Roteiro Paris – O que Fazer em 5 Dias na Cidade

Perfeito roteiro em Paris durante 5 dias e 4 noites, visitando mais de 15 pontos turísticos na cidade. Saiba o que fazer em Paris e em seus arredores na sua próxima viagem a capital da França.

Paris vista da Torre de Notre Dame

Paris vista da Torre de Notre Dame

Nossa estadia na cidade foi de 4 noites, o que nos permitiu na prática planejar um roteiro em Paris de 5 dias. Mas foi daquele jeito, o primeiro dia foi bem quebrado, aproveitamos somente a parte da noite. Já nosso último dia tivemos que encerrar o roteiro mais cedo, pois no final da tarde, tínhamos um trem para seguir ao próximo destino.

A cidade luz foi o ponto de partida no roteiro da EuroTrip, realizada por nós em outubro de 2017. Transmitimos tudo em tempo real pelo Stories lá no nosso Instagram, e todos esses vídeos já estão disponíveis no nosso Canal no Youtube. Publicamos também um vídeo especial super completo com todos os detalhes do nosso roteiro em Paris e com dicas que farão toda a diferença na sua viagem.

Fizemos uma viagem bem corrida, montando um roteiro em Paris que nos permitiu aproveitar ao máximo nossa passagem pela cidade.

O que fazer em Paris

Esse artigo te dará uma ótima noção sobre o que fazer em Paris em sua próxima viagem. Confira o índice abaixo com a lista de atrações:


Roteiro Paris: Dia 1

O nosso primeiro dia em Paris começou tarde, uma vez que amanhecemos ainda no avião. Depois de pousar no aeroporto Charles de Gaulle, já após o almoço, ainda tivemos que passar por todos aqueles procedimentos de imigração, pegar malas, transporte interno para outro terminal, pegar o trem que vai para a cidade, e por fim dois metrôs até o hotel.

Chegamos no hotel já no finalzinho da tarde, fizemos o check-in e não perdemos tempo, fomos para a rua começar nosso roteiro.

Torre Eiffel

De metrô fomos até a estação Alma-Marceau que fica as margens do Rio Sena. Nem era a estação mais próxima da Torre Eiffel, nosso primeiro destino, mas nossa ideia era justamente caminhar a noite ao lado do rio curtindo o visual da torre iluminada. De fato o visual é belíssimo.

Margem do Rio Sena com vista da Torre Eiffel

Margem do Rio Sena com vista da Torre Eiffel

Cruzeiro Noturno pelo Rio Sena em Paris

Cruzeiro Noturno pelo Rio Sena em Paris

Cruzeiro no Rio Sena

Atravessamos a ponte e seguimos até o pé da Torre Eiffel. Ali ao lado, descendo as escadas às margens do rio, sai o passeio de barco da empresa Bateaux Parisiens. Este cruzeiro de 1 hora percorre um trajeto mostrando os principais atrativos no centro de Paris. Você pode ir na parte interna, com a opção de áudio guia em vários idiomas, inclusive o português, ou ir no topo do barco, ao ar livre, apreciando a vista.

Claro que essa última foi a nossa opção, mas é importante lembrar que a noite a sensação térmica pode ser muito baixa, principalmente se estiver ventando como era o caso. Como estávamos bem agasalhados, ficamos nesse espaço quase todo o percurso.

O passeio é bem interessante e romântico. Além da própria torre, o ponto alto é quando passamos ao lado da Catedral de Notre-Dame, que fica linda com sua iluminação acessa.

Trocadero

Vista da Torre Eiffel a noite no Trocadero

Vista da Torre Eiffel a noite no Trocadero

Após nosso retorno, seguimos a pé para o Trocadero de onde teríamos a última vista da Torre Eiffel neste dia. Essa é uma área ótima para fotos, principalmente de dia. Num roteiro corrido como foi o nosso, tivemos que fazer escolhas e preferimos encaixar a visita a esse local neste momento, a noite.

De lá pegamos o metrô e voltamos para o hotel. Precisávamos descansar, a viagem estava só começando.

Roteiro Paris: Dia 2

Nosso segundo dia começou cedo. Para conseguir cumprir toda a programação é preciso ficar atento aos horários de funcionamento dos lugares, chegar cedo para evitar filas, e se ligar em algumas dicas importantes.

Sainte-Chapelle

Visitar a Catedral de Notre-Dame era nossa prioridade no período da manhã, mas a subida para a torre só começava às 10 horas. Sendo assim, fomos para a Île de la Cité 1 hora antes, e visitamos primeiro a Sainte-Chapelle.

Vitrais da Sainte Chapelle

Vitrais da Sainte Chapelle

Depois de passar pelos detectores de metais, entramos no primeiro andar da capela. O visual já encanta, mas em algum momento nos olhamos com aquela cara de "é só isso?". Claro que não, nos cantos próximos a entrada ficam duas escadas super estreitas que levam para o segundo andar.

Se prepare para segurar o queixo. A Santa Capela é realmente lindíssima, com seus enormes vitrais e detalhes em dourado. São 1113 cenas nas 15 vitrais que contam a história da humanidade, da gênese à ressurreição de Cristo. Ficamos um tempo por ali, apreciando e registrando o momento.

Vale lembrar que, como estávamos viajando com o Paris Pass Lib, não tivemos nenhum custo na entrada, já que a atração está incluída no passe.

Economize comprando o Passe de Paris

Ao invés de comprar individualmente os ingressos de cada atração, já pensou em adquirir antecipadamente o Paris Pass Lib, um cartão que garante sua entrada nos principais museus e atrações, além de incluir um passeio de barco, um citytour em ônibus panorâmico e o ticket do transporte público. Comprando na GetYourGuide você tem a garantia do menor preço, economiza tempo e dinheiro e viaja com mais comodidade.

Notre-Dame

Agora sim estava na hora de conhecermos a Catedral de Notre-Dame. Chegamos lá ainda antes das 10 horas, e nossa ideia era conhecer o interior que já estava aberto a visitação, e depois subir na torre no primeiro grupo, e assim fizemos.

Casal na Catedral de Notre Dame em Paris

Casal na Catedral de Notre Dame em Paris

Interior da Catedral de Notre Dame

Interior da Catedral de Notre Dame

Depois de uma pequena fila entramos na catedral que realmente impressiona pelo tamanho e beleza. Passeamos pela igreja um pouco, já esticando os olhos para saber exatamente onde era a subida para a torre.

Fomos informados de que a subida ficava na verdade no lado de fora, na lateral da catedral. Já estava no horário e lá fomos nós, super animados para subir os mais de 400 degraus e apreciar nossa primeira vista panorâmica de Paris.

Chegando lá, mesmo tendo o Paris Pass Lib, cartão da cidade criado pelo órgão oficial de turismo da cidade, que dá direito a transporte público e entrada em diversas atrações e museus, ainda assim descobrimos que era necessário fazer uma reserva. Fizemos ali na hora, num terminal que ficava ao lado, mas o horário agendado foi para dali a 45 minutos.

Dicas para Subir a Torre

ATUALIZAÇÃO: Infelizmente no momento não está sendo possível visitar as torres da catedral devido ao incêndio ocorrido em abril de 2019.

Dica 1: Existe um aplicativo [Android|iOS] que você pode baixar no seu celular e assim pode fazer o agendamento antecipado no mesmo dia, mas enquanto ainda está no hotel. Dessa forma você garante que não precisará esperar e na hora marcada basta mostrar o celular com o código da reserva e subir. Se não tiver como usar o aplicativo, priorize a realização do agendamento antes de visitar a catedral por dentro e seus jardins.

Dica 2: Chegue cedo e tente subir na torre nos primeiros horários disponíveis. As escadas e os caminhos pela torre são super estreitos e justamente por isso eles organizam grupos de umas 20 pessoas para subir por vez. O problema é que as pessoas demoram para descer, e acaba acumulando muitas pessoas na torre. Subir logo no começo é garantia de fazer o passeio sem tanta gente, e isso faz toda a diferença.

Claro que não perdemos esses 45 minutos, aproveitamos esse tempo para conhecer os jardins laterais e os fundos da igreja. Vale a pena, mas claro que poderíamos ter gasto menos tempo.

Paris vista da Torre de Notre Dame

Paris vista da Torre de Notre Dame

Curtindo a vista no Alto da Torre de Notre Dame

Curtindo a vista no Alto da Torre de Notre Dame

Enfim chegou a hora de subir a Torre de Notre Dame. Adoramos! A subida é puxada, mas vale a pena. Se você tem condições físicas de encarar, não perca a oportunidade. O visual lá de cima é lindo, uma visão panorâmica de Paris, com destaque para a Torre Montparnasse, a Torre Eiffel, o Rio Sena e a Basílica de Sacre Coeur.

Champs-Élysées

Saímos de lá já um pouco atrasados em relação a nossa programação inicial. Um trecho que faríamos andando, decidimos ganhar tempo e economizar as pernas pegando um transporte público. Descemos em uma estação próxima da Ponte Alexandre III e seguimos nosso roteiro caminhando entre o Grand Palais e o Petit Palais.

Enfim chegamos na famosa Champs-Élysées por onde caminhamos um pouco. Muitas lojas famosas e opções de restaurantes, sem falar naquele visual já tão conhecido de fotos e filmes mas ainda assim imperdível.

Se você espera muitas dicas de comida, infelizmente ficaremos te devendo. Normalmente priorizamos o tempo e o custo, e acabamos optando por comer em fast food na maioria dos casos. Nesse dia encontramos um McDonald's dentro de uma galeria.

Museu do Louvre

Pirâmide Invertida no Museu do Louvre

Pirâmide Invertida no Museu do Louvre

Já alimentados, seguimos de metrô para o museu do Louvre nossa atração principal da tarde. Descemos na estação Palais Royal Musée du Louvre que te permite chegar ao museu por baixo, evitando aquela enorme fila que normalmente se forma na parte de cima, em frente a pirâmide.

Mais uma vez usamos nosso Paris Pass Lib (compre aqui) para entrar no museu e seguimos um roteiro que priorizava algumas obras em particular. Claro, que enquanto andávamos em buscas desses pontos, apreciávamos tudo que encontrávamos no caminho. O próprio mapa do Louvre destaca alguns pontos.

Nós não somos grandes entendedores de arte e não tínhamos tanto tempo disponível. Quem pretende realmente explorar o Louvre e apreciar com calma as principais obras precisa separar um dia inteiro para a visita. Não tínhamos esse tempo e focamos na Venus de Milo, Mona Lisa e nos Aposentos de Napoleão.

Venus de Milo

Encontramos rapidamente a estátua grega, localizada numa área do museu repleta de outras estátuas, não tão famosas, mas de igual ou maior beleza. Enfrentamos a multidão e conseguimos até tirar uma foto bacana para registrar o momento.

Registrando a Vênus de Milo no Louvre

Registrando a Vênus de Milo no Louvre

Interior do Museu do Louvre

Interior do Museu do Louvre

Em seguida pretendíamos visitar os aposentos de Napoleão e caminhamos bastante seguindo o mapa. Nossa busca nos levou a áreas muito interessantes, com obras de artes de diferentes tipos. Alguns espaços do museu são belos por si só, pela arquitetura em si.

O Louvre é realmente enorme, é preciso planejamento para facilitar a sua visita. A Fernanda que também escreve aqui no blog tem um artigo ótimo com todos os detalhes que você precisa saber para organizar sua visita ao Louvre.

Não conseguimos visitar os aposentos de Napoleão pois essa área estava isolada. Tentamos chegar de várias formas e perdemos um bom tempo com isso, até percebermos que de fato não estava disponível.

Já contratou o Seguro Viagem?

Você sabia que quando se viaja para a Europa a contratação de um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros é obrigatória? Então, faça agora mesmo uma cotação na Seguros Promo e escolha entre as melhores seguradoras sempre com o melhor custo benefício. Aproveite essa oportunidade e tenha 5% de desconto utilizando o nosso cupom: PARAVIAGEM05.

» Quer encontrar um seguro viagem barato de verdade? Nesse artigo você conhecerá uma ferramenta que te ajuda a encontrar o seguro ideal para sua viagem pelo menor preço!

Mona Lisa

Mona Lisa no Museu do Louvre

Mona Lisa no Museu do Louvre

Seguimos então em direção a um dos quadros mais conhecidos do mundo, obra do fantástico Leonardo da Vinci. Muitos falam que a Mona Lisa decepciona, por ser pequena demais. De tanto que ouvi isso, esperava um porta retrato, mas até que não achei o quadro assim tão pequeno. A questão é que ela fica sozinha numa parede enorme, com um cordão de isolamento para não se chegar muito perto, então acho que ela acaba aparentando ser ainda menor.

Gostei do quadro e do fato de poder vê-lo pessoalmente. Depois de enfrentar a multidão, até conseguimos uma foto bem próximos a Mosa Lisa.

Bom, agora sim era hora de conhecer a pirâmide de vidro, na parte de cima, ao ar livre. Deixamos esse momento mais para o final da tarde de propósito, com o Sol já mais baixo a luz fica perfeita para as fotos. Seguimos pelos Jardins das Tulherias e sentamos em frente a uma fonte. O clima é super agradável.

Pôr do Sol na Pirâmide do Louvre

Pôr do Sol na Pirâmide do Louvre

Deitada na Grama nos Jardins das Tulherias

Deitada na Grama nos Jardins das Tulherias

Antes de seguir para o nosso próximo ponto de interesse, tivemos que dar uma fugida na estação de trem para fazer as reservas do TGV que nos levaria a Munique em alguns dias. Imprevistos a parte, que pretendo contar melhor num outro artigo sobre viagem de trem na Europa, importante registrar que acabamos perdendo um tempo não programado no nosso roteiro.

Galeria Lafayette

Bom, enfim fomos a Galeria Lafayette. Gostaríamos de ter chegado com antecedência, a tempo de conhecer o terraço e apreciar a vista. Não foi possível devido ao horário, mas conseguimos entrar e passear pela galeria. É um shopping de vários andares com uma área central muito bonita. Vale a pena a visita.

Antes de encerrar nosso dia ainda fomos na Ópera Palais Garnier. Fica ali bem pertinho e de lá pegamos o metrô para o hotel. O prédio é belíssimo e a noite fica todo iluminado. Existe um tour mas não tivemos tempo de fazer. Fiquei com bastante vontade de conhecer por dentro, quem sabe num outra oportunidade.

Roteiro Paris: Dia 3

O nosso terceiro dia ficou todo reservado para fazer um passeio bate e volta a uma região que fica apenas 45 minutos de trem do centro de Paris.

Disneyland Paris

Visitar a Disneyland de Paris foi um dos principais argumentos que me fez convencer a Jaque a topar essa viagem. Eu gosto muito, mas ela é realmente louca pela Disney e parques temáticos em geral.

Nosso desafio era visitar os dois parques no mesmo dia. Existe um ingresso justamente para esse caso e foi o que fizemos, na parte da manhã conhecemos o Walt Disney Studios, e a tarde o Disneyland Paris.

Torre do Terror no Walt Disney Studios

Torre do Terror no Walt Disney Studios

Castelo da Disneyland Paris

Castelo da Bela Adormecina na Disneyland Paris

Vou deixar a própria Jaque contar como foi nossa experiência e dar sugestões para uma visita perfeita a Disneyland Resort Paris, mas já adianto que nossas dicas são fundamentais para quem quer aproveitar ao máximo seu tempo na versão europeia da Terra do Mickey.

Roteiro Paris: Dia 4

Esse foi certamente o meu dia preferido em Paris, e talvez um dos melhores de toda a viagem. Deu tudo certo, o dia estava lindo e os locais que visitamos eram incríveis, alguns superando a nossa expectativa.

Champ de Mars

O ponto de partida foi o Champ de Mars, uma enorme área verde bem em frente a Torre Eiffel. É um local perfeito para um passeio a dois, ainda mais no início do dia quando o lugar está mais vazio e o Sol num ângulo perfeito para as fotos.

Champ de Mars e Torre Eiffel

Champ de Mars e Torre Eiffel

Beijo em frente a Torre Eiffel

Beijo em frente a Torre Eiffel

Seria um ótimo momento para subir na torre, mas desistimos. A melhor estratégia é comprar o seu ingresso para a Torre Eiffel online, assim poder reservar dia e horário para sua subida com prioridade. Comprando o ingresso na hora normalmente se perde muito tempo esperando, não só pela fila, mas porque todas as pessoas que tem o ingresso com o horário reservado passam na sua frente.

Tentamos comprar o ingresso pelo site cerca de 20 dias antes da viagem, mas já estavam esgotados. Organize-se e compre seu ingresso com muita antecedência. Recomendo uns 2 meses para ter certeza que não terá imprevistos.

City Tour

Nosso cartão de Paris dava direito a um dia usando o ônibus Hop On Hop Off e foi justamente nesse momento que o utilizamos. Pegamos o City Tour no pé da torre e fizemos uma volta quase que completa na linha que passa pelos principais pontos de interesse.

O City Tour é perfeito para saber o que fazer em Paris

City Tour Hop On Hop Off em Paris

Acabamos não usando essa opção de descer e retornar ao ônibus nessa oportunidade. Nosso objetivo foi mesmo passear pela cidade com a vista panorâmica do ônibus e ouvir o áudio guia em português que conta toda a história e curiosidades do local.

Valeu muito a pena, mas é importante ficar atento ao clima. Não tivemos problema com chuva, mas o dia estava frio e o vento jogava a sensação térmica lá pra baixo. É importante estar vestido apropriadamente para curtir ao máximo o passeio.

Arco do Triunfo

Saltamos na Champs-Élysées já bem pertinho do Arco do Triunfo e para lá fomos. Me surpreendi com o tamanho do arco, ele é realmente enorme e lindo. Depois de várias fotos, pegamos o túnel que nos leva para a parte central e lá fomos para a entrada.

Por termos o Paris Pass Lib (veja o preço aqui) não precisamos enfrentar a enorme fila e fomos direto para o detector de metais. Esteja pronto para encarar muitos degraus até chegar lá no alto.

Não sabia muito bem o que esperar, mas adorei essa visita ao interior e terraço do Arco do Triunfo. O ponto alto é certamente quando você chega ao topo e pode apreciar a vista de Paris. Ele não é tão alto quantos outros pontos da cidade, mas ainda assim a vista é belíssima.

Arco do Triunfo em Paris

Arco do Triunfo em Paris

Torre Eiffel vista do Arco do Triunfo

Torre Eiffel vista do Arco do Triunfo

Além de ver os principais pontos da cidade com uma vista panorâmica, a sua localização central em meio a diversas avenidas torna a experiência ainda mais interessante. É aquela coisa, se você tem perna pra subir os degraus, vale muito a pena a visita.

Sacré Coeur

Nesse momento decidimos fazer uma alteração em nosso roteiro. Antecipamos nossa ida a Basílica de Sacré Coeur, que só ocorreria a noite, após o pôr do Sol. Tínhamos ganho um certo tempo e queríamos tentar fechar o dia um pouco mais cedo, para descansar.

Nessas horas é é super importante ter uma conexão de internet no celular. Usamos o Google Maps para pesquisar a melhor forma de nos deslocarmos até a basílica usando o transporte público. Entre as opções disponíveis o metrô era a que demoraria menos tempo.

Internet no celular durante a viagem

Não dá mais pra viajar para o exterior sem internet no celular. Para fugir das altas tarifas das operadoras a melhor solução é comprar um chip internacional antecipadamente e já chegar no destino com tudo funcionando. A Easysim4u oferece planos sob medida na Europa com conexão de internet 4G franquias proporcionais ao número de dias do pacote. Compre com 10% de desconto usando o nosso cupom exclusivo: PARAVIAGEM10.

Foi o que fizemos, pegamos o metrô e em alguns minutos já estávamos nos arredores da igreja. Fique atendo pois nessa área existem muitas lojinhas interessantes para comprar bugigangas. De uma forma geral, os preços serão mais interessantes do que em outras áreas mais centrais e turísticas.

Depois de comprar umas lembrancinhas, fomos para o funicular que te deixa lá no alto, pertinho da basílica. Também é possível subir as escada, mas já estávamos economizando nossas pernas sempre que possível. Além do mais, a subida pelo funicular já estava incluída no passe de transporte que acompanha o Paris Pass Lib (compre aqui).

Basílica de Sacre-Coeur em Paris

Basílica de Sacre-Coeur em Paris

Vista de Paris na Basílica de Sacre Coeur

Vista de Paris na Basílica de Sacre Coeur

Lá no alto, e com uma bela vista da cidade, restavam poucos degraus para subir. A Basílica de Sacré Coeur é enorme e lindíssima, por dentro e por fora. Destaque para o teto do altar e para a cúpula central.

Mur des Je t'aime

Nosso próximo destino era o Mur des Je t'aime, ou murro do eu te amo. Fica ali bem pertinho, descendo o funicular algumas quadras a direita, perto da estação de metrô. Não iria lá apenas para conhecer, mas ficou super rápido de incluir no roteiro.

Dentro de um pequeno parque, exite o muro com a expressão eu te amo escrita em diversos idiomas. É um lugar romântico que garante sempre ótimas fotos.

Pantheon

Tínhamos um local escolhido para estar durante o pôr do Sol e não podíamos perder muito tempo. Seguimos de metrô para uma outra área da cidade onde fica o Pantheon. Confesso que não tinha lá muita expectativa para conhecer esse lugar mas realmente valeu muito a visita.

O fato de ter o Paris Pass Lib (veja o preço aqui) te permite essas gratas surpresas. Como o cartão já inclui a entrada de diversas atrações, tentei encaixar no roteiro o máximo de experiências. O Pantheon entrou justamente por isso e o lugar é incrível.

Casal no Pantheon de Paris

Casal no Pantheon de Paris

Jardins de Luxemburgo em Paris

Jardins de Luxemburgo em Paris

Em seguida passamos pelos Jardins de Luxemburgo. Melhor do que tentar explicar é mostrar as fotos de lá. Chegamos no final da tarde e o parque estava cheio de pessoas num clima super agradável.

Torre Montparnasse

Depois de curtir os jardins e tirar muitas fotos, seguimos para nosso último ponto de interesse do dia, de onde pretendíamos assistir ao pôr do Sol, a Torre Montparnasse.

Foi super tranquilo, chegamos e praticamente não tinha fila. Pegamos nossos ingressos e subimos para o terraço. A visual é maravilhoso, certamente a melhor vista de Paris. As proteções são de vidro o que facilita muito a visibilidade e tem até uns vãos para quem gosta de filmar e tirar fotos. Ficamos ali durante todo o pôr do Sol e presenciamos um verdadeiro espetáculo.

Cidade de Paris vista da Torre Montparnasse

Cidade de Paris vista da Torre Montparnasse

Pôr do Sol em Paris visto da Torre Montparnasse

Pôr do Sol em Paris visto da Torre Montparnasse

Já de noite, não fomos embora até que a Torre Eiffel, já acessa, começasse seu pisca pisca, que acontece de hora em hora. Enfim, descemos e seguimos de metrô para o hotel, super cansados.

Roteiro Paris: Dia 5

Reservamos o nosso último dia em Paris para fazer um dos passeios mais conhecido e procurado pelos turistas que visitam a capital francesa.

Palácio de Versalhes

O Château de Versailles fica à pouco mais de 50 minutos de Paris, viajando de trem. É importante chegar bem cedo para evitar filas. Não ficamos até muito tarde, pois nesse dia ainda tínhamos um trem com destino à Munique, dando continuidade a nossa EuroTrip.

Para uma visita perfeita ao palácio é importante ter atenção em muitos detalhes, desde o meio de transporte para chegar ao local, o dia da semana que será feita a visita, o horário ideal de chegada, etc.

Minha prima Fernanda, que também escreve aqui no blog, publicou um artigo super completo com tudo que você precisa saber para aproveitar ao máximo sua visita ao Palácio de Versalhes.

Palácio de Versalhes

Entrada do Palácio de Versalhes

Jardins do Palácio de Versalhes

Jardins do Palácio de Versalhes

Não faria sentido escrever um outro texto, certamente bem menos completo já que nossa visita foi bem corrida. Recomendo então essa leitura e apenas acrescento alguns detalhes sobre os jardins do palácio.

Jardins de Versalhes

Para acessar os enormes jardins será preciso pagar um valor adicional de 9,50 euros nos dias em que o show musical das fontes acontece, terça-feira, sábado e domingo. Vale a pena priorizar esses dias uma vez que o visual fica muito mais interessante com as fontes ligadas. Mas fique atento aos horários. No final de semana o show ocorre das 11:00 às 12:00 e 15:30 às 17:00. Já na terça-feira, apenas o horário da tarde muda, iniciando as 14:30 e terminando às 16:00.

Vale ressaltar que seria possível fazer na noite desse dia o que fizemos no nosso primeiro dia na cidade, por isso digo que esse roteiro poderia perfeitamente atender a quem tem 4 dias inteiros em Paris.

Esse foi um roteiro que tentou aproveitar ao máximo o nosso tempo na cidade. Pode se encaixar perfeitamente para viagens de casais ou de amigos. Agora se você pretende viajar para Paris com crianças vale a pena dar uma olhada no roteiro da Renata, do blog Viagem em Detalhes, que esteve por lá com seu filho.

Hospedagem

Para garantir que o seu roteiro funcione bem, é importante explicar um pouco sobre os áreas da cidade e quais são os melhores lugares para se hospedar. Já escrevi um artigo com dicas sobre onde se hospedar em Paris com um mapa mostrando da cidade e as regiões de hospedagem que considero mais interessantes.

Além de escolher um bairro bem localizado, algumas outras dicas são muito importantes:

Dica 1: Escolha um hotel que fique muito próximo a uma estação de metrô. Não será difícil, já que Paris tem uma quantidade enorme de linhas e estações de metrô espalhadas pela cidade.

Estação de Metrô Grands Boulevards

Estação de Metrô Grands Boulevards

Dica 2: Priorize uma estação de metrô que seja possível se deslocar para uma estação de trem diretamente, sem baldeação. Supondo que você irá usar o transporte público não só durante a viagem mas também para se deslocar para a estação de trem e/ou aeroporto, evitar fazer baldeações quando estiver com malas é fundamental.

Algumas linhas de metrô de Paris são muito profundas e para retornar a superfície é necessário encarar vários lances de escada. Poucas são as vezes que existem escadas rolantes, e mesmo que existam, podem não ser na saída que você precisa pegar. Trocar de metrô pode parecer fácil quando se está pesquisando a viagem, mas na prática poderá exigir subir e descer vários lances de escada, e fazer isso com mala é sempre complicado e cansativo.

Ainda não reservou seu Hotel?

A melhor forma de escolher onde se hospedar em sua próxima viagem é pesquisando em sites comparadores como o Booking e o Hoteis.com. De forma rápida você consegue comparar vários hotéis que se encaixam no seu perfil, avaliar as qualificações dadas por outros hóspedes e assim achar um local bacana que cabe no seu bolso.

Dica de Hotel

Nos hospedamos no Hotel Victoria e nossa estadia foi bem satisfatória. A localização era ótima, atendia a dica 1, pois ficava muito próximo da estação de metrô Grands Boulevards, embora não fosse possível ir direto para uma estação de trem a partir dela.

O hotel é antigo, mas tem elevador e os quartos já foram reformados. Percebemos alguns detalhes mas consideramos boa nossa estadia. Banheiro pequeno mas novinho, cama confortável e até o café da manhã superou nossa expectativa. Super básico, mas gostoso. Tinha croissant e algumas outras opções de pães, suco, café e coisinhas para passar na comida como manteiga e geleia. Não tinha frios nem bolos nem frutas, mas o que tinha foi suficiente.

Enfim, o hotel não tinha luxo nenhum, mas o custo benefício foi muito bom. Se encaixou perfeitamente no nosso roteiro em Paris e não tivemos nenhum imprevisto, por isso recomendamos.

E você, tem alguma dica de hospedagem? E as atrações, você tem mais alguma dica sobre o que fazer em Paris que não está em nosso roteiro? Deixe um comentário.

Agradecemos ao ParisInfo, escritório de turismo que nos ofereceu o cartão da cidade, e ao observatório da Torre Montparnasse, que nos convidou para conhecer a melhor vista de Paris.

Vai Viajar?

 Encontre o hotel perfeito para sua próxima viagem com garantia do menor preço. O nosso blog tem parceria com o Booking, serviço que te ajuda a comparar preços de hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura. Você ainda pode fazer uma reserva com a opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in. Garanta sua reserva de hotel agora mesmo.

 Antes de alugar um carro, faça uma comparação entre as principais locadoras do Brasil e do mundo. A nossa parceira RentCars te ajuda nessa busca de preços e oferece todas as opções de forma rápida e segura. A cobrança poderá ser feita em reais, sem IOF. Divida em até 12 parcelas no cartão de crédito ou aproveite um desconto de 5% no boleto bancário. Compare os valores e economize.

 Não esqueça do seguro viagem. Economize tempo e dinheiro fazendo uma cotação na Seguros Promo. Encontre os melhores planos das principais seguradoras por preços imbatíveis. Pagamento no cartão de crédito em até 12 parcelas ou com desconto no boleto bancário. Ganhe 5% de desconto adicional comprando seu seguro com nosso cupom de desconto: PARAVIAGEM05.

 Compre um chip internacional e se mantenha conectado durante sua viagem. A Easysim4u oferece planos sob medida na Europa com conexão de internet 4G franquias proporcionais ao número de dias do pacote. Você recebe o chip em sua casa, de forma antecipada, e chega em seu destino com tudo funcionando. Compre com 10% de desconto usando o nosso cupom exclusivo: PARAVIAGEM10.

 Compre ingressos para atrações, shows, espetáculos, eventos, tours, passeios e muitas outras experiências com a GetYourGuide. A empresa, presente nos principais destinos, oferece vantagens como a garantia do menor preço e a possibilidade de reserva online antecipada, garantindo seus bilhetes antes da viagem.

 Encontre as melhores datas para a sua próxima viagem e economize na hora de comprar as passagens aéreas. Usando a plataforma do Passagens Promo você pode pagar com cartão de crédito em parcelas sem juros e sem cobrança de IOF. A empresa conta ainda com selo de qualidade no atendimento. Agora não tem mais desculpe, partiu Paris!

Reservando com nossos parceiros, além de garantir o menor preço e um serviço de qualidade, você também ajuda a manter o blog e nos motiva a produzir cada vez mais conteúdo.

Galeria de Fotos:

39 Comentários
  1. Luana Prazeires

    Amei! Estamos indo semana que vem e vocês estão nos ajudando! Obrigada!
    Parabéns pela viagem e trabalho! 😍

  2. Analucia

    Ótimo roteiro, irei em junho de 2018, me ajudou muito , parabéns!!!!!

    • Rafael Miranda

      Olá Analucia.
      Fico feliz que nosso roteiro tenha ajudado no planejamento da sua viagem.
      Aproveite bastante e depois volta para contar como foi.

    • ana verônica aguiar

      olá Analucia

      também estou indo em junho.
      pela cvc
      vc mora em que cidade?
      comprei um circuito, mas como não estão incluídos alguns passeios e teremos um dia e meio livres, estou querendo conhecer a torre rsrs, o bairro montmartre, andar na champs elylées les invalides,, pont neuf, museu louvre, só por fora mesmo, catedral de notre dame, galeries lafayette.

      mas tenho muito receio em pegar trens e metrôs, mais por causa das baudiações.
      vc já conhece paris?
      sou de Natal, RN

  3. Márcio

    Rafael, legal cara suas informações, parabéns, agora vão as perguntas:
    – Sem Francês e inglês somente leitura básica, vamos viver? (Março/18 com minha esposa).
    – Onde comprou o Paris Libpass?
    – O chip de celular é quanto? Onde compro? Se é pela net chega ao Brasil?
    – Cruzeiro no Sena e ônibus panorâmico são ingressos a parte ou brinde junto ao lib pass?

    Desde já agradeço pela paciência!

    • Rafael Miranda

      Olá Márcio.
      Fico feliz que tenha gostado do artigo. Agora respondendo suas perguntas.
      – Eu falo um inglês razoável e me preocupei de aprender algumas coisas básicas de francês antes da viagem. Acho importante você pensar uma forma de se comunicar. A minha dica seria usar soluções tecnológicas, tanto para que você precise conversar o mínimo possível, como para ajudar nessa comunicação.
      – Você pode comprar o Paris Passlib neste site.
      – Eu indico o chip da EasySim4u que pode ser comprado neste link. Basta escolher o DATA PLAN (plano de dados) e selecionar a opção de roaming em 140 países. Ele será entregue em sua residência no Brasil antes da viagem. As instruções chegam por email. O preço depende da quantidade de dias.
      – Quando você compra o Paris Passlib, além do passe para os museus e o ticket do transporte público, você recebe um cartão que da direito ao cruzeiro pelo Sena (1 passeio) e também o ônibus hop on hop off (durante 1 dia).
      Espero ter ajudado. Boa viagem!

  4. Helena

    Boa tarde!Parabéns pelo conteúdo do blog, tem me orientado bastante!
    Iremos (1 casal e 2 crianças de 3 e 8 anos) para Paris em julho de 2018 e planejamos subir a torre de Notre Dame e também o Arco do Triunfo. Sou um pouco caustrofóbica e estou muito preocupada com as escadas… elas são muito apertadas ou sem iluminação natural?
    Agradeço a resposta.
    Abraços!

    • Rafael Miranda

      Olá Helena.
      As escalas são relativamente apertadas, mas não acho que você terá problema.
      Para você ter uma ideia melhor, olha essa foto das escadas de Notre Dame, num ponto onde inclusive tem uma janela. A iluminação é natural e realmente ilumina muito bem o local.
      Já na subida do Arco do Triunfo, se não me engano a iluminação é artificial, mas não fica nada escuro.
      Agora, tem que ver essa questão das crianças. Em Notre Dame principalmente, acho que são muitos degraus para uma criança de 3 anos. Levar no colo, sobrecarrega o adulto. Aí vai depender do preparo físico da pessoa.
      Espero ter ajudado.

  5. Juliana Carneiro

    Olá
    Gostaria de saber informações sobre o tour no estádio do PSG. Já procurei em diversos sites e não consigo a informação correta

    • Rafael Miranda

      Olá Juliana.
      O artigo foi preparado baseado na experiência que tivemos em nossa viagem a Paris. Não visitamos o estádio do PSG então, infelizmente, não consigo te ajudar.

  6. Welington V Braga

    Boa noite!! Que trabalho excelente cara! Adorei e ficou super didático. Vou viajar no final de julho e ficar lá em Paris por 7 noites e 8 dias.
    Vou fazer seu roteiro pq ficou muito bom!
    Parabens

  7. Welington V Braga

    Outra duvida! Comprando o Passlib preciso agendar a visita aos museus ou pode somente ir?

  8. Mariana

    Muito obrigada!Minha viagem para alguns lugares da Europa incluindo Paris será daqui há um ano e meio (muito tempo para planejar rs), ansiosa do jeito que sou já comecei. Listei os lugares que gostaria de ir e me deparei com o que pra mim era muita coisa para cinco dias, já estava desesperada pela possibilidade de não poder ver tudo, mas agora que vi o roteiro de vocês vi que será possível ver tudo, muito obrigada aos por tirar esse peso de minhas costas!

    • Rafael Miranda

      Olá Marina.
      Nosso roteiro nos permitiu conhecer muito de Paris e arredores em poucos dias, mas exigiu bastante organização e estudo prévio.
      Usar o Paris Passlib foi uma coisa que fez muita diferença e nos economizou muito tempo, seja na aquisição de ingressos de cada atração, nos tempos de fila e também na facilidade com o transporte público.
      Sua viagem certamente será um sucesso, começando a planejá-la com tanta antecedência.

  9. Pedro

    Olá!!! vou viajar para Paris em outubro vou ficar 9 dias e, chego la no sabado a noite, queria uma ajuda para planejar o que fazer nos 8 dias, ou uma ajuda de lugares para ir primeiro, se não puder ajudar, desde ja agradeço

    • Rafael Miranda

      Olá Pedro.
      Minha experiência em Paris foi de 5 dias e escrevi esse artigo detalhado compartilhando todo o roteiro justamente para poder ajudar a futuros viajantes. Além do texto, tem um vídeo no começo com também explica tudo sobre nossa passagem por Paris.
      Espero que esse conteúdo te ajude e caso tenha dúvida sobre alguma coisa é só falar.

  10. Jailson Mendes

    Olá, o agendamento para a subida na catedral de notre dame é paga?

    • Rafael Miranda

      Olá Jailson.
      O agendamento é gratuito, seja no toten disponível no local ou no aplicativo, de forma antecipada. A subida na torre da Catedral de Notre Dame é paga, na hora.
      Já o acesso ao interior da catedral é gratuito.
      Espero ter ajudado.

      • Jailson Mendes

        quanto?

        • Rafael Miranda

          Olá Jailson.
          Ideal seria você verificar no site oficial para pegar o preço atualizado e esclarecer eventuais dúvidas.
          No nosso caso não pagamos a subida na torre ali na hora pois já estava incluída no Paris Passlib que utilizamos.
          Pode valer a pena dependendo da quantidade de atrações que você planeja fazer em Paris.

  11. Agnes Faria

    Olá! Amei o roteiro, porém para mim está faltando Monet, rs. Aí sim ficaria completo!
    Daria para incluir em um desses dias?
    Obrigada! Abraços

    • Rafael Miranda

      Olá Agnes.
      O problema de Paris é que são tantas opções que sempre será preciso escolher o que vai entrar no roteiro e o que ficará de fora.
      Essa nossa programação já foi bem corrida, não vejo nenhuma chance de incluir uma experiência adicional. Para incluir Monet certamente teria que abrir mão de alguma outra coisa, ou então ficar mais tempo na cidade.
      Espero ter ajudado!

  12. Bruna

    Olá , gostei muito do roteiro, deu para conhecer vários lugares legais. Nós vamos em 6 pessoas agora no começo de outubro , gostaria de saber da temperatura , não gostaria de levar muitas malas e sinto muito frio, vi que vocês também foram em outubro. Como estava temperatura? Devo levar casaco de frio bem reforçado ou um mais simples dá conta ? Há! Vocês não fizeram o passei do jantar no barco no rio Senna?
    Obrigada. Abraços.

  13. Neide

    Rafael adorei!! Irei no final do ano e estou aproveitando todas as suas dicas. Parabéns!!

  14. Andrea Marcolino

    Olá pretendemos ir em maio de 2019 e amei as dicas de vcs.

  15. ANA LIVIA MACHADO NUNES

    ei, tudo bem?

    qual foi esse passeio guiado em portugues de onibus, poderia nos passar?

    muuito obrigada!

  16. Jairo Almeida

    Olá!
    Pretendo ir a Paris em maio de 2019.
    Gostei muito do seu roteiro, mas percebi que algumas atrações não terei condições de visitar, por problemas com altura.
    E falando nisso, a maioria das estações não tem escada rolante? Nesse caso o único acesso é através de escadas?

    • Rafael Miranda

      Olá Jairo.
      Não sei exatamente o nível do seu problema com altura, mas alguns locais são realmente maravilhosos. Tomara que você consiga visitá-los.
      O metrô de Paris é muito antigo e são poucas ocasiões onde existe a opção de escada rolante. É preciso estar preparado para subir as escadas, e em alguns casos são vários lances, já que a cidade possui diversas linhas em diferentes profundidades.
      Espero ter ajudado.

  17. Rafael Trebbi

    Tudo bem Rafael?

    Como feita a retirada do kit Paris Pass Lib?

    Obrigado

    • Rafael Miranda

      Olá Rafael.
      Ao comprar antecipadamente o seu Paris PassLib você receberá um voucher.
      Basta apresentá-lo no Escritório de Turismo de Paris (Paris Tourism Office) localizado no 29 rue Rivoli 75004. A localização é bem central, fica bem fácil.
      Boa viagem!

  18. MYRIAM DE FIGUEIREDO BETTIO

    Belo trabalho. Ótimas dicas, dividindo experiências, jogo rápido. Gostei de ver que vocês editores, mostram o lugar e não deixam o tempo todo o rosto do apresentador… apenas uns flash. Fazem um documentário bem legal. Quando isso acontece em outros… eu saio.
    Digam que na Europa não tem carregador de malas, alguns hotéis precisarão subir de escadas, que levem pouca bagagem e leve…
    Parabéns!! E que façam outras viagens.

    • Rafael Miranda

      Olá Myriam.
      Que bom que gostou do nosso conteúdo.
      Sobre os hotéis, é verdade. Paris principalmente, por ser uma cidade bem antiga e manter o estilo até hoje, possui muitos hotéis sem muita estrutura.
      Alguns mais antigos não possuem elevador e suas escadas são bem apertadas.
      Mas também tem hotéis já renovados com uma estrutura melhor nesse sentido.
      Obrigado pelo comentário.

  19. ALESSANDRA MARA PESSOA FERNANDES LIMA

    Ola, gostei muito estava perdida por onde começar o roteiro também iremos ficar 05 dias . Viajo agora em outubro voce se lembra como é a estação esta muito frio ? ´chove ?

Totos os direitos reservados