Roteiro de 1 Dia em Sorrento na Itália

Quem estiver indo visitar a Baía de Nápoles e Costa Amalfitana, não pode deixar de passar em Sorrento. Confira este roteiro de 1 dia de visita a esta agradável cidade.

Sorrento

Sorrento

Muita gente que vai visitar a Costa Amalfitana e arredores, acaba optando por ficar hospedado em Nápoles e ir fazendo passeios “bate-e-volta”, geralmente para Pompéia, Ilha de Capri, Positano, Amalfi...

Uma cidade que quase sempre é negligenciada pelos turistas (injustamente, diga-se de passagem), é Sorrento.

Localizada na extremidade sul da Baía de Nápoles, no alto de um despenhadeiro e colada à Costa Amalfitana, Sorrento é bem pequena, aconchegante e linda. Sabe aquelas cidades de praia que a gente escolhe passar um fim de semana ou um feriadão?

Em termos de pontos turísticos, não há muito que visitar em Sorrento. A grande atração de lá é a cidade em si: as ruas são convidativas para um passeio, o comércio é ótimo, o clima é agradável... E de quebra, ainda tem uma vista incrível para o Mediterrâneo, a Baía de Nápoles e o vulcão Vesúvio.

Quando incluí a Costa Amalfitana e Baía de Nápoles no meu roteiro da Itália, acabei contrariando a maioria, que escolhe ficar sediada em Nápoles. Ao fazer minhas pesquisas, descobri Sorrento e logo me interessei pela cidade. Como os outros lugares da região, que eu queria visitar, pareciam estar mais perto de lá do que de Nápoles, decidi arriscar e ficar hospedada em Sorrento. E acabou sendo uma decisão acertada. Não me arrependi.

Foram 4 dias em Sorrento, mas visitando a cidade em si, foi apenas 1 dia. Neste post, falarei como foi esse dia que tirei para conhecer a cidade.

Mas antes, eis o resumo desta estadia e a minha dica de hospedagem (caso você queira fazer o mesmo que eu)...

Dados da visita e dica de hotel em Sorrento

Quando fui? Maio de 2013

Quantos dias fiquei em Sorrento? Foram 4 dias inteiros, pois passeei pela região ao redor. Mas para conhecê-la, reservei 1 dia.

Foi o suficiente? Sim. Para visitar tudo, metade de um dia já daria. Porém a cidade é tão agradável que, para aproveitá-la melhor, aconselharia tirar 1 dia inteiro.

Onde fiquei hospedada? No Hotel Sorrento City.

O hotel era bom? Era mais uma pousada do que um hotel. O quarto um pouco pequeno e o café bem simples, mas o atendimento era ótimo, funcionários prestativos e muitíssimo bem localizado. Há ainda um terraço, onde podemos sentar para um descanso e apreciar o entorno do hotel. Me hospedaria lá de novo.

A região do hotel era boa? Muito. Fica na avenida principal da cidade (Corso Italia) e a 2 minutos da praça central (Piazza Tasso). Da estação de trem, 5 minutos de caminhada. Comercio bem próximo, inclusive com um supermercado literalmente ao lado.

O que fazer em Sorrento? Meu roteiro...

Minha viagem pela Baía de Nápoles e Costa Amalfitana começou pela cidade da qual escolhi ficar hospedada: Sorrento.

Vindo de Roma de trem, com conexão em Nápoles, cheguei na cidade por volta das 11h da manhã.

A estação ficava próxima ao hotel, de modo que após uma caminhada de uns 5 minutos cheguei a ele. Feito o check-in, fui iniciar meu passeio.

Corso Italia e P. Tasso vistos do terraço do hotel

Corso Italia e P. Tasso vistos do terraço do hotel

O hotel fica localizado na principal avenida de Sorrento: a Corso Italia. Nela, vemos muitas lojinhas, gelaterias, restaurantes, hotéis... Muito agradável para um passeio.

Seguindo pela Corso Italia, após uma curta caminhada, cheguei na praça principal da cidade: a Piazza Tasso. Possui vários restaurantes no entorno e um vai-e-vem de gente. É considerado o centro de Sorrento. Lá, parei para almoçar.

Um dos pratos típicos da região é o Gnocchi alla Sorrentina, que consiste na conhecida massa feita de batatas, que vem junto com molho de tomate e um pouco de muzzarela.

Vista da região

Vista da região

Em seguida, fui caminhando até chegar à Villa Comunale. Próxima à Igreja de San Francesco, é uma espécie de calçadão que fica na beirada do despenhadeiro onde está a cidade de Sorrento. De lá, podemos apreciar a vista do Mar Mediterrâneo, a Baía de Nápoles e o Vesúvio. Imperdível. Dá pra ficar horas ali olhando aquela paisagem, sem enjoar.

Ao nível do mar, vemos alguns deques, uma faixa de terra que vai beirando o penhasco e o cais mais a frente, conhecido como Marina Piccola.

Para acessá-los, há 3 formas: indo até a Marina de carro ou taxi, descendo a escadaria que começa na Villa Comunale ou indo de elevador.

Sim, há um elevador que liga a Villa Comunale ao nível do mar. O poço fica dentro da pedra. Muito prático para quem vai fazer passeios “bate-e-volta” utilizando o barco ou pra quem quiser acessar a praia. Se você for ficar hospedado(a) em Sorrento, é quase certo que irá utilizar este serviço várias vezes. Para mais informações, consulte o site oficial do elevador de Sorrento.

Apesar deste conforto, decidi experimentar primeiro as escadas (descendo, é claro!). Ela também sai da Villa Comunale. Aliás, foi uma ótima pedida, porque no trajeto, fui parando para tirar fotos.

Praia pública (no canto inferior direito da foto)

Praia pública (no canto inferior direito da foto)

Chegando ao nível do mar, fui seguindo pela faixa de terra que vai beirando o penhasco. No caminho, me deparei com uma pequena praia.

Aliás, chamar aquilo ali de praia é ser muito otimista, porque na verdade era um espaço minúsculo, de cascalho, onde o mar bate em pequenas ondas.

Incrivelmente havia algumas pessoas sentadas em cangas e toalhas, curtindo aquele local como se estivesse na praia de Ipanema! Acho que é por isso que os estrangeiros ficam tão enlouquecidos com as nossas praias, pois pude perceber que eles estão acostumados com umas bem estranhas na terra deles...

Descobri depois que aquele espacinho era a praia pública da cidade.

Já contratou o Seguro Viagem?

Você sabia que quando se viaja para a Europa a contratação de um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros é obrigatória? Então, faça agora mesmo uma cotação na Seguros Promo e escolha entre as melhores seguradoras sempre com ótimo custo benefício. Aproveite essa oportunidade e tenha 5% de desconto utilizando o nosso cupom: PARAVIAGEM05

Informação importante: as praias de Sorrento e da Costa Amalfitana possuem um esquema diferente do que o brasileiro está acostumado. Existe a praia pública, onde todos podem acessar, e a praia particular, onde é necessário pagar para utilizar. Em algumas cidades, ambas estão lado a lado, às vezes com uma separação não muito nítida. Cuidado para não entrar, sem querer, numa área privada, pois poderá ser chamado atenção por um fiscal. Se você vir uma faixa de areia (ou melhor, de cascalho) com espreguiçadeiras, cadeiras e barracas, pode contar que é a parte privada. Mas o ideal é informar-se antes.

Após molhar meus pés no Mar Mediterrâneo, continuei seguindo em direção à Marina Piccola. É de lá que chegam e saem os barcos que levam até as cidades costeiras da Baía de Nápoles, a Costa Amalfitana e a Ilha de Capri.

No entorno, temos uma bela vista do centro de Sorrento, no alto do despenhadeiro. Ali, parei um pouco para admirar a paisagem, sentir a brisa mediterrânea e tirar muitas fotos.

Marina Piccola vista da Villa Comunale -- Sorrento visto da Marina Piccola

Marina Piccola vista da Villa Comunale -- Sorrento visto da Marina Piccola

Depois, fiz o trajeto de volta para subir até a Villa Comunale. Desta vez de elevador, é claro!

Passeando pelas ruas de Sorrento, voltando em direção à Piazza Tasso, fui dar uma olhada no comércio da Via San Cesario, que é quase paralela ao Corso Italia.

E que passeio agradável! É uma rua com várias lojinhas com artigos de couro, echarpes e lenços (cada um mais lindo que o outro e super baratos) e artesanato. Mas o maior atrativo mesmo são as lojas do famoso limoncello.

Limoncello

Limoncello

Quem visita a região, com certeza vai acabar provando o famoso licor feito do limão típico do local. Em todos os restaurantes eles servem uma pequena dose após a refeição, como digestivo. E geralmente não cobram por isso.

Nas lojinhas especializadas, também é possível prová-lo. Tem 2 versões: o creme de Limoncello (uma espécie de “batida”) e o licor propriamente dito. Ambos são um pouquinho forte, sendo que o licor é bem mais que o creme.

Eles são vendidos quase sempre em garrafinhas decoradas artesanalmente, muitas vezes com formatos inusitados, como um violino, um sapato de salto alto... Além de serem uma graça, são ótimas opções de lembrança.

Depois de deixar alguns euros na Via San Cesareo e provar vários limoncello, fui dar mais um passeio pela Corso Itália. Destaco uma gelateria ótima que tem próximo a Piazza Tasso, a Gelateria Primavera. Não deixem de dar uma passada por lá.

Voltei ao hotel para dar uma relaxada e à noite, saí para comer uma pizza na praça principal. Indico a Pizzaria Aurora. Muito boa!

Como chegar à Sorrento?

1. Trem

A maioria das cidades italianas estão interligadas por linhas de trem, administrado pela empresa Trenitalia. Porém, na região da Campania, onde está Sorrento, a Costa Amalfitana e a Baía de Nápoles, o serviço ferroviário é administrado por outra empresa: a Circumvesuviana.

Inclusive, os trens costumam ser bem diferentes dos da Trenitalia. São bastante simples, parecendo mais um trem suburbano ou um metrô comum. Não se assuste: apesar do aspecto, costuma ser um transporte seguro.

Vindo de qualquer cidade italiana de trem, vá até Napoli Centrale. Lá dentro, siga as placas que indicam a plataforma da empresa Circumvesuviana.

Chegando lá, compre a passagem até Sorrento no guichê, passe pela catraca e espere pelo trem. Você deverá pegar a Linha C, de cor azul, que liga Nápoles a Sorrento.

A viagem é longa, leva cerca de 1 hora. Não por ser longe, mas sim porque o trem vai parando em várias estações. Como Sorrento é o ponto final, são 33 paradas até lá.

A principal vantagem é que esta é a opção mais barata para chegar até Sorrento.

Atenção: Há um inconveniente para que estiver com malas grandes. A plataforma da Circumvesuviana fica no subsolo da estação de Nápoles. Quando passei por lá, os elevadores estavam todos com defeito e a escada rolante parada. No final da viagem (4 dias depois), quando voltei de Sorrento para Nápoles a fim de seguir pra outro lugar, a mesma coisa: tudo parado! Portanto, procure levar malas pequenas ou pouca bagagem. Ouvi dizer que estes problemas são frequentes por lá.

2. Carro

Para que estiver perambulando pela Itália de carro, essa também é uma opção para chegar a Sorrento. De Nápoles, pegue a Autoestrada A3 e saia em Castellamare di Stabia, seguindo então pela estrada ("Strada Statale") SS145.

Alugar um carro pode ser uma ótima opção

A melhor forma de explorar um novo destino, com liberdade total, é alugando um carro. Em muitos casos você poderá economizar, evitando despesas com translados e deslocamentos em geral. Será que vale a pena? Faça uma cotação online na RentCars e encontre as menores tarifas entre as principais locadoras. Você tem a vantagem de poder pagar em reais, sem IOF, e ainda parcelar no cartão.

3. Ônibus

Esta opção é a menos utilizada. Dependendo de onde você estiver vindo, é necessário checar se há alguma linha que leve até Sorrento.

No geral, os ônibus ligam Sorrento a Nápoles e as cidades da Costa Amalfitana, como Positano e Amalfi, por exemplo. Todas chegam e partem do ponto que há em frente a estação de trem de Sorrento.

A passagem é vendida num stand que há no ponto do ônibus. Caso não haja algum no dia de sua visita, não tem problema: o bilhete pode ser adquirido na tabacaria que há dentro da estação de trem.

4. Barco

É uma opção um pouco mais cara e não muito prática. Mas em compensação, a viagem é mais curta e não tem o inconveniente das malas na escadaria, caso você esteja indo se hospedar em Sorrento.

A estação de trem Napoli Centrale fica um pouco distante do cais. Se você não estiver com malas, dá pra ir caminhando. São mais ou menos uns 25 minutos até o porto.

Uma vez no cais, compre uma passagem até Sorrento nos guichês. Há várias empresas que fazem o trajeto, em horários variados e a viagem dura cerca de 30 minutos. A mais conhecida é a SNAV.

ATUALIZAÇÃO: A empresa SNAV não está mais disponibilizando o trecho entre Nápoles e Sorrento. Mas eles ainda fazem o trajeto entre Sorrento e Capri, pra quem tiver programando um passeio por lá.

O barco deixa os passageiros na Marina Piccola em Sorrento. Basta seguir beirando pelo despenhadeiro até o elevador (é só seguir as placas) e logo você estará na cidade.

Informações adicionais

Aqui no blog temos vários artigos que poderão enriquecer sua visita à Itália. Eis alguns bem interessantes:

Roteiro de 18 dias pela Itália

Dicas de Sobrevivência Para Quem Vai à Itália

Roteiro de 1 dia em Nápoles

E não para por aí! Sugerimos que você acesse nossa página completa de destinos e confira todo nosso conteúdo sobre a Itália.

Vai Viajar?

 Encontre o hotel perfeito para sua próxima viagem com garantia do menor preço. O nosso blog tem parceria com o Booking, serviço que te ajuda a comparar preços de hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura. Você ainda pode fazer uma reserva com a opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in. Garanta sua reserva de hotel agora mesmo.

 Antes de alugar um carro, faça uma comparação entre as principais locadoras do Brasil e do mundo. A nossa parceira RentCars te ajuda nessa busca de preços e oferece todas as opções de forma rápida e segura. A cobrança poderá ser feita em reais, sem IOF. Divida em até 12 parcelas no cartão de crédito ou aproveite um desconto de 5% no boleto bancário. Compare os valores e economize.

 Não esqueça do seguro viagem. Economize tempo e dinheiro fazendo uma cotação na Seguros Promo. Encontre os melhores planos das principais seguradoras por preços imbatíveis. Pagamento no cartão de crédito em até 12 parcelas ou com desconto no boleto bancário. Ganhe 5% de desconto adicional comprando seu seguro com nosso cupom de desconto: PARAVIAGEM05.

 Compre um chip internacional e se mantenha conectado durante sua viagem. A Easysim4u oferece planos sob medida na Europa com conexão de internet 4G franquias proporcionais ao número de dias do pacote. Você recebe o chip em sua casa, de forma antecipada, e chega em seu destino com tudo funcionando. Compre com 10% de desconto usando o nosso cupom exclusivo: PARAVIAGEM10.

 Compre ingressos para atrações, shows, espetáculos, eventos, tours, passeios e muitas outras experiências com a GetYourGuide. A empresa, presente nos principais destinos, oferece vantagens como a garantia do menor preço e a possibilidade de reserva online antecipada, garantindo seus bilhetes antes da viagem.

 Encontre as melhores datas para a sua próxima viagem e economize na hora de comprar as passagens aéreas. Usando a plataforma do Passagens Promo você pode pagar com cartão de crédito em parcelas sem juros e sem cobrança de IOF. A empresa conta ainda com selo de qualidade no atendimento. Agora não tem mais desculpe, partiu Sorrento!

Reservando com nossos parceiros, além de garantir o menor preço e um serviço de qualidade, você também ajuda a manter o blog e nos motiva a produzir cada vez mais conteúdo.

Galeria de Fotos:

84 Comentários
  1. Ana Cristina Regal

    Oi Fernanda!

    Adorei sua dica para preferir Sorrento à Nápoles!
    A escolha já está feita!
    Sairemos (eu e meu marido) de Roma de carro pela costa, fazendo um pit stop em San Felice Circeo (vale uma noite?) e pararíamos em Nápoles para seguir à Capri/Anacapri.
    Mas lendo suas dicas, iremos para Sorrento. Então pergunto a você:
    1) De Nápoles vamos para Sorrento, nos hospedando e fazendo passeios por Capri/Anacapri?
    2) De Nápoles vamos para Capri/Anacapri nos hospedando e fazendo passeios por Capri/Anacapri e Sorrento?

    De Nápoles vamos para Catania na Sicília.
    O que você acha?
    Muito obrigada por sua ajuda!

  2. Ana Cristina Regal

    Oi Fernanda,
    Somente para esclarecer que “O que vc acha?” na mensagem anterior refere-se às duas perguntas no corpo do texto, pois qto Nápoles e Catania, já está resolvido, ok?
    Obrigada, bjsssssssssss

    • Fernanda Rangel

      Oi, Ana!

      Foi uma ótima escolha ficar em Sorrento. É perto de tudo, não tem o caos de Nápoles e ainda nos faz lembrar aquelas cidades tranquilas de praia. Tenho certeza que vcs vão gostar de ficar por lá.

      Não visitei San Felice Circeo, mas em se tratando de Itália, deve ser maravilhoso (todos os lugares que visitei superarm as minhas expectativas – exceto Nápoles! rsrs…). Por isso, não saberia dizer se passar a noite seria o ideal.

      Mas vamos às suas perguntas:

      1) Ficando em Sorrento, vcs podem fazer bate-e-volta pra Capri, Costa, Pompéia e Nápoles. Fiz isso e foi muito tranquilo. Inclusive, Capri, Pompéia e a Costa ficam mais perto de Sorrento do que de Nápoles, ou seja, o deslocamento seria menor.
      Meu roteiro consistiu em 4 dias hospedada em Sorrento:
      1 para conhecer Sorrento (que é minúscula, meio dia já dá pra ver tudo – mas é tão agradável que a gente acaba querendo ficar mais)
      1 para ir à Costa Amalfitana (Positano de manhã e Amalfi à tarde)
      1 dia para Ilha de Capri
      1 dia para Pompéia e Nápoles (achei esse dia meio corrido, hoje eu teria dado 1 dia pra cada. Sorte que não gostei de Nápoles…).

      2) Não entendi muito bem essa pergunta, vc cogitou ficar hospedada em Capri? Se for, eu acho “furada”, pq a Ilha de Capri é um dos lugares mais caros do mundo. Fora que 1 dia é o suficiente pra conhecer a ilha toda (Anacapri incluído), além de ficar muito perto das cidades da Baía de Nápoles e Costa Amalfitana (de Sorrento, por exemplo, são só 30 min de viagem).

      Não fui até a Sicília, mas de qualquer forma, vc precisará ir até Nápoles ou Salerno pra pegar o trem até Catania. A menos que esteja de carro.

      Por falar nisso, eu achei meio perigoso dirigir pela Costa Amalfitana. As estradas são estreitas e próximas a um precipício. E em vários trechos, a mão é dupla – inclusive dividindo espaço com ônibus vindo na direção oposta. Não é impossível de ir, claro, mas achei meio tenso pra uma viagem de férias. Enfim, é só uma opinião…

      Dê uma olhada nos roteiros que fiz sobre a Costa Amalfitana e Capri + Anacapri que coloquei aqui no blog. É só clicar nos links. Em breve, colocarei os meus roteiros em Nápoles e Pompéia.

      Espero tê-la ajudado!

      Abs

  3. Adriano Almeida

    Parabéns Fernanda! Muito boas suas dicas!

  4. fernanda

    to programando minha viagem q farei em agosto, e já tinha pensado nessa possibilidade de ficar em sorrento…. mtoo obrigada!!! adorei as dicas!

  5. estamir f.costa

    seu comentário foi muito bacana para mim. por já ter decidido montar base em sorrento.
    estamos chegando em napoles 20/07/15 e só iremos dormir em napoles por chegarmos em um voo proviniente de ibiza muito tarde. pela manha iremos buscar uma scooter (vespa ) já alugada . conhecer um pouco de napoles e partir para sorrento , onde sera nossa base. obrigado pelas dicas.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Estamir!
      Eu que agradeço o elogio!
      Sorrento é uma graça de cidade e bem mais agradável para se hospedar. Foi uma ótima escolha.
      Depois venha nos contar o que achou.
      Uma ótima viagem pra vcs!

  6. sonia

    oi Fernanda, adorei suas dicas…eu vou pra AGEROLA, vc conhece? sei que é naquela região, e o acesso é por Napoles mesmo, mas fica bem mais perto de Sorrento, que quero visitar com certeza

    • Fernanda Rangel

      Oi, Sonia!
      Obrigada pelo elogio!
      Não conheci Agerola, mas dando uma olhada aqui no mapa, ela fica entre Positano e Amalfi.
      É linda pelas fotos no Google. Aliás, toda essa região da Costa Amalfitana é espetacular. Vale a pena estar lá com certeza.
      Eu ficaria hospedada em Sorrento, mas não sei se tem acesso direto a Agerola. Dê uma olhada nos sites da Sita Bus (a companhia italiana de ônibus) ou no site da Unico Campania para ver se há esta possibilidade.
      Abs

  7. Geraldineli B. Azevedo.

    Oi Fernanda Rangel.

    Em primeiro lugar meus parabéns pelo dom que você tem de transmitir suas experiências para outros turistas.
    Você não sabe o quanto lhe sou grato por suas informações sobre Sorrento, pois já estava com a reserva feita num hotel em Nápoles, para todos os dias fazer um “bate-volta” a Sorrento e visitar Capri e Costa Amalfitana e foram seus comentários que fizeram-me mudar para hospedar-me em Sorrento, no Hotel Nice, no Corso Itália, próximo ao Hotel Sorrento City, onde você ficou hospedada.
    Seus comentários serviram-me também para visitar várias outras cidades italianas.

    Mais uma vez obrigado e que você possa continuar fazendo excelentes viagens e transmitindo suas experiências a outros turistas.

    Geraldineli B. Azevedo

    • Fernanda Rangel

      Eu que agradeço o elogio e o carinho, Geraldineli!
      Isso só nos estimula a continuar escrevendo para ajudar aqueles que estejam fazendo seus planejamentos de viagem. Fico muito contente por ter atingido esse objetivo.
      Sorrento é uma graça de cidade e ótima base para passear pela região. Tenho certeza que foi uma boa escolha.
      Depois venha nos contar como foi sua estada.
      Que a sua viagem seja tão especial quanto foi a minha!
      Abs

  8. Geraldineli B. Azevedo

    Oi Fernanda Rangel.

    Sorrento é uma doçura de cidade, que muito me encantou, e segui todos os seus passos para conhecê-la. Regressei no último dia 7, sendo que, nesta época, o por-do-sol é maravilhoso naquela cidade.

    Quanto aos passeios, fui à Costa Amafitana primeiro de lancha ( 95 Euros , visitando Positano e Amalfi e depois de ônibus, pela SITA (8 Euros por 24 horas). As duas se completam, pois são maneiras diferentes de ver toda aquela beleza.
    Fui a Capri (80 Euros + 13 Euros para entrar na Gruta Azul).
    Fui também a Pompeia e a Ercolano, pela Circunvesuviana , e, por sorte, no primeiro domingo do mês, quando a entrada é grátis. Pensei que , por isso, fosse haver muita gente, mas estava tranquilo.
    Estive em Nápoles, ainda pela Circunvesuviana e, sinceramente, não senti nenhum receio ou vi alguma situação que pudesse deixar-me preocupado, como tanto se fala.

    Como vê foi uma viagem e tanto.

    Mais uma vez muito obrigado por suas informações e que você possa fazer ótimas viagens e transmitir suas orientações para outros turistas.

    Geraldineli B. Azevedo

    • Fernanda Rangel

      Oi, Geraldineli!
      Vendo seu relato, me deu uma vontade enorme de voltar lá. A minha viagem à Itália foi incrível, mas os 4 dias que passei em Sorrento e perambulando pelo entorno foram maravilhosos, inesquecíveis mesmo.
      Também achei o mesmo de Nápoles: não vi nada tão perigoso como falam (inclusive relatei isso no meu post sobre essa cidade). Mas confesso que não simpatizei muito com ela, achei um pouco caótica…
      Aproveito também para agradecer as informações atualizadas. Serão bastante úteis pros leitores que estão navegando por aqui.
      Espero também que vc faça outras viagens incríveis como essa e torço pra que o blog lhe seja útil mais uma vez!
      Abs

    • ivan

      Olá Geraldineli . Esses valores de lancha que voce pagou para capri é por pessoa?
      Obrigado, Ivan

      • GERALDINELI AZEVEDO

        Oi Ivan.

        Sim, estes valores são por pessoa, mas leve em conta que irão pegá-lo no hotel de carro e o trarão na volta. Á saída do hotel é por volta das 9 horas e o retorno às 18 horas.
        A lancha em fui era ótima, com 11 pessoas, eu incluído, mais o piloto. Há paradas em vários pontos e as pessoas podem mergulhar, tanto no passeios à Ilha de Capri, quanto à Costa Amalfitana, sendo que nesta última há uma parada de 1 hora e meia em Positano e outra também de 1 hora e meia em Amalfi.
        Em Capri a parada é de 2 horas e meia, tempo suficiente para você conhecer a cidae, que é pequena e ir ir à Anacapri, esta bem maior.
        Nas lanchas são servidos sanduiches, refrigerantes e cerveja aos passageiros.
        Com vê não é caro pelo que oferece.

        Geraldineli

  9. ivan

    Olá Fernanda, Estou com uma duvida quanto ao transporte utilizando o barco de sorrento para napoles ou vice-versa. É possível comprar antecipado ou somente na hora ? Obrigado, Ivan

    • Fernanda Rangel

      Oi, Ivan!
      Eu comprei na hora e não tive dificuldades.
      O barco é bem amplo e tem muitos lugares. É como se fosse um ônibus aquático. Inclusive, vi gente indo em pé, o que me levou a crer que isso é permitido, para o caso do barco estar muito cheio.
      Uma dica interessante seria chegar cedo. Tem horas do dia que os barcos enchem mais e eles podem querer limitar a venda dos ingressos para evitar lotações.
      Mesmo assim, peguei um barco de Napoles até Sorrento no final do dia e foi tranquilo de comprar na hora.
      Além do mais, há vários horários disponíveis (dependendo da época, é claro). Dê uma olhada nos horários e itinerários da empresa SNAV, que é a mais conhecida de lá.
      Abs

  10. Marcella

    oi, Fernanda! tenho muito em comum com vc… mesma idade, mesma profissão e mesma paixão, a Europa!!! estou adorando as dicas e aproveitarei muito no meu proximo roteiro! obrigada por destinar seu tempo em ajudar as pessoas a desvendar os misterios desse maravilhoso continente!!!!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Marcella!
      Eu que agradeço o elogio!
      Fico muito contente quando encontro meus colegas de profissão por aqui, ainda mais quando eles possuem a mesma paixão por viagens que eu. E sendo pela Europa então…
      Sem desmerecer os outros lugares, mas tudo lá é incrível, né?! Eu adoro.
      Espero que a sua viagem seja tão especial quanto foi a minha!
      Abs

  11. cristina

    Oi Fernanda legal suas informações, irei a Napoles em outubro e estamos pensando em ficar em Sorrento, vamos com a minha mãe de 80 anos e assim gostaria de saber qual seria o melhor transporte para ela no passeio a Napoles, quando seria um taxi para de Sorrento para Napoles, será que vc pode ajudar ?obrigada

    • Fernanda Rangel

      Oi, Cristina!
      Obrigada pelo elogio!
      Em Nápoles, a melhor opção pra vcs seria fazer um passeio utilizando aqueles ônibus “hop-on hop-off”, que passa pelos principais pontos turísticos. Uma das empresas mais conhecidas é a City Sightseeing.
      Já entre Nápoles e Sorrento, não sei dizer quanto ficaria um taxi. Talvez vc consiga um transfer junto à recepção do seu hotel em Sorrento, pois eles costumam ter boas opções para esses casos.
      Ir de trem pra lá não seria problema algum, se não fosse o fato do elevador e da escada rolante da estação de Nápoles viverem com defeito (pelo menos na época da minha visita).
      Uma opção seria ir de barco. Em Sorrento, a caminhada entre a Marina e o elevador é curta e dá tranquilamente para a sua mãe fazer. E chegando em Nápoles, o terminal do City Sightseeing fica pertinho do cais da cidade.
      Abs

  12. GERALDINELI AZEVEDO

    Oi Cristina.

    Vi a sua dúvida no blog da Marcela Rangel e como fiz este trecho no mês passado, penso que posso ajudá-la.
    Do Aeroporto de Nápoles parte um ônibus diretamente a Sorrento, que custa 10 Euros o trecho e leva 1 hora e meia para fazer o trajeto. O nome da empresa de ônibus é “Curreri Viaggi” e ponto final (“capolinea” em italiano) em Sorrento é ao lado da Estação de Trens Circunvesuviana e dali você vai fácil para qualquer hotel.
    Em Nápoles o ponto do ônibus, que são brancos, é bem na saída do Aeroporto. Não há como errar.
    Comprei pela Internet, mas havia lugares de sobra tanto na ida quanto na volta, e veja que viajei no início de julho, altíssima temporada.
    Você pode ver ver os horários no “site” da empresa.

    Espero tê-la ajudado com estas informações.

    Geraldineli Azevedo

  13. Glaucia Torres

    Oi Fernanda, gostei das suas dicas e por uma sugestão de minha agente de viagem nossa base será Sorrento nos passeios pela costa Amalfitana.
    Fiquei com uma dúvida, de onde saem os ônibus de Napoles para Sorrento? Estarei chegando de Roma por trem, os ônibus saem próximo da estação central de trem? Estaremos em 5 pessoas.

    Agradeço as informações.

    Glaucia

    • Fernanda Rangel

      Oi, Glaucia!
      Pois é, o site da secretaria de turismo e alguns guias dizem que há um ônibus ligando as 2 cidades, mas não entra em detalhes. Se for como nas outras cidades italianas, muito provavelmente ele sai da própria estação central de Nápoles.
      Pra piorar, a empresa que administra o serviço rodoviário da Itália não tem um site oficial pra informar os itinerários.
      Segundo o nosso leitor Geraldinelli Azevedo, há um ônibus que vai até Sorrento, mas ele sai do aeroporto de Nápoles.
      Como vc chegará à Nápoles de trem, o melhor a se fazer é pegar outro trem (na mesma estação) até Sorrento, conforme descrevi no post. É bem mais prático.
      Abs

  14. GERALDINELI AZEVEDO

    Oi Fernanda Rangel.

    Peço-lhe mil perdões por haver equivocado-me quanto ao seu nome, quando escrevi Marcela Rangel na informação que prestei à leitora Cristina sobre o ônibus que liga o Aerporto de Nápoles à Sorrento.

    Mias uma vez desculpe-me.

    GERALDINELI AZEVEDO
    Rio de Janeiro

  15. GERALDINELI AZEVEDO

    Oi Fernanda Rangel.

    Peço-lhe mil perdões por haver equivocado-me quanto ao seu nome na informação que prestei à leitora Cristina neste Blog.

    GERALDINELI AZEVEDO
    Rio de Janeiro

  16. Celina Fozzatti

    Oi, Fernanda.
    Obrigada pela bela descrição de Sorrento. Dicas como a sua, objetiva e clara, potencializam o aproveitamento dos viajantes.
    Iremos para lá, eu e meu marido, em abril próximo e anotei suas sugestões.
    Boa viagem, sempre! E continue postando suas experiências.

  17. jose luiz

    FERNANDA VOU VIAJAR EM SETEMBRO 2016
    UMA PARTE DO MEU ROTEIRO È SAI R DE NAPOLES DE CARRO E VISITAR POMPEIA,MAIORI,RAVELLO,AMALFI ,POSITANO ,SORRENTO E CAPRI. RESERVEI 4 DIAS . PRETENDO DORMIR EM RAVELLO (1 NOITE ) E SORRENTO (2) NOITES . REGRESSANDO A NAPOLES DE CARRO . VC ACHA QUE ESTA BOM OU TEM ALGUMA SUGESTÃO ??

    • Fernanda Rangel

      Oi, Jose Luiz!
      Eu ficaria sediada em Sorrento e faria “bate e volta” para esses lugares: 1 dia para Pompeia + centro de Sorrento, 1 dia para Capri, 1 dia para Positano + Amalfi, 1 dia para Ravello + Maiori (essas 2 eu não visitei, mas acho que daria para fazer no mesmo dia, ainda mais estando de carro).
      Uma opção é, ao sair de Amalfi, seguir até Ravello, dormir lá e fazer a visita a este vilarejo no dia seguinte, casando com uma esticada até Maiori.
      Abs

  18. Rosane

    Olá Fernanda!
    Estarei indo à Reggio Calabria em julho e resolvi ir para Sorrento de carro, adorei seu roteiro.Vc conhce a estrada ? É tranquilo ou melhor ir de ônibus já que o trem faz muitas paradas?
    Obrigada, bj

    • Fernanda Rangel

      Oi, Rosane!
      Eu que agradeço o elogio!
      Infelizmente não conheço o trajeto, mas pelo pouco que vi das estradas da Itália, elas são bem preservadas.
      Só naquela região da Costa Amalfitana que achei a estrada um pouco perigosa, pois é cheia de curvas, fica na beirada do penhasco e, em vários trechos, ainda é de mão dupla (com ônibus zanzando por lá).
      Mas digo também (pelo que vi) que os motoristas parecem dirigir tranquilamente e não se ouve uma buzina sequer. Há um clima de respeito ali, e não presenciei nenhuma situação de risco. Mas quem não está acostumado pode estranhar um pouco esse trecho.
      Bjs

  19. Magali Andrade

    Fernanda

    Muito obrigada pelas informações, foram de grande utilidade.

    Abraço

    Magali

  20. Regina Bonetti

    Adorei as dicas. Obrigada.

  21. Lucas Monteiro

    Oi Fernanda!

    Poderias me dar um conselho? Irei com minha família em Janeiro (portanto inverno) a Nápoles e ficaremos 03 dias por lá. Durante esses 03 dias estávamos pensando em fazer um bate e volta à Sorrento. Será que vale a pena ?? Ouvi falar que Sorrento no inverno nao é tão atrativa porque muitos restaurantes e lojas fecham e que o tempo nao é dos melhores… Todavia se no dia em q formos estiver ceu claro e sol, será que nao compensa visitá-la??

    Desde já, muito obrigado.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Lucas!
      Eu sou meio suspeita pra falar, pois eu amei Sorrento e não gostei muito de Nápoles. Mas visitei em plena primavera, quando as atividades recomeçam, preparando para a chegada do verão…
      Como vc vai no inverno, certamente encontrará uma Sorrento bem parada. Nesse caso, a melhor opção seria ficar em Nápoles mesmo.
      Mas se tiver um dia bom, não deixe de ir até lá, pois a cidade é bem agradável.
      Abs

  22. Darci Caliman -

    Ola, FErnanda.
    Tenho 66 anos, um dos ultimos sonhos em vida, visitar a Europa. Divorciado e viajarei só. Pretendo fica 3 meses conhecendo tudo que for possivel. Saida SP. 29 de agosto 2017, executiva sem escalas para Milão, o retorno será direto sem escalas de Madri 28 de nov. Numa visão simplista, mala pequena, poucas roupas, comprar lá em brechó e descartar, comida simples exige a idade. Hoteis 4 estrelas com cafe ou breakfest, preferencia rede Best Western. Sede em Florença e 30 dias na Italia. 20 dias Paris, Inglaterra e Paises Nordicos. 40 dias Portugal, visitar locais para residir enquanto viver. Brasil hoje terra de escravos sem dignidade e respeito. Dizem bem de Albufeira para anciãos.
    Se certo ou errado, nesta idade viajar so, saberei.
    Impossivel encontrar alguem que admire viajar e que divida as despesas.
    Se puderes gentilmente ajudar-me, agradecer-lhe-ei eternamente.
    Caliman

    • Fernanda Rangel

      Olá, Caliman!
      Não sei se entendi bem a sua solicitação, mas acredito que vc precisaria da ajuda de um agente de turismo.
      Aqui no blog apenas registramos nossas experiências de viagem para que elas sirvam de dica para o planejamento dos leitores que pretendem fazer uma viagem por conta própria. Até fizemos alguns posts de sugestões de hoteis em algumas cidades, baseado nas avaliações do site Booking.com. Mas para programar uma viagem tão extensa e complexa como vc pretende fazer, aí o ideal é ter uma ajuda profissional pra te dar todo o suporte necessário.
      Abs

  23. Darci Caliman

    Fernanda,
    boa tarde e feliz 2080, mesmo que, com atraso, as felicitações.
    Fico muito feliz com sua resposta, a qual não merecia, perdoe-me a sinceridade.
    Aqui em Sorocaba interior de SP, agora 13,40 hrs.
    Nunca é tarde para errar e reconhecer erros e olhe que já sou 6.6.
    Sou ancião atrevido e destemido enquanto Deus forças me der, com auxilio de voces realizarei minha utopia.
    Tenho analisado sugestões mas a sua foi mais simples e bem elaborada.
    Sem duvida utilizarei em muito de suas experiencias.
    Que achas de fazer como base 30 dias em Florença para conhecer os principais locais entre os quais os de sua viagem. Estou fazendo uma planilha de quantos dias ficar em cada cidade, depois os meios de transportes viaveis com relação a custo /beneficio, concatenando o dia de visita com a viagem barata trem ou a vião. Estou analisando o Best Western Pallazo Ognissanti, qual a sua opinião. Hoteis ou airnb ?
    Preciso definir que hospedagem custo/beneficio. Posso comprar as diarias em 12 vezes começando a pagar já. Em Florença posso pagar hoteis, não são caros. O qua achas de não levar roupas e comprar aí nos brechos e depois descarta-las? Ganharia na lavagem e transporte, estou viajando em pensamento?
    Perdoe-me pela cansativa colocação e sempre errada, meu raciocinio hoje é traiçoeiro, embaralho e esqueço muito, mas , continuo em frente, demoro mais, erro mais, tento mais, esse é o infortúnio da idade avançada para quem é sózinho neste mundo e atrevido.
    Caso esteja enchendo os piquas, a irrite, tome seu precioso tempo, seja sincera, diga-me e retirar-me-ei.
    Mais uma vez, agradeço-lhe,
    sinceramente não acreditei que verias meu email e responderias com tamanha eduçãção.
    Caliman

  24. Caliman

    Ola , Fernanda., bom dia 10,14 hrs. aqui em Sorocaba.

    Já fiz meu roteiro, preciso de ajuda em melhora-lo.
    13 dias Milão , B&B Hotel Milano Sant’Ambrogio – Milan é um bom hotel ?,
    reservei ontem a noite, preciso de ajuda urgente tenho 6 dias para cancelar a reserva.
    28 dias Florença e
    15 dias Roma a definir hoteis.
    Poderias neste caso ajudar-me?
    grato.
    Caliman

  25. Lucila

    Oi Fernanda!! Super obrigada por suas dicas, estou amando….meu marido e eu vamos pra itália agora em abril/17 numa viagem de 22 dias. Fiz um caderno com dicas de vcs pra cada cidade que visitaremos. Mto úteis seus relatos. Queria te perguntar: de Sorrento para Roma vamos de trem . Daí de Roma pra Siena o que seria melhor, ônibus ou trem? Queria o que fosse mais barato …. tenho visto ônibus pelo site num preço bom, mas saindo de Roma não da Termini, talvez por isso nao seja prático já que estaremos com mala grande. Será entao o trem a melhor opção?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Lucila!
      Obrigada pelo elogio!
      Tb sou adepta ao caderninho de dicas. Sem ele, ficaria totalmente perdida nas minhas viagens (tem gente que coloca tudo no celular ou tablet, mas eu ainda sou adepta do bom e velho papel… 😀 ).
      A estação de trem de Siena fica um pouco fora de mão e longe do centro histórico – onde tem as atrações. Vc vai precisar se deslocar até lá e, dependendo da bagagem, terá que apelar pra um taxi, que é sempre uma opção mais cara.
      Fora que é uma viagem de ônibus é mais demorada, ou seja, vc pode pagar até menos pela passagem, mas vai gastar mais tempo do seu dia…
      Aí é uma questão de preferência e orçamento de cada um. A minha opinião é a de que tempo em viagem tb é dinheiro e sempre acho melhor pagar um pouquinho a mais e ter mais tempo naquele destino, do que fazer um itinerário mais em conta e mais demorado e depois sobrar pouco tempo pra visitar o local. Mas é o que falei: isso vai de cada caso.
      A menos que vc faça questão de ficar em Siena, te aconselharia ficar em Florença e fazer um bate-volta pra lá. Acho mais prático em termos de deslocamento. Inclusive, vc pode ir de uma pra outra de ônibus e saltar perto do centro histórico.
      Abs

  26. Lucila

    Oi Fernanda!! Mil perdões, não tinha visto sua resposta aqui e tornei a te perguntar nas dicas de Verona, desculpa!! Pois é, vc tem razão….já decidi, vamos de trem e pego um taxi até o centro de Siena. Então, como esse roteiro já está pronto, nem vou mais mexer, hehe…. é que de Siena vou passar 2 dias em Florença, vou fazer o inverso, mas tudo bem, vc já me esclareceu super! E qto às anotações, SEMPRE no papel, kkkk, não sou ninguém sem minhas anotações escritas num caderninho….bom, pelo menos qdo chegar em Roma vindo de Sorrento, na Termini, já pego uma conexão direto pra Siena….realmente, a questão do tempo vale ouro…. obrigada mesmo, valeu pelas dicas!!! Um abraço….

  27. Aída Gehring Pimenta

    Oi Fernanda, acabo de ler as sua preciosas informações.
    Iremos à Itália em julho 2017 ( eu, marido e filhos), tb gostamos de ficar em hotel numa cidade pequena e, de carro, conhecer toda a região. Super dica Sorrento! Provavelmente tb nos hospedaremos nela . Obrigada e boa viagem sempre!!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Aída!
      Eu que agradeço o elogio!
      Além de ser uma graça de cidade, Sorrento é a melhor cidade pra ficar hospedado pra quem vai visitar a região da Baía de Nápoles, Capri e Costa Amalfitana. A minha viagem toda da Itália foi maravilhosa, mas esses dias que fiquei em Sorrento foram muito especiais.
      Uma excelente viagem pra vcs! 😀

  28. Tania Maria

    Ola otimo blog. Parabens.

    Eu tinha separado 2 dias para Sorrento.
    Pelo que entendi do seu relato e alguns comentarios Sorrento pode ser visitada em 1 dia?
    Da pra fazer sem correria, aconselharia o hop on hop off?
    Estou saindo de Capri de barco, tipo bate e volta.
    Sair no primeiro barco e voltar quase no ultimo.
    Eu separei esses lugares; Piazza Angelina Lauro, Bagni della Regina Giovanna, Piazza Tasso, Tour Vila Comunale, Marina Piccola, Via della Pieta, Corso Italia, Via San Cesareo, Palazzo Correale e ainda gostaria de jantar no Terrazza Bosquet.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Tania!
      Dá pra visitar Sorrento tranquilamente em apenas 1 dia.
      A cidade é bem compacta e dá pra fazer tudo a pé. Não vejo necessidade de usar serviço hop on hop off. Aliás, um dos maiores atrativos de Sorrento e se deixar levar pelas ruas agradáveis da cidade (eu adorei fazer isso).
      O que fica mais afastado um pouco é o Bagni della Regina Giovanna. Parece que será necessário pegar um ônibus até lá e depois encarar uma caminhada de 10 minutos. Há um ótimo artigo no blog do Ricardo Freire que fala dessa atração (dê uma olhadinha aqui).
      Abs

  29. Tania Maria

    Oi, Fernanda

    Grata por ajudar.
    Segue o meu roteiro. O que voce acha?

    1º. Dia – Natal / Napoles
    2º. Dia – Napoles / Capri
    3º. Dia – Capri
    4º. Dia – Capri / Sorrento – bate e volta
    5. dia – Capri
    6º. Dia – Capri / Positano
    7º dia – Positano
    8º. Dia – Positano / Furore
    9. Dia – Positano
    10º. Dia – Positano / Amalfi
    11º Dia – Amalfi
    12º Dia – Amalfi / Atrani
    13º Dia – Amalfi / Ravello
    14º Dia – Ravello
    15º Dia – Ravello/ Minori / Maiori – bate e volta
    16º. Dia – Ravello / Salerno
    17º. Dia – Salerno
    18º. Dia – Salerno / Roma
    19º – Roma / Rio / Natal

  30. Tania Maria

    Fernanda,

    Muito obrigada e mais uma vez parabéns pelo blog.

  31. Raquel

    Oi Fernanda,

    Eu viajo em Setembro e nem sei como contar o quanto o site tá me ajudando a montar roteiro, definir passeios e tantas outras coisas. Você inclusive já me respondeu em outro post e sou eternamente grata, pq o que não falta é blog que a pessoa posta e esquece que existe… hahahah

    bom, minha dúvida HOJE é sobre a parte final da viagem, reservei 4 dia pra região Nápoli-costa almafitana, eu li aqui e em muitos outros lugares que sorrento é a melhor base, mas tinha desistido por conta do orçamento e pelo medo de perder o voo de volta, que sai do aeroporto de nápoli. Passei a considerar fazer nápoli de base, com hotel na cara da estação pra ir ao aeroporto e fazer bate e volta pra costa e pra pompéia.
    Mas com uma viagem tão longe, acho que já mudei de ideia de novo e Sorrento voltou pro roteiro….

    A pergunta então é; é tranquilo sair de sorrento de trem pro centro de napoli pra depois ir pro aeroporto? Meu voo é as 11 da manhã e tô meio receosa de ter que sair de Sorrento correndo as seis da matina.. qual sua opinião?

    obrigada desde já e mais uma vez!
    beijo

    • Fernanda Rangel

      Oi de novo, Raquel! 😀
      Fico muito contente por vc estar retornando ao blog.
      Vc deve ter lido no post do Roteiro de 18 dias pela Itália onde conto a minha saga de mala saindo de Sorrento pra Nápoles e de lá pra Florença. Foi uma loucura, quase perdi o trem, ainda bem q deu tudo certo.
      Mas admito que corri um risco, pois eu não tinha margem de segurança: meu trem pra Florença saía às 08:10h.
      Transferindo para o seu caso, dá pra sair de Sorrento pro aeroporto, desde q vc pegue o 1º trem do dia – que sai às 06:00 da manhã. Se for nele, faça o seguinte (coisa que eu não fiz): compre a passagem no dia anterior, pq a bilheteria está fechada nessa hora da manhã. Dei sorte de conseguir pq a tabacaria q tinha na estação estava abrindo cedo e aí consegui comprar. Senão teria me dado mal…
      A viagem de Sorrento pra Nápoles dura 30 min. E aí conta o tempo de deslocamento até o aeroporto. Creio que dê pra vc estar lá até umas 8:00 ou 08:30h da manhã.
      Mas se vc não quiser correr riscos, melhor ficar em Nápoles.
      Abs

  32. Luana

    Olá, que maravilha ler seu post. Estou programando a viagem para o próximo ano. Quero muito ir para Capri fazer o passeio de barco. Estava pensando em dormir lá duas noites, mas ainda não vi preço. Talvez seja. Melhor ficar em Sorrento e fazer bate volta para Capri, certo? E Pompéia, vale muito a pena?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Luana!
      Obrigada pelo elogio!
      Hospedagem em Capri costuma ser bem cara, pois é um balneário muito procurado por ricos e famosos. Comparando com Sorrento, essa costuma ser mais em conta.
      Mas nada impede de encontrar uma boa promoção por aí. É só ficar de olho. 😉
      Sobre Pompeia, sou suspeita pra falar porque adoro essa temática “Roma Antiga”… Mas independente disso, é uma visita incrível. Digo isso com toda certeza porque fui acompanhada de uma pessoa que odeia história e ela amou o passeio.
      Se decidir visitá-la, sugiro uma lida no meu post Roteiro de visita às ruínas de Pompeia.
      Abs

  33. ALCEU SILVEIRA JUNIOR

    PERFEITO!!
    DICAS PRECISAS E PRESTATIVAS.
    GRATIDÃO !!!

  34. Vanessa Jardim Maquiagem

    Olá! Adorei o post e achei d+ o seu blog!
    Obrigada pelas dicas!

    Vanessa

  35. Luana Vinge

    Olá,

    Adorei a reportagem!!

    Ficarei em Sorrento, mas preciso saber como faço para voltar p/ Roma.

    Não sei se tem trem ou seria ônibus.

    Vc tem alguma informação ?

    • Fernanda Rangel

      Oi, Luana!
      Obrigada pelo elogio!
      Pra ir de Sorrento até Roma de transporte público, tem que fazer conexão em Nápoles.
      A forma mais prática é pegar um trem de Sorrento até Nápoles e depois pegar outro até Roma. Essa conexão entre os 2 trens acontece na mesma estação, a “Napoli Centrale”.
      Eu saí de Sorrento em direção a Florença, mas foi o mesmo trem que segue pra Roma (fiz uma parada por lá antes de seguir pra Toscana). Contei isso (e tb o perrengue que passei nesse trecho) no post sobre o meu Roteiro de 18 dias pela Itália.
      Abs

  36. Cláudia Simone

    Olá Fernanda.
    Agradeço muito por compartilhar tantas informações importantes e as dicas que são ótimas.
    É perigoso viajar para Nápoles sozinha?
    Irei para Itália sozinha, fiz um roteiro para o sul, quero conhecer a cidade onde meus avós nasceram e viveram. O meu roteiro é Nápoles, 3 dias para conhecer os museus e também Pompéia e Hercolano, depois seguir de trem para a Basilicata (Potenza) 3 dias e fazer um bate-volta até a cidade dos meus avós que é em Cancellara pertinho de Potenza. Depois volto para Nápoles de trem para ir de barco até Sorrento onde ficarei mais 4 dias para conhecer este lugar mágico e encantador e fazer alguns passeios pela região.
    O que você acha deste roteiro de 10 dias?
    Mais uma vez agradeço estas dicas e também as indicações, curto demais a sua página!
    Abraços da Cláudia.
    Arrivederci

    • Fernanda Rangel

      Oi, Cláudia!
      Eu que agradeço o elogio! 😀
      Fico muito contente pelos posts estarem lhe sendo úteis.
      Acho um roteiro bom sim, embora só tenha visitado Nápoles, Sorrento e Pompeia dentre esses lugares que vc citou.
      Mas assim… Acho 3 dias para Nápoles muita coisa. Creio que uns 2 dias na cidade dê pra fazer tudo com bastante calma. E não vi nada demais por lá que te impeça de ir sozinha. Basta só tomar aqueles cuidados de praxe, como evitar andar sozinha tarde da noite, tomar cuidado em ruas desertas, procurar estar sempre em locais movimentados, etc.
      No caso de Sorrento, é uma cidadezinha maravilhosa e agradável, porém é bem pequinininha. É basicamente a praça central + a vista da Villa Comunale e acabou. Ficaria 4 dias só se fosse para passear pela Costa nesse período, tipo: 1 dia em Sorrento, 1 dia de bate-volta pra Capri, 1 dia de bate-volta pra Positano e assim por diante.
      Outra coisa: quando vier de Cancellara até Nápoles de trem, pegue outro (na mesma estação) que siga pra Sorrento. Digo isso porque além do porto de Nápoles ficar longe da estação de trem, indo por esse meio vc já salta no centro de Sorrento, a uns 5 minutos da Piazza Tasso. Se for de barco, vai saltar no porto, ter que ir beirando a minúscula orla até chegar ao elevador da Villa Comunale. E isso com bagagem, né?!
      Uma excelente viagem pra vc!

      • Cláudia Simone

        Ciao Fernanda!

        Muito obrigada pela resposta e também pela dica de ir de Nápoles a Sorrento de trem e não de barco…pensei em ir de barco pela vista e mais uma experiência também, mas pensando na questão das malas, de chegar até Piazza Tasso vindo da Marina Picola (Praticamente já conheço tudo lá) rsrsrs tudo lendo os seus posts, nossa como eles estão me ajudando, foi a melhor coisa eu ter encontrado a sua página, o que antes era tudo desconhecido, agora estou super segura e familiarizada, conhecendo praticamente todos os lugares que vou passar! Todas as suas dicas já estão no meu diário de viajem (tudo mesmo)…
        Como já fiz a reserva em Nápoles de 3 dias, vou pegar 1 dia para ir até Roma bem cedinho e voltar a tarde.
        Mais uma vez, muuuuito obrigada por compartilhar informações super legais e de grande valia para todos nós!
        Parabéns!!!!
        Grande abraço da Cláudia

  37. Cristiano

    Fernanda.. parabéns pelo site.. completinho.. estou montando minha viagem para a Italia com base nele 😀
    Deixa eu te perguntar.. você foi em maio.. pretendo também ir em maio/18… você entrou no mar? A água é fria? Grato!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Cristiano!
      Eu que agradeço o elogio! 😀
      Não cheguei a entrar no mar não. O máximo que fiz foi molhar os pés lá em Sorrento. E não estava muito gelada, mas também já era um meado de uma tarde, quando geralmente a água do mar está menos fria.
      As praias da Costa são meio ingratas, pois no lugar da areia tem uma espécie de cascalho. E mais: os melhores trechos são privados, ou seja, tem que pagar pra frequentar.
      Mas mesmo assim vi gente curtindo o mar na região. Não é nada impossível tb.
      Abs

  38. Silvio

    Consultando o preço passagem de barco(SNAV) de Napoli a Sorrento só achei Sorrento/Capri, não tem só Sorrento? Queria verificar preço. Obrigado…

    • Fernanda Rangel

      Oi, Silvio!
      Dei uma olhada no site e, realmente, não tem mais a opção do trecho Napoles-Sorrento pela SNAV (tinha na época que eu fui e quando publicamos o post). Obrigada pelo aviso!
      Dando uma pesquisada rápida aqui, descobri que há 2 empresas que fazem esse trajeto: a “Alilauro” e a “NLG”. Não conheço nenhuma delas, pois não existiam na época que viajei pra lá (2013). Por isso, não posso te dar certeza se são 100% confiáveis…
      Uma coisa que pode tb fazer a diferença é a época da sua viagem. Dependendo do mês, alguns trechos não são feitos e eles podem não aparecer como opção.
      Outra coisa: dependendo tb da época que vc for, dá pra comprar lá na hora. Eu visitei no meado do mês de maio e consegui comprar tranquilamente todas as minhas passagens de barco lá no próprio porto. Não adquiri nada com antecedência.
      Abs

  39. Lilia Santos

    Oi, Fernanda!
    Adorei este post.
    Estou indo pra Italia em Agosto de 2018.
    Quero ir à Pompeia e a alguma cidade da Costa Amalfitana.
    Veja se dá certo:
    No primeiro dia saio de Roma de trem, de manhã e vou para Pompeia (via Napoles).
    É possível, ao final do passeio de um dia em Pompeia, ir direto para Amafi, Positano ou mesmo Sorrento? (Esta última não estava nos meus planos, mas estou pensando depois de ler seu post.). Existem onibus ou trem para fazer este trecho? Saindo no final da tarde…
    Gostaria de dormir em uma destas cidades, passar o segundo dia e voltar para Roma no final da tarde.
    Você acha que seria uma boa ideia? Só tenho estes dois dias e queria conhecer pelo menos um pouquinho da Costa Amalfitana…

    Agradeço!

    • Fernanda Rangel

      Oi, Lilia!
      Obrigada pelo elogio!
      Creio que possa ter sim um ônibus pra Costa Amalfitana no final da tarde, já que em agosto os dias são mais longos. Só que vc terá que pegar o trem em Pompeia, saltar em Sorrento e pegar o ônibus em frente a estação ferroviária.
      Outra coisa importante: vc estará com malas ou irá de mochilão? Pq eu não tenho certeza se tem guarda-volumes na estação de Pompeia…
      Como vc quer conhecer a Costa em si, o ideal seria passar em Positano e Amalfi – que são so 2 vilarejos mais característicos. Uma ideia interessante seria sair de Pompeia e ir pra Sorrento. Visite o centrinho no final desse dia mesmo (é bem pequeno). No dia seguinte, visite Positano e Amalfi, voltando pra Roma no final do dia.
      Vai ser um pouquinho corrido, mas dá pra fazer. 😉
      Vc pode tentar consultar os horários dos ônibus pra Costa aqui.
      Abs

  40. Tatiana

    Olá, tudo bem?
    Estarei na Itália em outubro. Você aconselha conhecer Sorrento, Capri e a Costa Amalfitana nesta época?
    Dizem que as paisagens não estão tão bonitas por causa do tempo mais frio e dizem que normalmente chove mais nesse mês.
    No meu roteiro estou considerando Roma, Florença, Milão, Lago di Como, talvez uma esticada pra Suíça e depois volto passando por La Spezia (Cinque Terre) e Gênova, por onde irei embora.
    Você acha viável Costa Amalfitana, Lago di Como e Cinque Terre nos mês de outubro?
    Tem alguma outra dica pra me dar? Já conheço Veneza e arredores.
    Aguardo seu retorno.
    Suas dicas são muito valiosas.
    Obrigada!
    Tati.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Tati!
      Obrigada pelo elogio!
      Não saberia te dizer ao certo, pois visitei a Itália no mês de maio e não fui ao Lago di Como e nem a Cinque Terre…
      Eu creio que ainda dê pra visitar sim, mas acho que seria melhor se essa viagem fosse no começo de outubro. Quanto mais perto dos meses quentes (junho a setembro), melhor.
      Para mais dicas e informações de como foi a minha viagem, sugiro uma lida nos posts abaixo (só clicar nos links 😉 )
      Abs
      Roteiro de 18 dias pela Itália
      Dicas de sobrevivência para quem vai a Itália

      • Tatiana

        Oi,
        Obrigada pelo retorno.
        Estou tirando bastante dica desse roteiro, muito bom!
        Quanto a Suíça, você conhece? Pensei em subir pelo Bernina de Tirano até Chur e de lá ir pra Lucerna. No dia seguinte pensei em Monte Titlis e talvez um bate volta pra Berna. E terceiro e último dia pensei em voltar pra Milão utilizando a rota do Wilhelm Tell Express: barco de Lucerna até Flüelen e de lá seguindo de trem até Bellinzona… Aí trem comum pra Milão e de lá outro pra Gênova.
        O que acha? Tem alguma dica?
        Aguardo seu retorno.
        Obrigada.
        Tati.

        • Fernanda Rangel

          Oi, Tatiana!
          Desculpe a demora pela resposta.
          Conheço sim, mas desses lugares que vc citou, conheço apenas Lucerna e Berna.
          De qualquer forma, acho que vai ficar um pouco corrido esse bate-volta pra Berna. De repente, seria interessante visitar o Monte Titlis e a própria cidade de Lucerna no mesmo dia.
          Vou deixar aqui o meu roteiro pela Suíça pra vc ter uma ideia do que visitei. Nele, tem também informações úteis e dicas sobre a viagem pelo país.
          Basta só clicar no link abaixo.
          Abs
          Roteiro de 8 dias pela Suíça

        • Tatiana

          Oi, tudo bem?!
          Vou fazer muita coisa bem parecida com seu roteiro.
          Vi seus perrengues com a mala nos trens… Ninguém merece! Rs
          Vou comprar as passagens dos trens… Qual era o horário do seu trem de Nápoles para Florença? Estou com receio de comprar esse trecho e perder a passagem por causa de algum atraso no trecho anterior entre Sorrento e Nápoles. Você perdeu um trem nesse trecho, mas conseguiu chegar a tempo para pegar o pra Florença, né? Apenas para eu ter uma ideia, qual era o horário?
          Agradeço muito sua dicas e seu retorno!
          Obrigada!
          Tati.

        • Fernanda Rangel

          Oi, Tatiana!
          Vixe, não lembro o horário exato do trem de Nápoles a Florença (essa viagem foi há 5 anos…). Mas lembro bem que o trem que eu deveria ter pegado em Sorrento (e perdi) era o de 06:30 da manhã. Eu acabei pegando o seguinte que, se não me falha a memória, saiu 07:00.
          Acho que meu trem entre Nápoles e Florença era em torno das 08:00 (08:10, se não me engano).
          É bom dar uma conferida nesses horários no site da Trenitalia, pois não sei se eles ainda existem. Lembrando que visitei a Itália em 2013…
          Abs

  41. Denise Michelin

    Oi Fernanda adorei Sorrento eu e meu marido nós hospedamos neste Hotel, e estamos retornando agora em outubro de 2018, realmente adorei a cidade ainda mais que estava toda enfeitada para o Natal. Obrigada pelas dicas.

    • Fernanda Rangel

      Oi, Denise!
      Eu que agradeço o elogio e o seu relato! 😀
      Sorrento é mesmo uma graça de cidade, daquelas que dá vontade de ficar ali não fazendo absolutamente nada de especial, mas só curtindo o clima agradável de lá. E imagino mesmo que deva ter ficado linda no Natal.
      Aproveitem bastante!
      Abs

Totos os direitos reservados