Interlaken na Suíça: Dicas de Passeio e o Que Fazer

Está pretendendo conhecer Interlaken em sua viagem à Europa? Então não perca nossas dicas e veja o que essa agradável cidade, espremida entre 2 lagos e aos pés dos Alpes, tem a oferecer.

Interlaken

Interlaken

Localizada praticamente no centro da Suíça e aos pés dos picos dos Alpes Bernenses, a pequena Interlaken é uma ótima opção de visita.

Como o nome sugere, ela fica situada numa pequena faixa de terra entre 2 lagos – o Thun e o Brienz – que possuem águas de uma coloração tão incrível, que encanta qualquer um que passa por ali.

Quase um vilarejo e bastante agradável, Interlaken costuma ser procurada pela maioria dos turistas pra servir de cidade-base para passeios aos vilarejos próximos (tanto os das margens dos lagos, quanto os de montanha) e também para os mirantes dos Alpes ao redor – especialmente o do Jungfraujoch.

Eu estava sediada em Berna e passei por Interlaken 2 vezes, na mesma viagem, realizada em Abril de 2015: uma só pra ir ao Jungfrau e outra só de passagem, no deslocamento até Zermatt.

Parece um roteiro meio fora de propósito, mas em se tratando que a hospedagem na cidade é uma das mais caras da Suíça (e eu ainda tinha mais dias pelo país), então valeu mais a pena, financeiramente falando, fazer o esquema acima.

Rua principal de Interlaken

Rua principal de Interlaken

Chegando lá, me arrependi um pouco, pois adorei Interlaken. Apesar de quase não ter atrações turísticas, é muito agradável de estar. Sabe aquelas cidades aconchegantes e pequenas, com clima de serra, como Gramado, Campos do Jordão e etc?

Isso sem contar os vilarejos nas margens dos lagos. Vi alguns da janela do trem (chegando e saindo de Interlaken) e achei lindos. Teria adorado fazer um passeio de barco até eles.

Hoje, se alguém me pergunta se vale a pena ficar hospedado(a) em Interlaken, a minha resposta imediata é SIM ! A hospedagem é um pouco cara, eu sei... Mas o que não é caro na Suíça, não é mesmo?

Este post serve tanto pra quem for só de passagem (como eu fiz), quanto quem for ficar hospedado na cidade. Nele, trago dicas de o que ver e fazer em Interlaken e também algumas dicas de passeio pela região ao redor da cidade.

Confira também:

Dicas de Hotéis em Interlaken na Suíça

Dicas de Hotéis no centro de Berna na Suíça

A visita: o que fazer em Interlaken? O que ver por lá?

Interlaken é bem pequena mesmo e quase não possui atrações turísticas. O grande barato é a cidade em si, com seu clima pacato e interiorano, localizado entre 2 lagos e aos pés das montanhas.

Como citei no início, saí de mala e cuia de Berna em direção a Zermatt, mas com uma pausa rápida em Interlaken para conhecê-la.

DICA: Saindo de Berna, optei por usar o serviço Fast Baggage oferecido pela empresa ferroviária suíça SBB-CFF-FFS. Pagando uma taxa, você despacha a bagagem numa cidade e resgata mais tarde, no destino (suíço) que você escolher. É um serviço não muito barato, mas que se mostrou útil e muito eficiente e confiável. Aliás, como tudo no país...

Mais que uma extravagância, achei necessário: fora a descida em Interlaken, haveria ainda mais 2 conexões até chegar em Zermatt. Confesso que não estava muito a fim de arrastar mala pra cima e pra baixo até o destino final.

Mas se você não se importa com isso e/ou prefere economizar, sem problemas: há um guarda-volumes nas estações de Interlaken.

Saltei em Interlaken Ost e, já de cara, simpatizei com a cidade.

Ali perto já me deparei com a margem do Rio Aar – o mesmo que contorna o centro histórico de Berna. Na verdade, ele nasce nos Alpes, deságua no lago Brienz, passa pela parte norte de Interlaken, deságua de novo no Lago Thun e depois segue em direção a Berna.

A cor incrível da água do Rio Aar

A cor incrível da água do Rio Aar

Eu já tinha ficado maravilhada com a cor do rio lá na capital suíça e aqui ela parece que é ainda mais incrível, talvez pelo conjunto que faz com os 2 lagos – que possuem um tom verde esmeralda (ou seria azul turquesa ?) semelhante ao do Aar. Parece irreal de tão lindo.

Nas poucas horas que passei por lá, aproveitei que o tempo não estava muito firme e comecei o passeio pelo mirante Harder Kulm (imperdível, a meu ver). Só depois que fui dar uma volta pela rua principal. Um passeio bastante agradável, por sinal.

1. O mirante Harder Kulm

Fui caminhando da estação de trem Interlaken Ost até a estação do funicular que fica ali próximo.

Após atravessar a ponte sobre o Rio Aar, logo me deparei com a estação do funicular, que leva até o mirante chamado Harder Kulm, que fica a 1.322 metros de altitude.

Quem estiver utilizando o Swiss Pass, ganha 50% de desconto no ingresso, que pode ser facilmente comprado na hora. Confira o preço.

O funicular leva cerca de 10 min pra chegar lá em cima, e a subida é bem íngreme. Desembarcando na estação, é preciso seguir caminhando por uma curta estradinha (não são nem 2 min andando) até chegar ao mirante propriamente dito.

EM CIMA: Estação do funicular em Interlaken (esq) e a subida íngreme (dir). EM BAIXO: Funicular (esq) e a estradinha para o mirante (dir)

EM CIMA: Estação do funicular em Interlaken (esq) e a subida íngreme (dir). EM BAIXO: Funicular (esq) e a estradinha para o mirante (dir)

DICA: Olha... Se eu puder te dar uma dica de algo imperdível dentro de Interlaken, sem sombra de dúvida será fazer o passeio desse mirante!

Visto através de um parapeito e também de uma plataforma de madeira vertiginosamente suspensa no ar, temos um panorama maravilhoso da cidade de Interlaken, dos lagos Thun e Brienz e dos Alpes ao redor.

Foi uma visão de tirar o fôlego! E olha que o tempo não estava nada firme. Imagine se o dia estivesse limpo, com sol e céu azul?

Do Harder Kulm, conseguimos ver bem o famoso trio de picos dos Alpes da região: o Mönsch, o Eiger e o Jungfrau.

EM CIMA: Vista de Interlaken e os lagos Brienz (esq) e Thun (dir). EM BAIXO: A plataforma do mirante Harder Kulm (esq) e o trio de picos nevados Mönsch, Eiger e Jungfrau (dir)

EM CIMA: Vista de Interlaken e os lagos Brienz (esq) e Thun (dir). EM BAIXO: A plataforma do mirante Harder Kulm (esq) e o trio de picos nevados Mönsch, Eiger e Jungfrau (dir)

Depois de muitas fotos e ainda maravilhada com a vista, aproveitei que a hora do almoço já estava chegando e sentei no restaurante que há lá no mirante, chamado Harder Kulm Panorama Restaurant.

A intenção era, além de desfrutar a paisagem durante a refeição, experimentar a batata rösti deles, que haviam me indicado.

Batata Rösti

Batata Rösti

Eu já tinha provado outra em Genebra e, assim como a de lá, a do restaurante do Harder Kulm não se parece em nada com a versão que conhecemos aqui no Brasil.

Mas apesar da cara estranha, o prato servido lá em cima estava muito gostoso e recomendo pra quem quiser fazer uma refeição típica suíça, em um lugar especial. Afinal, uma extravagância de vez em quando, principalmente numa viagem de férias, não mata ninguém.

Depois da refeição e relutando em deixar aquela paisagem maravilhosa pra trás, peguei o funicular de volta até a cidade.

2. Os destaques de Interlaken

Logo na saída do funicular, atravessei de novo a ponte sobre o Rio Aar e fui dar uma voltinha pelo centro de Interlaken.

A cidade é bem pequenininha mesmo e seus principais destaques estão situados próximo a rua principal.

Höheweg

Höheweg

Höheweg – É o nome da avenida principal de Interlaken, cheia de lojas (caríssimas), hotéis de luxo e restaurantes, muito agradável para um passeio. Ela liga, basicamente, as 2 estações ferroviárias da cidade: a Interlaken Ost (ou “leste”) e a Interlaken West (ou “oeste”).

É o grande ponto de encontro da cidade e lá vemos não só belos jardins, como também o belo panorama dos Alpes que estão ao redor da cidade.

Kloster, Schloss e o jardim

Kloster, Schloss e o jardim

Kloster & Schloss Interlaken – Era um antigo mosteiro da Ordem Agostiniana, datado do século 12, que passou para as mãos do Estado após a Reforma Protestante, sendo transformado na sede do governo local.

Chamam a atenção do visitante não só o edifício branco do castelo (schloss), mas também a igreja do antigo mosteiro (kloster), com sua torre pontiaguda e aspecto medieval.

Em frente aos 2, há um belo jardim japonês chamado ”Jardim da Amizade”, em homenagem ao fato das cidades de Interlaken e Otsu (no Japão) terem se tornado “irmãs” em 1978.

Höhematte

Höhematte

Höhematte – É uma ampla área verde beirando a rua principal, de onde temos uma linda vista das montanhas próximas, inclusive o Jungfrau.

Como fui na época da primavera, estava florido e com uma grama bem aparadinha. Mas já vi fotos da época do inverno onde fica toda branca pela neve. A menos que você esteja por lá nessa época, é uma ótima opção para um passeio com crianças ou mesmo fazer uma pausa para apreciar o entorno.

Casino Kursaal

Casino Kursaal

Casino Kursaal – Situado em frente ao Höhematte, ele está meio escondido atrás de alguns restaurantes e lojas. O que é uma pena, pois é um edifício muito bonito.

O antigo cassino, construído no século 19, é hoje um centro de convenções da cidade, com um paredão de pedra atrás e um bonito jardim em frente, que conta até com um relógio de flores.

3. Vôo de parapente

Pra quem adora uma aventura e esportes radicais, um dos mais praticados em Interlaken é o vôo de parapente.

A menos que o tempo não esteja favorável, há sempre alguém voando pelos céus da cidade. Desde a hora que eu saí da estação Interlaken Ost, sempre me deparava com um.

Vôo de parapente em Interlaken

Vôo de parapente em Interlaken

Eu nem me atrevi a fazer essa aventura, mas em se tratando da vista maravilhosa que tive do Harder Kulm, deve ser um vôo incrível.

algumas empresas que oferecem vários tipos de vôos em Interlaken. Não experimentei nenhuma delas, mas uma bem cotada pelos internautas é esta aqui.

Já comprou seus ingressos?

Não deixe para a última hora e muito menos para comprar durante a viagem. A Get Your Guide oferece um ambiente simples, seguro e com a garantia do menor preço para você comprar com antecedência seus ingressos para atrações, shows, espetáculos, eventos, tours, passeios e muitas outras experiências nos principais destinos do mundo, inclusive Interlaken.

4. O vilarejo vizinho "Unterseen"

Perto da estação Interlaken West, o Rio Aar faz uma curva e se afasta um pouco do paredão de pedra, dando lugar a outro trecho de terra além dele. Alguns pensam que pertence a Interlaken, mas não: é um vilarejo vizinho chamado Unterseen.

Unterseen e Interlaken separadas apenas pelo Rio Aar

Unterseen e Interlaken separadas apenas pelo Rio Aar

É fácil de chegar até lá: continuando pela Höheweg, antes de chegar a estação Interlaken West, vire na Marktgasse e siga até o rio. Daí, basta só atravessar a ponte.

Não fui até esse local, pois ainda tinha muito chão pela frente até chegar a Zermatt. Por isso, do Casino Kursaal decidi voltar para Interlaken Ost.

Mas se você quiser ir até Unterseen, há alguns destaques que não deve perder:

Eclusa do Rio Aar – São comportas que ficam na divisa de Interlaken com Unterseen. Sobre ela encontra-se uma ponte de madeira coberta, que oferece uma bela vista do rio e da paisagem ao redor.

Stadthaussplatz – Uma praça cercada por restaurantes e cafés, construída no século 13. Como o nome diz, é ali aqui que fica o edifício da Câmara Municipal (Stadthauss, em alemão), bem no centro. Outro destaque é a vista da torre de pedra de uma antiga capela que está na rua de trás.

Museu do Turismo da Região do Jungfrau – Traz uma exposição que mostra o desenvolvimento e a história do turismo e das jornadas na região de Jungfrau ao longo dos últimos 200 anos. Pra quem tiver o interesse, veja as informações (em alemão).

Stadthaussplatz (esq) e a ponte sobre o Rio Aar próximo a Unterseen

Stadthaussplatz (esq) e a ponte sobre o Rio Aar próximo a Unterseen

Dicas de passeios para quem vai ficar em Interlaken

Se a sua intenção é utilizar Interlaken como cidade-base e quiser algumas sugestões de passeio para fazer à partir da cidade, eis algumas opções interessantes pra você:

>> PASSEIO DE BARCO PELOS LAGOS BRIENZ E THUN

Há vários barcos que dão um giro pelas cidades que ficam nas margens dos 2 lagos, que somado à paisagem montanhesca, trazem um charme extra para sua visita à Interlaken.

Existe a opção de fazer excursões temáticas (com jantar, show de jazz e etc) ou mais simples, que variam de acordo com o itinerário e o tempo de passeio (meio dia ou dia inteiro).

Algumas pessoas chegam a descer em alguns vilarejos para conhecê-los ou mesmo aproveitar alguns castelos e mirantes nas montanhas próximas.

Passeio de barco pelos Lagos Brienz e Thun

Passeio de barco pelos Lagos Brienz e Thun

Do passeio pelo Lago Brienz, os destinos mais procurados são os vilarejos de Bönigen e de Brienz (onde se pode fazer um passeio até a montanha Rothorn) e também as cataratas de Giessbach.

Já o do Lago Thun, o que predomina na paisagem, além das montanhas, são os castelos na beira do lago. O mais famoso é o de Spiez.

Essa região das margens é tão bonita e famosa por lá, que junto com Interlaken, acabou ganhando o apelido de Riviera do Oberland Bernês.

Se os passeios de barco pelos lagos te interessaram, confira todas as informações aqui.

>> VISITA AO JUNGFRAUJOCH (TOP OF EUROPE) E VILAREJOS DE MONTANHA DA REGIÃO

Jungfraujoch (Top of Europe)

Jungfraujoch (Top of Europe)

Talvez o mais procurado pelos turistas que visitam Interlaken, a subida ao Jungfraujoch é mesmo imperdível.

Utilizando um trem que segue montanha acima, você pode chegar a um mirante localizado a incríveis 3.454 metros de altitude. Inclusive, esta é a estação de trem mais alta da Europa.

Foi baseado nesse fato que decidiram chamar o mirante de Top of Europe – de forma equivocada, na minha opinião, pois sempre gera confusão nos turistas desavisados, que acham que o local é o ponto culminante do continente (e não é).

Além do mirante, um dos maiores atrativos são os vilarejos que ficam no caminho, onde você pode parar e curtir um pouco o clima pitoresco de montanha.

Eu fiz esse passeio e não só achei incrível, como recomendo a todos que vão à Suíça.

Confira o post em que trago o relato do meu passeio ao Jungfraujoch: Grindelwald, Top of Europe e Lauterbrunnen. Lá você encontrará várias informações úteis para planejar essa visita.

Considerações Finais

Interlaken foi uma cidade que passei meio batida, mas foi tão agradável que o pouco tempo que fiquei por lá já foi o suficiente para querer voltar outra vez pra fazer alguns passeios (principalmente o dos lagos).

Tirando por algumas perguntas que já recebi aqui no blog, tem gente que vai à Suíça e chega ao ponto de abrir mão de visitar os grandes centros como Genebra, Zurique ou Berna, só para curtir ao máximo as belezas de Interlaken e das redondezas.

Cá entre nós, essa nem é uma ideia ruim. Quem sonha passar uns dias aos pés dos Alpes Suíços, com um clima de cidade pacata e temperatura de montanha, ir para Interlaken é uma ótima pedida.

Dicas importantes para seu planejamento de viagem à Suíça

Pretende passear pela Suíça de trem? Então não perca nosso post sobre como funciona o Swiss Pass e também o que explica como utilizar os trens na Suíça.

Tá achando tudo caro? Então confira nossas dicas de como economizar em uma viagem à Suíça.

Para não entrar em nenhuma roubada na sua estada pelo país, não deixe de ver nossas dicas de sobrevivência para quem vai à Suíça.

• Aqui no blog temos também outros roteiros de o que fazer em cidades suíças como Berna, Genebra, Gruyères, Zermatt, Lucerna e Zurique. Não deixe de dar uma conferida.

• Não perca também nosso relato de visita à fábrica de chocolate Maison Cailler.

• Prefere um roteiro completo pelo país? Confira nossa sugestão de roteiro de 8 dias pela Suíça e saiba o que visitar por lá em 1 semana de viagem.

Vai Viajar?

 Encontre o hotel perfeito para sua próxima viagem com garantia do menor preço. O nosso blog tem parceria com o Booking, serviço que te ajuda a comparar preços de hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura. Você ainda pode fazer uma reserva com a opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in. Garanta sua reserva de hotel agora mesmo.

 Antes de alugar um carro, faça uma comparação entre as principais locadoras do Brasil e do mundo. A nossa parceira RentCars te ajuda nessa busca de preços e oferece todas as opções de forma rápida e segura. A cobrança poderá ser feita em reais, sem IOF. Divida em até 12 parcelas no cartão de crédito ou aproveite um desconto de 5% no boleto bancário. Compare os valores e economize.

 Não esqueça do seguro viagem. Economize tempo e dinheiro fazendo uma cotação na Seguros Promo. Encontre os melhores planos das principais seguradoras por preços imbatíveis. Pagamento no cartão de crédito em até 12 parcelas ou com desconto no boleto bancário. Ganhe 5% de desconto adicional comprando seu seguro com nosso cupom de desconto: PARAVIAGEM05.

 Compre um chip internacional e se mantenha conectado durante sua viagem. A Easysim4u oferece planos sob medida na Europa com conexão de internet 4G franquias proporcionais ao número de dias do pacote. Você recebe o chip em sua casa, de forma antecipada, e chega em seu destino com tudo funcionando. Compre com 10% de desconto usando o nosso cupom exclusivo: PARAVIAGEM10.

 Encontre as melhores datas para a sua próxima viagem e economize na hora de comprar as passagens aéreas. Usando a plataforma do Passagens Promo você pode pagar com cartão de crédito em parcelas sem juros e sem cobrança de IOF. A empresa conta ainda com selo de qualidade no atendimento. Agora não tem mais desculpe, partiu Interlaken!

Reservando com nossos parceiros, além de garantir o menor preço e um serviço de qualidade, você também ajuda a manter o blog e nos motiva a produzir cada vez mais conteúdo.

Galeria de Fotos:

2 Comentários
  1. Isabela @viajoporqueteamo

    Oii, Fernanda! To amando suas dicas sobre a Suíça. To preparando meu roteiro agora e vc nao tem noção como esta me ajudando. Muito obrigada!! Ah, e eu vou ser uma dessas que vc mencionou. Deixarei de fazer Zurique e Genebra para me jogar nos vilarejos e em Zermatt.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Isabela!
      Eu que agradeço o elogio!
      Fico muito contente pelos posts estarem lhe sendo úteis.
      De fato, os vilarejos são o “charme” da Suíça. Mas se tiver tempo, não deixe de ir a Genebra e Zurique (principalmente essa última).
      A Suíça é linda, vale a pena visitar tudo! 😉
      Abs

Totos os direitos reservados