Diário de Viagem – Roma: Museus do Vaticano e Galleria Borghese

Visitar museus incríveis e ficar frente a frente com obras de arte magníficas foram experiências inesquecíveis. Confira como foi meu último dia em Roma.

Júpiter e o Conselho dos Deuses: afresco de Giovanni Lanfranco no primeiro salão da Galeria Borghese

Júpiter e o Conselho dos Deuses: afresco de Giovanni Lanfranco no primeiro salão da Galeria Borghese

Nosso quinto dia em Roma começou um pouco mais tarde. Tínhamos hora marcada para os Museus do Vaticano a partir das 10h.

Pegamos o metrô na estação Vittorio Emanuele (linha A – sentido Batitstini). Saltamos na estação Ottaviano e fomos caminhando até a Piazza del Risorgimento, viramos à direita e fomos contornando os muros do Vaticano até a entrada do Museu.

No caminho fomos insistentemente abordados por vendedores de todas as nacionalidades oferecendo ingressos “sem fila”. Como já tinha comprado o meu pela internet, agradeci e segui em frente. Não sei quanto custava, nem se era confiável. Sugiro que você compre com antecedência pela internet.

Museus do Vaticano. Procure pela placa amarela indicando a fila dos que tem ingresso comprado antecipadamente

Museus do Vaticano. Procure pela placa amarela indicando a fila dos que tem ingresso comprado antecipadamente

Certamente sairá mais barato do que comprado na hora com esses cambistas e não precisará entrar na fila gigantesca.

Dirigimo-nos à entrada exclusiva para reservas antecipadas e entramos em poucos minutos, furando a enorme fila que se formava lá fora. Chegamos meia-hora antes do horário do ticket e entramos sem nenhum problema. Não sei se tivesse chegado ainda mais cedo, teria conseguido entrar, mas de qualquer maneira fica a dica.

Museus do Vaticano. No detalhe, a Galeria dos Mapas e um afresco das Salas de Rafael

Museus do Vaticano. No detalhe, a Galeria dos Mapas e um afresco das Salas de Rafael

O museu estava lotado. Deixamos a área do Egito de lado, pois estava muito cheia, e seguimos nossa visita em direção às Salas de Rafael até chegar à Capela Sistina. É impressionante como não conseguimos tirar os olhos daquele teto maravilhoso. Chega a dar dor no pescoço. Teve uma hora que conseguimos sentar num banco e apoiar a cabeça para conseguir apreciar com detalhe toda aquela obra prima de Michelangelo.

Foto escondida da Capela Sistina

Foto escondida da Capela Sistina

Todo mundo sabe que é proibido fotografar no interior da Capela. Mas todo mundo sabe também que ninguém respeita isso. Por isso, os guardinhas ficam rondando aquela multidão de pessoas e são extremamente agressivos quando flagram alguém fotografando, exigindo que apaguem as fotos e, por vezes, até expulsando as pessoas do local. Algo extremamente constrangedor. Claro que eu tirei fotos, mas fui pego por um deles, que me mandou apagar. A sorte é que minha esposa também tinha tirado fotos, mas ele não a pegou. E a prova está aqui!!

Ainda no Museu do Vaticano, destaque para a Pinacoteca, com obras de alguns dos maiores artistas italianos como Giotto, Leonardo da Vinci, Tiziano, Veronese e Caravaggio, dentre outros.

Para maiores detalhe, confira nossa matéria sobre o que ver nos Museus do Vaticano.

Eu sabia que o Museu do Vaticano era enorme e sei de gente que passou mais de 6 horas lá dentro. Eu já imaginava que não levaria esse tempo todo, mas acabei fazendo em menos tempo do que planejado, principalmente porque abortei a parte inicial que estava impraticável de andar.

Desta forma, pude incluir no meu roteiro um lugar que tinha excluído anteriormente por achar que não haveria tempo e por ser mais distante e, portanto, contramão. E acabou sendo um dos lugares mais legais que visitei.

Antes de ir embora do museu, aproveitei para almoçar lá mesmo numa lanchonete e voltei até a estação de metrô Ottaviano (linha A – sentido Anagnina), saltando no Termini e pegando a linha B (sentido Laurentina) até a estação Basilica San Paolo, para visitar a quarta Basílica papal de Roma: a Basílica de São Paulo Extrauros.

Ela tem esse nome, pois foi construída fora dos limites dos muros aurelianos que contornam o centro da cidade de Roma. A igreja atual é uma construção fiel da originária que foi destruída por um incêndio em 1823. Um lindo mosaico dourado no interior da cúpula retrata Jesus Cristo com os apóstolos Pedro, André, Paulo e Lucas. Sob o altar está o túmulo de São Paulo e as correntes em que ele ficou preso no Cárcere Mamertino. O lindíssimo claustro não foi atingido pelo incêndio e a fachada com mosaico de cores fortes faz um belo contraste com as colunas e o jardim.

Basílica de São Paulo Extramuros. No detalhe, o altar papal, o belo mosaico no interior da cúpula e as correntes de São Pedro.

Basílica de São Paulo Extramuros. No detalhe, o altar papal, o belo mosaico no interior da cúpula e as correntes de São Pedro.

De volta ao metrô, seguimos até a estação Termini e seguimos até a Piazza dei Cinquecento, m frente ao Termini, onde há ponto final de várias linhas de ônibus. Pegamos o ônibus da linha 910 (sentido Piazza Mancini) e saltamos no ponto Pinciana (5 paradas) e caminhamos até a Galleria Borghese.

Obs: Para quem está na região do Termini, existem outras linhas que também levam até a Galeria Borghese: 92, 217 e 360.

Galeria Borghese

Galeria Borghese

A Galeria Borghese fica dentro da Villa Borghese. Ambas foram idealizadas pelo cardeal Scipione Borghese, um patrono das artes que encomendou diversos trabalhos a Bernini e Caravaggio principalmente, que hoje estão entre suas obras mais famosas.

O museu abriga ainda diversas peças clássicas, renascentistas e neoclássicas de artistas italianos.

Já contratou o Seguro Viagem?

Você sabia que quando se viaja para a Europa a contratação de um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros é obrigatória? Então, faça agora mesmo uma cotação na Seguros Promo e escolha entre as melhores seguradoras sempre com ótimo custo benefício. Aproveite essa oportunidade e tenha 5% de desconto utilizando o nosso cupom: PARAVIAGEM05

Atenção: É necessário reservar a entrada para a Galeria Borghese pela internet com antecedência para se evitar o risco de estar esgotado. A cada período de duas horas, é liberada a entrada de um grupo limitado de pessoas. Nosso ingresso estava comprado para às 17h e chegamos com uma hora de antecedência, mas diferentemente do Museu do Vaticano, não conseguimos entrar antes. Tivemos que aguardar o horário marcado e aproveitamos para fazer um lanche no local.

Esculturas "Apollo e Dafne",  "Fuga de Tróia" e David" de Bernini

Esculturas "Apolo e Dafne", "Fuga de Tróia" e David" de Bernini

A visita à galeria não é demorada e pode ser feita em menos de 2 horas. São apenas dois andares, mas o acervo é incrível. O museu é dividido em duas seções. No primeiro andar fica a coleção de magníficas esculturas, com destaque para “Rapto de Prosérpina”, “Davi” e “Apollo e Dafne”, de Bernini e “Paolina Borghese” de Canova. No segundo pavimento está a galeria de quadros com obras de Caravaggio, Rafael, Tiziano, Corregio, dentre outros. Destaque também para a sala de afrescos com motivos egípcios.

Após a visita ao museu, partimos para uma agradável caminhada pela Villa Borghese. Decidimos alugar um quadriciclo e demos um divertido passeio ao redor do parque (6 euros meia hora). Realmente, depois de tanto impacto visual e enxurrada de informações históricas, encerrar nossos dias em Roma com uma pausa neste lindo parque arborizado foi fundamental para repor as energia e retomar o fôlego para prosseguir nossa jornada por outras cidades italianas que ainda estariam por vir.

Villa Borghese & o passeio de quadriciclo

Villa Borghese & o passeio de quadriciclo

Por fim, seguimos até a Viale San Paolo de Brasile e pegamos o ônibus (linha 61 - sentido Balsamo Crivelli) de volta. Saltamos no ponto próximo da Piazza della Repubblica e retornamos caminhando para o Hotel Be First B&B para arrumar as malas, pois no dia seguinte sairíamos bem cedo.

Obs: Como vocês podem ver, eu coloquei no mesmo dia duas atrações que necessitava fazer reserva antecipada e com hora marcada (Museus do Vaticano e Galeria Borghese). Não considero a melhor opção concentrar no mesmo dia, atrações que possuem horário fixo.

No entanto, eu precisei fazer adaptações no meu roteiro porque deixei para comprar os bilhetes muito perto da minha viagem e não havia muita disponibilidade de dias e horários. Por isso o Museu do Vaticano acabou ficando num horário ruim (às 10h) e quando cheguei estava muito cheio. O ideal é que você reserve sua entrada para o primeiro horário da manhã.

No caso da Galeria Borghese não há maiores problemas porque o número de vagas por horário é limitado.

É importante definir os dias de cada atração o quanto antes e comprar de uma vez os ingressos que precisam de reserva e depois encaixar as outras atrações que possuem maior flexibilidade.

Outro detalhe que parece irrelevante, mas que faz diferença: Quando você montar seu roteiro, procure encaixar as atrações com hora marcada nos últimos dias, pois você já estará familiarizado com o lugar e com o sistema de transporte. Isso é importante, porque reduz as chances de você se perder no caminho e correr o risco de perder a hora de entrada.

LIÇÃO DO DIA:

Uma das grandes surpresas deste dia foi à visita a Basílica de São Paulo Extramuros que havia retirado do meu roteiro por achar que era muito distante e contramão. Outro ponto alto do dia foi o passeio de quadriciclo pela Villa Borghese que também não estava previsto. Muito embora a gente recomende fazer um planejamento e roteiro prévios, muitas vezes uma escapada ou mudança de planos acaba sendo tão interessante ou até mais do que outra programação que estava prevista no roteiro. Improvise e surpreenda-se. Fica a dica.

Vai Viajar?

 Encontre o hotel perfeito para sua próxima viagem com garantia do menor preço. O nosso blog tem parceria com o Booking, serviço que te ajuda a comparar preços de hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura. Você ainda pode fazer uma reserva com a opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in. Garanta sua reserva de hotel agora mesmo.

 Antes de alugar um carro, faça uma comparação entre as principais locadoras do Brasil e do mundo. A nossa parceira RentCars te ajuda nessa busca de preços e oferece todas as opções de forma rápida e segura. A cobrança poderá ser feita em reais, sem IOF. Divida em até 12 parcelas no cartão de crédito ou aproveite um desconto de 5% no boleto bancário. Compare os valores e economize.

 Não esqueça do seguro viagem. Economize tempo e dinheiro fazendo uma cotação na Seguros Promo. Encontre os melhores planos das principais seguradoras por preços imbatíveis. Pagamento no cartão de crédito em até 12 parcelas ou com desconto no boleto bancário. Ganhe 5% de desconto adicional comprando seu seguro com nosso cupom de desconto: PARAVIAGEM05.

 Compre um chip internacional e se mantenha conectado durante sua viagem. A Easysim4u oferece planos sob medida na Europa com conexão de internet 4G franquias proporcionais ao número de dias do pacote. Você recebe o chip em sua casa, de forma antecipada, e chega em seu destino com tudo funcionando. Compre com 10% de desconto usando o nosso cupom exclusivo: PARAVIAGEM10.

 Compre ingressos para atrações, shows, espetáculos, eventos, tours, passeios e muitas outras experiências com a GetYourGuide. A empresa, presente nos principais destinos, oferece vantagens como a garantia do menor preço e a possibilidade de reserva online antecipada, garantindo seus bilhetes antes da viagem.

 Encontre as melhores datas para a sua próxima viagem e economize na hora de comprar as passagens aéreas. Usando a plataforma do Passagens Promo você pode pagar com cartão de crédito em parcelas sem juros e sem cobrança de IOF. A empresa conta ainda com selo de qualidade no atendimento. Agora não tem mais desculpe, partiu Vaticano!

Reservando com nossos parceiros, além de garantir o menor preço e um serviço de qualidade, você também ajuda a manter o blog e nos motiva a produzir cada vez mais conteúdo.

Confira toda a minha trajetória pela Itália nos links abaixo:

Dia 1 – Roma: Chegando na Itália

Dia 2 - Roma: da Fontana di Trevi a San Giovanni in Laterano

Dia 3 - Roma: do Coliseu aos Museus Capitolinos

Dia 4 - Roma: da Basílica de São Pedro ao Pantheon

Dia 6 - Pisa e Florença: da Torre de Pisa ao Duomo de Florença

Dia 7 - Florença: do Davi de Michelangelo à Galleria degli Uffizi

Dia 8 - Florença: da Piazzale Michelangelo aos Jardins de Bóboli

Dia 9 - Veneza: da Ponte Rialto à Praça de San Marco

Dia 10 – Veneza: do passeio de gôndola ao Palácio Ducale

Dias 11 e 12 - Milão: Duomo, Parque Sempione e Última Ceia

Se tiver alguma dúvida ou sugestão, não deixe de fazer seu comentário abaixo. Agradecemos sua participação.

Galeria de Fotos:

37 Comentários
  1. Cintia Albuquerque

    Olá, estou tentando comprar ingressos antecipados para o Vaticano e Capela Sistina através do site Vatican Museum (bilheteria do Vaticano) e a compra não chega ao final. Responderam duas vezes que o cartão foi bloqueado.
    Sabem me responder se não é possível comprar com cartão?

    • Vinícius Miranda

      Olá Cintia.
      Alguns sites são um pouco chatos com cartões de fora da Europa, mas ultimamente eles têm aceitado bem os brasileiros.
      Vai depender do seu tipo de cartão.
      Eu comprei recentemente ingresso para os Museus do Vaticano com um cartão Platinum e não tive problema algum.
      Acho que você deveria entrar em contato com a administradora para saber o motivo do bloqueio.
      Um abraço.

  2. Monica Chatel

    Em qual site vcs compraram o ingresso para a Galleria Borghese?

  3. Monica Soares

    Ola Vinicius
    Adorei o seu roteiro de Roma… fiquei com uma duvida, em relação à Galeria Borghese. Voce disse que marcou para as 17 hs (eu pretendo fazer o mesmo), e depois ainda teve tempo de fazer o passeio de quadriciclo, e vi na foto que ainda era dia. Quanto tempo voce gastou para visitar a Galeria Borghese, e que epoca do ano voce foi?

    • Vinícius Miranda

      Boa noite Mônica.
      Acredito que duas horas seja tempo suficiente para você visitar a Galleria Borghese.
      Os dias lá na Itália são bem longos. Na época do ano que fui – junho, anoitecia depois das 20h. Portanto, o dia rende bastante.
      Agora um detalhe, o quadriciclo só funciona até 18:30 ou 19h, se não me engano.
      Obrigado pelo elogio e um abraço.

  4. João

    Olá Vinícius,

    Vou para Roma no final do ano e não perco São Paulo Fora dos Muros por nada também…rsrs
    Queria saber se foi tranquilo tirar fotos na Galleria Borghese, uma vez que no site está proibido.

    Grato e um abraço.

    • Vinícius Miranda

      Olá João,
      Quando visitei a Galleria Borghese não havia restrição alguma. Só não pode fotografar com flash.

      Mas acho que isso depende do dia e do humor dos funcionários. Por exemplo, quando visitei a Galleria dell’Accademia em Florença tirei fotos do David de Michelangelo à vontade. Já minha prima, que foi no ano anterior, não conseguiu. Então, depende mesmo da sorte…
      Um abraço.

  5. Humberto

    Estive olhando seus roteiros em Roma e gostaria de uma opinião. Só ficarei 3 dias em Roma agora em Outubro, chegando no primeiro dia pela manhã e saindo no terceiro dia à noite. Como são tantas atrações, gostaria de uma sugestão de quais devo deixar de fora, pois não dará tempo de ver tanta coisa.

    • Vinícius Miranda

      Olá Humberto,
      Realmente é muito difícil te dar uma sugestão sem saber qual o tipo de atração mais lhe agrada. Não sei se você gosta muito ou pouco de museu ou se prefere passeios ao ar livre ou se você faz questão de visitar obras de arte específicas.
      A questão é, você faz o seu tempo em cada atração. Tem gente que passa meio dia dentro do Museu do Vaticano ou no Forum Romano. Se você tem um tempo mais curto, tem que cronometrar.
      Tem lugar que não dá pra deixar de ir: Coliseu, Fontana di Trevi, Piazza de Spagna, Piazza Navonna, Piazza del Popolo, Piazza Venezia, Basílica de Sao Pedro, Pantheon….
      Alguns lugares que fui, o único objetivo era ver ao vivo determinada obra de arte: Ex: San Pietro in Vincoli para ver o Moises de Michelangelo. Outro: Santa Maria dela Victoria para ver o Êxtase de Sta Tereza de Bernini.
      Se eu tivesse que excluir um dos museus que visitei, talvez eu retirasse os Museus Capitolinos.
      Se tivesse que escolher entre Forum Romano e Palatino, excluiria o Palatino.
      As igrejas imperdíveis: Basílica de Sao Pedro, San Giovani in Laterano e São Paulo Extramuros.
      Espero ter ajudado.

  6. Cristina Dorella

    Olá, Vinícius!
    Irei para Roma no próximo dia 13/10 pela primeira vez. Ficarei exatamente o mesmo número de dias que vc, então, seu roteiro foi de grande valia para que eu fizesse o meu. Na verdade, eles ficaram praticamente iguais, pois achei o seu excelente! Parabéns por ele!
    Tenho duas dúvidas: a primeira é que, como a moça que comentou acima, eu também não estou conseguindo comprar os tickets para os Museus do Vaticano e Capela Sistina pela internet… tentarei com outro cartão, mas se eu não conseguir, será que minha única saída será enfrentar as filas quilométricas lá? Você conhece outra maneira?
    A outra é em relação à Galleria Borghese (também vi comentários acima!). O meu Roma Pass ainda estará na validade de 3 dias quando eu for lá, mas valerá apenas como desconto. Você sabe de quanto seria esse desconto? (preciso decidir se vale a pena o stress de ligar para lá para reservar por telefone pq não falo nada de italiano! hehehe! Deve ter alguém lá que fala inglês, né?). Se eu optar por não usar o Roma Pass e fizer a reserva online mesmo, devo colocar, no tipo de despacho do ingresso, a opção pegar no Venue Box Office? Significa que eu pegaria o ingresso lá mesmo na Galleria, antes de entrar, certo?
    Desculpe-me pelo bombardeamento de perguntas! Desde já agradeço imensamente pelas informações e, mais uma vez, parabéns pelo blog e pelo roteiro!

    • Vinícius Miranda

      Olá Cristina!
      Que bom que nossos relatos foram úteis para você.
      Em relação ao problema do cartão, realmente não sei o que pode ter havido. Eu não tive problemas com o meu, mas alguns cartões de fato não são aceitos.Entre em contato com a administradora do seu cartão. Se você realmente não conseguir comprar online, é melhor se programar para chegar bem cedo para evitar as filas. Aqui no blog você pode encontrar mais dicas sobre os Museus do Vaticano que podem lhe ajudar.
      Em relação a Galleria Borghese, não sei de quanto é o desconto para uso do Roma Pass e nem se eles falam inglês, mas é provável que sim. Se você for comprar pela internet, coloque a opção de retirada no local. Imprima o comprovante e leve na bilheteria no dia e troque pelo ingresso.
      Um abraço!

  7. Moisés Wagner Franciscon

    Vinicius, parabéns pela vívida e minuciosa descrição!
    quanto custam os ingressos pros museus do Vaticano e para a galeria Borghese?

  8. Lucia

    Vinicius,

    Está impossível comprar pela ticket one para Borghese. O cadastro insiste em pedir CPF e mesmo colocando não consigo me cadastrar para poder comprar e pagar. alguma sugestão?

    • Vinícius Miranda

      Olá Lucia,
      Eu acabei de acessar o meu cadastro no site e notei que preenchi meu CPF normalmente (sem pontos nem traço).
      Francamente não sei o que pode estar acontecendo de errado com você. Lamento não poder ajudar de outra forma.
      Já tentou o SAC? Tente falar com eles por telefone ou email.
      Um abraço!!

      • vivian

        Olá Vinicius,

        O CPF seria o Fiscal Code?
        Estou tentando e também não consigo me cadastrar para comprar o ticket da Galleria Borghese.
        tax number fica em branco?

        • Vinícius Miranda

          Exatamente Vivian.
          Eu coloquei o meu CPF no campo “Fiscal Code” ou “Codice fiscale” (para quem visualiza o site em italiano).
          O campo “tax number” deve ser o “Partita IVA” e está em branco no meu cadastro.
          Agora um detalhe, não sei porque vocês não estão conseguindo fazer o cadastro pois o campo do CPF não tem (*) e, portanto, não é obrigatório.
          Já tentou preencher o cadastro deixando este campo em branco?

        • Thiago

          Tive um problema parecido no Ticketone, que foi resolvido quando informei o CPF no campo do VAT, mas usando pontuação. Exemplo 111.111.111-11

    • Liana

      Lúcia,

      Estou com o mesmo problema. Você descobriu como resolver, por favor?

      • Andrea

        Gente, tenho o mesmo problema com o CPF. Em branco, com traços ou pontos, sem nada, com o zero na frente ou não, nada funciona!! E o telefone para reserva simplesmente dá ocupado sem parar! Ta difícil… E ainda por cima eles não respondem email.

        • Leandro

          Estava com o mesmo problema. No entanto, resolvi digitando todos os pontos e traços do número do CPF. Assim: 000.000.000-00 no campo código fiscal.

        • Gustavo

          Valeu Leandro!!!

  9. Bruno

    Olá! Estou tentando comprar o ingresso para o vaticano,ja tentei com 2 cartões diferentes e no final de tudo da a informação NO PARENT FOUND e nao conclui, alguem sabe se vaticano nao esta aceintando cartao?

    • Vinícius Miranda

      Olá Bruno,
      Há vários relatos aqui no blog de pessoas que não conseguiram e outras que conseguiram. A Itália volta e meia tem problemas com cartões de crédito estrangeiros. Em 2013, durante alguns meses, foram suspensas as operações com cartões de crédito no Vaticano porque a cidade-Estado não respeitou as normas internacionais contra a lavagem de dinheiro.
      Em 2014 eu consegui comprar os ingressos normalmente. Não sei o que pode estar ocorrendo atualmente.
      Naquela ocasião, algumas pessoas conseguiam fazer a reserva pela internet e o pagamento era feito na hora em cash, escapando da fila.
      Abraços.

  10. Gustavo

    Leandro, vc é o cara!!!!
    Estava com o mesmo problema. No entanto, resolvi digitando todos os pontos e traços do número do CPF. Assim: 000.000.000-00 no campo código fiscal.

  11. Rafael Barone

    Qual o site que posso comprar o ingresso antecipado para visitar o Vaticano? Irei viajar daqui 2 dias.

  12. Marcela

    Olá, gostaria de parabenizá-los pelo site! Graças à sua dedicação, muitas pessoas terão uma viagem mais agradável a Roma. Vou com minha família dentro de 2 semanas e este site foi o melhor que encontrei! Obrigada por compartilharem as experiências =)

  13. Jamylle

    Vínicius…só por curiosidade,
    Por que vc não fez a basílica de São Pedro e os museus no mesmo dia?

  14. Alessandra Borges

    Oi Vinícius,
    Primeiro parabéns pelo blog, é o que mais gostei e pretendo seguir muito do que fez.
    Estou tentando comprar ingresso antecipado da Galeria Borghese, mas o site dobra o preço da compra, sabe me dizer como faço para comprar?
    No seu caso vi que utilizou o Roma Pass, mas como você fez para agendar o horário?
    Obrigada,
    Alessandra

    • Vinícius Miranda

      Olá Alessandra,
      Não utilizei o Roma Pass na entrada da Galeria Borghese porque o agendamento somente pode ser feito por telefone, e achei que seria meio confuso. Preferi não arriscar e acabei comprando o ingresso no próprio site.
      Abçs

  15. Alessandra Borges

    Vinícius, já consegui! Preço normal!

Totos os direitos reservados