Praça de São Pedro no dia do Papa. Que tal?

Praça de São Pedro no dia do Papa. Que tal?

Praça de São Pedro no dia do Papa. Que tal?

Galeria de Fotos:


2 Comentários
  1. Luiz Carlos

    Oi, Fernanda, obrigado pelos esclarecimentos nas suas publicações. São muito úteis.

    Minha mulher tem mobilidade reduzida (usa bengala e caminha bem devagar).
    Pelo que vc viu lá, os transportes públicos são acessíveis, ou seria melhor fazer um roteiro com táxi?

    Se com táxi, quais pontos turísticos vc sugere, onde não teria que andar muito.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Luiz!
      Eu que agradeço o elogio!
      Olha, andei 2x de ônibus público em Roma, sendo 1 deles acessível (era um micro-ônibus) e o outro não muito (inclusive foi lotado até perto do Vaticano, como em qualquer capital na hora do rush). Para uma pessoa com problemas de mobilidade pode ser complicado.
      Metrô nem se fala: nem todas estações tem escadas rolantes. Fora que é meio sombrio…
      O ideal pra ela seria mesmo o taxi ou um serviço de transfer. Este último não é lá muito barato, mas usei os serviços da empresa Elmocar (site) no deslocamento do aeroporto até Roma e para fazer um passeio noturno e eles foram impecáveis. O bom é que os motoristas falam português.
      Dos pontos turísticos…
      Todos são acessíveis pra quem anda de bengala, até o Coliseu (tem elevadores para cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida). Talvez haja alguma dificuldade para sua esposa na transição do Palatino para o Forum Romano (tem algumas escadas em piso um pouco irregular). Mas se ela quiser muito fazer esse passeio, dá sim. É só ir devagar e ter atenção com o piso do local.
      Museus do Vaticano tem escadas tb, mas eles oferecem cadeiras de rodas para os visitantes com dificuldades para deambular (eles indicam reservar por e-mail). Dê uma olhada nas dicas do site oficial.
      Abs

Totos os direitos reservados