Dicas Para Quem Vai Visitar o Coliseu

Quer que a sua visita ao maravilhoso Coliseu de Roma seja bem sucedida? Então veja as dicas deste post.

Coliseu

Coliseu

Eleito em 2007 como uma das sete maravilhas do mundo moderno, o Coliseu é o grande símbolo de Roma e da Itália.

Imponente, este magnífico monumento é o destino certo de todo turista que visita a Cidade Eterna. E sempre impressiona! Afinal, não é qualquer edifício que pode se dar ao luxo de ainda estar de pé há mais de 1900 anos, apesar da ação do tempo e dos saques que sofreu ao longo dos anos. É a prova viva do poder do Império Romano.

Nunca me esquecerei do dia que visitei o Coliseu. Pra quem adora a história da Roma Antiga como eu, é realmente um passeio e tanto.

Baseado na minha visita, listei umas dicas que poderão ajudar a tornar o seu passeio tão agradável quanto foi o meu.

Chegue cedo - Por ser um dos pontos turísticos mais procurados da cidade, está sempre lotado, em qualquer época do ano. Ao chegar cedo, você terá mais espaço para curtir esse fantástico monumento sem ter que disputar com uma horda de turistas, que incrivelmente não costuma seguir essa dica valiosa. Aproveite!

Vá com um calçado adequado – Além da área do Coliseu ser enorme, o piso é irregular e muitas vezes com cascalho ou pedrinhas perdidas pelo chão. O ideal é usar um tênis ou um calçado baixo e confortável. Nada de usar salto ou sapato com solado muito fino, pois além de desconfortáveis, poderão provocar machucados.

Leve uma garrafa d´água – Não existe lanchonete dentro do Coliseu. Portanto, se o dia estiver quente ou seco, leve uma garrafinha d´água para se refrescar.

Reserve de 2 a 3 horas para a visita – Logicamente que isso vai depender do grau de interesse de cada um. Mas considerando que você irá tirar várias fotos do exterior e depois que entrar, irá percorrer os vários corredores, subir até o andar de cima, visitar a exposição e, por fim, dar uma passadinha na loja de souvenir, reserve pelo menos umas 2 ou 3 horas para a visita.

Foto tradicional com gladiadores

Foto tradicional com gladiadores

Nem sempre os “gladiadores” que ficam do lado de fora do Coliseu cobram uma fortuna – Reza a lenda que eles costumam cobrar uma média de 20 euros por uma foto.

Como eu queria muito tirar uma, resolvi encarar e abordei uma dupla de “gladiadores”. E a surpresa: eles me cobraram apenas 5 euros! E ainda forneceram acessórios para incrementar a foto e permitiram mais de um clique.

Por isso, não desista. Se quiser a clássica foto ao lado de um deles com o Coliseu ao fundo, pergunte. Você pode se surpreender.

Compre o Roma Pass – A vantagem é que a entrada para quem tem o passe está quase sempre vazia. Somada à dica de chegar cedo, às vezes nem fila tem. É chegar, passar o cartão na catraca e entrar. Mesmo que o valor seja equivalente ao do ingresso comprado na bilheteria, aqui vale muito a pena, pois nos poupa um tempo precioso que gastaríamos nas filas (uma pra comprar e outra pra entrar).

ATUALIZAÇÃO: Agora também é necessário fazer a reserva para visitar o Coliseu, mesmo quem tiver o Roma Pass. E isso pode ser feito de 3 maneiras:

• On-line, no site da Coop Culture (link) - taxa de reserva obrigatória 2 € (com cartão de crédito)

• Call center (+39 06 39967575) - taxa de reserva obrigatória 2 € (com cartão de crédito)

• Na bilheteria do Fórum Romano / Palatino, somente no dia da visita (mediante disponibilidade) - a bilheteria emitirá um recibo gratuito com a hora da admissão.

A reserva on-line ou pela central de atendimento emitirá um voucher com um código (PNR). Ele deverá ser trocado num balcão reservado na bilheteria do Forum Romano, por um recibo com o horário de admissão.

Esse recibo não é válido para entrada no Coliseu. Ele é um comprovante da reserva do horário.

Na entrada do Coliseu, tem que apresentar o Roma Pass válido + o recibo da reserva. Senão a entrada não será liberada.

Os visitantes com entrada gratuita que estiverem acompanhando pessoas portadoras do Roma Pass que reservaram uma hora de admissão, podem recolher o bilhete gratuito na bilheteira, ignorando a fila. A taxa de reserva é de € 2,00.

Eles pedem para chegar ao portão de acesso 30 minutos antes do horário reservado, para poder passar pelas verificações de segurança e concluir os procedimentos de entrada.

A tolerância de atraso é de no máximo de 15 minutos após o horário reservado. Em caso de grande atraso, os visitantes não poderão acessar o monumento e não haverá reembolso do ingresso.

Não perca o post com informações sobre como funciona o Roma Pass que publicamos aqui no blog e tire suas dúvidas.

Enfim, a visita ao Coliseu é um passeio imperdível. Programe-se e aproveite!

Já comprou seus ingressos?

Não deixe para a última hora e muito menos para comprar durante a viagem. A Get Your Guide oferece um ambiente simples, seguro e com a garantia do menor preço para você comprar com antecedência seus ingressos para atrações, shows, espetáculos, eventos, tours, passeios e muitas outras experiências nos principais destinos do mundo, inclusive Roma.

E não deixe também de conferir nossas dicas para quem vai visitar o Vaticano e também as dicas de sobrevivência para quem vai à Itália.

Caso esteja planejando passear por várias cidades italianas e quer uma sugestão de roteiro completo, não deixe de conferir nosso Roteiro de 18 dias pela Itália.

E por fim, se preferir, acesse nossa página completa de destinos e confira todo nosso conteúdo sobre a Itália.

Vai Viajar?

 Encontre o hotel perfeito para sua próxima viagem com garantia do menor preço. O nosso blog tem parceria com o Booking, serviço que te ajuda a comparar preços de hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura. Você ainda pode fazer uma reserva com a opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in. Garanta sua reserva de hotel agora mesmo.

 Antes de alugar um carro, faça uma comparação entre as principais locadoras do Brasil e do mundo. A nossa parceira RentCars te ajuda nessa busca de preços e oferece todas as opções de forma rápida e segura. A cobrança poderá ser feita em reais, sem IOF. Divida em até 12 parcelas no cartão de crédito ou aproveite um desconto de 5% no boleto bancário. Compare os valores e economize.

 Não esqueça do seguro viagem. Economize tempo e dinheiro fazendo uma cotação na Seguros Promo. Encontre os melhores planos das principais seguradoras por preços imbatíveis. Pagamento no cartão de crédito em até 12 parcelas ou com desconto no boleto bancário. Ganhe 5% de desconto adicional comprando seu seguro com nosso cupom de desconto: PARAVIAGEM05.

 Compre um chip internacional e se mantenha conectado durante sua viagem. A Easysim4u oferece planos sob medida na Europa com conexão de internet 4G franquias proporcionais ao número de dias do pacote. Você recebe o chip em sua casa, de forma antecipada, e chega em seu destino com tudo funcionando. Compre com 10% de desconto usando o nosso cupom exclusivo: PARAVIAGEM10.

 Compre ingressos para atrações, shows, espetáculos, eventos, tours, passeios e muitas outras experiências com a GetYourGuide. A empresa, presente nos principais destinos, oferece vantagens como a garantia do menor preço e a possibilidade de reserva online antecipada, garantindo seus bilhetes antes da viagem.

 Encontre as melhores datas para a sua próxima viagem e economize na hora de comprar as passagens aéreas. Usando a plataforma do Passagens Promo você pode pagar com cartão de crédito em parcelas sem juros e sem cobrança de IOF. A empresa conta ainda com selo de qualidade no atendimento. Agora não tem mais desculpe, partiu Roma!

Reservando com nossos parceiros, além de garantir o menor preço e um serviço de qualidade, você também ajuda a manter o blog e nos motiva a produzir cada vez mais conteúdo.

Galeria de Fotos:

34 Comentários
  1. oi Fernanda
    Estou gostando muito do teu site, está sendo muito útil.
    Parabéns e continue assim ,passando dicas para quem gosta de viajar. Abraços
    j. Claudio

    • Fernanda Rangel

      Oi, José Claudio!
      Obrigada pelo elogio!
      Sempre utilizei a internet para obter informações que me ajudassem na programação das minhas viagens, e por isso, sei como é importante pra quem pretende ir a algum lugar, saber a experiência e dicas de quem já foi. Especialmente quando se trata de um outro país, com outra cultura e outro idioma. Quanto mais informações tivermos, maior a chance de as coisas darem certo.
      Fico contente pelos posts estarem sendo úteis.
      Abs

  2. Deborah

    Oi Fernanda….
    Estou indo a Roma em Janeiro… eu sei que eh inverno…rsrsrs mas eh a data q podemos ir.
    Bem… sera q voce poderia me de dar uma dica?
    Eu gostaria de ir ate a torre de pisa… vale ir de Roma ate la ?
    Num bate e volta.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Deborah!
      Perfeitamente. Pegando o trem na estação Roma Termini, em cerca de 3 horas você chega a Pisa. Não há muito o que fazer por lá, basicamente é a Torre e o Duomo anexo. Dá pra fazer um meio período lá tranquilamente.
      Se você for visitar Florença, fica mais perto ainda – cerca de 1 hora de Pisa. Seria um bate e volta mais prático. Mas dá perfeitamente pra ir de Roma.
      Quanto ao frio, em Roma acredito que não seja tão rigoroso como o norte do país, que fica próximo dos Alpes. Claro que comparado com o Brasil deve ser frio, mas não creio que você pegue temperaturas negativas ou neve. Se bem que o clima do planeta está tão louco que tudo é possível, mas realmente não acredito.
      Se quiser mais informações, veja o roteiro bate e volta para Pisa que fiz e também leia o relato da visita do nosso editor Vinícius Miranda, que esteve lá em junho deste ano.
      Espero tê-la ajudado!
      Abs

  3. Mioara Pacheco

    Olá Fernanda! Adorei suas informações. Pretendemos ir para Roma e Paris em Julho/2015 com meu esposo e minha filha de 3 anos. Nosso objetivo é andar com ela no carrinho de bebê, você acha que é viável em Roma e Pa ris fazer os pontos turísticos (Coliseu, Vaticano, Louvre,Versailles) com criança no carrinho? Obrigada!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Mioara!

      É viável, mas acredito que em algumas atrações não será possível utilizar o carrinho, pois não presenciei nenhuma criança sentada neles no interior das atrações, tanto em Roma quanto em Paris.

      Em Roma, por exemplo: se vocês forem ao Palatino e depois descer até o Forum Romano, há escadas e o terreno é um pouco irregular.
      Dentro do Coliseu tem elevador para cadeirantes, então ali seria viável. Mas o terreno tb é um pouco irregular (porém menos que no Forum).
      Não presenciei nenhuma criança no carrinho nas minhas visitas à Basílica de São Pedro ou Museus do Vaticano. Acredito que não seja permitido, pois as poucas que vi estavam andando com os pais.
      As praças (Spagna, Popolo, Fontana di Trevi, São Pedro, Navona, Campo dei Fiori) dá pra utilizar tranquilamente o carrinho.

      Em Paris, muitas atrações são ao ar livre (boulevares, Champs-Élysées, praças, Ilhas do Rio Sena, pontes, Jardim de Luxemburgo…), então será tranquilo. Mas dentro do Louvre e em Notre Dame, por exemplo, não vi nenhuma criança no carrinho.
      Em Montmartre (onde tem a Basílica de Sacre-Coeur) há uma escadaria. Não dá pra utilizar o carrinho.
      Em Versalhes, nos jardins é tranquilo. Mas dentro do palácio, não havia carrinhos de criança.

      Minha sugestão é a seguinte: aproveite que a sua filhinha estará descansada pela manhã e procure fazer as atrações que “precise entrar” neste período, pois assim, ela pode ir andando com vcs (as atrações geralmente tem um guarda-volumes, onde vcs podem deixar o carrinho). No período da tarde ou final do dia, quando ela certamente estará cansada, coloquem-na no carrinho e façam as atrações ao ar livre: praças, avenidas, jardins…

      Espero tê-la ajudado!
      Abs

  4. Pedro Pereira

    Excelente artigo sobre o Coliseu! Bom Ano de 2015 🙂

  5. Anabela Scalabrini

    Olá Fernanda. Suas dicas são realmente ótimas, por isso gostaria de te pedir uma ajuda. Vou à Assis em maio 2015, é meu sonho, porém como vou com um grupo, não poderei ficar o tempo que gostaria. Chegarei em Assis mais ou menos ao meio dia e sairei no dia seguinte pela manhã. Você poderia me dar umas dicas do que visitar neste curto espaço de tempo? O grupo já programou uma visita ao Centro Histórico logo após o almoço, mas estou pensando em passear somente com meu marido, sem o grupo. Você poderia me ajudar? Um gde abraço.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Anabela!
      Infelizmente não visitei Assis, por isso não teria dicas pessoais ou um roteiro pra te indicar.
      Pelo que andei pesquisando aqui, me pareceu uma cidade pequena. E todas as cidades pequenas que visitei na Itália tinham suas atrações principais agrupadas no centro histórico.
      Que eu saiba, as principais atrações de Assis são a Basílica de São Francisco, a Basílica de Santa Clara o Duomo (San Rufino) e o Templo de Minerva.
      Mas é claro que devem haver mais atrações interessantes. Dê uma olhadinha neste site que traz informações turísticas de Assis.
      Abs

  6. Gabriela

    Fernanda,

    Estou planejando ir para Roma em julho deste ano e estou pensando em comprar o Roma Pass 48 horas, por que vou ficar apenas três dias, um dia vou para veneza, outros dois dias pretendo ficar em roma para conhecer o coliseu, como vou ficar em um apartamento um pouco longe do centro (Ostia antica), acho que o passe compensa para usar transporte e entrar no coliseu, mas minha dúvida é, se eu comprar pela internet eu recebo o Roma Pass na minha residência?

    Obs.: Estou morando na Irlanda (Dublin)

    • Fernanda Rangel

      Oi, Gabriela!
      Comprar o Roma Pass é a melhor opção, pois com ele você entra imediatamente nas atrações (não precisa de fila de bilheteria ou da entrada). Quem tem o passe, vai para uma entrada VIP em separado.
      Comprando no site, você receberá um voucher por e-mail, contendo um código. Imprima e leve até o posto de resgate de sua preferência, lá em Roma (o posto é escolhido durante o processo de compra online).
      Fiz um post com todas as informações sobre como funciona o Roma Pass aqui no blog. Aconselho dar uma olhadinha para maiores detalhes.
      Abs

  7. Izis

    Oi Fernanda estou adorando suas dicas. Vou para a Itália em maio e ficarei 30 dias, chegarei por Roma no domingo dia 03.
    Gostaria de saber qual a diferença entre o Roma pass de 28 euro e o de 36 euro? No site não está muito claro.
    Outra dúvida que tenho é com relação as roupas, frio ou calor? Quero levar o mínimo possível de coisas.

    Obrigada.
    Abraços!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Izis!

      O de 28 euros é um novo Roma Pass que é valido por 48 horas. O convencional dura 3 dias.
      Outra diferença é que o Roma Pass de 48h só dá direito a entrada gratuita em 1 atração. À partir da segunda, é dado um desconto no ingresso, desde que seja dentro da validade do passe. O convencional dá direito a 2 atrações gratuitas iniciais e desconto nas outras.

      Quanto às roupas, fui também na mesma época que vc e peguei um clima bem ameno, em torno de 20 graus. No meio do dia esquentava um pouco, mas de manhã cedo e à noite ficava um friozinho. Nada que um casaco brasileiro não dê conta. Atentando que mais para o sul, o clima é ameno. Conforme vai subindo, em direção a Milão, vai esfriando, porque fica próximo aos Alpes. Mas nada absurdo nessa época.
      Abs

  8. Katia silva

    Fernanda, você já me ajudou bastante em relação ao museu do Vaticano e agora estou em dúvida em relação ao coliseu, entendi que o Roma pass é um acesso Vip, mas como estamos com crianças de 10, 11 e 12 anos, pensei em comprar o roma pass apenas para o adultos pois elas entrariam de graça.
    Fiquei com receio delas não entrarem pela mesma entrada/portão, você sabe me informar como funciona?
    se a pessoa compra na internet pelo coopculture, site oficial, pega muita fila no coliseu ou entra direto como no roma pass?
    Espero ter sido clara, desde já agradeço,
    Katia

    • Fernanda Rangel

      Oi, Katia!
      Não presenciei a cena, pois não havia ninguém na fila do Roma Pass no dia da minha visita, mas acredito que as crianças entrem pela mesmo lugar que vcs. Não creio que eles exijam que elas entrem sozinhas por outro local, já que os pais tem o Roma Pass. Como elas não pagam, qualquer portão seria a entrada pra elas.
      Já com relação ao ingresso comprado online, não sei dizer ao certo, mas no site diz que tb “fura a fila”. Não saberia dizer se eles já enviam o ingresso direto pro seu e-mail ou se é necessário trocar o voucher pelo ingresso no local (nos Museus do Vaticano foi necessário, na época que visitei).
      O que posso dizer é que usei o Roma Pass e entrei direto. Sem fila e por um local separado dos demais visitantes (tanto no Coliseu quanto no Palatino/Forum). Foi só chegar, apresentar o cartão do passe para o fiscal e pronto.
      Apesar de não ter vivenciado as 2 situações, espero ter conseguido ajudá-la.
      Abs

  9. Larissa

    Olá, Fernanda! Adorei o blog e estou aproveitando todas as dicas, ja que estou indo com uma amiga daqui duas semanas, e tambem ficaremos 4 dias em Roma. Sobre o Coliseu, gostaria de saber se comprando o roma-pass tem como contratar algum guia por lá (ou pela internet), em portugues, ingles ou espanhol, e se vale a pena.

    Obrigada,

    • Fernanda Rangel

      Oi, Larissa!
      Obrigada pelo elogio!
      O Roma Pass não oferece nenhum serviço de guia. Mas sempre é válido contratar um, eles sempre tem uma informação ou curiosidade interessante pra nos contar.
      Não tenho nenhuma referência pra te dar, mas no site de compra do ingresso para o Coliseu (veja aqui) oferece um audioguia em português.
      Espero que tenha dado tempo de respondê-la!
      Uma ótima viagem pra vcs!

  10. Andrea

    Ola Fernanda,adorei seu blog,gostaria de uma ajuda no meu roteiro. Estou na duvida se compro o roma pass de 2 dias ou de 3 dias. Vou ficar 3 dias em Roma no inicio de agosto de 2015,sendo que o ultimo dia irei para o Vaticano pela manhã. Chegaremos as 14:15 no hotel no primeiro dia e a idéia é ir direito para o Coliseu usando o Roma Pass,acredito que o Coliseu+Forum+Palatino levaremos umas 3 horas no minimo para conhecer e como no verao escurece as 21hs,pensei em aproveitar das 15:30 até as 18:30 a regiao. Queria uma dica do que eu poderia incluir nesse mesmo percurso?
    O segundo dia pensei em deixar livre para conhecer a cidade a pé no centro histórico,pois teremos o dia inteiro.O 3 dia seria o Vaticano e a noite algo mais em Roma. O q vc indicaria para combinar com o Vaticano? Vc recomenda que a gente vá no Coliseu no primeiro dia ou seria melhor escolher alguma outra atracão. Muito obrigada desde já pela atenção

    • Fernanda Rangel

      Oi, Andrea!
      Eu que agradeço o elogio!
      Dependendo de onde vcs estiverem vindo, talvez fique puxado fazer Coliseu e Forum Romano no 1º dia. É um passeio que requer andanças e pode ser um pouco cansativo. Se estiverem vindo do Brasil ou de outro país, contem que estarão um pouco cansados neste dia. Se for o caso, eu faria algo mais light, como visitar a Fontana di Trevi, a Piazza di Spagna, Piazza Navona e Pantheon. No 2º dia, faria Praça de São Pedro de manhã e Coliseu + Forum à tarde (eu levei muitas horas passeando por eles, mas dá pra ser mais sucinto). No final vá até o Monumento Vittorano para tirar uma fotos.
      No 3º dia, visite os Musesus do Vaticano + Capela Sistina e, à tarde, dêem uma volta pelo Trastevere.
      Há 2 atrações que, se vc puder incluir nesse roteiro, recomendo: as igrejas San Giovanni in Laterano (lindíssima!) e a Santa Maria Maggiore.
      Se for seguir o que sugeri aqui, então seria melhor comprar o Roma Pass de 3 dias.
      Outra coisa…
      Reparou que eu dividi o Vaticano em 2 manhãs? É a melhor coisa a ser feita, porque está sempre muito lotada e essa é a melhor forma de evitar as filas e hordas de turistas. Dê uma olhada no meu post em que trago dicas pra quem vai visitar o Vaticano.
      Provavelmente vc já deve ter encontrado aqui no blog meu roteiro de 4 dias em Roma. Nele, falou um pouquinho como foram as minhas visitas a essas atrações.
      Espero tê-la ajudado!
      Abs

  11. cris

    Parabens a todos voces d blog e obrigada!!!!!
    Cheguei dia 4/8/15 da Italia uma viagem de 14 dias de Roma a Milao e retornando a Roma e todas as suas dicas foram incriveis…ajudaram muito.
    Fui com minha filha e meu marido e deu tudo certo,lembrei muito de voces…
    Sempre que eu viajar vou consultar o blog
    vcs sao incriveis desde dos pequenos detalhes em todos os passeios ate as as opinioes pessoais.
    continuem assim,
    bjs,cris

    • Fernanda Rangel

      Nós que agradecemos o elogio, Cris! 🙂
      Ficamos muito contentes por tê-la ajudado e por sua viagem ter sido bem sucedida. A Itália é um país incrível, não é mesmo?
      Esperamos poder ajudá-la novamente nas suas próximas viagens. Será um prazer!
      Bjs

  12. juzelly@gmail.com

    Olá, Fernanda! Muito esclarecedor mesmo, o seu blog. Parabéns!
    Minhas dúvidas: quais as duas entradas você pagou com o Romapass?
    Você disse que fez o Vaticano em dois dias. Pagou duas vezes a entrada ?
    Abraços!

    • Fernanda Rangel

      Obrigada pelo elogio!
      Usei o Roma Pass para entrar no Coliseu/Forum/Palatino (que conta como 1 ingresso) e os Museus Capitolinos. Depois, utilizei como desconto para entrar nas Termas de Caracalla.
      Sobre o Vaticano, só há uma visita paga por lá: a dos Museus/Capela Sistina (que são feitos no mesmo dia). A entrada na Basílica de São Pedro é gratuita.
      Abs

  13. Flavia

    No caso de comprar o Roma pass e “furar” filas, como faço para fazer a visita com audio guia nesse caso?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Flavia.
      Na época que eu fui, lembro que havia uma fila própria para o audioguia lá dentro.
      Não sei como está hoje, mas acredito que não tenha mudado. Vc entrará com o seu Roma Pass e depois terá que ir ao guichê exclusivo para pegar o seu audioguia.
      Abs

  14. Tathyana

    Gostaria de saber se criança de 14 e 16 anos pagam tudo em Roma ? Obrigada e parabéns pelas ótimas dicas

    • Fernanda Rangel

      Oi, Tathyana!
      Não sei te dizer com 100% de certeza, mas pelo que eu me lembre, no Coliseu e nos Museus do Vaticano pagam sim. Só que tem descontos.
      É preciso entrar nos sites oficiais das atrações para conferir essas informações.
      Abs

  15. Lu

    Olá tudo bem? Excelente sua página…parabéns!
    Pode me ajudar…entrei no site do Roma Pass e fiquei muito em dúvida onde escolher para pegá-lo….pode me dar uma dica? Outra informação que não achei é se meu filho de 3 anos e meio paga…..quanta dúvida,
    Caso decida comprar lá pode me dar uma dica do melhor lugar…..meu hotel fica afastado do centro histórico…usarei o dia da chegada para fazer isto.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Lu!
      Obrigada pelo elogio!
      O ideal seria um posto perto do seu hotel ou no caminho que vc for passar. Por exemplo, se vc chegar a Roma pelo Termini, é só programar pra pegar o seu passe lá, antes de ir pro hotel. É o que a maioria faz.
      No meu caso, só iria utilizar o meu Roma Pass nos 3 últimos dias de visita (fiquei 4 dias inteiros, no total). Portanto, programei pegar o meu passe no primeiro dia, no caminho para a Piazza Colonna, aproveitando que não iria utiliza-lo naquele dia.
      Sobre o seu filho de 3 anos, aí vai depender do seu roteiro. Veja quais atrações vc vai visitar e cheque os sites.
      Abs

  16. Rebeca

    Fernanda, você sabe informar se há algum museu em Roma que mostre as armas e armaduras usadas no período do Império Romano?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Rebeca!
      Olha, não conheço nenhum museu dedicado a armas e armaduras do Império Romano. Lembro que havia uma exposição sobre gladiadores no Coliseu e só.
      A maioria maciça dos museus e sítios arqueológicos de Roma focam em peças de arte da época, como estátuas, mosaicos e as próprias ruínas em si.
      Mas como a cidade tem uma infinidade de coisas pra conhecer, sugiro uma olhada na lista de museus de Roma (só clicar aqui) oferecido pelo site de turismo.
      Abs

Totos os direitos reservados