metrô de Viena (U-Bahn)

Uma vez na estação, é necessário validar o seu bilhete nas máquinas azuis que estão presas a barras de ferro no caminho das escadas rolantes de acesso para as plataformas.

Caso já o tenha validado em outra máquina antes e ainda estiver dentro do prazo, não precisa fazer nada. Mantenha-o guardado, caso algum fiscal te aborde. E cuidado para não deixar a validade vencer no meio da viagem.

Uma coisa que pode causar estranhamento em algumas pessoas é o fato de não haver catracas no metrô. As máquinas azuis ficam no caminho das pessoas, confiando que elas vão lá validar o bilhete.

ATENÇÃO: Não se esqueça de validar o seu bilhete nas máquinas! Presenciei, em 3 ocasiões, fiscais e policiais fazendo o controle dos bilhetes de quem passava (sim, a POLÍCIA também participa da fiscalização!).

E teve gente pega no flagra. Não corra o risco de passar por um constrangimento desnecessário como esse, numa viagem de férias.

Não há catracas no metrô de Viena

Não há catracas no metrô de Viena

Para saber qual a plataforma certa, basta seguir as placas indicativas – que seguem o padrão de cores das linhas e que mostram o nome delas (U1, U2 e etc) e também os nomes das estações terminais, que estão em extremidades opostas na linha.

Todo e qualquer metrô utiliza as estações terminais como referência, para que o passageiro possa saber qual a plataforma correspondente à direção que ele precisa tomar.

Achei as placas das estações do metrô de Viena muito didáticas e não me perdi em momento algum. Isso é ótimo, porque tem algumas que atendem a mais de uma linha e pode acabar confundindo quem não esteja acostumado.

Outra coisa bacana são os painéis informando em quantos minutos a próxima composição irá passar. Eles estão presentes pela estação e nas plataformas.

O metrô de Viena é super bem sinalizado. Basta saber para onde você quer ir. Na foto direita inferior, uma placa com o itinerário da linha exposto na plataforma do metrô

O metrô de Viena é super bem sinalizado. Basta saber para onde você quer ir. Na foto direita inferior, uma placa com o itinerário da linha exposto na plataforma do metrô

Uma vez dentro do metrô, uma gravação vai anunciando os nomes das estações. Se você não entender alemão, não se preocupe: há painéis eletrônicos no interior que também sinalizam isso. Basta saber qual o nome da estação que você precisará descer.

A maior parte do trajeto do metrô é feito no subsolo da cidade, mas em alguns pontos ele corre na superfície e tem estações na altura da rua (como é o caso da estação próxima ao Palácio Schönbrunn).

Interior do metrô de Viena

Interior do metrô de Viena

Quando descer do metrô e quiser sair da estação, basta seguir as placas onde está escrito Ausgang (que significa “saída” em português) ou aquelas que informam a direção para algum ponto de referência da cidade que está perto da saída.

O Tram (ou Bonde) de Viena

Pra mim, o transporte mais agradável da cidade, pois tem a grande vantagem de permitir que você vá apreciando a paisagem por todo o percurso enquanto faz o deslocamento.

Conhecido como Strassenbahn (algo como “trem da rua”) ele funciona como se fosse um metrô de superfície e vai parando em todos os pontos que compõem o seu trajeto.

Placa do Tram (S-Bahn)

Placa do Tram (S-Bahn)

Para identificar um ponto, basta procurar por placas redondas de cor vermelho e branca, onde vemos escrito Strassenbahn Haltestelle. No alto delas, há o nome do ponto, e abaixo, os números das linhas em pequenos círculos.

Em alguns pontos vemos também um mapa do itinerário das linhas que passam por ali. Mas nem todos que tem isso (passei por uns que não tinham).

Quando o seu Tram se aproximar, não é necessário dar sinal. Eles param em todos os pontos do percurso.

A melhor maneira é adquirir o bilhete antes de embarcar no Tram. Como disse antes, existe a possibilidade de comprar na hora com o motorista ou em máquinas próprias dentro do veículo (onde só aceitam moedas), mas não vale a pena: a passagem sai mais cara.

Tram passando em frente ao Parlamento Austríaco

Tram passando em frente ao Parlamento Austríaco

Assim como no metrô, há máquinas azuis para validar o bilhete. E nesse transporte não presenciei fiscalização, mas é recomendável que você não se esqueça de fazer isso.

Caso já o tenha validado em outra máquina antes e ainda estiver dentro do prazo, não precisa fazer nada. Mantenha-o guardado, caso algum fiscal te aborde. E cuidado para não deixar a validade vencer no meio da viagem.

Caso tenha comprado o bilhete nas máquinas do interior do veículo ou com o motorista, não é preciso passar na máquina azul: eles já vem validados.

Da mesma forma que no metrô, também há um painel eletrônico que vai informando o nome dos pontos. Basta saber onde saltar pra não se perder.

O Ônibus de Viena

Ônibus de Viena

Ônibus de Viena

Como em qualquer metrópole, há também o serviço de ônibus para o deslocamento pela cidade.

Eu não tive experiência com esse meio de transporte e não teria como dar minha visão sobre ele. Aliás, pelo que pesquisei antes de viajar, eles são muito pouco utilizados pelos turistas, já que o Metrô e o Tram costumam ser bastante úteis para quem quer visitar os pontos turísticos da cidade.

Mas para compor o post, pesquisei na web e descobri que ele é bem parecido com o Tram, com relação às máquinas azuis de validação, compra de bilhete mais caro com o motorista, painel eletrônico no interior do veículo informando os pontos e etc.

Quanto às placas dos pontos de ônibus, elas são parecidas com as do Tram, com a diferença de que aqui são em formato de meia-lua, de cor azul e branca, e vem escrito Autobus Haltestelle.

Taxi em Viena: Vale a pena?

Utilizei este serviço no meu último dia em Viena, quando precisei me deslocar de mala e cuia até a estação Hauptbahnhof, onde pegaria um trem até Praga. E esta estação ficava um pouco distante do meu hotel.

Achei um serviço muito tranquilo e, no meu caso, o taxista foi honesto, pois eu tinha feito o mesmo trajeto de Tram no 1º dia (quando fui visitar o Belvedere) e lembrava bem do caminho.

Taxi

Taxi

Não peguei nenhum táxi na rua – no meu caso, ele foi solicitado pelo recepcionista do hotel (o que é altamente recomendável, se você quer utilizar este serviço com segurança). Mas, segundo apurei, é mais fácil você conseguir pegar um que esteja parado num ponto de táxi do que fazer sinal para algum motorista na rua.

Como em qualquer cidade (principalmente na Europa) é um serviço mais caro. Felizmente, pela eficiência do metrô, tram e ônibus, dificilmente precisaremos apelar pra algum táxi para turistar por Viena.

Contudo, admito que às vezes eles são uma “mão na roda” no que diz respeito a deslocamentos feitos tarde da noite e também quando estamos com mala à tiracolo.

Se você for assistir um espetáculo na Ópera de Viena, por exemplo, e tiver que voltar mais tarde para o seu hotel, pegar um taxi costuma ser uma boa opção. Nunca é recomendável pegar transporte público muito tarde, numa cidade que não estamos acostumados. Fora que alguns serviços nem funcionam direito em horários muito tardios.

Com relação às malas, nem preciso falar que é um saco arrastar mala pela cidade, tendo que encarar subida no tram, descer as escadas do metrô (mesmo que a maioria seja rolante), entrar com bagagem em vagão cheio...

A menos que você esteja só com mochila, saiba que andar de transporte público com mala não será (e não é) nada prático. Tem certas economias que não valem a pena.

Enfim, respondendo à pergunta do título... Para fazer turismo: não vale a pena pegar táxi. Mas dependendo do caso, principalmente se envolver bagagens: vale a pena sim.

Dicas extras

• Confira nossa sugestão de Roteiro de 3 dias em Viena e veja o que fazer na cidade em poucos dias de visita.

• Não perca também nosso post sobre a visita ao Palácio Schönbrunn e veja todas as informações úteis para realizar esse passeio pela antiga e bela residência de verão dos Habsburgo.

Dicas importantes para seu planejamento de viagem à Áustria

Pretende passear pelo país de trem? Então não perca nosso post que te explica como utilizar os trens na Áustria.

Para não entrar em nenhuma roubada na sua estada pelo país, não deixe de ver nossas dicas de sobrevivência para quem vai à Áustria.

• Aqui no blog temos também outros roteiros de o que fazer nas cidades de Salzburgo e Innsbruck.

Vai Viajar?

 Encontre o hotel perfeito para sua próxima viagem com garantia do menor preço. O nosso blog tem parceria com o Booking, serviço que te ajuda a comparar preços de hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura. Você ainda pode fazer uma reserva com a opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in. Garanta sua reserva de hotel agora mesmo.

 Antes de alugar um carro, faça uma comparação entre as principais locadoras do Brasil e do mundo. A nossa parceira RentCars te ajuda nessa busca de preços e oferece todas as opções de forma rápida e segura. A cobrança poderá ser feita em reais, sem IOF. Divida em até 12 parcelas no cartão de crédito ou aproveite um desconto de 5% no boleto bancário. Compare os valores e economize.

 Não esqueça do seguro viagem. Economize tempo e dinheiro fazendo uma cotação na Seguros Promo. Encontre os melhores planos das principais seguradoras por preços imbatíveis. Pagamento no cartão de crédito em até 12 parcelas ou com desconto no boleto bancário. Ganhe 5% de desconto adicional comprando seu seguro com nosso cupom de desconto: PARAVIAGEM05.

 Compre um chip internacional e se mantenha conectado durante sua viagem. A Easysim4u oferece planos sob medida na Europa com conexão de internet 4G franquias proporcionais ao número de dias do pacote. Você recebe o chip em sua casa, de forma antecipada, e chega em seu destino com tudo funcionando. Compre com 10% de desconto usando o nosso cupom exclusivo: PARAVIAGEM10.

 Compre ingressos para atrações, shows, espetáculos, eventos, tours, passeios e muitas outras experiências com a GetYourGuide. A empresa, presente nos principais destinos, oferece vantagens como a garantia do menor preço e a possibilidade de reserva online antecipada, garantindo seus bilhetes antes da viagem.

Reservando com nossos parceiros, além de garantir o menor preço e um serviço de qualidade, você também ajuda a manter o blog e nos motiva a produzir cada vez mais conteúdo.

Galeria de Fotos:

15 Comentários
  1. André Lemos

    Excelente o seu post

  2. Karin

    Olá! Ótimo o seu post 🙂
    Só gostaria de uma informação, o cartão para o transporte de 24 – 72 horas é pessoal? Ou existe cartões para mais de uma pessoa? Agradeço

    • Fernanda Rangel

      Oi, Karin!
      O ticket não vem com o nome do comprador e, por isso, ele pode ser usado por qualquer pessoa. Por exemplo, vc pode usar num dia e dá-lo para um amigo usar depois, em outra ocasião.
      Porém, segundo o site da Wienen Lienen, ele só pode ser utilizado por um passageiro de cada vez, ou seja, se vc estiver acompanhada de um amigo, os 2 não podem usar o ticket para a mesma viagem juntos.
      Abs

  3. Marcos Rabello

    Valeu. Excelente. Estou indo à Viena em Junho de 2017. Suas dicas estão sendo primordiais para meu planejamento.

  4. Carlos Perdigão

    Domingo no dia 28 de maio de 2017. Vou passear rapidamente mais ou menos durante 8 horas na cidade de Viena. Chego às 10:21 na ferrovia de Hauptbahnhof e depois embarco na mesma estação às 19:10 para Praga. Gostaria se voce pudesse me ajudar de programar, me dar algumas dicas devo conhecer e dar uma volta rapido na cidade de Viena e almoçar. Como devo utilizar o transporte mais facil e mais rapido? Qual é sua susgestão?
    Não gostaria entrar dos museus(não tenho tempo) e só queria passear por fora dos lugares mais bonitos e interessante. Faz 30 anos fui a Viena. Gostaria voltar a ver um loja de doces maravilhosos e na frente na loja tem um prédio muito antigo é lindo, todo dourado e eu não sei se ainda tem? Essa oja fica dentro na cidade. Obrigado se for me ajudar. Carlos

    • Fernanda Rangel

      Oi, Carlos!
      Olha, visitar Viena em algumas horas é um desafio e tanto. Fiquei 3 dias e nem de longe foi o suficiente.
      Não fazemos roteiros personalizados. Apenas contamos nossas experiências de viagem aqui no blog para que as pessoas possam ter uma ideia do que fazer ou encontrar nos destinos desejados.
      De qualquer forma, não saberia montar um roteiro de 7 ou 8h pela cidade. Por isso, sugiro uma lida no meu post sobre o Roteiro de 3 dias em Viena e selecione as atrações que mais te interessam.
      Abs

  5. dagmilson

    Oi Fernando, obrigado por seu post, ajuda bastate.
    Em algum momento vc disse ter ido de Budapeste a Praga de trem, vamos fazer isso tb em outubro, mas eu te pergunto:saberia me dizer se tem trem noturno de Budapeste a Praga? Preço tb?
    Obrigado

    • Fernanda Rangel

      Oi, Dagmilson!
      Eu que agradeço o elogio!
      Eu não conheço Budapeste ainda. Cheguei a Praga vindo de Viena e o trem saiu da capital austríaca na hora do almoço e chegou no final da tarde em Praga.
      Mas no site da Rail Europe tem alguns itinerários noturnos entre Budapeste e Praga, com os preços. Vc precisaria acessar o site deles e cotar os valores para a época da sua viagem. Veja aqui.
      Abs

  6. Jairo

    Olá Fernanda, parabéns pelas informaçöes, muito bem detalhado e feito com carinho.

    Uma dica, o Straßenbahn e o S-Bahn säo transportes diferentes.

    O S-Bahn säo linhas de trens e näo os bondinhos 🙂

  7. Maria Luiza Pontes de Siqueira

    Oi Fernanda! Adorei seu blog! Estou indo para Viena agora em outubro, vindo de trem , da cidade de Praga. Vamos chegar na Estação /Ferrovia Hauptbahnhof e vamos para o Hotel Graf Stadion, que está localizado na Buchfeldgasse 5. Qual o melhor meio de transporte devo usar para chegar ao hotel? Se for metro, gentilez indicar qual a linha devo usar e em qual estação devo descer.
    Obrigada,
    Luiza

    • Fernanda Rangel

      Oi, Luiza!
      Mil desculpas pela demora. Estava viajando nas últimas semanas. Vc provavelmente já está na Europa agora…
      Teria que pesquisar o itinerário sugerido no site da Wiener Linien (o formulário está aqui). Mas te aconselharia ir de taxi, caso esteja com mala. Não achei o transporte público de lá muito viável para quem está com bagagem a tiracolo.
      Abs

  8. Maria Luiza Pontes de Siqueira

    Oi Fernanda! Adorei seu blog! Estou indo para Viena agora em outubro, vindo de trem , da cidade de Praga. Vamos chegar na Estação /Ferrovia Hauptbahnhof e vamos para o Hotel Graf Stadion, que está localizado na Buchfeldgasse 5. Qual o melhor meio de transporte devo usar para chegar ao hotel? Se for metro, gentileza indicar qual a linha devo usar e em qual estação devo descer.
    Obrigada,
    Luiza

Totos os direitos reservados