Roteiro África do Sul: Tudo que Você Precisa para Planejar a Viagem

Monte um roteiro completo pela África do Sul, conhecendo a Cidade do Cabo, Joanesburgo, a Rota Panorâmica o e Kruger Park. Veja como foi nossa experiência e confira todas as dicas de viagem.

Curtindo a vista na África do Sul

Curtindo a vista na África do Sul

Estivemos no continente africano em julho de 2019 e montamos um roteiro na África do Sul que foi realmente inesquecível. O país tem diversas áreas de interesse que muitas vezes ficam distantes uma das outras. Por isso é muito importante planejar sua viagem com antecedência para garantir uma ótima experiência.

Em nossa viagem, ficamos 12 dias na África do Sul. Considero essa a quantidade mínima de tempo se o viajante quer explorar a Cidade do Cabo e os arredores de Joanesburgo. Com mais tempo certamente será possível conhecer o país com mais calma e até incluir outras áreas de interesse.

Já publicamos diversos textos que contam como foi nossa experiência em cada momento da viagem. Neste artigo a ideia é amarrar tudo e apresentar um roteiro pela África do Sul bem organizado.

Planejamento de Viagem

Assim que compramos as passagens, no susto devido a uma promoção da Multiplus (agora LATAM Pass), começamos a pesquisar mais a fundo sobre o destino. Logo de cara nos deparamos com um problema inicial.

Nosso voo chegava por Joabesburgo e de fato queríamos conhecer a cidade e também alguns regiões relativamente próximas. Porém, visitar Cape Town era também um ponto prioritário no nosso roteiro, e a cidade fica do outro lado do país.

Fazer uma longa viagem de carro explorando o país seria uma opção até interessante, mas o tempo total que tínhamos era bem limitado. Não restou outra alternativa a não ser incluir um voo interno Joanesburgo x Cidade do Cabo x Joanesburgo.

Avião da Kulula chegando no terminal

Avião da Kulula chegando no terminal

Decidimos comprar as passagens de uma companhia aérea low cost chamada Kulula. Todas as dicas para comprar as passagens e detalhes sobre a experiência você encontra nesse outro artigo.

Um outro cuidado que tivemos foi de não emendar os dois voos, ou seja, o voo internacional com o voo doméstico. Além de ficar muito puxado, seja na chegada ou na volta, ainda existe o risco de acontecerem atrasos e acabarmos perdendo o segundo voo.

A solução foi chegar em Joanesburgo e já aproveitar para fazer parte da programação dessa região. Depois pegar o voo interno da Kulula e seguir para a Cidade do Cabo. Após conhecer todos os pontos do nosso roteiro em Cape Town, voltamos para Joanesburgo. Deixamos um dia extra onde pudemos conhecer a cidade e só depois regressamos ao Brasil.

Roteiro África do Sul

Nossas viagens são realmente bem planejadas. Eu costumo fazer uma planilha bem detalhada com a programação prevista para cada dia. Chego ao cúmulo de colocar os horários que vou chegar e sair de cada atividade.

Entretanto, se engana quem pensa que isso atrapalha a viagem, que tira a nossa liberdade. Embora a gente faça esse planejamento, temos total liberdade para alterar qualquer programação no decorrer da viagem.

Roteiro África do Sul: Cidade do Cabo

Cidade do Cabo vista da Lion's Head

Na verdade, conhecer bem os tempos que cada atividade exige é fundamental para permitir eventuais mudanças. Então, quando você for analisar nosso roteiro na África do Sul, e mais especificamente o nosso cronograma, tente assimilar essas informações para aplicar no seu planejamento.

Abaixo eu vou reproduzir fielmente a planilha que organizei com o nosso planejamento de viagem. É bem verdade que algumas coisas precisaram ser alteradas mas achei mais relevante compartilhar o cronograma original pois ele é o que aproveita da melhor forma o nosso tempo. Siga os links de cada atividade para ver detalhes e dicas específicas.

Dia 1 - Joanesburgo e Rota Panorâmica

Hr InícioHr FinalAtividade
09:20Voo: São Paulo (GRU) x Joanesburgo (JNB)
10:1010:50Aluguel de Carro
10:5012:50Estrada: Joanesburgo x eMalahleni
12:0013:00Almoço: Nando's Highveld Mall
13:0016:00Estrada: eMalahleni x Sabie
16:1516:45Mac Mac Falls
17:1517:45God's Window
17:5018:30Wonder View
19:0019:30Abastecer o Carro / Compras
19:3020:00Check-in: Hotel em Graskop
20:3021:30Jantar em Graskop

Na prática nosso primeiro dia saiu um pouco diferente do planejado.

Já sabíamos que esse seria um dia complicado. Viajamos no inverno, quando a duração dos dias tem menos tempo, ou seja, o pôr do Sol acontece relativamente cedo. Para cumprir esse roteiro teríamos que estar no Wonder View, um dos pontos da Rota Panorâmica, no momento do pôr do Sol.

Por conta disso, para tentar viabilizar esse roteiro, tentamos acelerar ao máximo as etapas anteriores, mas na prática não foi possível. A imigração no país demorou mais do que gostaríamos.

Mão Inglesa na África do Sul

Mão Inglesa na África do Sul

Na hora do aluguel do carro tivemos um imprevisto, foi necessário trocar o veículo, o que nos atrasou bastante. E ainda gastamos bem mais tempo do que imaginávamos buscando um local para fazer o câmbio na África do Sul.

O resultado é que tivemos que desistir de visitar esses 3 primeiros pontos da Rota Panorâmica e fomos direto para o nosso hotel em Graskop. Essa era, na verdade, uma possibilidade já considerada. Gostaríamos de já adiantar parte da Rota neste dia, mas acabou não sendo possível. Faz parte.

Dia 2 - Rota Panorâmica e Greater Kruger

Hr InícioHr FinalAtividade
07:00Check-out: Hotel em Graskop
07:1007:30The Pinnacle Rock
07:4008:10Lisbon Falls
08:2008:50Berlin Falls
09:2010:00Bourke's Luck Potholes
10:1510:45Lowveld View
11:1011:40Three Rondavels View Point
12:0012:30Upper Lookout (Blyde Canyon)
12:4514:00Almoço: Kadisi Restaurant
14:0015:30Entrada: Rota Panorâmica x Kapama Southern Camp
15:3016:00Check-in: Kapama Southern Camp
16:0019:00Safari em Reserva Privada do Kruger
19:3021:00Jantar no Lodge

Esse foi um dos melhores dias de toda a viagem. Fizemos duas programações fantásticas e o planejamento foi fundamental para que tudo desse certo.

Além de toda a programação da Rota Panorâmica que já tínhamos, ainda ganhamos 3 pontos que não foi possível fazer no dia anterior. Fato que não seria possível conhecer todos os pontos. Nosso limite de horário era o check-in na reserva do Kapama, no final da tarde.

Foto perfeita em Three Rondavels

Foto perfeita em Three Rondavels

Jaque diante do Blyde River Canyon

Jaque diante do Blyde River Canyon

Sabendo disso fizemos o melhor possível considerando os pontos mais interessantes e os que dariam melhor visibilidade dentro da Rota Panorâmica. Foi incrível, o lugar é maravilhoso e imperdível. Já temos um artigo completo aqui do blog com todos os detalhes desse trajeto.

Conseguimos chegar no Kapama Southern Camp a tempo de fazer nosso primeiro safari na África do Sul. Clicando nos links você pode conferir todos os detalhes dessa experiência.

Ainda não reservou seu Hotel?

A melhor forma de escolher onde se hospedar em sua próxima viagem é pesquisando em sites comparadores como o Booking e o Hoteis.com. De forma rápida você consegue comparar vários hotéis que se encaixam no seu perfil, avaliar as qualificações dadas por outros hóspedes e assim achar um local bacana que cabe no seu bolso.

Uma vantagem enorme da reserva privada do Kapama, dentro desse roteiro, é o tempo de deslocamento do final da Rota Panorâmica até ela. Outras reservas ficam mais distantes, assim como o próprio Kruger National Park. Seria inviável chegar a tempo de fazer o safari do final da tarde, ou então teríamos que abrir mão de boa parte da Rota.

Dia 3: Greater Kruger

Hr InícioHr FinalAtividade
05:3006:00Acordar
06:0006:30Chá, café e biscoitos
06:3009:00Safari em Reserva Privada do Kruger
09:0010:00Café da manhã completo
13:0014:00Almoço no Lodge
15:3016:00Chá da tarde
16:0019:00Safari em Reserva Privada do Kruger
19:3021:00Jantar no Lodge

Nossa programação neste dia foi basicamente definida pelo Kapama Southern Camp. O lodge fica dentro da reserva privada do Kapama, que faz parte do Greater Kruger. O lugar é simplesmente fantástico. Você pode ver todos os detalhes dessa experiência nos artigos sobre o assunto já publicados aqui no blog.

Safari na Reserva do Kapama

Safari na Reserva do Kapama

Família de Girafas no Kapama

Família de Girafas no Kapama

Rinoceronte no Safari do Kapama

Rinoceronte no Safari do Kapama

Elefante Cruzando a Estrada do Kapama

Elefante Cruzando a Estrada do Kapama

Vale lembrar que esses horários se referem a programação de inverno do Kapama. No período do verão, como o nascer e pôr do Sol possuem um horário um pouco diferente, a programação também é alterada.

Dia 4: Greater Kruger e Echo Caves

Hr InícioHr FinalAtividade
05:3006:00Acordar
06:0006:30Chá, café e biscoitos
06:3009:00Safari em Reserva Privada do Kruger
09:0009:45Café da manhã completo
09:4510:15Check-out: Kapama Southern Camp
10:3012:00Estrada: Kapama x Echo Caves
12:0013:00Echo Caves
13:0014:00Estrada: Echo Caves x Lydenburg
14:0015:00Almoço
15:0019:00Estrada: Lydenburg x Ukutula
19:0019:30Check-in: Ukutula Lodge
20:0021:00Jantar

Depois de 2 noites hospedados dentro do Kruger, fizemos nosso último safari na África do Sul pela manhã e tivemos que nos despedir do Kapama. Foi incrível!

Roteiro África do Sul: Echo Caves

Caminhando pelas Echo Caves na África do Sul

No trajeto de volta, aproveitamos para visitar as Echo Caves, cavernas que muitas vezes são incluídas dentro da Rota Panorâmica. No nosso caso, para uma melhor organização do roteiro na África do Sul, optamos por visitá-la nesse momento. Clica no link e confere como foi a nossa experiência por lá.

Havíamos nos programado para almoçar numa cidade chamada Lydenburg, mas como nossa saída do Kapama e o passeio pelas cavernas atrasou, acabamos comendo antes desse ponto. Não sei o nome do lugar, mas achamos um fastfood local em um posto de gasolina. Valeu a pena, comida boa, barata e com isso ganhamos tempo para seguir viagem.

A parte da tarde e noite foi de estrada. Dirigimos bastante seguindo de volta para os arredores de Joanesburgo. Mas ainda não seria o momento de visitar uma das maiores cidades da África. Fomos direto para o Ukutula, localizado ao norte de Joburg.

Dia 5: Ukutula e Cidade do Cabo

Hr InícioHr FinalAtividade
07:3008:00Acordar
08:0010:00Bush Walk com Leões
10:0012:00Tour de Interação com Predadores
12:0012:20Check-out: Ukutula Lodge
12:3013:30Almoço em Brits
13:3015:00Estrada: Ukutula x Aeroporto de Lanseria
15:0015:30Devolver o Carro Alugado
15:5016:20Check-in no balcão da Cia Aérea
16:2017:00Terminal de Embarque
17:1019:15Voo: Joanesburgo (HLA) x Cidade do Cabo (CPT)
19:3520:10Alugar o Carro
21:0021:30Check-in no President Hotel

O primeiro ponto a explicar é sobre o Ukutula. Embora tenha algumas acomodações e seja possível se hospedar no local, o principal atrativo da reserva são os felinos, em especial os leões.

Para sincronizar o nosso roteiro na África do Sul da melhor forma, conseguimos chegar no dia anterior e passar a noite lá. Só que uma coisa é receber hóspedes eventualmente e outra é funcionar como um hotel. Quando chegamos a noite o local já estava fechado. Acabamos conseguindo entrar depois de buscar contato de várias formas mas é importante saber que existem horários restritos para quem pretende se hospedar por lá.

Pela manhã, acordamos e fomos, enfim, conhecer o local. Toda a nossa experiência de interação com os leões no Ukutula está descrita detalhadamente neste outro artigo. Confere lá pois foi um momento muito marcante e inesquecível.

Bush Walk With Lions

Bush Walk With Lions

Selfie Filhote de Leão no Ukutula

Selfie Filhote de Leão no Ukutula

A tarde, pegamos estrada até o aeroporto de Lanseria, ao norte de Joanesburgo. Neste roteiro, pegar o voo para Cape Town neste aeroporto facilitou bastante pela proximidade. Embora a programação fosse almoçar na cidade de Brits, acabamos seguindo diretamente para o aeroporto.

Devolvemos o carro alugado na África do Sul em Lanseria e, já com tempo garantido para o voo, almoçamos no aeroporto.

Com cerca de 2 horas de voo chegamos na Cidade do Cabo. Alugamos um novo veículo, novamente com imprevistos, e finalmente fomos para o President Hotel, em Sea Point. Nesse dia só houve tempo para pedir comida e dormir.

Dia 6: Cidade do Cabo

Hr InícioHr FinalAtividade
07:0007:30Café da manhã
07:4007:50Maiden's Cove Braai Area
08:1508:45Chapmans Peak Drive
09:3010:15Cabo da Boa Esperança
10:3012:00Cape Point
12:3012:45Castle Rock / Milers Point Tidal Pool
13:0014:30Almoço
14:3015:30Boulders Beach
16:0016:40Chapmans Peak
17:2018:30Camps Bay
19:0020:30Hard Rock Café

O passeio para conhecer o Cape of Good Hope exige um dia todo, manhã e tarde. Dependendo da programação, até pode ser possível incluir algo para fazer a noite.

O mais importante é escolher um dia de tempo bom para essa programação. Nossa passagem por Cape Town estava repleta de períodos de instabilidade, então, como o tempo no nosso primeiro dia estava ok, decidimos garantir logo esse passeio.

Roteiro África do Sul: Chapman's Peak Drive

Chapman's Peak Drive

Mas a verdade é que haviam muitas nuvens e grande probabilidade de chuva no final do dia. Por esse motivo acabamos alterando bastante nossa programação. A Chapman's Peak Drive, por onde passaríamos direto na ida e só explorar na volta, acabou sendo explorada na ida. Preferimos garantir já que não estava chovendo naquele momento. Com isso acabamos atrasando um pouco nossa programação, mas nada que comprometesse o roteiro.

Alugar um carro pode ser uma ótima opção

A melhor forma de explorar um novo destino, com liberdade total, é alugando um carro. Em muitos casos você poderá economizar, evitando despesas com translados e deslocamentos em geral. Será que vale a pena? Faça uma cotação online na RentCars e encontre as menores tarifas entre as principais locadoras. Você tem a vantagem de poder pagar em reais, sem IOF, e ainda parcelar no cartão.

Vale lembrar que dirigir na África do Sul exige alguns cuidados adicionais, muito devido a mão inglesa. Não deixe de ler o nosso artigo exclusivo sobre esse tema, com várias dicas e detalhes que precisam de atenção.

Enfim, chegamos ao Cabo da Boa Esperança e exploramos algumas trilhas por lá. Depois seguimos até Cape Point, onde subimos usando o funicular. Adoramos conhecer esse local.

Pinguins nas areias de Boulders Beach

Pinguins nas areias de Boulders Beach

No caminho de volta paramos em Boulders Beach, local onde existe uma colônia de pinguins. Antes de apreciar os animais, almoçamos num bom restaurante. Depois de gastar as câmeras fotográficas com nossos amigos pinguins, fizemos mais uma alteração no roteiro.

Como o tempo já estava bem fechamo, e já começando a chuviscar, desistimos de voltar pela Chapman's Peak Drive. Abortamos também o pôr do Sol em Camps Bay e a programação noturna no Hard Rock Cafe.

Preferimos ir até Muizenberg Beach, uma praia que fica no caminho de volta e que é muito famosa por ter diversas casinhas coloridas. Não é nada demais, mas o visual é bacana. Depois voltamos para o hotel.

Todo o roteiro e detalhes da nossa programação estão disponíveis no artigo exclusivo sobre o Cabo da Boa Esperança. Não deixe de conferir.

Dia 7: Cidade do Cabo

Hr InícioHr FinalAtividade
07:3008:15Café da manhã
08:3009:00Retirar bicicletas no UpCycle Sea Point
09:1009:30Graaf's Pool
09:4010:00Rhinosaurus
10:1010:30Mandela Glasses
10:4011:00Green Point Lighthouse
11:1011:30Shipwreck - RMS Athens
11:4513:00Tour no Estádio da Copa
13:1513:30Devolver bicicletas no UpCycle Silo 5 (V&A)
13:4515:00Almoço no V&A Waterfront
15:1517:00Two Oceans Aquarium
17:0018:00The Cape Wheel (roda gigante)
18:0019:30V&A Waterfront
19:3020:15Comidinhas no V&A
20:3020:50Uber: V&A x President Hotel

Essa programação era perfeita. Começar o dia em Sea Point, alugar uma bicicleta e percorrer a orla. Fazer o tour pelo Estádio da Copa do Mundo de 2010 e devolver as bikes no V&A. Almoçar e passar a tarde por lá conhecendo várias atrações.

Pena que a chuva mudou completamente nossa programação. Desistimos de fazer o passeio de bicicleta em Cape Town (acabamos fazendo no último dia) e usamos o ônibus de turismo para ir até o estádio. O tour no Gren Point Stadium foi legal, mas pegamos num dia de evento quando sua duração é bem reduzida.

Jaque na Frente do Green Point Stadium

Jaque na Frente do Green Point Stadium

No túnel do tanque de arraias

No túnel do tanque de arraias

No V&A Waterfront aproveitamos bastante o Two Oceans Aquarium, uma das melhores partes desse dia chuvoso.

Escrevi um artigo contando detalhadamente como foi o nosso roteiro num dia de chuva em Cape Town. Durante o planejamento, é importante também ter um plano B no caso de imprevisto, então recomendo a leitura.

Dia 8: Cidade do Cabo

Hr InícioHr FinalAtividade
07:2008:00Café da manhã
08:0008:30Check-out no President Hotel
09:2011:20Cape Town Ziplines SA Forest Adventures
11:4013:00Bay Harbour Market (Hout Bay)
13:0014:00Almoço em Bay Harbour Market
14:2016:00Groot Constantia
16:3018:00Kirstenbosch National Botanical Garden
18:4019:30Check-in no Grand Daddy Hotel
20:0021:30Jantar no Mama Africa

Mais uma vez a chuva complicou o nosso roteiro. Dessa vez o dia já amanheceu chovendo e nossa primeira programação já ficaria comprometida. A ideia era fazer uma tirolesa mas era preciso um tempo estável para aventura. Acabamos descansando um pouco mais e aproveitando melhor o ótimo café da amanhã do President Hotel.

Descendo de Tirolesa em Cape Town

Descendo de Tirolesa em Cape Town

Seguimos para a feirinha de Hout Bay e conseguimos comprar muitas coisas legais por ótimos preços. Na saída, já depois de várias pancadas de chuva, o tempo abriu e consideramos a possibilidade de, enfim, fazer a tirolesa.

Entramos em contato com a SA Forest Adventure e sim, ainda era possível reservar e pagar na hora. Não havíamos comprado antecipadamente justamente por conta do risco de chuva.

A experiência no zipline foi muito legal. São várias descidas, uma após a outra. Valeu muito a pena, ainda mais porque essa atividade faz bem o nosso estilo.

Já contratou o Seguro Viagem?

Não corra riscos desnecessários e evite viajar preocupado, contrate um seguro viagem e aproveite ao máximo suas férias. Faça agora mesmo uma cotação na Seguros Promo e escolha entre as melhores seguradoras sempre com ótimo custo benefício. Aproveite esse cupom especial de Carnaval, disponível por tempo limitado, e garanta um desconto de 20% pagando no cartão ou economize 25% no boleto. Utilize o código: CARNAVAL.

» Tire todas as suas dúvidas sobre o seguro viagem na África do Sul neste artigo. Qual o plano escolher? É obrigatório para entrar no país?

Roteiro África do Sul: Kirstenbosch

Casal no Jardim Botânico de Kirstenbosch

O problema é que fazendo a tirolesa nesse momento não foi possível conhecer a vinícola mais antiga da África do Sul, Groot Constantia. Tivemos que abrir mão dessa visita e seguimos direto para o Kirstenbosch, outro lugar incrível de Cape Town. Não deu nem tempo de almoçar, mas valeu a pena curtir o pôr do Sol lá no jardim botânico.

A noite, fomos jantar no restaurante Mama Africa, que ficava bem próximo ao hotel The Grand Daddy, onde passaríamos os próximos 3 dias. O restaurante é bem típico, pra turista, mas gostamos bastante. Comemos carnes bem diferentes, uma experiência que recomendo.

Contei um pouco mais sobre esse dia no artigo sobre o que fazer em Cape Town.

Dia 9: Cidade do Cabo

Hr InícioHr FinalAtividade
07:2008:00Café da manhã
08:3009:00Rhodes Memorial
09:0012:30Woodstock Cave
13:0014:30The Old Biscuit Mill
15:0015:40Greenmarket Square
16:0016:45Table Mountain Aerial Cableway
17:0018:00Signal Hill
20:0021:30Jantar

Esse foi o dia da virada, quando o tempo realmente abriu e começamos a pegar dias de Sol em Cape Town. Pena que essa mudança não ficou tão obvia logo cedo. Quando acordamos o tempo ainda estava feio e acabamos desistindo de fazer a trilha para a Woodstock Cave.

A decisão de incluir essa trilha foi bem no limite, pois não temos experiência com trilhas e o trajeto tinha algumas dificuldades. Imaginando o risco de chuva, achamos inapropriado nos arriscar nessa aventura e acabamos desistindo da programação.

Antecipamos nossa ida ao Greenmarket Square, uma feirinha que fica no centro de Cape Town. Perdemos algum tempo por lá e acabou não sendo tão proveitoso. Comprando um ou dois itens apenas. Aproveitamos que já tínhamos o bilhete do ônibus de turismo e fizemos uma volta completa por uma das rotas do City Tour. Foi legal para apreciar a vista e ouvir todas as histórias do áudio guia em português.

Justamente durante esse passeio que o tempo começou a abrir e pudemos registrar lindas fotos da orla de Cape Town.

O The Old Biscuit Mill só funciona aos sábados e reúne muita gente jovem. O local tem várias lojas, música ao vivo e feira de alimentos, com barraquinhas de comida. Aproveitamos para almoçar por lá e comemos um hamburger de avestruz.

Selfie com a Table Mountain ao fundo

Selfie com a Table Mountain ao fundo

Pôr do Sol em Signal Hill

Pôr do Sol em Signal Hill

Na parte da tarde fomos até o pé da Table Mountain. Infelizmente o bondinho estava em manutenção nesse período mas ainda assim quisemos apreciar a vista desse local. Valeu a pena.

Fechamos o dia apreciando o pôr do Sol em Signal Hill. O lugar é incrível e já contei todos os detalhes dessa experiência num outro artigo aqui no blog.

Dia 10: Cidade do Cabo

Hr InícioHr FinalAtividade
07:2008:00Café da manhã
08:3008:45Silo District Parking
09:0012:50Robben Island
13:0013:30Almoço (Lanche rápido)
13:5015:00Castle of Good Hope
15:3019:00Lion's Head
20:3022:00Jantar

Em nosso último dia na Cidade do Cabo, o tempo melhorou e abriu um lindo Sol. Ao invés de passar toda a manhã visitando a Robben Island, um passeio caro e demorado, optamos por recuperar uma atividade que não havia sido possível fazer. O roteiro de bicicleta em Cape Town.

Andando de bicicleta em Sea Point

Andando de bicicleta em Sea Point

Tivemos que alterar o local onde pegaríamos a bike e ajustamos um pouco o roteiro mas deu certo. É um passeio perfeito para se fazer num dia de Sol. No artigo exclusivo sobre o assunto, tem o roteiro detalhado com todas as dicas.

Aproveitamos para experimentar a roda gigante, que entraria no roteiro do dia que choveu. Valeu a pena esperar, a vista da Cape Wheel é maravilhosa e ficaria totalmente comprometida com o tempo ruim.

Trilha da Lion's Head e Table Mountain ao fundo

Trilha da Lion's Head e Table Mountain ao fundo

O Castle of Good Hope acabou ficando de fora para não comprometer a programação da tarde. Depois de perder a trilha para a Woodstock Cave, subir a Lion's Head passou a ser prioridade.

Foi incrível! Não deixe de ler todos os detalhes e dicas no artigo acima. Contamos cada detalhe, desde o início da trilha até o retorno.

Dia 11: Cidade do Cabo e Joanesburgo

Hr InícioHr FinalAtividade
05:0005:20Check-out no Grand Daddy Hotel
05:2005:45Deslocamento até o Aeroporto
05:4506:15Devolução do Carro Alugado
06:3007:00Check-in no balcão da Kulula
07:0008:10Terminal de Embarque
09:1011:10Voo: Cidade do Cabo (CPT) x Joanesburgo (JNB)
11:3011:40Deslocamento até hotel
11:4012:00Check-in no Aero Guest Lodge
12:0012:30Uber: Aero Guest Lodge x Carlton Centre
12:3013:30Almoço
13:3514:15Hop On Hop Off: Carlton Centre x Apartheid Museum
14:2015:45Apartheid Museum
15:4816:20Hop On Hop Off: Apartheid Museum x Constitution Hill
16:2516:40Uber: Constitution Hill x Carlton Centre
16:5018:00Top of Africa (Carlton Centre)
18:0019:30Jantar
19:3020:15Uber até o hotel Aero Guest Lodge

Eita dia corrido. Esse era o dia de começar a nossa volta para casa, mas optamos por fazer um pernoite em Joanesburgo e assim evitar problemas com o voo de volta para o Brasil. De quebra, aproveitamos para fazer um City Tour em Joanesburgo.

Para dar tempo de cumprir a programação acordamos super cedo, afinal pegamos um voo interno as 9 da manhã. Escolhemos uma hospedagem bem perto do aeroporto, para facilitar o dia seguinte. Sem luxo, o Aero Guest Lodge serviu perfeitamente para nossas necessidades.

Deixamos as malas no hotel e pegamos um Uber até o centro da cidade. Na verdade usamos um outro aplicativo, muito comum por lá, o Bolt. Ficou bem mais barato e o funcionamento é o mesmo.

Descemos nas redondezas do Carlton Centre, o prédio mais alto da cidade. Fomos em um shopping almoçar e logo em seguida iniciamos nosso City Tour no ônibus de turismo, que tem uma de suas paradas logo ali.

Roteiro África do Sul: Apartheid Museum

Entrada do Apartheid Museum

Deveríamos ter descido na parada do Apartheid Museum, mas passamos do ponto. A verdade é que já estávamos cansados e a viagem havia sido muito corrida, embora maravilhosa. Acabamos ficando dentro do ônibus fazendo o City Tour até que ele desse uma volta completa e nos trouxesse novamente até o museu. Claro, perdemos um baita tempo.

Deu tempo de conhecer bem o museu, com calma, e realmente achamos que valeu a pena a visita. De volta ao ônibus, tivemos que desistir da programação de subir no observatório que fica no Carlton Centre, o mais alto da África.

Saltamos em Constitution Hill, o ponto final do hop on hop off. Já estava bem tarde, tudo escuro e com pouquíssimas pessoas na região. Ficamos meio apreensivos mas com a ajuda do celular, encontramos um posto de gasolina 2 quadras de distância. Foi fundamental ter acesso a internet, não só nesse momento mas em diversas situações.

Internet no celular durante a viagem

Não dá mais pra viajar para o exterior sem internet no celular. Evite as altas tarifas das operadoras e compre um chip internacional antecipadamente e já chegue no destino com tudo funcionando. A empresa OMeuChip oferece plano de dados em mais de 130 países, com conexão 4G garantida e internet ilimitada. Compre com 15% de desconto usando o nosso cupom exclusivo: PARAVIAGEM15.

Aproveitamos a loja de conveniência para comprar comida para a nossa janta e, enfim, chamamos o carro pelo aplicativo para voltar ao hotel. No final deu tudo certo.

Dia 12: Joanesburgo

Hr InícioHr FinalAtividade
09:3010:00Check-out: Hotel
10:0010:30Deslocamento: Joanesburgo x Aerporto
10:3011:00Check-in no balcão da LATAM
11:0012:00Terminal de Embarque
12:1518:50Voo: Joanesburgo (JNB) x São Paulo (GRU)

Em nosso último dia no roteiro na África do Sul, não tivemos nenhuma atividade turística. Apenas encerramos nossa estadia no hotel e seguimos para o aeroporto. O Aero Guest Lodge fica há poucos minutos do aeroporto internacional de Joanesburgo e oferece transfer gratuito. Funcionou super bem pra gente e recomendo o local.

Embarcamos no horário no nosso voo de volta para o Brasil e concluímos nossa viagem pela África do Sul. Embora tenham ocorridos imprevistos e alterações no roteiro, no final essa viagem foi maravilhosa. Adoramos conhecer o país e ficou aquele gostinho de quero mais. Quem sabe um dia voltamos com nossos filhos.

E você, já visitou a África do Sul? Como foi sua experiência? Recomenda alguma atividade que ficou de fora do nosso roteiro? Comente abaixo.

Vai Viajar?

 Encontre o hotel perfeito para sua próxima viagem com garantia do menor preço. O nosso blog tem parceria com o Booking, serviço que te ajuda a comparar preços de hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura. Você ainda pode fazer uma reserva com a opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in. Garanta sua reserva de hotel agora mesmo.

 Antes de alugar um carro, faça uma comparação entre as principais locadoras do Brasil e do mundo. A nossa parceira RentCars te ajuda nessa busca de preços e oferece todas as opções de forma rápida e segura. A cobrança poderá ser feita em reais, sem IOF. Divida em até 12 parcelas no cartão de crédito ou aproveite um desconto de 5% no boleto bancário. Compare os valores e economize.

 Não esqueça do seguro viagem. Economize tempo e dinheiro fazendo uma cotação na Seguros Promo. Encontre os melhores planos das principais seguradoras por preços imbatíveis. Aproveite esse cupom especial de Carnaval, disponível por tempo limitado, e garanta um desconto de 20% pagando no cartão de crédito ou economize 25% no boleto bancário. Utilize o código promocional: CARNAVAL.

 Compre um chip internacional e se mantenha conectado durante sua viagem. A empresa OMeuChip oferece plano de dados em mais de 130 países, com conexão 4G garantida e internet ilimitada. Você recebe o chip em sua casa, de forma antecipada, e chega em seu destino com tudo funcionando. Compre com 15% de desconto usando o nosso cupom exclusivo: PARAVIAGEM15.

Reservando com nossos parceiros, além de garantir o menor preço e um serviço de qualidade, você também ajuda a manter o blog e nos motiva a produzir cada vez mais conteúdo.


Totos os direitos reservados