Dicas de Roma: Roteiro “Anjos e Demônios”

Que tal seguir a trilha dos Illuminati pela cidade de Roma? Se você é fã do livro de Dan Brown e está indo visitar a capital italiana, então não perca este roteiro.

Anjos e Demonios

Anjos e Demonios

Um dos best sellers do escritor Dan Brown, o livro “Anjos e Demônios” conta a mirabolante trama que envolve o sequestro de 4 cardeais candidatos a Papa e um atentado a bomba no Vaticano durante o conclave, cuja autoria estaria associada à antiga fraternidade dos Illuminati. O professor Robert Langdon e a cientista Vittoria Vetra correm contra o tempo para tentar salvar a Igreja da tragédia anunciada, seguindo as pistas espalhadas pela cidade de Roma.

Eu adoro esse livro. Quando pensei em visitar a capital italiana, não pude deixar de lembrar das atrações descritas na estória e corri logo para incluí-las no meu roteiro. No final, apenas 1 delas acabou ficando de fora.

Quem leu, sabe que praticamente todos os pontos de Roma citados estão ligados ao famoso artista Gian Lorenzo Bernini, que possui peças maravilhosas espalhadas pela cidade.

Segundo o livro, o escultor teria colocado várias de suas obras (cheias de simbolismos) em locais estratégicos de Roma, denominados “Altares da Ciência”, criando assim o chamado “Caminho da Iluminação”. Os candidatos a Illuminati tinham que procurar por esses altares e interpretar os símbolos, que iam revelando pistas que levavam ao esconderijo da fraternidade.

Como o Vaticano não podia nem sonhar onde ficava este esconderijo, Bernini teria camuflado as pistas em várias de suas obras (todas com figuras de anjos) e, brilhantemente, as colocou em locais onde a Igreja nunca iria desconfiar.

A seguir, falarei sobre as atrações que foram citadas no livro, com uma breve descrição e curiosidades sobre elas, para que os fãs do thriller de Dan Brown possam incluí-las no roteiro.

Já contratou o Seguro Viagem?

Você sabia que quando se viaja para a Europa a contratação de um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros é obrigatória? Então, faça agora mesmo uma cotação na Seguros Promo e escolha entre as melhores seguradoras sempre com o melhor custo benefício. Aproveite essa oportunidade e tenha 5% de desconto utilizando o nosso cupom: PARAVIAGEM05.

1. Vaticano

Guarda Suíça

Guarda Suíça

O principal ponto citado no livro é a Cidade do Vaticano, onde grande parte da trama se passa e de onde saem muitos dos personagens, incluindo os Cardeais, o Camerlengo e a cúpula da Guarda Suíça.

Quem o visita tem 4 atrações imperdíveis: a Praça de São Pedro, a Basílica de São Pedro, os Museus do Vaticano e a Capela Sistina.

Mesmo quem não é católico não deve deixar de visitá-lo, pois lá estão várias das principais e mais belas atrações turísticas de Roma.

2. Pantheon

Talvez o único monumento da Roma Antiga ainda praticamente intacto, o Pantheon é uma das atrações mais incríveis da cidade.

O antigo templo dedicado a todos os deuses só sobreviveu graças ao fato de ter sido transformado em igreja (Santa Maria dos Mártires) no século 7.

O edifício atual (que é a 2ª versão) foi construído no ano 118 à mando do Imperador Adriano que, reza a lenda, teria feito o projeto. Consiste num prédio de formato cilíndrico, com uma cúpula em cima e um pórtico greco-romano na frente.

Na fachada encontramos alguns dizeres em latim que cita Marco Agrippa, o general e amigo pessoal do Imperador Augusto, que mandou construir a 1ª versão do edifício. O significado: “Marco Agrippa, filho de Lucius, cônsul pela terceira vez, fez”.

Fachada do Pantheon

Fachada do Pantheon

Foi uma das atrações mais interessantes que visitei em Roma. É muito imponente. Olhando de fora a gente já acha bonito por estar diante de um exemplar genuíno de um templo da Roma Antiga. Mas é só quando entramos que percebemos a sua majestosidade.

A cúpula hemisférica é um capítulo à parte. A estrutura de pedra tem 43 metros de altura e a mesma dimensão de largura, descrevendo um círculo perfeito. O mais incrível: não há uma coluna sequer sustentando-o. E está de pé (e intacto) há quase 18 séculos! É ou não é pra ficar maravilhado?

A proeza criada na época de Adriano é tanta que somente 12 séculos depois é que conseguiram fazer uma cúpula de semelhantes dimensões, quando Brunelleschi precisou construir o Duomo de Florença (o artista renascentista foi até o Pantheon para estudar como os romanos haviam feito).

Aliás, até hoje é um desafio para os arquitetos do mundo. Como eles conseguiram fazer aquilo sem ajuda das parafernálias tecnológicas que temos? E é tudo feito de pedra, ou seja, não há nenhuma viga de ferro no interior ajudando na sustentação, como ocorre nas construções de concreto atuais.

Cúpula do Pantheon

Cúpula do Pantheon

No ápice da cúpula, observamos uma abertura conhecida como óculo, que permite a entrada de luminosidade no recinto. E observamos também, no interior, nichos quadrangulares. Dizem os estudiosos que a presença de ambos seria uma estratégia arquitetônica para diminuir o peso da cúpula e mantê-la sustentada.

Outro destaque que vemos no Pantheon é o túmulo de Rafael, o famoso artista renascentista. Além dele, há outros, como o do Rei Vittorio Emanuelle II, que unificou a Itália e a transformou no país que é hoje.

No livro “Anjos e Demônios”, Robert Langdon e Vittoria Vetra passam pelo Pantheon em busca de uma pista do paradeiro de um dos cardeais sequestrados. Neste momento, é citada a maravilha arquitetônica do edifício, bem como o local que eles buscavam: o túmulo de Rafael.

3. Piazza del Popolo

Palco de eventos públicos e de manifestações, esta praça elíptica é uma das mais célebres da cidade.

Contém um obelisco egípcio de 24 metros no centro (Obelisco Flaminio), saqueado do templo do faraó Ramsés II pelo Imperador Augusto e que estava postado anteriormente no Circo Massimo.

Destacam-se nesta praça a Igreja Santa Maria del Popolo (com belos afrescos de Caravaggio e Rafael), bem como as igrejas gêmeas Santa Maria dei Miracoli e Santa Maria dei Montesanto.

Ao fundo, tem a Porta del Popolo (ou Porta Flaminia), local onde antigamente ficava uma das entradas da cidade de Roma. A fachada que vemos hoje é uma reconstrução feita no século 16.

Segundo o livro “Anjos e Demônios”, nesta praça há 3 símbolos Illuminati:

• o seu formato elíptico;

• a presença do obelisco egípcio no centro (uma coluna elevando uma pirâmide aos céus);

• a estrela desenhada no ápice de uma rebarba triangular no alto da Porta del Popolo.

Porta del Popolo

Porta del Popolo

4. Igreja Santa Maria del Popolo e a Capela Chigi

Esta igreja foi uma das primeiras renascentistas de Roma. Construída no local onde estava o antigo mausoléu do Imperador Nero, este edifício é a 3ª versão, de 1472.

Achei simples e bonita, além de pequena. Sua decoração passou pelas mãos de artistas famosos como Pinturicchio, Caravaggio e Rafael.

Bom, mas nosso objetivo aqui é o roteiro do livro “Anjos e Demônios”, não é mesmo? Então, após adentrar a igreja, vá até a segunda capela à esquerda e encontre a mais famosa delas e citada no livro: a Capela Chigi.

Capela Chigi

Capela Chigi

Rafael foi contratado por Agostino Chigi (um banqueiro de Siena e um dos homens mais ricos da época), para criar a capela de sua família.

O artista renascentista fez apenas o projeto. Lorenzetto e Rafael de Montelupo foram os responsáveis por fazer a obra e decoração, procurando se basear no desenho original de Rafael.

A capela foi sofrendo várias modificações ao longo dos anos seguintes, até que o Papa Alexandre VII (1655-1667), neto de Agostino Chigi, contratou Bernini para que finalizasse a decoração.

Além da beleza evidente dos afrescos magníficos e estátuas, podemos ver vários símbolos considerados profanos para uma capela católica:

• Os túmulos em formato de pirâmide de Agostino Chigi e seu irmão;

• A cúpula no teto, com a figura de Deus no centro (como criador do Universo) e rodeado por símbolos astronômicos (planetas) sendo abraçados por anjos.

• O chão, com uma figura de um esqueleto alado, onde estaria a suposta tampa da “cova do demônio”, ou seja, a abertura do túmulo dos Chigi.

5. Igreja Santa Maria della Vittoria

Localizada próximo à Piazza della Repubblica, esta igreja em estilo barroco e com vários detalhes dourados foi construída em 1605.

Infelizmente, esta atração acabou ficando de fora do meu roteiro, de modo que não poderei dar as minhas impressões sobre ela.

Segundo relatos, o grande atrativo é a Capela Cornaro, a quarta à esquerda. Lá, Bernini colocou uma das suas obras mais controvertidas: o Êxtase de Santa Teresa.

O Êxtase de Santa Teresa

O Êxtase de Santa Teresa

Reza a lenda que, enquanto era uma freira, Santa Teresa teria tido um sonho em que um anjo trespassava nela uma flecha do amor divino, levando-a a uma experiência transcedental.

Na obra de Bernini, a santa é retratada desfalecida, com o tronco arqueado, a boca entreaberta e os olhos fechados, enquanto um anjo sorridente aponta uma flecha em direção a ela. Ao redor, várias estátuas de membros da família Cornaro observam a cena numa espécie de camarote.

A polêmica em cima da cena da obra é a seguinte: estaria Santa Teresa tendo uma experiência divina ou seria um relato de um ato sexual?

Esta questão é levantada no livro “Anjos e Demônios”, que relata que a peça teria sido preterida pelo Papa Urbano VIII (1623-1644), que a considerou muito pornográfica para estar no Vaticano.

Na estória, há também um embate cinematográfico envolvendo Robert Langdon e o Hassassin nesta igreja. E lá, o anjo sorridente da peça dá ao professor uma das pistas que ele procura.

6. Piazza Navona

Localizada no coração do centro histórico, é sem dúvida a praça mais famosa da cidade.

Piazza Navona

Piazza Navona

Na Roma Antiga, ali ficava o Estádio de Domiciano (ou Circo Agonistico), uma espécie de arena onde ocorriam esportes de atletismo. Com o passar dos anos, casas foram sendo construídas ao redor do estádio, circunscrevendo-o. Após ter sido finalmente demolido, restou uma praça com o formato da antiga arena.

A praça é cercada por cafés e palácios, todos em estilo barroco. Está sempre movimentada. E há vários artistas de rua e uma feira de quadros belíssimos. Sem dúvida, um dos um dos lugares mais agradáveis da cidade, na minha opinião.

Alguns pontos importantes que vemos no local:

Igreja Sant’Agnese in Agone (Santa Inês em Agonia) – em estilo barroco, construída em 1672 em homenagem à jovem santa martirizada no Estádio Domiciano que havia ali;

Palazzo Pamphili – construído em 1650 a mando do Papa Inocêncio X (1644-1655), da família Pamphili, hoje é a sede da Embaixada do Brasil na Itália;

Fontana del Moro (Fonte do Mouro) – obra de Bernini, retrata um mouro lutando contra um golfinho em cima de uma concha e rodeado por tritões (deuses do mar);

Fontana di Nettuno (Fonte de Netuno) – obra de Giacomo della Porta, que retrata o deus lutando contra um polvo e rodeado por ninfas, cupidos e morsas.

Mas o destaque inegável é a magnífica Fontana dei Quattro Fiumi (Fonte dos Quatro Rios).

Considerada uma das obras primas de Bernini, a fonte possui um obelisco egípcio de 12 metros de altura no centro, rodeado de várias figuras em cima de uma rocha, representando os rios mais importantes de 4 continentes: o Rio Danúbio (Europa), o Rio da Prata (América do Sul), o Rio Nilo (África) e o Rio Ganges (Ásia).

No livro “Anjos e Demônios”, esta fonte não só é o palco de vários acontecimentos, como dá a Robert Langdon mais uma pista do que ele procura.

7. Castelo St'Angelo

Castelo St'Angelo

Castelo St'Angelo

Quem olha essa fortaleza medieval não imagina que, na verdade, é uma construção datada do ano 130 e foi o mausoléu de vários Imperadores Romanos. Ela guardou os restos mortais desde o Imperador Adriano, em 138, até Caracalla, em 217.

O edifício foi utilizado para vários fins durante os séculos: prisão, fortaleza, torre de muralha e, principalmente, refúgio para os papas.

Há um corredor que liga o interior do castelo a um dos palácios do Vaticano, conhecido como Il Passetto.

Só visitei o castelo por fora, mas para quem quiser conhecê-lo mais amplamente, há a opção de entrar.

Para quem está do lado de fora, 2 destaques:

• Em cima do castelo, a estátua de bronze do anjo Miguel, empunhando uma espada, ilustrando a suposta visão do Papa Gregório I (590-604), que diz ter visto o anjo no alto da fortaleza, indicando o fim da Peste que assolava Roma na época;

• Em frente ao castelo, a Ponte Sant’Angelo, uma das mais bonitas da cidade, com várias estátuas de anjos enfileirados, parecendo escoltar o visitante até a fortaleza.

No livro “Anjos e Demônios”, há uma descrição de passagens secretas, de um aposento próximo à sacada da torre do castelo e, é claro, do Passetto.

Já comprou seus ingressos?

Não deixe para a última hora e muito menos para comprar durante a viagem. A Get Your Guide oferece um ambiente simples, seguro e com a garantia do menor preço para você comprar com antecedência seus ingressos para atrações, shows, espetáculos, eventos, tours, passeios e muitas outras experiências nos principais destinos do mundo, inclusive Roma.

Informações adicionais

Aqui no blog temos vários artigos que poderão enriquecer sua visita à capital italiana.

Há uns bem legais como a nossa sugestão de roteiro de 4 dias em Roma, além das dicas de sobrevivência para quem vai visitar a Itália e também alguns diários de viagem.

Caso esteja planejando passear por várias cidades italianas e quer uma sugestão de roteiro completo, não deixe de conferir nosso Roteiro de 18 dias pela Itália.

Por fim, se preferir, acesse nossa página completa de destinos e confira todo o nosso conteúdo sobre Roma, Vaticano e Itália.

Vai Viajar?

 Encontre o hotel perfeito para sua próxima viagem com garantia do menor preço. O nosso blog tem parceria com o Booking, serviço que te ajuda a comparar preços de hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura. Você ainda pode fazer uma reserva com a opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in. Garanta sua reserva de hotel agora mesmo.

 Antes de alugar um carro, faça uma comparação entre as principais locadoras do Brasil e do mundo. A nossa parceira RentCars te ajuda nessa busca de preços e oferece todas as opções de forma rápida e segura. A cobrança poderá ser feita em reais, sem IOF. Divida em até 12 parcelas no cartão de crédito ou aproveite um desconto de 5% no boleto bancário. Compare os valores e economize.

 Não esqueça do seguro viagem. Economize tempo e dinheiro fazendo uma cotação na Seguros Promo. Encontre os melhores planos das principais seguradoras por preços imbatíveis. Pagamento no cartão de crédito em até 12 parcelas ou com desconto no boleto bancário. Ganhe 5% de desconto adicional comprando seu seguro com nosso cupom de desconto: PARAVIAGEM05.

 Compre um chip internacional e se mantenha conectado durante sua viagem. A Easysim4u oferece planos sob medida na Europa com conexão de internet 4G franquias proporcionais ao número de dias do pacote. Você recebe o chip em sua casa, de forma antecipada, e chega em seu destino com tudo funcionando. Compre com 10% de desconto usando o nosso cupom exclusivo: PARAVIAGEM10.

 Compre ingressos para atrações, shows, espetáculos, eventos, tours, passeios e muitas outras experiências com a GetYourGuide. A empresa, presente nos principais destinos, oferece vantagens como a garantia do menor preço e a possibilidade de reserva online antecipada, garantindo seus bilhetes antes da viagem.

 Encontre as melhores datas para a sua próxima viagem e economize na hora de comprar as passagens aéreas. Usando a plataforma do Passagens Promo você pode pagar com cartão de crédito em parcelas sem juros e sem cobrança de IOF. A empresa conta ainda com selo de qualidade no atendimento. Agora não tem mais desculpe, partiu Roma!

Reservando com nossos parceiros, além de garantir o menor preço e um serviço de qualidade, você também ajuda a manter o blog e nos motiva a produzir cada vez mais conteúdo.

Galeria de Fotos:

17 Comentários
  1. Julio Oliveira

    Magnífico. Li o livro em 2010 e agora, em 2014, estou seguindo o Caminho da Iluminação. Obrigado pelas dicas. Foram e estão sendo muito úteis. Boas viagens!!!!

  2. Harris Caruso

    Olá Fernanda

    Um fato interessante que um amigo meu me contou, quando fui a Roma, é que seculos depois descobriram o segredo da cúpula do Pantheon é que ela é mais grossa na base e segue até o Óculo afinando, isso que da a ela a sustentação necessária.
    Roma em si é uma cidade espetacular. Amei quando conheci, e pretendo retornar em breve.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Harris!
      Eu soube disso recentemente num documentário sobre o Pantheon no canal Discovery, se não me engano. É incrível a genialidade dos romanos. Não é à toa que eles conquistaram o mundo antigo e influenciaram a humanidade.
      E a cidade de Roma ainda hoje tem essa “magia”, herdada da Roma Antiga. Ela nem é tão linda como outras que vemos por aí, mas sem dúvida é um lugar que conquista quem passa por ela. É realmente espetacular.
      Abs

  3. Sandra Aparecida Fonseca

    Gente vocês são demais. Esses roteiros são fantastico, um verdadeiro guia de viagem principalmente para uma iniciante como eu. A medida que vou lendo, vou me sentindo mais segura em fazer a minha 1ª viagem internacional sozinha.

    Muito obrigada.

    Sandra

    • Fernanda Rangel

      Oi, Sandra!
      Ficamos muito contente por nossos posts estarem te ajudando.
      Essa fase de planejamento é a mais complicada, pois ao mesmo tempo que estamos com uma expectativa enorme, tb ficamos muito receosos do que encontrar e se vai dar tudo certo.
      Espero que sua 1ª viagem seja tão inesquecível quanto foi a minha e que te estimule a fazer muitas outras em seguida.
      Obrigada pelo elogio!
      Abs

  4. Kamilla

    Fernanda,

    Esse roteiro do filme posso fazer em quantos dias? Ficarei 10 dias em roma.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Kamilla!
      Peço desculpas pela demora da minha resposta. Eu estava viajando e só retornei há poucos dias.
      Mas vamos lá…
      Esse roteiro dá pra fazer em 2 dias: um para as atrações de Roma e 1 para as atrações do Vaticano.
      Publiquei aqui no blog o meu roteiro de 4 dias em Roma e há todas essas atrações nele – exceto a Santa Maria della Vittoria, que daria para vc encaixar no dia que for visitar a Piazza della Repubblica (fica próximo).
      Espero tê-la ajudado a tempo!
      Abs

  5. Isis

    Valeu pelas dicas! passamos três dias em Roma e conseguimos seguir a trilha dos lugares, inclusive encontramos uma tour só do livro na Igreja de Santa Maria della Vittoria

  6. Juan

    Sonho em conhecer Roma depois que li o livro. E lendo esse post me deu mais vontade ainda. Muito bem escrito, adorei, parabéns!!

  7. Maria jose

    Eu e meu filho gostamos muito dos seus roteiros. Queremos começar pelo Vaticano justamente pq lemos o livro e queremos ver ao vivo. Será . minha última chance, pois tenho 68 anos e meu filho 40. Se possível , queremos saber o valor em euros e em reais, o quanto vamos precisar. Sonho é sonho!!!(

    • Fernanda Rangel

      Oi, Maria José!
      Sonhar é o que nos mantém vivos. Basta termos foco e corrermos atrás para realizá-los. Nada é impossível! 😉
      Não teria como te dar, com precisão, o quanto vcs gastariam no total. Primeiro porque viajei pra lá em 2013, quando o euro estava bem mais barato do que hoje e as taxas de IOF idem. E segundo, porque depende de uma série de fatores, como tipo e local da hospedagem, a passagem aérea (tem que ficar de olho nas promoções que sempre aparecem), do valor do câmbio do euro no dia que vcs forem comprar a moeda, do roteiro que vcs seguirão (com as despesas de ingressos e transporte até as atrações) e por aí vai.
      O planejamento costuma ser a parte ruim da viagem, pois há muita coisa pra decidir. Mas não desistam! Será preciso muita pesquisa antes de ir e é possível chegar às melhores opções e preços. Num caso extremo, peçam ajuda de um bom agente de turismo.
      No mais, se vc quiser ter uma ideia de gastos, dê uma olhadinha no meu post sobre dicas de sobrevivência para quem vai á Itália.
      Abs

  8. Eliane Lourenço Crudi

    vou pela primeira vez em ROMA m comemorar 50 anos de idade e asSistir uma missa com o PAPA , SONHO DE INFANCIA.
    so teremos dois dias ,
    1 Vaticano e o que tiver a sua volta .
    2 coliseu e o que tiver a seu redor.

    o que nos indicaria , como imperdíveis?

    pode nos ajudar , desde ja agradeço , adorei tudo que voce escreveu , dicas de ouro.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Eliane!
      Eu que agradeço o elogio!
      Vai ser um aniversário e tanto! Só em estar em Roma já é maravilhoso, imagina ainda realizando um sonho? 😉
      Mas confesso que 2 dias vai ser bem corrido…
      No dia da missa do Papa, a Praça de São Pedro fica entupida de gente e, a menos que a pessoa queira muito ver o pontífice, não é o dia mais adequado para visitar as atrações do Vaticano.
      Uma opção seria chegar beeem cedo, visitar a Basílica de São Pedro, sair pra assistir a missa e depois visitar os Museus do Vaticano, com hora marcada.
      No dia seguinte, chegue cedo ao Coliseu e adquira o Roma Pass para “furar a fila legalmente” e entrar mais rápido. Visite e depois siga para o Forum Romano. Sugiro que tente não demorar muito nessas atrações, devendo fazê-las numa manhã. E à tarde, visite outras atrações conhecidas da cidade: Fontana di Trevi, Piazza di Spagna, Piazza Navona, Pantheon, Monumento Vittorio Emanuelle… O que der pra fazer nesta tarde.
      Provavelmente vc deve ter passado por esses posts aqui no blog, mas vou sugerir a leitura abaixo caso precise reavaliar o seu planejamento.
      Uma excelente viagem pra vc!
      Roteiro de 4 dias em Roma
      Dicas para quem vai visitar o Vaticano
      Dicas para quem vai visitar o Coliseu
      Como funciona o Roma Pass?

  9. LEANDRO FILTRE BONACIN

    Olá.
    Acabei de completar o caminho da iluminação agora.
    Sobre a atração que ficou faltando, realmente ela pouco aparece até nos mapas turísticos, todavia é muito próxima à praça da República assim se Vc estiver na piazza dell poppolo basta pegar o metro e saltar na estação República e Iluminatus est!

Totos os direitos reservados