Furando Fila Legalmente nos Museus do Vaticano

Será que é possível evitar a fila gigantesca que geralmente se forma na entrada dos Museus do Vaticano? A resposta é… Sim! Saiba como, neste post.

Fila para entrar nos Museus

Fila para entrar nos Museus

Os Museus do Vaticano estão entre as atrações mais procuradas por quem visita Roma. Mas engana-se quem acha que eles atraem turistas somente por causa do magnífico acervo. Muita gente também o procura apenas para poder conhecer a Capela Sistina, cuja visita é vinculada ao dos Museus.

Levando isso em consideração, podemos imaginar que o óbvio acontece: vive lotada de gente, independente da época do ano. E, consequentemente, formam-se filas homéricas na entrada, muitas vezes chegando a contornar as muralhas da Cidade do Vaticano.

Como há um limite máximo de pessoas que podem circular lá dentro, podemos concluir que pode-se perder facilmente muitas horas do dia tentando entrar nos museus.

É melhor evitar esse inconveniente, não é mesmo? Então veja como, à seguir.

Se eu chegar cedo, consigo evitar a fila para entrar nos Museus do Vaticano?

Dependendo do dia e da época, até pode ser que sim. Mas muitos tem esse mesmo pensamento e alguma fila pode ocorrer, mesmo que não seja tão gigante como acontece em horários mais tarde.

Minha visita foi no início do mês de Maio, que é considerado baixa temporada, numa quinta-feira. Cheguei por volta das 9h (horário da abertura) e já tinha uma fila razoável na entrada.

Se a pessoa madrugar, pode ser que consiga ficar no começo da fila. Mas convenhamos... Numa viagem de férias, a última coisa que a gente quer é acordar muito cedo pra ficar plantado numa fila, não é mesmo?

Então, como eu me livro da fila para os Museus do Vaticano?

É muito simples: comprando seu ingresso, com dia e hora marcados, no site dos Museus do Vaticano.

Você compra, imprime o voucher que eles mandam pro seu e-mail e é só apresentar na entrada, no dia e hora combinados.

Foi o que aconteceu comigo. Munida do meu voucher, passei na frente daquelas pessoas todas que estavam em pé na fila e entrei. Simples assim.

Mas essa vantagem tem um preço (pequeno, a meu ver). Em Maio de 2013, era um acréscimo de 4 euros no valor original.

Já contratou o Seguro Viagem?

Você sabia que quando se viaja para a Europa a contratação de um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros é obrigatória? Então, faça agora mesmo uma cotação na Seguros Promo e escolha entre as melhores seguradoras sempre com o melhor custo benefício. Aproveite essa oportunidade e tenha 5% de desconto utilizando o nosso cupom: PARAVIAGEM05.

Como comprar o ingresso para os Museus do Vaticano pela internet?

É muito fácil. Primeiro, entre na seção de compra online do site oficial.

Você notará que há vários tipos de tickets: admissão, tour com guia (grupos ou individual), educacional, arqueológico... Tem para todos os gostos.

Se você quer visitar os Museus por conta própria, sem nenhum guia, basta clicar em “Admission Tickets”. Na página seguinte, clique em “Vatican Museums and Sistine Chapel”.

Depois, siga as instruções do site. Durante o processo, você terá que escolher:

• A data da visita (mês e ano primeiro, e o dia depois)

• O número de ingressos desejados (máximo: 10)

• A hora da visita

Feita a escolha, aparecerá o resumo do seu pedido, incluindo os 4 euros (por pessoa) da reserva.

Em Maio de 2013, o valor individual do bilhete era de 16 euros. Somando os 4 euros da reserva, meu ingresso saiu por 20 euros.

Há a opção de meia entrada. Ele é válido para crianças e adolescentes (6 a 18 anos completos) e estudantes com menos de 26 anos.

Confira o resumo antes de efetuar a compra e, estando tudo certo, preencha a ficha com seus dados. Aceite os termos e dê o OK.

Quando fiz a minha reserva, o Vaticano estava impossibilitado de aceitar cartões de crédito devido aos escândalos fiscais ocorridos na época. Um tempo depois, eles voltaram a aceitar as bandeiras Visa e Mastercard e já foi possível novamente fazer a compra prévia no site oficial.

Terminado todo o processo, você receberá um e-mail com um link. Clique nele para validar a sua reserva e aguarde. Logo em seguida, você receberá um novo e-mail contendo o voucher. Este virá em seu nome e é intransferível.

Voucher da reserva

Voucher da reserva

No cabeçalho, você verá a data e a hora da reserva e o número de ingressos (PAX) vinculados. E mais abaixo, o resumo da compra, com o valor total.

Como proceder quando chegar o dia da visita?

Bilhete para os Museus

Bilhete para os Museus

No dia e hora marcados, vá direto até a porta de entrada dos Museus e apresente o voucher ao guarda. Liberada a entrada, dirija-se à bilheteria especial para quem comprou online e troque-o pelo ingresso.

No meu caso, por conta do problema com os cartões, tive que pagar na hora, em dinheiro. Mas quem conseguir comprar no site, obviamente, não precisa efetuar pagamento nenhum nesse momento.

Ao apresentar o voucher na bilheteria, será solicitada a identidade do titular da compra (no caso, o passaporte) para comprovação. Não serão exigidas as identificações das pessoas que estiverem vinculadas àquele titular.

Leia também:

Dicas Para Quem Vai Visitar o Vaticano

Dicas de Sobrevivência para Quem Vai à Itália

Roteiro de 4 dias em Roma

Informações adicionais

• Das 3 atrações mais procuradas no Vaticano, apenas os Museus e a Capela Sistina requerem compra de ingresso. Ou seja, a visita à Basílica de São Pedro é GRATUITA.

Não é permitido sair da Capela Sistina e ir direto para a Basílica de São Pedro. Esse acesso é só para quem estiver acompanhado com um guia oficial do Vaticano. Já ouvi relatos de gente que, na maior cara de pau, se juntou ao grupo do guia e seguiu pra Basílica como se nada tivesse acontecido. Particularmente, não acho legal arriscar fazer isso, pois se for descoberto, vai acabar passando por um desnecessário constrangimento.

Para mais dicas, confira nosso conteúdo completo sobre: Vaticano, Roma e Itália.

Vai Viajar?

 Encontre o hotel perfeito para sua próxima viagem com garantia do menor preço. O nosso blog tem parceria com o Booking, serviço que te ajuda a comparar preços de hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura. Você ainda pode fazer uma reserva com a opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in. Garanta sua reserva de hotel agora mesmo.

 Antes de alugar um carro, faça uma comparação entre as principais locadoras do Brasil e do mundo. A nossa parceira RentCars te ajuda nessa busca de preços e oferece todas as opções de forma rápida e segura. A cobrança poderá ser feita em reais, sem IOF. Divida em até 12 parcelas no cartão de crédito ou aproveite um desconto de 5% no boleto bancário. Compare os valores e economize.

 Não esqueça do seguro viagem. Economize tempo e dinheiro fazendo uma cotação na Seguros Promo. Encontre os melhores planos das principais seguradoras por preços imbatíveis. Pagamento no cartão de crédito em até 12 parcelas ou com desconto no boleto bancário. Ganhe 5% de desconto adicional comprando seu seguro com nosso cupom de desconto: PARAVIAGEM05.

 Compre um chip internacional e se mantenha conectado durante sua viagem. A Easysim4u oferece planos sob medida na Europa com conexão de internet 4G franquias proporcionais ao número de dias do pacote. Você recebe o chip em sua casa, de forma antecipada, e chega em seu destino com tudo funcionando. Compre com 10% de desconto usando o nosso cupom exclusivo: PARAVIAGEM10.

 Compre ingressos para atrações, shows, espetáculos, eventos, tours, passeios e muitas outras experiências com a GetYourGuide. A empresa, presente nos principais destinos, oferece vantagens como a garantia do menor preço e a possibilidade de reserva online antecipada, garantindo seus bilhetes antes da viagem.

 Encontre as melhores datas para a sua próxima viagem e economize na hora de comprar as passagens aéreas. Usando a plataforma do Passagens Promo você pode pagar com cartão de crédito em parcelas sem juros e sem cobrança de IOF. A empresa conta ainda com selo de qualidade no atendimento. Agora não tem mais desculpe, partiu Vaticano!

Reservando com nossos parceiros, além de garantir o menor preço e um serviço de qualidade, você também ajuda a manter o blog e nos motiva a produzir cada vez mais conteúdo.

Galeria de Fotos:

117 Comentários
  1. Gerardo de Majela Marcelos

    Fernanda
    Gostaria de saber se, ao fazer a visita aos museus, terei que apresentar na porta o passaporte original ou posso levar cópia xerox do mesmo ?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Gerardo
      O site oficial apenas cita que deve ser apresentado um documento de identidade válido no ato da troca do voucher, ou seja, eles não falam nada que não possa ser uma xerox. No meu caso, eu apresentei o passaporte original mesmo.
      Como geralmente os sites das atrações turísticas em que é preciso apresentar o documento na entrada nunca falam nada à respeito, eu procuro levar o original para evitar problemas. Ainda mais nesse caso, que tem dia e hora marcados. Se eles não aceitassem, eu ia perder o ingresso.
      Por via das dúvidas, eu levaria o documento original.

  2. Homônimo do Anônimo

    É bem por aí…
    Comprei no site, com opção de guia, que recolheu os passaportes e nos orientou em toda a visita. Os mesmos foram entregues logo que adentramos aos recintos.
    A entrada foi em aproximadamente 40 minutos desde que chegamos, (às vezes demora até uma hora, dependendo da época do ano) mas sem o ingresso antecipado demora pelo menos 2 horas.
    Vale muito a pena.

  3. Mariane

    Olá! Tenho algumas dúvidas? Tem visita guiada em português? Vale a pena fazer uma visita guiada?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Mariane!
      No site oficial, na seção “Guided Tours for Individuals” há a opção de visita em português. Há um acréscimo de 10,50 euros no valor do ingresso por causa do guia.
      Eu não utilizei este serviço, por isso não tenho informações pessoais pra te dar.
      Uma visita guiada tem a vantagem de sabermos mais sobre as peças. Por outro lado, a gente tem que seguir o ritmo do guia, que nem sempre é o nosso. Mas aí é uma questão de preferência de cada um.
      No meu caso, eu fui com algumas anotações sobre o que eu iria encontrar por lá. E, em cada sala, há uma placa informativa.
      Se você quiser fazer o mesmo, temos um post aqui no blog sobre o que ver nos Museus do Vaticano. Para lê-lo, clique aqui.
      Abs

  4. Cristina

    Excelentes dicas de viagem!
    Obrigada por compartilhar!

  5. Angela R.R.

    Fernanda, gostei muito das suas dicas – diretas e objetivas. Você saberia me informar se o procedimento da compra prévia é semelhante para o Coliseu/Fórum? E você teria alguma indicação do transfer para o aeroporto de Fuimicino? Obrigada, abraço.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Angela!
      Pesquisando aqui na internet, o site oficial do Coliseu e Forum (que, na verdade, é um site do órgão que administra os sítios arqueológicos de Roma), não encontrei essa opção de compra online. Mas há um site que diz ser “oficial” e vende o ingresso por 12 euros + 2 euros para reserva online. Não conheço a procedência deste site, por isso, é um risco…
      Eu utilizei o Roma Pass. Sinceramente… Foi muito melhor, porque o preço do ingresso saiu pelo mesmo valor (sem taxa de reserva) e eu ainda entrei por um portão VIP, sem filas. E ainda vale como ingresso para outras atrações e como bilhete para o transporte público.
      Quanto ao transfer de Fiumicino para Roma, utilizei o serviço de transfer da Elmocar. O serviço deles foi excelente e recomendo. Inclusive, fiz um passeio noturno com eles que foi maravilhoso.
      Espero tê-la ajudado!
      Abs
      Para ver o post do Roma Pass – clique aqui

  6. Silvia

    Olá Fernanda, estarei indo á Roma pela primeira vez em janeiro, li muitas das coisas que você publicou, são ótimas e posso dizer que me ajudou muito, gostaria somente que me tirasse uma dúvida pois acabei de comprar dua entradas para o Vaticano, uma pra mim e outra para o meu esposo, eu recebi o ingresso no meu e mail porém só está no meu nome mas consta que são duas entradas, é normal que assim mesmo? é só apresentar o documento dele na entrada? Obrigada!!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Silvia!
      Fico muito contente pelo conteúdo dos posts terem ajudado no planejamento da sua viagem. Esse é um dos maiores objetivos de nosso blog.
      O voucher que chega por e-mail vem apenas no nome do responsável pela compra (no caso, o seu nome). No cabeçalho, deve ter alguma indicação do número de ingressos que aquele voucher representa (no seu caso, tem que vir que é pra 2 pessoas, que pelo que entendi já vem dizendo direitinho, não é isso?).
      Lá na hora, vá até a bilheteria para pegar os ingressos. Mostre o voucher junto com o seu passaporte (já que foi a compradora e o voucher está no seu nome) e eles irão te dar os ingressos.
      No meu caso, comprei pra mim e mais 2 pessoas. Chegando lá, troquei pelos 3 ingressos e o funcionário da bilheteria pediu apenas o meu passaporte, pois eu era a compradora.
      Espero tê-la ajudado!
      Abs

  7. Marina

    Olá!!! Estou tentando há vários dias comprar os ingressos para o Vaticano e no fim do processo aparece a msg “no parent found” e logo chega um email pra mim dizendo que a compra foi cancelada. Tentei em dois cartões meus, e no cartão de um amigo e nunca dá certo!
    Alguém já passou por isso??? Oq será pode ser???

    • Fernanda Rangel

      Oi, Marina!
      É a primeira vez que ouço falar sobre isso.
      Dando uma pesquisada pela internet, reparei que isso andou acontecendo em 2013, na época em que o Vaticano foi proibido de fazer operações com cartão de crédito, por problemas fiscais na Itália. Não sei se isso voltou a acontecer ou se tem relação.
      Por via das dúvidas, mande um e-mail para o suporte deles: help.musei@scv.va
      Boa sorte!

    • Mara

      Vc precisa habilitar o seu cartão de crédito para uso no exterior, junto ao seu banco.

  8. Pricila Barbosa

    Olá!

    Adoro sue blog e ele está sendo muitíssimo útil para a programação da minha viagem!
    No outro post vc menciona que uma ótima ideia é ir ao Vaticano em 2 manhãs.
    Gostaria de saber se, caso eu compre a visita aos museus e à capela com antecedência e hora marcada, ainda assim é possível que eu vá me estressar com filas e multidões.

    Grata!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Pricila!
      Obrigada pelo elogio!
      Comprando o ingresso com dia e hora marcados, vc pode ignorar a fila e entrar direto, por um local específico. Cheguei lá na hora com meu voucher e passei na frente de todo mundo. É só apresentar pro guarda na porta e entrar direto.
      Lá dentro, conforme o dia vai avançando, é inevitável: vai encher. Por isso, meu conselho é comprar o ingresso pro primeiro horário da manhã, quando os museus ainda estão vazios. Dessa forma, quando chegar a multidão, vc já viu bastante coisa.
      Abs

  9. Mariane

    Olá Fernanda,
    Fiquei encantada com todas as tuas programações, vai me ajudar muito no meu roteiro europeu. Infelizmente só vou em 2018, mas já estou buscando informações desde já, pois serão muitos detalhes para ver. Espero que até lá vocês não desativem o blog. hehe.
    Gostaria de uma sugestão, se eu fizer o Vaticano em duas manhã, o que seria aconselhável eu ver durante a tarde em Roma, já que museus e igrejas é melhor chegar cedo.

    Obrigada 🙂

    • Fernanda Rangel

      Oi, Mariane!
      Tb espero estar com o blog ativo até lá! Hehehehe
      Sempre sonhei conhecer a Europa e tb pesquisava bastante antes de fazer minha primeira viagem europeia. Pesquisando antes é uma maneira de já irmos conhecendo os lugares um pouquinho, né?!
      Quanto a sua pergunta, há uma série de opções para serem feitas à tarde. Dê uma olhadinha neste link que te direcionará para o post onde contei como foi o meu roteiro de 4 dias em Roma. Lá, conto tudo o que fiz nesta cidade (que achei incrível!).
      No geral, não são todas as igrejas que ficam cheias. Tanto a visita a San Giovanni in Laterano quanto ao Pantheon ocorreram no meio de uma tarde e foi tranquilo. No Vaticano é diferente porque é muito procurado por quem visita Roma e não dá outra: fica sempre lotado.
      Espero tê-la ajudado e fique ligada no blog que, muito em breve, virão mais novidade europeias por aí para vc incluir na sua viagem. Quem sabe ela não ocorre antes de 2018?
      Abs e obrigada pelo elogio!

      • Mariane

        Oi Fernanda!
        É meu sonho também já de tempo… Obrigada pelas dicas.
        Fico encantada a cada post novo que vejo por aqui. Vocês todos estão de parabéns, e continuem assim porque as dicas de vocês são muito boas.
        Depois da minha viagem conto aqui como foi. 😉

  10. marcelo dante

    Ola , tem outros sites que vendem ingressos para o vaticano , tipo italy museum , viator , sao confiaveis ??

    obrigado

    • Fernanda Rangel

      Oi, Marcelo!

      Peço desculpas pela demora da minha resposta. Eu estava viajando e só retornei há poucos dias.

      Nunca utilizei estes sites e, pra falar a verdade, não os conhecia.

      Utilizamos aqui no blog o Ticket Bar. É um site confiável de compras, mas aí é mais para uma visita guiada e tal. Se vc preferir fazer tudo por conta própria, é melhor comprar no site do Vaticano mesmo.

      Tenho recebido alguns comentários falando que não está sendo possível comprar com cartão de crédito no site deles. Isso aconteceu comigo em 2013 e se deve ao fato do Vaticano estar respondendo a processos fiscais lá na Itália. Eles ficam proibidos de fazer vendas com cartão, mas vc pode fazer a reserva do dia e horário da visita. Eles emitem um voucher no seu e-mail e é só imprimir e apresentá-lo lá na hora marcada da visita ao fiscal, que te direcionará até a bilheteria, onde vc terá que pagar tudo em dinheiro. Aí eles te liberam os ingressos.

      Espero tê-lo ajudado a tempo!

      Abs

  11. Viviane Ferreira

    Oi Fernanda, adorei suas dicas!!! Será que vc me ajudar um pouquinho mais? Estamos indo em julho , ( meu marido, minha filha adolescente …rs e eu) e queríamos aproveitar bem o Vaticano. O que vc acha mais interessante, os jardins no carrinho ou a visita guiada nas obras e capela Sistina? Um forte abraço

    • Fernanda Rangel

      Oi, Viviane!
      Obrigada pelo elogio!
      Não visitei os jardins do Vaticano e nem fiz a visita guiada, por isso não poderia te dar uma opinião pessoal sobre isso.
      Mas escolhendo entre as 2 opções, sem dúvida optaria pelo passeio guiado. Museu é muito bom e até tentei fazer posts sobre o que ver neles aqui no blog, mas nada se compara a um bom guia lá na hora da visita, mesmo que só um audioguia.
      A visita ao Vaticano é incrível, mesmo indo só nas atrações conhecidas. É um passeio inesquecível.
      Abs

  12. Mara

    Agradeço suas dicas! muito úteis. Comprei os ingressos, e já estou pronta pra viagem, tenho todas as informaçoes que necessito. Vamos em junho de 2015. Abraços

    • Fernanda Rangel

      Oi, Mara!
      Eu que agradeço o elogio!
      Roma (e a Itália, em geral) é um lugar incrível. Tenho certeza que vc vai gostar.
      Espero que a sua viagem seja tão especial quanto foi a minha.
      Abs

  13. Maria Aparecida

    Oi Fernanda, vamos à Roma em setembro/15 e suas dicas foram valiosas. Nunca fiz viagem internacional. Quanto ao passaporte vc falou que apresentou o original. Minha dúvida: andar com originais de documentos é perigoso em Roma? no caso de perda ou roubo como fazer?
    Obrigada,

    • Fernanda Rangel

      Oi, Maria Aparecida!

      Obrigada pelo elogio!

      Sempre é perigoso andar com os documentos originais. Eu procuro deixá-lo bem guardadinho em algum lugar estratégico, mas mantenho sempre comigo. Por 2 motivos:
      1) Nos lugares que pedem o documento (é raro, mas acontece), o ideal é mostrar o passaporte mesmo – tem uns que não aceitam a xerox.
      2) Se vc for parada na rua por algum policial e ele te pedir os documentos, tem que mostrar o original, pois lá está o carimbo de entrada da imigração (é raro tb de acontecer, mas já presenciei isso em Londres e, recentemente, em Amsterdam).

      Por via das dúvidas, recomenda-se ter uma cópia do passaporte (vc pode escanear e mandar o arquivo para o seu próprio e-mail mesmo, onde ficará armazenado). E se acontecer de perdê-lo, é preciso contactar o Consulado Brasileiro (que em Roma fica na Piazza Navona) para tirar uma 2ª via. Graças a Deus nunca precisei, mas já li relatos de que se vc mostrar essa cópia escaneada ou mesmo a xerox do passaporte, o trâmite fica mais rápido e fácil.

      Dificilmente vc verá assalto a mão armada em Roma. O problema mesmo são os “batedores de carteira” (que tem na Europa toda, inclusive). Por isso, coloque o passaporte em algum lugar bem seguro na sua bolsa (pode ser um bolso interno, bem escondido).

      Abs

  14. SÉRGIO

    Boa tarde.

    Parabéns pelo site!

    Vou viajar com minha família para a Itália em julho e tenho algumas dúvidas…

    Acabei de comprar os ingressos para os Museus do Vaticano mas estou em dúvida onde é a entrada.
    É pela Piazza San Pietro?

    Comprei as entradas para o primeiro horário e pretendo seguir sua dica de fazer o Vaticano em duas manhãs…
    Após a manhã de Museus e Capela Sistina, vc acha que tem algo pelo Vaticano que devamos visitar?

    Grande abraço e parabéns novamente.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Sérgio!

      Obrigada pelo elogio!

      A entrada para os Museus fica na lateral norte da Cidade do Vaticano, na Viale Vaticana (mapa).

      Além das atrações já conhecidas, é possível fazer um passeio guiado pelos jardins do Vaticano. Mas é preciso reservar com antecedência e, segundo soube, existe até um ingresso único que inclui a visita aos Museus do Vaticano.

      No meu caso, a programação inicial era sair dos Museus e ir visitar o Gianicolo (um belo mirante que fica no alto de uma colina) e depois descer até o Trastevere.
      Só que eu acabei ficando muito mais tempo do que havia previsto nos Museus e utilizei o resto da tarde para ir até as ruínas das Termas de Caracalla.

      Mas caso vc realmente faça a visita aos Museus em uma manhã, outra opção seria ir caminhando até o Castelo St’Angelo e depois descer para o centro histórico (Campo dei Fiori, Piazza Navona, Pantheon e etc). Fiz isso na manhã da visita à Praça e Basílica de São Pedro e foi ótimo.
      Mais uma opção: nosso editor Vinícius Miranda visitou Roma em 2014 e, após a visita aos Museus, pegou o metrô e foi visitar a Igreja São Paulo Extramuros. E em seguida, foi visitar a Galleria Borghese.

      Espero tê-lo ajudado!

      Grande abraço

  15. Marcos Antonio

    Fernanda
    Comprei o ingresso para o Museo do Vaticano e para Capela Sistina, mas uma dúvida, como o site pediu apelido e depois o nome no Voucher saiu assim – meu nome completo e logo em seguida apareceu o apelido, eu coloquei meu primeiro Nome, isso pode dar problema?

    Marcos

    • Fernanda Rangel

      Oi, Marcos!
      Acredito que não, já que o seu nome completo está no voucher. O importante é isso, pois eles costumam conferir o nome do voucher com o nome que está no passaporte.
      Abs

      • Marcos Antonio

        Fernanda

        Obrigado pela resposta rápida, outra coisinha, vc tem alguma dica para MURANO e BURANO, como chegar o que fazer.
        Parabéns pelo Blog, esta me ajudando muito para organizar minha viajem.

        Marcos

        • Fernanda Rangel

          Obrigada pelo elogio! 🙂
          Quando fui á Veneza, visitei apenas Burano, pois haviam me falado que Murano não tinha muita graça, além das fábricas de vidro serem careiras.
          Achei Burano bonitinha, mas também não tem graça nenhuma. Muitas casas coloridas, lojas com artesanato de renda e um campanário torto. E é só.
          Particularmente, achei meio perda de tempo ir até lá… (falei um pouco sobre isso no meu post sobre Veneza).
          O deslocamento até ambras é feito de barco. Vc pega o Vaporetto 12 na estação “Fondamenta Nuove” em Veneza. Ele passa tanto em Murano quanto em Burano.
          E prepare-se: são uns 40 min de viagem de Veneza até Burano.
          Abs

  16. Anie

    Oi Fernanda parabéns pelo blog, varias dicas, vou aproveitar todas!!! Estou tentando comprar os tickets do Vaticano no site e não consigo, já tentei dois cartões diferentes, ambos são internacionais, e já estão desbloqueados pelo banco, você saberia informar se o site tem algum problema?

    Grata, Anie

    • Fernanda Rangel

      Oi, Anie!

      Obrigada pelo elogio!

      Desde o começo do ano venho recebendo comentários falando de algumas dificuldades na compra do ingresso pros museus. Teve uma pessoa que tb não conseguiu comprar com cartão em janeiro, mas não obtive retorno dela pra saber como essa história terminou.

      Na época que eu comprei (início de 2013), o site do Vaticano estava impossibilitado de realizar pagamentos com cartão de crédito por conta de problemas fiscais lá na Itália. A gente reservava, recebia o voucher por e-mail e apresentava na bilheteria lá no dia, pagando em dinheiro. Não tinha pagamento prévio.
      Isso foi solucionado mais para o final daquele ano e o Vaticano voltou a trabalhar com os cartões Visa e Mastercard.

      O leitor Marcos Antônio fez um comentário ontem mesmo e relatou que comprou o ingresso pela internet (dê uma olhadinha no comentário dele, logo anterior ao seu).

      Acredito que esse problema fiscal tenha voltado. Mas se for como antes, dá pra reservar o dia, a hora e eles emitem o voucher normalmente. De qualquer forma, aconselho entrar em contato com o suporte deles: help.musei@scv.va

      Abs

  17. Luciana

    Fernanda, tudo bem?

    Terei uma manhã para aproveitar o Vaticano ao máximo no dia 07/09 (segunda). Estou na dúvida se compro um tour de 3h para pular a fila que dá direito a Museus, Capela Cistina e Basílica ou se compro somente o ticket no site oficial e vou por conta.

    Minha duvida é: no site oficial, diz que a entrada é para os museus e a capela, com ele, consigo acessar a basilica sem filas também?

    O que mais queremos fazer é subir até a cúpula, então não sei se chegamos as 8h e subimos direto, marcando o ingresso do museu para as 10h, ou (se a entrada para o museu der acesso a basilica) compramos ingresso para o museu as 9h e depois vamos direto para basilica e cupula.

    O que você acha mais indicado?

    Obrigada pela ajuda!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Luciana!
      Eu acho meio loucura fazer Basilica de São Pedro, Museus e Capela Sistina em uma manhã. Vai ficar um passeio corrido demais e as atrações tem muita coisa pra ver.
      Mas enfim, como vc tem só uma manhã de qq forma, vamos às opções…
      Existe um tour que inclui Basílica São Pedro + Museus e dura 3 horas (veja aqui), mas eles não falam nada da subida na cúpula (provavelmente não deve estar incluída). Inclusive, essa é a única maneira de passar dos Museus direto pra Basílica de São Pedro – quem visita sem guia, precisa sair dos Museus e depois entrar na Basílica pela Praça de São Pedro.
      Você pode fazer o seguinte: esteja às 8 horas em ponto na entrada da subida para a cúpula e esteja lá embaixo de volta no mais tardar 9:30h. Depois, siga caminhando até a entrada dos Museus, que não é na na Praça de São Pedro, mas sim na lateral da Cidade do Vaticano, na Viale Vaticano (é uma caminhadinha…).
      Marque seu ingresso para 10:30h e faça o itinerário mais curto (há placas indicativas na entrada pra vc escolher qual quer seguir, classificados por quem quer chegar mais rápido ou não à Capela Sistina). É claro que esse itinerário pula a maior parte do museu, ele é mais para quem quer apenas ver a Capela Sistina.
      A vantagem do guia é que vc vai levar exatamente aquele tempo pré-estabelecido. Se for por conta própria, pode apostar: vc vai ficar mais tempo do que reservou. Eu programei uma manhã nos Museus, no máximo 4 horas lá dentro, mas acabei ficando 7. E não vi tudo!
      Não sei quantos dias vc ficará em Roma, mas seria interessante dar uma olhada no seu roteiro e ver se tem alguma coisa que pode ser enxugada ou trocada, para caber um passeio mais amplo no Vaticano.
      Espero ter conseguido ajudá-la!
      Abs

  18. Sabrina Valletta

    Olá.
    É normal pedirem a senha do cartão de crédito quando se compra os ingressos pela internet?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Sabrina!
      Dependendo do banco ou da bandeira do cartão, às vezes entra uma tela que pede pra vc digitar o código de segurança e a senha. Só depois é que liberam a compra.
      Abs

  19. Symara Luiza

    Ola Fernanda. Parabéns pelas postagens, são úteis e práticas.
    Seguindo o seu conselho quero comprar antecipadamente o ingressos para o museu e a capela. Mas quando entro no site do Vaticano aparece o valo de 16 euros + 4 por pessoa eu e meu marido 40 euros. Mas minha mãe procurou a agência que a levou para Roma e a moça passou um valor de + de 300 reais por pessoa. É isso mesmo. Será que estou vendo em lugar errado.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Symara!
      Obrigada pelo elogio!
      As agências costumam cobrar mais caro, pois tem a comissão deles e provavelmente a de alguma empresa vinculada que vende os ingressos. Mas também pode ser um passeio guiado (e aí, tem a comissão do guia também).
      Mas indo por conta própria, é isso aí mesmo: 16 euros o ingresso + 4 euros pela reserva do dia e horário.
      Abs

  20. LIGIA

    olá! ?Vou ao vaticano em novembro. se eu comprar o ticket pelo site oficial, é só imprimir, apresentar e trocar o ticket na bilheteria?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Ligia!
      Isso mesmo. Basta chegar na porta dos museus, mostrar pro guarda que está na porta e ele te encaminhará até a bilheteria para trocar o seu voucher. Tudo isso sem precisar ficar naquela fila imensa da entrada.
      Abs

  21. rodrigo

    Oi
    Fernanda
    Cheguei em roma com minha mulher e não tem mais ingresso disponível para museu e capela Sistina no site,estamos em agosto o pior mês tem alguma sugestão? Consigo comprar na hora? Adianta chegar antes das 8 hrs da manhã?
    obrigado e parabéns pelo blog

    • Fernanda Rangel

      Oi, Rodrigo!
      Obrigada pelo elogio!
      Vc até consegue comprar na hora, o problema é a fila…
      O ideal seria vcs chegarem cedo e não tem jeito: é preciso ficar esperando abrir. Aconselharia já ir pra lá umas 07:30, estourando 8h.
      Espero que dê tudo certo, pois a visita aos Museus e a Capela Sistina valem muito a pena!
      Abs

  22. Eduardo

    Após digitar o número do cartão, o site vai para uma página onde pede o número CCV (novamente e a senha do cartão. Nunca vi disto. Não digitei mas não também não efetivou a compra.
    Como posso fazer?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Eduardo!
      Dependendo do banco e/ou da bandeira do seu cartão de crédito, às vezes aparece essa tela pedindo a senha e o código de segurança. Já aconteceu comigo recentemente: digitei o que foi informado e logo voltou para a página que eu estava, confirmando a minha compra.
      Abs

  23. jose antonio vieira da silva

    O Fernanda, antes da perguntinha (grande dúvida), gostaria de agradecer imensamente suas dicas, dicas não “AULAS” sobre viagens, estamos indo agora no final de Setembro/15, para Paris e tour pela Itália, confesso que já decorei suas dicas e minha esposa já não aguenta mais me ouvir falar de você rsrsrsrsrsrsrs (brincadeira), minha dúvida é a seguinte: Viajaremos do Brasil pela TAP com destino a Paris, só que chegando em Lisboa teremos uma conexão, nessa conexão eu tenho que retirar as malas ou elas serão encaminhadas automaticamente para o novo avião ??? Teremos que fazer um novo check in ou vai direto para o embarque ??? Sei que são dúvidas de viajantes de “primeira viagem”, mas se você puder dar uma dica, será muito bem vinda. Um abraço e mais uma vez obrigado pelas dicas de viagem, seguiremos todas com muita atenção !!

    • Fernanda Rangel

      Oi, José Antônio!
      Eu que agradeço o elogio! 🙂
      Tb fui pra Paris pela TAP, com conexão em Lisboa. A gente despacha as malas no Brasil e só pega no destino final (em Paris, no caso). E o check-in dos 2 trechos (Brasil-Lisboa e Lisboa-Paris) é feito no Brasil – o funcionário da TAP vai te dar todos os cartões de embarque.
      Uma excelente viagem pra vcs!
      Abs

  24. Paulo Andrade

    Dependendo do dia a fila pro Vaticano nao demora tanto assim. Ela aumenta ou diminui de uma hora pra outra. Nao demorei nem meia hora pra entrar. Entrei antes do almoço e so sai qnd fomos expulsos pelos policiais.
    Se vc entende inglês, basta colar do lado de algum guia na ala q vc se encontra. Têm vários e cada um conta algo diferente, assim vc terá mais tempo pra apreciar as obras e terá algumas informações interessante.

  25. Tathyana

    Parabéns pelo Blog!!!! Minha dúvida é: comprar os ingressos p vaticano com audioguia ou não ? Vale a pena ? E p o coliseu ? Obrigada

    • Fernanda Rangel

      Oi, Tathyana!
      Obrigada pelo elogio!
      Eu fui sem audioguia (tanto no Vaticano quanto no Coliseu) e deu pra visitar tudo tranquilamente. Mas confesso que fui com o roteiro meio que pré-estabelecido e dei uma lida sobre a história e curiosidades sobre pontos que mais me interessavam, antes de visitá-los.
      Tirando por outras viagens onde acabei apelando para o audioguia, a visita fica, sem dúvida, bem mais completa com ajuda dele. Dependendo do seu interesse, se vc prefere saber mais detalhes sobre o Coliseu e as obras do Vaticano, acho que vale a pena sim.
      O problema é que nem sempre tem em português…
      Abs

  26. Selma

    Alô Fernanda

    Eu li que o Roma Pass dá direito de entrada aos museus do Vaticano gratuitamente, pela entrada sem fila. Aqui vc diz que comprou os ingressos online. Como é isso? O Roma Pass tem que ser comprado pela internet e retirado no centro de Roma? Meu marido e eu estamos indo para lá na próxima segunda feira. Você saber dizer se no Leonardo da Vinci tem escritório de informações turísticas? Obrigada

    • Fernanda Rangel

      Oi, Selma!
      Vaticano não é considerado Roma, pois é um Estado independente. Por isso, o Roma Pass não é válido para as atrações de lá.
      O passe pode ser comprado tanto pela internet quanto nos postos turísticos. A vantagem da internet é que vc não precisa usar o dinheiro reservado para o seu dia para comprar o passe e ainda garante que vá adquirí-lo, pois eles o deixam reservado pra vc (dependendo da época e do posto, às vezes eles se esgotam).
      Espero ter conseguido responder à tempo!
      Uma ótima viagem pra vcs.

  27. Marcelo

    Olá Fernanda,
    Primeiramente, parabéns pelo Blog. Excelente!
    Vou aproveitar a dica e comprar o ingresso pro Museu do Vaticano pela internet para furar a fila. Me esclareça o seguinte; A Porta de entrada é uma só? Ali onde termina a fila? Ou seja, entramos pela mesma porta que todos os demais ou tem outra para os que tem ingresso antecipado?
    Obrigado.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Marcelo!
      Obrigada pelo elogio!
      A porta é a mesma, mas há grades de isolamento que dividem o acesso para quem estiver na fila e para quem tem o voucher.
      A fila geralmente fica na lateral da muralha da Cidade do Vaticano e só as primeiras pessoas dela é que ficam próximos ao portão. Com o voucher nas mãos, passe direto por todo mundo e vá direto pra entrada, ignorando a fila. O fiscal vai pegar o papel e autorizar a sua entrada.
      Abs

  28. Vanessa

    Olá Fernanda, adorei suas postagens sobre o Vaticano.
    Fui comprar o ticket de entrada e ocorreu tudo direitinho, mas estou com uma dúvida: esse ticket da acesso a tudo dentro dos museus ? Meus interesses são os museus, a Capela Sistina e a Basílica de São Pedro. Gostaria de saber se fora ele, tenho que comprar mais algo.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Vanessa!
      Obrigada pelo elogio!
      Esse ticket vale para a visita aos museus + Capela Sistina. Sem restrições.
      O que vai determinar a sua visita é o itinerário que vc escolher ao chegar lá. Logo na entrada há uma placa que oferece várias opções. Tem gente que prefere pular várias alas dos museus só pra chegar mais rápido à Capela Sistina. Outros preferem visitar todos os museus antes. Vai da preferência do visitante. Mas o ingresso é o mesmo pra todo mundo.
      Quanto à Basílica de São Pedro, a visita é gratuita. Mas não pode sair direto da Capela Sistina para a Basílica. Ou melhor, até pode, mas só pra quem contratou um passeio com guia oficial do Vaticano.
      Já ouvi relatos de gente que, na cara de pau, se junta ao grupo do guia e segue pra Basílica. Particularmente, não acho legal arriscar fazer isso, pois se for descoberto, é um constrangimento desnecessário de se passar.
      O ideal seria fazer Museus + Capela em um dia e Basílica + Praça de São Pedro no outro. E contei o motivo no meu post com dicas para quem vai visitar o Vaticano.
      Abs

  29. RUBIA GONÇALVES

    Bom dia! Infelizmente não estou conseguindo concluir a compra dos ingressos para museus do Vaticano e Capela Sistina. Depois de todo o processo aparece que não encontram o endereço do DNS do servidor.
    Como fazer? Obrigada, Rubia.

  30. Maria

    Fernanda, posso comprar pelo Ticket Bar? Voce acha confiavel?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Maria!
      Eu acho sempre melhor comprar nos sites oficiais das atrações. Ainda mais no caso dos Museus do Vaticano, pois é necessário marcar dia e hora pra visitar. É melhor fazer isso diretamente com o Vaticano ao invés de incluir terceiros nesse trâmite.
      Abs

  31. ANA CRISTINA

    Oi,Fernanda.
    Parabéns pelo blog!
    Sou médica também e estarei em Roma em julho.
    Qual site é mais confiável para compra do ingresso?
    Então sáo dois ingressos;uma para Capela Sistina e outro para a Basilica?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Ana!
      Obrigada pelo elogio! 🙂
      Eu sempre aconselho comprar os ingressos nos sites oficiais das atrações, porque não só a gente faz o tramite direto com os responsáveis como também não gera taxas extras de sites que terceirizam o serviço.
      No caso do Vaticano, é melhor comprar no site deles, pois há a questão de marcar dia e hora (fundamental para o seu caso, pois vc irá na alta temporada). Nada mais confiável do que marcar a visita com o próprio Vaticano.
      Capela Sisitina é o final da visita dos Museus do Vaticano, ou seja, é 1 ingresso para as 2 atrações.
      Já a Basílica não tem ingresso. Basta chegar e entrar na fila (aconselho chegar, no mais tardar, 8h da manhã para pegar uma fila mínima. Se chegar mais tarde, será impraticável de entrar…).
      O único ingresso que é cobrado na Basílica é para subir a cúpula. Não há compra online no site do Vaticano, dando a entender que tem que comprar lá na hora.
      Com relação ao restante das atrações de Roma, uma opção bem boa é adquirir o Roma Pass, pois ele traz uma série de vantagens pra quem vai visitar a cidade.
      Abs

  32. Robson

    Olás! Muito top suas dicas!

    Apesar de a entrada na Basílica ser gratuita é recomendado comprar o bilhete também não é (a fim de evitar filas)? Consigo comprá-lo no sitio do Vaticano?

    Atte

  33. Lucas Silva

    Boa noite, Fernanda.
    Parabéns pelos relatos, sensacionais!!

    Me tire uma dúvida, vou com um amigo visitar o vaticano e não entendi algumas coisas….
    1) Esse ingresso antecipado me da direito a visitar o museu do Vaticano/Capela Sistina/Basilica São Pedro?
    2) Sei que para subir na cupula, precisamos pagar um valor separado.

    Após essas visitas que devo curtir a praça São Pedro (acesso gratuito).

    Estou pensando certo? Teria alguma sugestão? Quero destinar um dia inteiro para visitar o Vaticano (quero começar cedo)

    Grande abraço,
    Lucas

    • Fernanda Rangel

      Oi, Lucas!
      Obrigada pelo elogio!
      A visita à Basílica de São Pedro é gratuita. A única coisa paga é a subida na cúpula. O site oficial do Vaticano não disponibiliza um link de compra online, dando a entender que se compra lá na hora este ingresso. Para evitar filas, aconselho chegar um pouco antes da abertura, quando está menos cheio.
      Já a visita aos Museus é vinculada à Capela Sistina e cobra-se apenas 1 ingresso para visitar as 2 atrações. E é esse ingresso que cito aqui no post.
      Muita gente visita todas as atrações do Vaticano no mesmo dia, mas não recomendaria. Sugiro uma lida no artigo Dicas para quem vai visitar o Vaticano, onde conto os motivos e trago outras dicas de visita.
      Abs

  34. Tania

    Fernanda, Parabéns pelo seu blog. Estou simplesmente apaixonada por ele. Estarei em Roma no final de Novembro, e suas dicas tem me ajudo muito! Deus lhe pague! bjs

  35. Rafael Oliveira

    Oi Fernanda!
    Primeiramente parabéns pelo site!
    Gostaria de saber se mesmo adquirindo o Roma Pass é necessário reservar horário para entrada no Coliseum.
    Obrigado!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Rafael!
      Eu que agradeço o elogio!
      Com o Roma Pass em mãos basta chegar e entrar, sem necessidade de reserva. Há uma entrada especial só para os portadores do passe.
      Abs

  36. Gonçalo Pinto

    Ola Fernanda,

    O que aconselha visitar primeiro? o Museu do Vaticano logo de manha e depois de almoço a Basilica de São Pedro? ou ao contrário?

    Cumprimentos,

    Gonçalo Pinto

  37. George Fraga

    Boa tarde Fernanda,
    Estou morando em Dublin, e pretendo fazer um mochilao na Europa antes de voltar para o Brasil, reservei 2 dias para Roma! E tenho algumas dúvidas, se puderes me ajudar!
    Chegarei em Roma dia 20/09 por volta das 9:30am tirando o tempo “burocrático” dos aeroportos, já considero essa manhã perdida! Então pretendo usar a tarde/noite para conhecer o Coliseu/Panteon/Gianicolo(túmulo Anita Garibaldi)/centro histórico.
    Na manhã do dia seguinte 21/09 que começa minha peregrinação até o Vaticano! Já estou efetuando a compra para a entrada no museu e Capela Sistina, aí entra uma dúvida, é possível acessar as catacumbas dos Papas( queria ver o túmulo do Papa João Paulo II) através desse passeio? Sem sim, saberia me dizer como, por onde?
    Pretendo subir a cúpula também, isso já li que se compra uma entrada lá na hora.
    Outra dúvida é referente a benção do Papa, li que acontece aos domingos e quartas-feiras, saberia me dizer se a de quarta-feira acontece na praça de São Pedro? Pois casa o dia que estarei lá! Por hora é isso Fernanda, parabéns pelo blog e dicas!
    Att,
    George

    • Fernanda Rangel

      Oi, George!
      Obrigada pelo elogio!
      Vamos lá…
      1) A cripta onde estão os Papas fica no subsolo da Basílica de São Pedro e há um acesso por dentro dela. A visita a ambas é gratuita.
      2) O túmulo de João Paulo II é dentro da Basílica de São Pedro, numa das capelas que ficam à direita de quem entra (e que recebeu o nome dele). Descobri isso na época da minha visita, pois tinha lido que o corpo estava na cripta e aí desci pra procurar o túmulo e não achei. Quando voltei de novo pra dentro da Basílica, vi uma aglomeração numa das capelas laterais e perguntei pro segurança do que se tratava. Aí ele me contou que era por causa do tumulo de João Paulo II (que fica no altar).
      3) O site do Vaticano não disponibiliza a compra online do ingresso para a cupula, dando a entender que tem que comprar lá na hora. Sugeriria chegar um pouco antes do horário da abertura, para evitar as famosas (e homéricas) filas.
      4) Nem sempre as bençãos das quartas ocorre na Praça de São Pedro. Às vezes ela ocorre dentro da Cidade de Vaticano. E isso se o Papa estiver em Roma…
      5) Te recomendaria começar o dia na Praça/Basílica de São Pedro e programar os Museus/Capela Sistina para a tarde. Porque esses últimos vc consegue programar a entrada, sem filas, mas a Basílica/Praça, tem que encarar a fila. Eu cheguei lá às 08h em ponto e quase não tinha fila. Entrei praticamente direto.
      Nãos ei se vc chegou a ver aqui no blog os outros posts sobre o Vaticano, mas acredito que há 2 deles que possam te ajudar. Só clicar nos links abaixo.
      Uma ótima viagem pra vc! 🙂
      Visitando a Basílica de São Pedro no Vaticano
      Dicas para quem vai visitar o Vaticano

  38. Saulo Ismerim

    Fernanda, seguindo sua dica, já fui reservar meu ingresso para a capela sistina e museus do vaticano.

    Fiquei com uma dúvida, se eu comprar pela opção da visita guiada, já está incluso a entrada? ou tenho que comprar o ingresso em admission ticktes e depois comprar também na opção guided tours?

  39. Kaliane

    Boa noite Fernanda!

    Estou adorando seu blog, até agora sem dúvida é o melhor que já encontrei. Parabéns!
    Eu estou com uma dúvida, eu tenho uma visita agendada para às 13h na Necrópole do Vaticano, a visita dura em média 3 hrs e acaba nas grutas do Vaticano, aí é possível visitá-la e entrar na Basílica sem pegar toda aquela fila, neste caso você recomendaria eu começar no período da manhã pelos os Museus/Capela Sistina e no período da tarde, após a visita me dedico a Praça/Basílica de São Pedro?

    Abs
    Kaliane

    • Fernanda Rangel

      Oi, Kaliane!
      Obrigada pelo elogio! 🙂
      Olha, vai depender do seu interesse com relação aos Museus. Veja bem: eles abrem às 09h e vc teria que sair de lá, no mais tardar, às 12h – pra poder ir caminhando da Viale Vaticano (onde fica a entrada e saída dos Museus) até o local de partida do seu passeio das 13h. Ou seja, serão só 3h dentro dos Museus, que ainda tem Capela Sistina…
      Eu, que não sou nenhuma aficionada em museus, fiquei o dobro desse tempo por lá. Mas conheço gente que só ficou uma manhã (viu tudo correndo, mas ficou satisfeito).
      Particularmente, acho corrido, mas dá pra fazer esse esquema que vc citou na pergunta. Desde que saia de lá às 12h.
      Quanto à visita à Basílica, será moleza: as grutas do Vaticano possui uma passagem para o interior dela. Aí é só visitá-la e depois, passear pela Praça de São Pedro.
      Conforme expliquei no meu post de dicas para quem vai visitar o Vaticano, defendo sempre a que as pessoas façam este passeio dividido em 2 manhãs. É a melhor forma de conhecer o Vaticano com calma e sem uma horda de turistas atrapalhando.
      Abs

      • Kaliane

        Boa noite, Fernanda!

        Agradeço pelo retorno, vou seguir sua recomendação e fazer dividido em 2 manhãs!!

        Muiito obrigada!

  40. Carol

    Oi, Fernanda! Parabéns pelo site e obrigada por suas dicas!

    Utilizei há pouco o Ticketbar, para comprar de um ingresso em Roma, mas confesso que fiquei bem receosa por ter sido pedida a senha do meu cartão de crédito. Nunca tinha visto isso em compras online. Vi que você respondeu, em outro comentário, que isso, às vezes, acontece, mas você já soube de algum problema decorrente disso? Será que é tranquilo mesmo? Tô bem apreensiva e acho que não vou mais comprar por esse site, por conta disso.

    Agradeço alguma luz nesse sentido.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Carol!
      Eu que agradeço o elogio!
      Alguns bancos pedem que a senha do cartão seja digitada numa janela extra que se abre no site, no ato da compra. Isso tem se tornado comum por questões de segurança. Já aconteceu comigo nessa viagem da Itália e na minha última viagem, quando comprei ingressos para atrações em Amsterdam. E nunca tive problemas quanto a isso – os ingressos sempre chegaram ao meu e-mail e veio tudo bonitinho na fatura do cartão.
      O TicketBar é um site de vendas de ingresso bem conhecido na web. Mas vou te dar uma dica, baseado em experiência: compre no site oficial da atração. Muitas vezes, esses sites terceirizados cobram uma taxa extra para fazer a transação e acaba que, às vezes, o ingresso sai um pouco mais caro.
      No caso específico dos Museus do Vaticano, compre no site oficial. Porque vc vai precisar marcar dia e hora pra “furar a fila”. É muito mais confiável agendar isso diretamente com o Vaticano do que utilizando “terceiros” como imediador, certo?
      Abs

  41. Mariangela

    Olá Fernanda, Eu efetuei a compra de ingressos para Museo do Vaticano e Capela Sistina. Você sabe dizer se este tipo de ingresso dá direito a vista a Basilica sem pegar fila ou eu tenho que comprar outro ingresso? Eu usei o site oficial do vaticano conforme link na sua página. Muito Obrigada Abraços

    • Fernanda Rangel

      Olá, Mariangela!
      Desculpe a demora pela resposta, pois estava viajando.
      A Basílica de São Pedro é grátis e não precisa de ingresso. Porém, para acessá-la vindo dos Museus, só há uma maneira (até onde estou sabendo): fazendo o passeio com guia oficial.
      Eles remodelaram o site e dei um giro por lá, mas não encontrei nenhuma menção à visita conjunta das 2 atrações.
      Levando em consideração essas visitas feitas em separado, não acho uma boa ideia visitar o Vaticano inteiro num dia só. O ideal é dividi-la em 2 manhãs, para evitar a horda de turistas que encontramos lá. Falei sobre isso no post dicas para quem vai visitar o Vaticano.
      Abs

  42. Taciana Costa

    Olá! Que bom você compartilhar sua experiência, obrigada!
    Meu filho terá 18 anos e 2 meses quando visitará o Vaticano, estou na dúvida se ele paga meia entrada, sabe me dizer?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Taciana!
      Eu que agradeço o elogio!
      No site eles dizem que o desconto é para crianças entre 6 e 18 anos. Geralmente quando é dito isso, inclui os anos completos, ou seja, inclui os de 6 anos e os de 18 anos.
      Se o seu filho tivesse 19 anos, já não entraria nessa faixa do desconto.
      Abs

  43. Thaís

    Olá! Parabéns pelo blogs, já li quase tudo que você escreve sobre a Itália!! Rsrs
    Estou com uma dúvida: decidi comprar os ingressos antecipados ao Vaticano, e quero comprar o audioguia também. Tenho a opção de comprar o audioguia antecipado no site do Vaticano por €5,50 ou comprar na hora. Será que para comprar na hora terei que entrar na tal fila gigante junto com os que não compraram ingresso, ou para o audioguia é um local diferente? Será que lá é mais caro? Gostaria de comprar na hora, mas fico com receio. Obrigada!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Thaís!
      Não saberia te dizer com certeza, pois não usei esse serviço. Mas acho que não precisa entrar no filão. Se vc tem o ingresso comprado com hora marcada mas vai alugar o audioguia lá na hora, então não teria sentido ter hora certa pra entrar, certo? Eles te obrigariam a reservar o audioguia no ato da compra do ingresso.
      Baseado no que vi lá, funciona assim: a gente compra o ingresso online, recebe o voucher por e-mail e apresenta na entrada. O segurança libera a entrada para o hall principal, onde somos encaminhados para um guichê para trocar o voucher pelo ingresso. Sinceramente não lembro, mas acredito que o guichê dos audioguias seja nesse mesmo hall.
      A reserva online do audioguia é mais para garantir que vc encontre o aparelho lá disponível. Tem dia que os Museus ficam tão cheios que deve faltar pra quem não fez a reserva.
      Abs

  44. Alexandre B. Oliveira

    Thaís, parabéns pelo site! Estou com minha esposa e vamos no Vaticano e sua orientação foi excelente para nos dar segurança de que esta tudo certo para nossa reserva! Parabéns

  45. Angie

    Oi Fernanda!
    Obrigada pelas dicas, muito úteis , li os outros artigos e adorei!
    Nesse aqui você comenta que teve um “problema com os cartões” e teve que pagar na hora. Fernanda, tô pilhada aqui, estou tentando fazer a compra dos bilhetes no site oficial há horas, e o site, de forma até bem suspeita pede o guardião 30 horas, que é uma ferramenta do Itaú para proteção, mas os tokens só são liberados pra fazermos transferências ou outras coisas relacionadas a conta do banco em si e não cartão de crédito! Nunca havia acontecido isso, liguei para a operadora do cartão e eles me instruíram a não fazer a compra nesse site (na verdade não consigo por causa desse erro), outro problema com o cartão não é, já verifiquei tudo… ou seja: não estou conseguindo comprar por causa da programação do site!
    Como você conseguiu comprar (fazer a reserva) e pagar somente na hora??? Talvez seja a opção que me salve!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Angie!
      Eu que agradeço o elogio!
      Na época que eu fui, o Vaticano estava respondendo a processos fiscais na Itália e ficaram um tempo proibidos de fazer transações com cartão de crédito em seu site (e em seu território). Por isso, quem queria comprar o ingresso online, fazia a reserva, recebia o voucher pelo e-mail, apresentava-o ao fiscal da entrada na hora combinada e era encaminhado imediatamente à bilheteria para fazer o pagamento do ingresso em dinheiro.
      Mas até onde eu sei, isso já foi resolvido e a compra estava sendo realizada normalmente no site oficial do Vaticano.
      O que já me aconteceu algumas vezes é que quando fazemos uma compra com cartão de crédito em um site estrangeiro, na hora de finalizar entra uma página do banco pedindo para digitarmos a senha e/ou o código de 3 dígitos do verso do cartão (pode variar). É uma espécie de segurança quem os bancos usam para evitar fraude. Basta informar o que o banco pede e a compra é realizada. Sempre deu certo comigo.
      Fora isso, acho que não há a opção de reservar e pagar o ingresso lá na hora. A menos que esteja acontecendo o veto das bandeiras de cartão com relação ao Vaticano novamente… Mas aí eles te mandariam o voucher, sem precisar informar os dados do pagamento.
      Abs

  46. lucio yoshio

    ola Fernando tudo bem, estou pensando em ir para roma talvez o ano que vem, e como não tenho cartão de credito vou comprar pela decolar o bilhete de entrada no museu do vaticano, ele funciona da mesma maneira e so imprimir o voucher e mostrar para o guarda como voce falou e trocar na bilheteria.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Lucio!
      Não saberia te dizer, pois essa entrada tem que ser com dia e hora marcados e quem deveria organizar isso é o próprio Vaticano. Não sei se a Decolar tem algum canal de contato com a agenda deles.
      Sugiro que vc entre em contato com a Decolar para maiores esclarecimentos.
      Abs

  47. Julia

    Obrigada!! Me ajudou muito Fernanda!

  48. Pedro

    Olá Fernanda!
    Muito obrigado por compartilhar tantas informações! Por favor se possivel me tire uma duvida: estarei com 11pessoas da familia e me preocupo se ao chegar na entrada dos museus, saberei qual é a fila da entrada e qual é a fila da bilheteria. Existe esse risco de confundir ou é facil de encontrar lá? Comprarei os ingressos on line, conforme voce deu a dica.
    obrigado

    • Fernanda Rangel

      Oi, Pedro!
      Eu que agradeço o elogio!
      Não se preocupe. A entrada é uma só e os seguranças organizam a (imensa) fila na lateral, deixando a porta de entrada livre. É só ignorar a multidão da fila e direto ir até o segurança com o ingresso online em mãos. Simples assim.
      Abs

  49. Gabriel

    Estou indo pra Itália em maio com minha mãe e queria saber com qual antecedência eu devo comprar os bilhetes pro museu do Vaticano. Eles liberam a entrada de determinado dia com quanto tempo de antecedência, sabe dizer?

    Adorei o seu blog. Estou anotando tudo. Muito obrigado

    • Fernanda Rangel

      Oi, Gabriel!
      Geralmente são com 2-3 meses de antecedência. Tem que ficar vigiando o site.
      Entrando hoje (02/Fev), vi que já tem agendamento até abril. Fique ligado que já já abrem o de maio.
      Abs

  50. renate

    Oi Fernanda, excelentes dicas, obrigada.
    Terei apenas dia 04/06/18 segunda-feira para visitar o Vaticano.
    Considerando que terei o dia inteiro, o que vc sugere.
    Fazer a Basílica primeiro(quero subir na cúpula) e depois fazer Museu e Capela.
    Qual horário acha que devo comprar o ticket?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Renate!
      Desculpe a demora e obrigada pelo elogio!
      Como vc pretende fazer as 2 atrações no mesmo dia, o melhor seria isso mesmo: visitar Praça e Basílica na parte da manhã e deixar os Museus para a tarde – pois lá vc pode entrar sem filas, desde que marque a hora (na Basílica não tem isso, é chegar e encarar a fila).
      Quanto ao horário, aí depende do ritmo de cada um. Chegando cedinho na Basílica (no mais tardar 8 da manhã), acredito que vc estará livre para os Museus lá pelas 14h. Isso levando em consideração a sua subida na cúpula e o deslocamento da Praça de São Pedro até a entrada dos Museus.
      Abs

  51. Lílian

    Olá Fernanda,

    Parabéns pelo blog, muitíssimo bom! Eu acabei comprando os ingressos do Museu do Vaticano e da Capela Cistina e tb o do Coliseu pelo Ticket Bar… Para o dia do museu, diz que o ponto de encontro é : ORP Vatican & Rome Meeting Point, Piazza
    Pio XII, n. 9 in Rome at least 15 minutes before your booking time

    Você sabe onde fica? Não é na entrada da Basílica, né…

    Sei que vc indicou 2 manhãs para conhecer o Vaticano, mas como só teremos 2 dias para visitar tudo… o ingresso do Museu e Capela Cistina está para as 10h da manhã. Pretendemos de tarde visitar a Basílica. Vc sabe se de lá conseguimos subir na cúpula? Onde vende ingressos para a subida lá?!

    No outro dia, vamos ao Coliseu…

    Você sabe se com o vousher do Ticket Bar, me dirijo diretamente à bilheteria para trocar algo ou posso ir para a fila (no final ou no começo)?

    Obrigada!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Lilian!
      Eu que agradeço o elogio! 😀
      Dando uma olhada no Google Maps, esse endereço fica bem na entrada da Praça de São Pedro. É estranho, porque a entrada para os Museus fica na Viale Vaticano…
      Não sei se vc terá que trocar o seu voucher pelo ingresso dos Museus, mas é estranho assim mesmo, porque isso deveria ser feito lá na entrada dos Museus. É preciso ler as instruções do Ticket Bar: ou no SAC deles ou dando uma olhada no voucher que eles emitiram. Talvez tenha o passo-a-passo ali escrito.
      Quanto a visita a Basílica à tarde, prepare-se: é muito provável que vc vá encontrar uma fila bem razoável pra entrar. E lá dentro, vai encontrar outra pra cúpula, pra comprar e pra subir. A bilheteria fica no local da subida (à direita de quem chega à Basílica).
      Teria sido melhor fazer o inverso: visitar cedo a Basílica, qdo tem menos movimento, e ter programado a visita aos Museus à tarde (já que tem hora marcada, vc não perderia tempo na fila). O jeito agora é procurar entrar na Basílica um pouco mais para o final da tarde, pois a probabilidade de ter diminuído o volume de turistas é maior. Só tem que ficar atenta aos horários de fechamento.
      Abs

    • Hércules

      Olá Lilian, conseguiu encontrar o ponto facilmente? É perto da entrada dos museus e capela sistina?

  52. Carolina Mattos Goes

    Oi!!!

    Comprei o ingresso para o museu + Capela Sistina através do site vaticantickets, pensando ser o oficial. Já recebi email com o voucher, vocês saberiam me dizer se é confiável?

    Desde já, obrigada.

  53. rhenatta

    oii Fernanda parabens pelo blog !!! informações muito uteis para nós marinheiros de primeira viagem.
    conferi o site oficial do vaticano e os ingressos para o fim de maio estao indisponiveis. saberia me dizer se estao indisponiveis porque ja se esgotaram ou se ainda nao está disponivel pra venda ?grata!!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Rhenatta!
      Obrigada pelo elogio! Fico contente pelo post estar lhe sendo útil.
      Se não me engano, na época que fiz meu planejamento, eles liberavam os ingressos com cerca de 2 meses de antecedência. Ou seja, sendo para final de maio, já era pra estar aberto agora…
      Eu entraria todo dia no site para checar o agendamento. É a melhor maneira de saber.
      Abs

  54. Hércules

    Olá Fernanda, parabéns pelo serviço prestado aqui. Muito bom… comprei meu ingress para o Vaticano também na ticketbar. Vi alguma resposta sobre passer na ORP Vatican & Rome Meeting Point, Piazza
Pio XII, n. 9 in Rome at least 15 minutes before your booking time antes de ir aos museus e fiquei preocupado com a distância para pegar os ingressos na praça São Pedro e ir para os museus em apenas 15 minutos. Também achei estranho.

    Minha dúvida: comprei o ingresso para o coliseum e palatino no coopculture, mas não recebi o voucher em pdf, apenas o comprovante de compras. O que posso fazer? no site não tem nenhuma alternativa e já mandei para eles um email cobrando

    • Fernanda Rangel

      Oi, Hércules!
      Obrigada pelo elogio!
      Da Piazza Pio XII até a entrada nos museus dá uns 15 min de caminhada, segundo o Google Maps. Dependendo do ritmo da pessoa, pode ser até mais que isso… No seu lugar, eu chegaria bem antes pra trocar o ingresso. Acho pouco provável que eles não te liberem.
      Já com relação ao Coliseu, o esquema do ingresso mudou recentemente…
      Quem comprou no site, com dia e hora marcados, recebe um voucher com um código (PNR). Ele deverá ser trocado num balcão reservado na bilheteria do Forum Romano, por um papel com o horário de admissão.
      Abs

Totos os direitos reservados