Como Utilizar os Trens na Áustria?

Veja como funciona o eficiente sistema de transporte ferroviário entre as cidades austríacas e tire todas as dúvidas para o seu planejamento de viagem.

Trem na Áustria

Trem na Áustria

Um dos grandes baratos da visita à Europa, as viagens de trem são tranquilas, confortáveis e ainda proporcionam uma vista incrível das paisagens daquele país que estamos conhecendo.

Em minha viagem à Áustria, ocorrida em Maio de 2015, não perdi tempo e programei os meus deslocamentos utilizando a ótima malha ferroviária que há por lá.

Eu até pensei em alugar um carro, mas acabei preferindo não ter que me preocupar com atenção ao volante nas estradas (que às vezes são de serra), combustível ou estacionamentos. E como tive uma ótima referência sobre os trens austríacos, então não pensei 2 vezes em relaxar e aproveitar melhor as paisagens durante a viagem.

Planejar esses deslocamentos foi muito fácil e os trens eram, de fato, confortáveis e silenciosos. Alguns chegam até a atingir velocidades bastante altas, sem que o passageiro perceba uma trepidação sequer! É uma viagem bem suave e tranquila.

Neste post trago todas as dicas e informações uteis para que você possa planejar seu deslocamento de trem pela Áustria.

Pesquisando as passagens

Para começar o seu planejamento, é preciso acessar o site do órgão que administra o serviço ferroviário da Áustria: a ÖBB.

Na página principal você clica em “Timetables” e lá encontrará um formulário onde preencherá o local de origem e o destino, para que ele te dê todas as informações necessárias.

O site informa todos os itinerários possíveis e imagináveis de deslocamento, incluindo as informações sobre horários de partida e chegada, conexões e até mesmo as plataformas.

E o serviço é bem pontual: se você pesquisar um trecho com meses de antecedência (isso é possível) e lá tiver escrito que o seu trem sai da plataforma 5, às 07:52 da manhã, pode anotar com caneta porque dificilmente mudará.

Veja como é... (layout de julho de 2016):

Opções de trens entre Salzburgo e Viena

Opções de trens entre Salzburgo e Viena

A coluna A traz a origem e o destino pesquisados. A coluna B traz a data pesquisada da viagem. A coluna C diz o horário de partida e de chegada. A coluna D traz o tempo de viagem. A coluna E diz o número de conexões necessárias. A coluna F traz o tipo de trem. Por fim, a coluna G contém o link que te direcionará para a página com o preço da passagem e compra online.

Há basicamente 2 tipos de trem na Áustria: o RailJet (ou RJ), que é o de alta velocidade e o InterCity (ou IC), que vai mais devagar. Ambos ligam as cidades austríacas entre si e, no caso do de alta velocidade, ainda faz também os trajetos até os países vizinhos.

No exemplo acima (uma viagem de Salzburgo até Viena), ainda há uma 3ª opção que é o WestBahn, uma companhia ferroviária que opera em alguns trechos dentro da Áustria.

Clicando no sinal de “+” indicado pela seta azul da foto, vai acontecer o seguinte...

Mais informações sobre a viagem

Mais informações sobre a viagem

Você verá mais detalhes daquele trecho selecionado, como os possíveis imprevistos para aquele dia (letra H), as plataformas de partida e chegada (letra I) e o nome do destino final e os detalhes sobre aquele trem (letra J).

No exemplo acima, está sendo pesquisada uma viagem da estação principal de Salzburgo (Salzburg Hbf) até uma das estações de Viena (Wien Hbf ou Hauptbahnhof). Você pode perceber que o destino final é outra estação, a Flughafen Wien Bahnhof, que fica próxima ao aeroporto.

Portanto, Wien Hbf é apenas uma “parada” no caminho até o destino final daquele trem. Fique atento(a)!

OBS: O site da ÖBB também traz os itinerários do transporte público dentro das cidades austríacas. Basta apenas incluir, no formulário de busca, o nome da cidade + o endereço ou ponto de referência que você quiser. Exemplo: Salzburg, Schloss Mirabell.

Comprando as passagens

Você pode comprar o seu bilhete através do site da ÖBB ou nas estações ferroviárias austríacas. Lá elas são vendidas nas máquinas self-service ou nos guichês dentro das lojas da companhia.

ESQ: Estação de Salzburgo. Veja a loja da ÖBB à direita e as máquinas lá atrás, na extrema esquerda desta foto. DIR: Detalhe da máquina de comprar os bilhetes

ESQ: Estação de Salzburgo. Veja a loja da ÖBB à direita e as máquinas lá atrás, na extrema esquerda desta foto. DIR: Detalhe da máquina de comprar os bilhetes

Não é obrigatório fazer reserva de assento nos trens, mas existe esta opção com um pequeno acréscimo ao valor da sua passagem: 3 euros (preço de julho de 2016).

DICA: Considero altamente recomendável fazer a reserva de assento, principalmente se você estiver viajando na alta temporada. Aliás, mesmo na baixa eu não arriscaria, pois fui num mês considerado como sendo de pouco movimento e os trens estavam sempre bem cheios.

Ao clicar no link assinalado na foto do item anterior (letra G), o site te direcionará para uma nova página que trará a lista de horários disponíveis (encabeçado pela sua opção) com os respectivos preços.

Você verá que os de alta velocidade (RailJet) são ligeiramente mais caros que os IC, mas há alguns horários em que os dois trens ficam com o mesmo preço. Aconselho pesquisar com atenção pra fazer uma boa escolha.

Decidiu o horário que você quer? Basta clicar sobre o preço e seguir o passo-a-passo para finalizar a compra. E ficar atento(a) quanto a opção da inclusão da reserva de assento.

Aliás, haverá uma série de opções de acréscimo no valor da passagem: upgrade para a 1ª classe, bilhete de 1 dia, assento com mais conforto, ofertas de passeios turísticos e etc.

Interior do trem da ÖBB (2ª classe)

Interior do trem da ÖBB (2ª classe)

Viajei na 2ª classe nas 4 vezes que usei o serviço da ÖBB e achei bem confortável. Não vi necessidade nenhuma de aumentar o valor da passagem para adquirir essas regalias que citei acima.

A única coisa que recomendo mesmo é acrescentar a reserva de assento.

Durante o processo de compra, será solicitado que a pessoa informe o nome e sobrenome. Ele sairá no bilhete e deverá estar igual como no passaporte, pois este documento poderá ser solicitado pelo fiscal dentro do trem, para comprovar se você é mesmo o responsável por aquela passagem.

Na hora da reserva de assento, você verá que as poltronas às vezes estão arrumadas de forma diferente nos vagões dos trens. Existem aqueles que possuem cabines fechadas com 6 lugares e aqueles que possuem uma arrumação semelhante a um ônibus, com as poltronas dispostas em duplas (foto acima).

E ainda há uma 3ª opção que são 4 poltronas agrupadas com uma mesa no meio. Uma ideia interessante para quem estiver viajando em grupo. Dá até pra jogar ali!

Meu conselho é evitar as cabines! Viajei numa delas no trecho entre Zurique na Suíça até Innsbruck e não havia lugar pra guardar as malas. Há apenas uma prateleira mixuruca no alto dos assentos, que só cabe a bagagem de mão.

Já nos vagões “coletivos”, há lugares próprios para guardar bagagens maiores perto das portas e no centro, entre as poltronas.

Estante para bagagens entre as poltronas. Note os assentos em frente a uma mesa. (Autor: Isiwal - Wikipedia)

Estante para bagagens entre as poltronas. Note os assentos em frente a uma mesa. (Autor: Isiwal - Wikipedia)

Ao término da compra no site, serão enviados a passagem e a reserva para o seu e-mail. Basta imprimir os 2 e levá-los na viagem. Não há necessidade de troca no guichê da ÖBB e nem passá-los em alguma máquina de validação. Basta estar com eles à mão, para quando o fiscal passar nos trens para conferir.

E eles SEMPRE passam. Como disse antes, utilizei os trens de lá em 4 ocasiões e em todas teve um fiscal conferindo. Alguns apenas pedem pra ver o passaporte, outros apenas olham a passagem e a reserva impressos e outros checam o QR Code presente no bilhete, com um aparelhinho especial.

Quem não apresentar a passagem comprada, leva uma multa salgada no ato. Os fiscais andam com uma máquina de cartão de crédito a tiracolo para essas ocasiões.

ATENÇÃO: Na maioria das vezes, só é solicitado 1 nome e sobrenome na hora da compra no site. Quando sai a passagem e a reserva, aparecerá apenas o nome do comprador + o número de passagens vinculadas àquela compra. Por exemplo: se um pai de família comprou uma passagem pra ele, pra esposa e pros 2 filhos, aparecerá o nome dele + a indicação de que há 4 passagens vinculadas (ou compradas) por aquele "titular". Contudo, alguns trechos exigem que o nome de cada passageiro seja informado, o que consequentemente gerará um bilhete (+ reserva) para cada indivíduo. Não se preocupe com isso: você já saberá logo no ato da compra online qual será a situação no seu caso.

OBS: Na época do meu planejamento de viagem (início de 2015) o site da ÖBB tinha um layout um pouco diferente do que vemos hoje. Tentei simular uma compra no site atual e achei tão intuitivo e prático quanto a versão anterior. Logicamente, não fui até o fim para não ter que efetuar a compra, mas acredito que o esquema do envio da passagem + reserva para o e-mail do comprador ainda esteja sendo o mesmo.

Como fazer para pegar o trem na Áustria?

Painel com os próximos trens

Painel com os próximos trens

Estando com todas as informações em mãos (horários, conexões e a plataforma que sai o trem), a primeira coisa que você fará é procurar pelo painel da estação, que te informará os próximos trens que passarão por ali.

As placas costumam conter as informações traduzidas em alemão (o idioma oficial na Áustria) e muitas vezes em inglês.

Como falei antes, a ÖBB te dá tudo mastigadinho no site e as informações raramente mudam. Mas imprevistos acontecem e é sempre recomendável que você confira as informações lá na hora.

Painel da Plataforma

Painel da Plataforma

Tudo checado? Siga até a sua plataforma de embarque. Chegando a ela, você encontrará placas azuis com o número da plataforma e painéis eletrônicos semelhantes a da foto ao lado.

layouts diferentes de placas, mas as informações que sempre estarão lá são o tipo do trem (que no exemplo da foto é um RailJet ou RJ), o nome da cidade destino em destaque e o horário que ele sai.

O que diferencia as placas são as informações que vem abaixo do destino. Algumas informam as cidades importantes onde o trem irá passar (mas não todo o itinerário), e outras trazem a posição do trem com relação à plataforma – que é o caso dessa foto: o trem ficará entre os setores A e C da plataforma (há placas espalhadas no local, indicando esses setores).

Isso evita aquela situação ridícula em que você está ali esperando a composição e quando ela chega, é tão pequena que o último vagão fica lá em “Deus me livre” e aí temos que sair correndo pra conseguir entrar nele.

Às vezes encontramos um trem parado na plataforma que nos interessa. Fique atento(a) para ver se é o seu. Não vá entrando antes de conferir, pois o movimento de trens em algumas estações é tão intenso que tem ocasiões em que várias composições param no mesmo local em um intervalo de poucos minutos.

Sabendo o horário exato que sai o seu trem, não tem como errar. Mas na dúvida, há sempre um fiscal da ÖBB pelas imediações e eles costumam ser solícitos. E poliglotas, na maioria das vezes.

Ah! E mais uma coisa: esteja em mente o número do seu vagão. Ele vem especificado na sua passagem (“wagen”, em alemão) e fique atento(a) quando o trem chegar. Há placas/painéis próximo às portas que informam esse número.

Já contratou o Seguro Viagem?

Você sabia que quando se viaja para a Europa a contratação de um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros é obrigatória? Então, faça agora mesmo uma cotação na Seguros Promo e escolha entre as melhores seguradoras sempre com ótimo custo benefício. Aproveite essa oportunidade e tenha 5% de desconto utilizando o nosso cupom: PARAVIAGEM05

Como são os trens na Áustria?

Sua composição chegou? É só procurar o seu vagão e entrar.

Na verdade, você pode entrar em qualquer vagão e ir seguindo por dentro do trem até chegar ao seu assento. Como isso nem sempre é prático (especialmente quando se tem malas a tiracolo), o ideal é entrar direto no seu. Assim, você estará mais perto do lugar que reservou.

Este assento está reservado entre Salzburgo e Viena

Este assento está reservado entre Salzburgo e Viena

Uma vez lá dentro, é hora de checar o assento.

Quem fez a reserva, encontrará pequenos painéis como esse da foto ao lado, sobre a poltrona escolhida. Ele informa a cidade de origem e o destino da pessoa que reservou aquele assento.

Quem não fez a reserva, terá que procurar pelas poltronas onde esse pequeno painel esteja apagado – indicando que ninguém reservou aquele lugar, ou seja, ele é livre para quem quiser sentar.

Se você não deu sorte de achar um lugar, o jeito é esperar algum ficar vago durante a viagem para poder sentar.

Muitos trens contam ainda com um vagão-restaurante, onde o passageiro pode ir lá fazer uma boquinha.

Cada vagão possui um um monitor que vai anunciando o destino final daquele trem e as estações onde ele vai parar. Muitas vezes também é mostrado o mapa do trajeto, tal como vemos nas viagens de avião.

Alguns informam, ainda, a velocidade do veículo durante a viagem. Não é raro encontrarmos números altos – especialmente no RailJet, que costuma ultrapassar a barreira dos 200 km/h.

Monitor com as próximas paradas (ESQ) e a velocidade do trem (DIR)

Monitor com as próximas paradas (ESQ) e a velocidade do trem (DIR)

Quando alguma estação se aproxima, uma voz anuncia, no alto-falante do trem. Mas como é geralmente em alemão, oriento guardar o nome e vigiar o monitor. A menos que você seja fluente neste idioma, é claro.

Chegou o seu destino? Pegue os seus pertences e pronto. Mas não demore muito, pois em algumas estações a parada do trem costuma ser bem rápida. Aconselho já ir se dirigindo para a porta quando o alto-falante anunciar o seu destino (ou então, quando estiver chegando a hora marcada para a sua chegada).

Dicas importantes para seu planejamento de viagem à Áustria

Para não entrar em nenhuma roubada na sua estada pelo país, não deixe de ver nossas dicas de sobrevivência para quem vai à Áustria.

• Aqui no blog temos também outros roteiros de o que fazer nas cidades de Innsbruck, Salzburgo e Viena.

• Se for passear pela capital austríaca por conta própria, não perca nosso post que traz um guia completo de como utilizar o transporte público de Viena e também o nosso relato de visita ao Palácio Schönbrunn.

Vai Viajar?

 Encontre o hotel perfeito para sua próxima viagem com garantia do menor preço. O nosso blog tem parceria com o Booking, serviço que te ajuda a comparar preços de hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura. Você ainda pode fazer uma reserva com a opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in. Garanta sua reserva de hotel agora mesmo.

 Antes de alugar um carro, faça uma comparação entre as principais locadoras do Brasil e do mundo. A nossa parceira RentCars te ajuda nessa busca de preços e oferece todas as opções de forma rápida e segura. A cobrança poderá ser feita em reais, sem IOF. Divida em até 12 parcelas no cartão de crédito ou aproveite um desconto de 5% no boleto bancário. Compare os valores e economize.

 Não esqueça do seguro viagem. Economize tempo e dinheiro fazendo uma cotação na Seguros Promo. Encontre os melhores planos das principais seguradoras por preços imbatíveis. Pagamento no cartão de crédito em até 12 parcelas ou com desconto no boleto bancário. Ganhe 5% de desconto adicional comprando seu seguro com nosso cupom de desconto: PARAVIAGEM05.

 Compre um chip internacional e se mantenha conectado durante sua viagem. A Easysim4u oferece planos sob medida na Europa com conexão de internet 4G franquias proporcionais ao número de dias do pacote. Você recebe o chip em sua casa, de forma antecipada, e chega em seu destino com tudo funcionando. Compre com 10% de desconto usando o nosso cupom exclusivo: PARAVIAGEM10.

Reservando com nossos parceiros, além de garantir o menor preço e um serviço de qualidade, você também ajuda a manter o blog e nos motiva a produzir cada vez mais conteúdo.

Galeria de Fotos:

28 Comentários
  1. Fernanda

    Oi Fernanda, tudo bem?
    Adorei as dicas. Está me ajudando bastante.
    Vou viajar em maio/2017 para Europa e terei algumas viagens de trem no roteiro.
    Uma dúvida: você sabe se tem limite de bagagem nos trens?
    Irei fazer Budapeste-Viena e depois Viena-Praga pela RAILJET.
    Obrigada pela ajuda.
    Bjs, Fernanda

    • Fernanda Rangel

      Oi, Fernanda!
      Eu que agradeço o elogio!
      Não vi nenhum controle de bagagens nas estações austríacas e na de Praga. A gente vê no painel o nosso trem e se encaminha até a plataforma. Simples assim.
      Ainda não visitei Budapeste, por isso não saberia ao certo como seria por lá.
      Mas te digo que os trens europeus, de um modo geral, não tem muito espaço pra bagagens grandes. Já passei perrengue com isso em viagens anteriores (o pior foi na Itália) e hoje aconselho sempre a levar uma mala de no máximo 65 cm de altura.
      Bjs

  2. Ana Paula Gonçalves

    Oi Fernanda! Parabéns pelo site, suas dicas são ótimas!

    Comprei passagens pelo site da ÖBB como vc explicou aqui, porém não fiz a reserva de assentos… E comprei a passagem promocional que estava escrito que é válida somente para aquele horário.
    Porém, quando fui imprimir os tickets que recebi por email, verifiquei que neles não sai o horário impresso! E agora não tenho certeza do horário exato que comprei! E agora? Como faço para descobrir??
    Obrigada!!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Ana Paula!
      Desculpe a demora pela resposta, pois estava viajando.
      É realmente estranho. Quando comprei minhas passagens online, já vinha logo a opção de reservar os assentos. Isso por si só já fixava o horário da viagem, de certa forma.
      É melhor entrar em contato com o SAC da ÖBB. Há um canal de contato online com eles que vc pode acessar aqui.
      Espero que tudo se resolva!

  3. Celma

    Oi Fernanda
    Obrigada pelas dicas. Mas ainda tenho uma dúvida. Comprei os tickets para viagens pela Áustria e arredores pela OBB. Paguei online a reserva dos lugares. Mas a reserva não foi feita. Paguei e fiquei sem reservar. Como fazer?
    Obrigada!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Celma!
      Creio que esteja ocorrendo algum erro no site da ÖBB, pois uma outra leitora se queixou também de erro no processo de compra dos bilhetes.
      Tentei procurar o seu problema na seção de FAQ, mas não achei nada do que fazer à respeito disso.
      Por isso, sugiro que vc entre em contato com o SAC deles. Há um canal online que vc pode acessar aqui.
      Espero que tudo se resolva!

  4. Altino G. Briga Junior

    Será que você pode me ajudar?
    Eu comprei passagens para mim, para minha esposa e minha filha, nos trechos Praga – Viena e Viena – Budapeste.
    Vamos ficar 4 noites em cada cidade. Na época não estava disponível a opção de reserva de assentos. A viagem será no início de julho/17. Porém, agora não estou conseguindo fazer as reservas dos assentos. Enviei e-mail para a OBB e eles oferecem a opção de entrar em contato por telefone ou pelo site, mas não consigo achar o caminho de reservas de assentos no site.
    Você sabe como fazer isso?
    Muito obrigado e parabéns site.

    • Fernanda Rangel

      Olá, Altino!
      Segundo o FAQ do site da OBB, excetuando os trens noturnos, as reservas estarão disponíveis cerca de 3 meses antes da data da viagem. E só há 2 formas de fazer isso: ligando pra eles ou indo às lojas da empresa (que geralmente estão nas estações).
      A OBB mudou o esquema de compra e reservas recentemente. Quando fiz a minha, no início de 2015, a reserva era feita no ato da compra do bilhete no site. Não entendo porque eles mudaram esse esquema! Certamente não pensaram nos inúmeros estrangeiros que irão adquirir essas passagens e que não terão acesso fácil às lojas da OBB (só quando chegarem na Áustria, quando certamente terá menos opções de assentos).
      Dê uma olhada nesse item do FAQ do site, clicando aqui.
      Abs

  5. Michelle

    Fernanda, boa tarde!
    Parabéns pelo seu blog, ele é excelente!
    Você saberia me informar se consigo comprar a passagem de trem de Budapeste para Viena pela OBB ou se teria que ser pela cia Húngara?
    No caso de passagens compradas pela OBB, é preciso validar na estação ou o bilhete impresso em casa já é válido?
    Muito obrigada!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Michelle!
      Obrigada pelo elogio!
      Existe esse itinerário no site da OBB, dando a entender que pode ir com eles sim.
      Eu, por exemplo, fui de Viena até Praga pela OBB.
      Acho que desde que um dos trechos seja dentro da Áustria, então há a possibilidade de viajar com essa cia.
      O bilhete comprado vai pro nosso e-mail. Basta imprimir e apresentar ao fiscal que passará dentro do trem. Não há catracas: vc chega, procura seu trem no painel da estação, vê a plataforma, se dirige a ela, procura o seu vagão e assento e pronto. É só esperar que o fiscal vai passar em algum momento durante a viagem.
      Abs

  6. Antonio Lima

    Excelentes dicas. Transitei por todas as alternativas de suas postagens. Achei maravilhosas dicas e seguirei, à risca, todas elas. Estou programando viajar final de junho/18.
    Parabéns para você e sua equipe.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Antonio!
      Obrigada pelo elogio! 😀
      Fico muito contente pelos posts estarem lhe sendo úteis.
      A Áustria é linda, foi uma pena a minha visita ter sido um pouco corrida. Vou voltar um dia para conhecê-la com mais calma.
      Abs

  7. NILSON

    Olá Fernanda.
    Comprei as passagens, mas meu sobrenome está faltando o “Neto”. Vc sabe se é possível alterar isso com a OBB?
    Parabéns e obgdo pelas dicas.

    Att,

    • Fernanda Rangel

      Oi, Nilson!
      Nem sempre os fiscais conferem o nome da passagem com o nome do passaporte, mas existe a chance de eles checarem. Por isso, o ideal é estar tudo certinho e evitar qualquer conflito.
      Rodei o site da OBB e não achei nada sobre essa questão da troca do nome. Mas há um formulário onde você pode entrar em contato com eles. Acesse aqui.
      Abs

      • NILSON

        Olá. Muito obgdo. Entrei em contato com eles, e eles me disseram que os fiscais não vão entrar nesses detalhes na hora de conferir, que eu poderia viajar tranquilo.
        Vou levar esse e-mail deles comigo, hehe.

  8. NILSON

    Ah, entrei em contato através desse seu link mesmo!!!
    Bgdo demais.

  9. Osnildo V. Filho

    Oi Fernanda,

    Parabens pelo blog. Muito legais suas dicas.
    Comprei 2 passagens de Bratislava para Budapeste para 23/05 e mudei a posição de assento e tipo de vagão umas cinco vezes e sempre retornava a informação de assento não disponível e pedindo para fazer outra seleção. Acabei comprando sem reserva de assento.
    Achei estranho pq nos bilhetes enviados não tem a plataforma nem o vagão…
    Hj, uma semana depois, tentei comprar só os assentos e mesmo selecionando a opção sem preferência de assentos e diversos tipos de vagões a compra não é confirmada.
    Vc sabe o que pode estar acontecendo?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Osnildo!
      Desculpe a demora pela resposta. E obrigada pelo elogio!
      Estranho mesmo… Fui dar uma olhada no bilhete da OBB que usei na viagem da Áustria e lá consta tudo: número do trem, vagão e os lugares reservados. Não sei o que houve…
      Uma possibilidade: quem viaja sem reserva, geralmente senta onde tiver (e se tiver) lugar. Talvez por isso que não tenha um trem ou vagão definido. Embarca só se tiver lugar disponível no trem.
      Não sei se tb pode ser pelo fato do trecho que vc fará seja fora da Áustria. Talvez seja um esquema diferente do trem, pq a referencia que eu tive foram de viagens dentro do território austríaco. O máximo que aconteceu diferente disso foi sair de Viena e seguir até Praga.
      Aconselho entrar em contato com a OBB para checar melhor essa informação. E, quem sabe, pedir a eles para tentar resolver a questão. Há um e-mail de contato, veja AQUI.
      Abs

  10. Sinara

    Olá Fernanda! O trem de Viena para Praga tem conexão. Como faço? Poderia me auxiliar?

  11. Marcio

    Boa tarde Fernanda, tudo bem?
    Seu blog é otimo com várias informações!
    Compra 2 bilhetes de Viena para Cracóvia sem reserva de assento pelo site da OBB
    Mas recebi por email apenas o recibo de compra, onde consta meu nome, data da viagem e trecho.
    Deveria ter recebido os 2 tickets ou é necessário trocar na estação antes do embarque?
    É possivel fazer a reserva dos assentos agora?
    Irei viajar dia 22 de julho.
    Obrigado

    • Fernanda Rangel

      Oi, Marcio!
      Obrigada pelo elogio!
      Na época que eu comprei (2015), as passagens vieram por e-mail para impressão. Tinha um QR Code associado e vinha o número da poltrona que eu deveria sentar. Estranho…
      Vc precisou criar um login no site? Se sim, pode ser que esteja na sua página pessoal.
      Se não, melhor entrar em contato com a OBB. Veja as informações aqui.
      Espero que tudo se resolva!
      Abs

  12. Edmar Pereira

    Que delícia de fotos e dicas ótimas. Parabéns pelo Blog. Estou indo agora em setembro/19 e meu programa é ficar 3 dias em Wien e 1 dia em Salzburg, .( Vontade estender para 2 dias em Salzburg) . Depois seguirei para Munich onde estará acontecendo Oktoberfest- 2019, Estou com coração acelerado !! Desejo comprar os bilhetes de trem ( Wien para Sazlburg /Munich) aqui de casa, antecipado, pois posso assim conseguir melhores preços. Percebi que a página da RailEurope e da OBB estão praticando preços muito díspares ( ambos bilhetes da segunda classe ). A OBB está com tarifa 3 vezes mais baixo. Sabem dizer se é confiável e o motivo de diferenças tão absurdas?? Obrigado!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Edmar!
      Eu que agradeço o elogio!
      Os 2 sites são confiáveis, mas tem diferenças…
      A OBB é a cia ferroviária austríaca. Vc compra no site oficial deles e recebe o bilhete direto no seu e-mail. Só tem que atentar o preço final, pois tem reserva de assento nesses trens…
      Já a Rail Europe é uma espécie de revendedora de passagens de trem da Europa e eles cobram uma taxa para cobrir os serviços de emissão e envio do bilhete (não sei se mudou, mas até pouco tempo tinha que esperar eles enviarem a passagem pra nossa casa). O site diz que “a taxa abrange o atendimento de pedidos, suporte ao cliente, impostos e a entrega dos produtos ferroviários”.
      Ah! E uma dica: se for colocar 1 dia extra pra Áustria, coloque para Viena. Eu fiquei 3 dias e me arrependi – a cidade é papo pra uns 4 ou 5 dias.
      Não sei se vc chegou a dar um giro pelo blog, mas vou listar abaixo meus roteiros nessas cidades que vc irá visitar.
      A Áustria é linda! Valeu super a pena visitá-la – apesar dos austríacos serem bem antipáticos. Mas nada que chegue a atrapalhar o passeio.
      Uma excelente viagem pra vc!
      Roteiro de 3 dias em Viena
      Roteiro de 1 dia em Salzburgo
      Dicas de Sobrevivência para quem vai visitar a Áustria

  13. Otavio

    Fernanda, parabéns e obrigado pelas dicas, bastante detalhada e precisa!!!

Totos os direitos reservados