O que Fazer em Puerto Varas: Roteiro de 3 Dias

Puerto Varas possui uma das paisagens mais pitorescas do Chile. Rodeada de vulcões e lagos belíssimo, a cidade é um charme. Veja o que fazer em Puerto Varas.

Puerto Varas: Vulcão Osorno visto do Lago Todos los Santos

Puerto Varas: Vulcão Osorno visto do Lago Todos los Santos

Todas as vezes que eu pensava em viajar para o Chile, o que me vinha à mente em conhecer era a Região dos Lagos, especialmente Puerto Varas. Sempre ouvia as pessoas dizendo que a travessia dos lagos andinos era um passeio incrível. E naturalmente aquilo ficou na minha cabeça.

Quando surgiu a oportunidade de viajar eu pensei: não vou perder essa chance... Acontece que a viagem acabou sendo programada para acontecer no inverno (junho/julho de 2015) e, nas minhas pesquisas, cheguei a conclusão que não seria uma boa ir para o sul, pois o tempo não ajudaria. Então eu comecei a planejar a viagem focando na região central: Santiago, estação de esqui, vinícolas, Valparaiso, Viña del Mar....

Mas...

Ocorre que neste ano de 2015 o início do inverno no Chile só teve nome, pois a temperatura não caiu como de costume e a neve custou muito a chegar (quando finalmente chegou eu já estava de volta ao Brasil). Valle Nevado chegou a adiar 3 vezes a abertura da temporada.

Eu havia planejado passar 3 dias na estação de Farellones, mas a medida que minha viagem ia se aproximando e a neve nunca que chegava, decidi mudar de planos aos 45 min do segundo tempo abortando Farellones e incluindo Puerto Varas no meu roteiro. E vou dizer: foi a melhor decisão que tomei!!!

Imagine a situação: você com uma reserva para 3 dias em uma estação de esqui que não tinha um floco de neve para contar história (E Farellons é ainda pior, pois é sempre a última estação a começar a temporada e a primeira a terminar, pois é a mais baixa delas). Todo mundo sabe que as diárias nos hotéis e pousadas nas estações de esqui são uma fortuna. Fora o aluguel de roupas de neve por dia. Pra piorar a situação, seu filho de 8 anos que estava sonhando em ver neve, te perguntando todo santo dia se tinha ou não nevado. Ia fazer o quê lá? Nada!!!! Além de frustrar a expectativa dele e gastar uma grana sem poder aproveitar o passeio direito.

Eu fiquei até sabendo que a estação de El Colorado estava fazendo neve artificial, mas cá pra nós, ir pro Chile pra ver neve artificial é um desperdício danado. Para isso eu poderia ter ido para o Snowland em Gramado e gastado muito menos.

tudo tem solução...

Se por um lado frustrou muita gente que planejava esquiar nessa temporada, por outro abriu uma possibilidade que eu havia abandonado: ir para a Região dos Lagos.

O problema da Região dos Lagos é que lá chove muito o ano todo. E no inverno é ainda pior. São raros os dias de tempo bom e céu limpo. Fora que o tempo é muito instável e muda toda hora em um só dia. Também não adiantaria mudar os planos e ir pra lá num período de chuvas.

Então, quando faltava um mês pra minha viagem e eu percebi que Farellones não iria rolar, comecei a acompanhar a previsão do tempo em Puerto Varas, diariamente.

Eu tinha algumas limitações, pois já havia reservado e pago diárias em alguns hotéis, de maneira que não poderia reformular totalmente o meu roteiro. Só me restariam três dias que estavam em aberto em função da desistência de Farellones. Então comecei a focar minhas vibrações de bom tempo nesses dias. Caso não desse certo o planejamento, eu ficaria em Santiago mesmo.

Quando faltava uma semana para a viagem, vi que num desses dias disponíveis, a previsão de tempo bom estava se mantendo viável e estável há algumas semanas. Então decidi comprar a passagem aérea de Santiago a Puerto Montt, reservar um hotel em Puerto Varas e alugar um carro. Acredite!! A passagem e a diária do hotel ficou praticamente elas por elas em relação à diária do hotel de Farellones.

A seguir, você poderá conferir como foi nossa experiência na região e dicas do que fazer em Puerto Varas:

Ainda não reservou seu Hotel?

A melhor forma de escolher onde se hospedar em sua próxima viagem é pesquisando em sites comparadores como o Booking e o Hoteis.com. De forma rápida você consegue comparar vários hotéis que se encaixam no seu perfil, avaliar as qualificações dadas por outros hóspedes e assim achar um local bacana que cabe no seu bolso.

DIA 1: Puerto Montt - Puerto Varas

Chegamos em Puerto Montt de avião, vindos de Santiago, pela cia aérea Sky, por volta das 10h. O voo durou 1h45min. O aeroporto era bem pequeno. Assim que saímos no desembarque, me dirigi ao stand da locadora de veículo e retirei o carro que havia alugado e seguimos para o centro da cidade. Confira dicas para uma viagem de carro pelo Chile.

Puerto Montt é uma cidade portuária e conhecida como a capital mundial do salmão. A ideia era conhecer o Mercado Angelmó e almoçar por lá, mas diante da experiência meio frustrante que tivemos no Mercado Central de Santiago (confira meu roteiro de 4 dias em Santiago), decidimos abortar os planos. Dizem que no local existem excelentes restaurantes especializados em mariscos e frutos do mar, além de uma feira de artesanato. Mas como era feriado nacional e o comércio estava todo fechado, e também fazia muito frio e chovia bastante, decidimos ir até o Shopping Paseo Costanera. O shopping possui filiais das grandes lojas do Chile.

Orla de Puerto Montt e o Shopping Paseo Costanera

Orla de Puerto Montt e o Shopping Paseo Costanera

Havia lido relatos de pessoas dizendo que lá as coisas eram mais em conta do que em Santiago mas, sinceramente, não achei nada barato. Demos umas voltas pelo shopping, almoçamos por ali mesmo e de tarde, seguimos para Puerto Varas (distante cerca de 25Km de Puerto Montt). Ficamos hospedados no excelente Hotel Cabaña Del Lago, às marges do lago Llanquihue.

A cidade estava meio deserta por conta do feriado e estava tudo fechado. Passamos no supermercado Santa Isabel (Calle Del Salvador), compramos alguma coisa pra comer e fomos para o hotel descansar um pouco.

ATENÇÃO:

No Chile, os feriados nacionais são praticamente mortos, especialmente os chamados feriados irrenunciáveis. Tudo fecha e quase não dá pra fazer nada. Fique atento aos feriados chilenos quando planejar sua viagem.

À noite, saímos para jantar no Restaurante Fogon Las Buenas Brasas. O restaurante era muito agradável, com um ambiente bem intimista, típico de cidadezinha do interior. Fomos muito bem atendidos pelo Max, um chileno que fala português e já morou no Brasil e nos deu uma aula sobre vinhos. Comemos um prato típico da região: um salmão fresco grelhado, que estava sensacional. Foi o melhor salmão que já comi na vida.

A primeira impressão que tive de Puerto Varas foi muito positiva. Achei a cidade uma graça, e olha que o tempo estava chuvoso e nublado quando chegamos e mal podíamos esperar pelo que veríamos no dia seguinte.

Uma sugestão de saída noturna é o Cassino da cidade que fica no Hotel Dreams Los Vocanes.

Alugar um carro pode ser uma ótima opção

A melhor forma de explorar um novo destino, com liberdade total, é alugando um carro. Em muitos casos você poderá economizar, evitando despesas com translados e deslocamentos em geral. Será que vale a pena? Faça uma cotação online na RentCars e encontre as menores tarifas entre as principais locadoras. Você tem a vantagem de poder pagar em reais, sem IOF, e ainda parcelar no cartão.

DIA 2: Saltos de Petrohué - Lago Todos los Santos - Frutillar

Acordei às 8h e percebi que estava tudo escuro. Fui na janela do quarto e não havia uma alma viva andando na rua. Parecia madrugada. Imaginei que o dia começaria a amanhecer por volta das 8h30m como em Santiago, mas não. Deu 9h... 9h30m... Saímos para tomar café da manhã e o dia só amanheceu mesmo por volta das 10h.

O tempo ainda estava bastante nublado, mas estava firme. Não estava mais chovendo. Eu estava contando que aquele dia seria O DIA!! O sol começou a surgir e as nuvens a se dissipar. A cada minuto a paisagem na janela do quarto se modificava. O lago Llanquihue se revelou para a gente. Pouco a pouco, o vulcão Osorno e o Calbuco também começaram a dar o ar da graça. Que paisagem incrível...

Vulcão Osorno (esq) e Calbuco (dir) sobre o Lago Llanquihue em Puerto Varas

Vulcão Osorno (esq) e Calbuco (dir) sobre o Lago Llanquihue em Puerto Varas

Era hora de partir. Pegamos o carro e saímos em direção aos Saltos de Petrohué localizados no Parque Nacional Vicente Perez Rosales. Seguimos pela Ruta 225 por um trecho de cerca de 50Km margeando o Lago Llanquihue.

Saltos de Petrohué

A medida que seguíamos, íamos parando para fotografar a paisagem. O Osorno já estava dando o ar da graça, mas o Calbuco ainda um pouco envergonhado, ainda brincava de esconde-esconde entre as nuvens. A viagem que duraria cerca de 45 min, durou mais de 1 hora por conta das diversas paradas para fotos no caminho.

Bela paisagem dos vulcões Osorno e Calbuco na estrada para Saltos do Petrohué

Bela paisagem dos vulcões Osorno e Calbuco na estrada para Saltos do Petrohué

Depois a estrada passou a ser margeada pelo Rio Petrohué e foram mais paradas para fotos. A cor do rio é incrível. Um verde esmeralda de doer os olhos.

Rio Petrohué

Rio Petrohué

Chegamos enfim até a entrada do Parque. Um dos mais antigos do Chile, o complexo possui dezenas de atrações para quem curte turismo de aventura em contato com a natureza, tais como trilhas, rafting, escalada, canoagem, etc. O que me interessava eram os famosos "saltos" do Rio Petrohué, belíssimas quedas d'água e corredeiras sobre rochas vulcânicas.

Não pagamos pelo ingresso para entrar no parque, apenas o estacionamento. Achei estranho, pois tinha lido que teria que pagar pelo ingresso, mas depois descobri o motivo: um dos mirantes do parque (por sinal o que tinha a vista mais bonita das quedas d'água com o Osorno ao fundo) estava fechado para manutenção e por isso eles não estavam cobrando a entrada neste dia. Mesmo assim, conseguimos caminhar pelas trilhas e passarelas de madeira do parque e apreciar o belíssimo contraste das corredeiras do rio com a vegetação da montanha e o céu que começava a limpar.

Ainda não estava satisfeito, pois tinha visto fotos maravilhosas do lugar com o Osorno ao fundo e ele insistia em se esconder atrás das nuvens. Demos mais algumas voltas pelo parque e, de repente, o Osorno começou a se revelar. Fiquei alguns segundos em estado de choque olhando aquilo sem acreditar. Eu estava aos pés de um vulcão! Eu tinha falado pro meu filho assoprar bastante pro alto, pra ver se as nuvens saiam dali. Parece que a brincadeira deu certo.

Saltos de Petrohué

Saltos de Petrohué

DICA

Não adianta sair muito cedo para ir aos Saltos de Petrohué. Nos dias ensolarados, o passeio só fica legal mesmo depois que o sol já está mais alto e não há sombra sobre o rio. E é exatamente o reflexo do sol na água que faz a sua cor esverdeada se destacar ainda mais.

ATENÇÃO

Para quem vai no verão, evite usar roupas pretas pois elas atraem um inseto grande chamado tábano que pica e dói.

Lago Todos los Santos

Na saída, contratamos um passeio de barco pelo Lago Todos los Santos. Seguimos pela Ruta 225 mais 3 Km até chegar no final. O lago formado de água do degelo das montanhas é rodeado pelos vulcões Osorno, Puntiagudo e o Monte Tronador. Era cerca de 14h e conseguimos simplesmente uma das paisagens mais espetaculares da viagem. O céu azul e o sol realçavam o verde esmeralda do lago e o Osorno finalmente mostrou toda a sua imponência. O passeio durou cerca de 30 min, tempo suficiente para que aquela paisagem se tornasse eterna na minha memória. Valeu muito a pena.

OBS

O lago Todos los Santos faz parte do circuito da Travessia dos Lagos Andinos entre Puerto Varas, no Chile e Bariloche, na Argetina. O passeio completo ficará para uma próxima oportunidade.

Lago Todos los Santos

Lago Todos los Santos

Frutillar

Depois do passeio de barco, pegamos a estrada de volta em direção a cidade de Frutillar. A ideia era contornar o lago Llanquihue, passando pela cidade de Puerto Octay, mas como felizmente o passeio a Petrohué demorou mais do que o programado, pois nos agradou bastante, acabou ficando um pouco tarde. Se fizéssemos o contorno do lago como planejado, só chegaríamos em Frutillar à noite. Então decidimos retornar a Puerto Varas e de lá seguir até Frutillar.

De Puerto Varas à Frutillar, a distância é de 36Km pela Ruta 5 (Panamericana). Chegando em Frutillar, seguimos até Frutillar Bajo, às marges do lago Llanquihue.

Estacionamos o carro e fomos caminhando pela orla até começar a escurecer. Infelizmente àquela hora, já não era mais possível avistar o Osorno, mas mesmo assim, valeu a pena conhecer o lugar. O ideal seria visitar Frutillar mais cedo, para apreciar a bela paisagem da cidadezinha lacustre de forte influência alemã. Em dia de céu claro é possível ver o vulcão Puntiagudo à direita do Osorno e o Monte Tronador à esquerda.

Orla do Lago Llanquihue em Frutillar e as esculturas com referências musicais

Orla do Lago Llanquihue em Frutillar e as esculturas com referências musicais

Frutillar é conhecida por sediar as chamadas "Semanas Musicais" entre os meses de janerio e fevereiro. Por isso, a cidade é cheia de referências a instrumentos e notas musicais. O belo Teatro del Lago sedia os espetáculos de música clássica e jazz.

Lago Llanquihue em Frutillar: Teatro del Lago no detalhe (esq)

Lago Llanquihue em Frutillar: Teatro del Lago no detalhe (esq)

Se tiver mais tempo em Frutillar, não deixe de visitar o Museu Colonial Alemão, onde foram recriados os assentamentos coloniais alemães, com construções, jardins e um moinho em tamanho natural.

Outro destaque de Frutillar são os famosos kuchen, uma sobremesa alemã. Vale a pena experimentar.

À noite, optamos por fazer um lanche no próprio hotel em Puerto Varas.

Já contratou o Seguro Viagem?

Não corra riscos desnecessários e evite viajar preocupado, contrate um seguro viagem e aproveite ao máximo suas férias. Faça agora mesmo uma cotação na Seguros Promo e escolha entre as melhores seguradoras sempre com ótimo custo benefício. Aproveite esse cupom especial do Black November, disponível por tempo limitado, e garanta um desconto de 15% pagando no cartão ou economize 20% no boleto. Utilize o código: BLACK.

DIA 3: Puerto Varas e Vulcão Osorno

Esse era um dos dias mais esperados de toda a viagem. Afinal de contas, não é toda hora que a gente chega tão perto de um vulcão. Já tinhamos sido apresentados ao Osorno no dia anterior. Mas neste dia, nós iríamos subir até a estação de esqui que existe lá em cima.

Eu estava bastante apreensivo de ir por conta própria, em razão de não conhecer as condições da estrada, além do risco de poder ter neve no caminho. Então optamos por contratar um tour com uma agência local, indicada pelo hotel, para nos levar até lá.

Iglesia Sagrado Corazon de Jesus em Puerto Varas

Iglesia Sagrado Corazon de Jesus em Puerto Varas

Puerto Varas

O tour saía às 14h, de maneira que, na parte da manhã, decidimos dar umas voltas no centro de Puerto Varas de carro. Achamos uma graça. É a maior cidade às marges do lago Llanquihue e preserva construções de influência germânica.

Visitamos uns de seus cartões postais, a Igreja Sagrado Corazon de Jesus, réplica de uma igreja da Floresta Negra na Alemanha. Seu interior, em estilo barroco, abriga duas cúpulas construídas na maior alturas possível sem suporte de metal.

Também passamos por por uma feirinha de artesanato, na Calle Del Salvador, perto da Plaza de Armas. Depois fomos até a orla dar uma caminhada.

Orla de Puerto Varas: Vulcões Osorno (esq) e Calbuco (dir)

Orla de Puerto Varas: Vulcões Osorno (esq) e Calbuco (dir)

Almoçamos no Restaurante Cumbres del Lago que fica dentro do Hotel Cumbres Puerto Varas. Comi um delicioso ravioli de camarão com molho quatro queijos. Mas o que chamou mesmo a nossa atenção, foi a vista do lago Llanquihue com os vulcões Osorno e Calbuco ao fundo, uma paisagem era de tirar o fôlego.

Vulcão Osorno

De volta ao hotel, partimos às 14h com a van que contratamos para ir até o centro de esqui do Osorno. No caminho, o guia foi dando diversas explicações sobre a história da colonização da cidade de Puerto Varas e curiosidades sobre os vulcões Osorno e Calbuco.

curiosidades

O vulcão Osorno tem um formado de cone perfeito, bastante semelhante ao Monte Fuji no Japão. É um vulcão considerado extinto. O último registro de atividade é datado de 1869. Já o Calbuco ainda está em atividade. Recentemente, em abril de 2015, ele entrou em erupção de forma repentina. Perguntei ao guia se as cinzas do Vulcão Calbuco tinham trazido muitos transtornos para a população e ele respondeu que a região não foi praticamente afetada, pois felizmente os ventos empurraram a fumaça para o lado da Argentina.

Apesar de serem bastante próximos um do outro, o Osorno e o Calbuco parecem não se comunicar, de maneira que não haveria risco da atividade vulcânica do Calbuco interferir no Osorno.

A estação de esqui do Osorno é considerada uma das mais modernas do Chile, mas infelizmente não estava em funcionamento naquele dia. A neve ainda não tinha atingido um nível suficiente para o início das atividades de inverno, mas mesmo assim a visita seria imperdível. Até porque nossa intenção não era mesmo esquiar, mas apenas conhecer e brincar na neve. E conseguimos!

Caminho ao vulcao e a vista do Lago Llanquihue da base da estação

Caminho ao vulcao e a vista do Lago Llanquihue da base da estação

O caminho até a estação foi bastante tanquilo. Eu até poderia ter ido de carro, pois não havia neve na pista e ela era praticamente toda asfaltada. Ninguém se sentiu mal e as curvas não eram tantas quanto dizem sobre o Valle Nevado, até porque não tem a mesma altiude. No caminho é possível apreciar belas vistas do lago Llanquihue, da região do Rio Petrohué e do vulcão Calbuco. Pena que naquela hora o céu não estava muito limpo e não pudemos observar o vulcão Calbuco direito.

Chegando na base da estação, há uma cafeteria e banheiro. A entrada na estação é gratuita. Você paga apenas se quiser subir no teleférico e se for participar das atividades. Se for subir a pé, não paga nada. Os preços podem ser consultados no site oficial.

Boneco de neve na estação do Vulcão Osorno

Boneco de neve na estação do Vulcão Osorno

DICA

Procure saber se o seu hotel possui algum convênio com o centro de esqui para ter desconto. O Hotel Cabaña del Lago em que ficamos hospedados, possuía o convênio que dava 30% de desconto nos ingressos. Eles nos deram um voucher na recepção que eu apresentei na bilheteria do centro de esqui para comprar o ticket do teleférico.

O teleférico é muito longo e parece meio assustador, pois é todo aberto. Ele possui duas etapas. Nó subimos apenas na primeira etapa, pois a segunda estava fechada. Era possível subir mais um pouco a pé, mas não dava pra subir tudo.

Quando pisamos na neve, a alegria foi muito grande. Dava pra ver a emoção nos olhos do meu filho. Fizemos boneco de neve, brincamos de anjinho, guerra de neve, de escorrega. Foi muito divertido. Um sonho realizado. Deu até pra ficar sem luva em alguns momentos. Tinha hora que começava a nevar e ventar mais forte. Depois de um tempo brincando ali, resolvemos descer de volta, pois a chuva apertou.

Estação Osorno: você quer brincar na neve?

Estação Osorno: você quer brincar na neve?

A subida do teleférico e a descida foram os momentos em que sentimos mais frio, pois ventava muito. Portanto, é importante estar com roupa adequada.

Retornamos ao ponto de encontro da excursão, tomamos um chocolate quente na cafeteria e formos embora. Valeu muito a pena o passeio.

Chegamos em Purto Varas ao anoitecer e fomos novamente no restaurante Fogon Las Buenas Brasas que nos agradou muito.

No dia seguinte, saímos bem cedo, ainda de noite, de volta ao aeroporto de Puerto Montt para retornar a Santiago.

Considerações finais:

Como você pode ver, meu relato foi todo baseado em um passeio de carro. Mas é possível conhecer Puerto Varas e arredores sem estar motorizado. Os passeios podem ser feitos através de agências de turismo locais ou mesmo de ônibus.

Não fiz câmbio em Puerto Varas e também não cheguei a ver as cotações, de maneira que não saberia informar se valeria a pena trocar dinheiro lá.

Confira outras dicas importantes que é preciso saber antes de viajar para o Chile.

Você também pode acessar nossa página completa de destinos e conferir todo o nosso conteúdo sobre o Chile. Se você tiver alguma dúvida ou quiser deixar o seu relato, fique à vontade para fazer seus comentários. Agradecemos a sua participação.

Vai Viajar?

 Encontre o hotel perfeito para sua próxima viagem com garantia do menor preço. O nosso blog tem parceria com o Booking, serviço que te ajuda a comparar preços de hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura. Você ainda pode fazer uma reserva com a opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in. Garanta sua reserva de hotel agora mesmo.

 Antes de alugar um carro, faça uma comparação entre as principais locadoras do Brasil e do mundo. A nossa parceira RentCars te ajuda nessa busca de preços e oferece todas as opções de forma rápida e segura. A cobrança poderá ser feita em reais, sem IOF. Divida em até 12 parcelas no cartão de crédito ou aproveite um desconto de 5% no boleto bancário. Compare os valores e economize.

 Não esqueça do seguro viagem. Economize tempo e dinheiro fazendo uma cotação na Seguros Promo. Encontre os melhores planos das principais seguradoras por preços imbatíveis. Aproveite esse cupom especial do Black November, disponível por tempo limitado, e garanta um desconto de 15% pagando no cartão de crédito ou economize 20% no boleto bancário. Utilize o código promocional: BLACK.

 Compre um chip internacional e se mantenha conectado durante sua viagem. A Easysim4u oferece plano de dados em 210 países, com conexão de internet ilimitada. Você informa o número de dias da viagem, recebe o chip em sua casa, de forma antecipada, e chega em seu destino com tudo funcionando. Compre com 10% de desconto usando o nosso cupom exclusivo: PARAVIAGEM10.

 Compre ingressos para atrações, shows, espetáculos, eventos, tours, passeios e muitas outras experiências com a GetYourGuide. A empresa, presente nos principais destinos, oferece vantagens como a garantia do menor preço e a possibilidade de reserva online antecipada, garantindo seus bilhetes antes da viagem.

 Encontre as melhores datas para a sua próxima viagem e economize na hora de comprar as passagens aéreas. Usando a plataforma do Passagens Promo você pode pagar com cartão de crédito em parcelas sem juros e sem cobrança de IOF. A empresa conta ainda com selo de qualidade no atendimento. Agora não tem mais desculpe, partiu Puerto Varas!

Reservando com nossos parceiros, além de garantir o menor preço e um serviço de qualidade, você também ajuda a manter o blog e nos motiva a produzir cada vez mais conteúdo.

Galeria de Fotos:

42 Comentários
  1. Dener Gomes
    Dener Gomes

    Parabéns pelo blog.
    Você sabe qual a distância de Santiago para Puerto Varas? Se compensa alugar um carro?
    Obrigado

    • Vinícius Miranda

      Olá Dener,
      De carro, a distância é de cerca de 1.030Km indo pela Panamericana (Ruta 5).
      Sobre ir ou não de carro, depende do tempo que você terá. É uma viagem muito longa. Eu fui de avião.
      Abraços

    • Bruno

      Viagem bem tranquila, dá pra fazer em pouco mais de 10 horas, estrada só tem reta, só que são 10 pedágios de mais ou menos 13 reais cada.

      • eolney

        oi bruno, estou planejando ir final de ano para essa região, de santiago ate perito morrendo. se tiver algumas dicas fico agradecido. Abraço, ney silva.

  2. Ricardo Neto
    Ricardo Neto

    Bom dia,
    Qual empresa vc usou para fazer o passeio de barco no lago todos los santos?
    Att

    • Vinícius Miranda

      Como vai Ricardo,
      Eu contratei o passeio na bilheteria do Parque Nacional Vicente Perez Rosales, quando saí dos Saltos de Petrohué. A empresa chama-se “First Patagonia Chile”
      Eles oferecem vários passeios.
      Abraços

  3. Tatiane

    Boa tarde, adorei suas informações, pretendo conhecer Santiago e Puerto Varas no inverno do próximo ano. Vc comprou as passagens aéreas da Sky no Chile ou aqui no Brasil? Qual site? Não consigo acessar o site da Sky. Muito obrigada!

    • Vinícius Miranda

      Olá Tatiane,
      Eu comprei ainda no Brasil, mas não foi pelo site da Sky. Quando eu estava pesquisando os preços, os valores pelo site da Sky aumentaram absurdamente e eu consegui o melhor preço pelo Agarre.com. E ainda paguei parcelado e sem IOF.
      Dizem que o site da Lan Chile também costuma ter preços melhores do que o site brasileiro.
      Abraços

  4. Mayara

    Olá Vinícius, bom dia!

    Parabéns pelo post, será muito útil! Vou para Puerto Varas agora em novembro.
    Sabe me informar se é muito frio? Ainda tem neve?

    Obrigada!

    • Vinícius Miranda

      Mayara,
      Essa informação é muito complicada. Estive no Chile no início de julho e foi uma dificuldade para encontrar neve.
      Não posso ser leviano de afirmar qualquer coisa nesse sentido.
      Desejo sorte!!

      Abraços

  5. Pauliane

    Olá Vinícius!
    Estou indo para Puerto Varas em dezembro e ficarei exatamente 3 dias. Seu roteiro está perfeito para o tempo que terei lá. Você poderia me informar qual a agência de turismo que contratou para o passeio ao vulcão Osorno?

    Muito obrigada.

  6. Anna

    Boa Noite Vinicius!
    03 dias em Puerto Varas é o suficiente?
    Você foi a Bariloche?
    Abçs

  7. Daniella

    Adorei a dissertação da sua estória, muito bem escrita . Estou ansiosa para a minha viagem que acontecerá início de junho e adoraria ver a neve .

  8. Paloma

    Olá,

    Pretendo ir em janeiro de 2017, para dez dias, partindo santiago de onibus teria mais alguma sugestão?

    Adorei seu roteiro

  9. Cristiane

    Parabéns pelo blog. Me ajudou bastante para programar minha viagem.

  10. rodrigo vilani

    Ola! o passeio pelo lago que fizeram foi ate onde? Peulla?

  11. Rharon

    Olá Vinícius, achei o seu roteiro ótimo e muito bem descrito. Parabéns!
    Estava em dúvida se iria visitar a Região dos Lagos, mas vendo sua experiência acho que consegui me decidir! 🙂
    Gostaria que tirasse uma dúvida, qual a empresa que você alugou o carro e quais valores?

    • Vinícius Miranda

      Olá Rharon,
      Na época eu aluguei através da RentCars, parceira do blog. A vantagem é que o site te ajuda na busca de preços e oferece todas as opções de locadoras de forma rápida e segura. A cobrança é feita sempre em reais, sem IOF. É possível dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou aproveitar um desconto de 5% no boleto bancário. Compare valores de aluguel de carros e economize. Dá uma conferida.
      Abçs

      • Rharon Maia

        Obrigado pela resposta Vinícius. 🙂 Qual foi a “loja” e o carro que alugaste? Ouvi falar que tinha um seguro a ser pago na hora da locação do veículo e que isso encarecia bastante o aluguel. Isso é verdade? Além do valor pago na RentCars você teve que pagar mais alguma coisa?

        • Vinícius Miranda

          Rharon,
          O carro que aluguei era de categoria econômica, mas não me recordo o modelo.
          O valor do seguro já está incluso no preço pago. Não há necessidade de pagar mais nada no local. Caso você ultrapasse a diária ou tenha alguma multa, a cobrança extra será feita na fatura do seu cartão.

  12. Gilberto

    Vou a puerto varas final de março começo de abril, éum bom período. Tenho como fazer todos esses passeios, me dê agumas dicas. Grato fico no aguardo.

    • Vinícius Miranda

      Olá Gilberto,
      Você irá na primavera. É uma boa época e se der sorte de pegar tempo firme conseguirá belas vistas dos vulcões. Esses passeios que listamos na matéria são tranquilos de fazer. Menos a estação de esqui que poderá estar fechada. Em compensação, se você curtir atrações como cavalgada, canoagem, trekking, talvez seja possível nessa época, o que certamente ficou inviabilizado quando eu fui, em pleno inverno.
      Tenho certeza que vocÊ irá adorar Puerto Varas. E volte aqui para contar sua experiência. Um abraço!

  13. Maria Luiza kruppa

    Parabéns pelo trabalho apresentado. As fotos são excelentes e transmitem muita alegria.
    Visitei todos os lugares que você citou foi maravilhoso o passeio. Tive mais sorte que vocês pois todos os dias
    havia sol e céu limpo bem azul.
    Fiz muitas fotos inclusive consegui os dois vulcões juntos na mesma paisagem.
    Amo o Chile as paisagens são lindas.

    • Vinícius Miranda

      Maria Luiza,
      Fico muito feliz que nosso trabalho tenha lhe ajudado e mais ainda por você dispor um pouquinho do seu tempo para nos dar o seu feedback. Muito obrigado!!
      São relatos como o seu que nos fazem ter a certeza de que estamos no caminho certo.
      Grande abraço

  14. Júlio Tofolo

    Estive 3 vezes no Chile, estive em Osorno e alomocei em um restaurante que na entrada existia uma churrasqueira de uns 4m de comprimento e se não me engano 4 fileiras de carne sendo assadas. No fundo do restaurante que tinha uma janela que pegava a parede toda e se via o vulcão. Se alguém souber poderia me dar o nome do restaurante. Obrigado.

  15. Jackson

    Parabéns pelo site.
    As informações foram muito uteis!
    Espero aproveitar a região como vocês, sabe como é o tempo por lá na segunda quinzena de outubro?

  16. Livia Melo - Viagens & Menus

    Vinícius, amei o seu relato! Todas as suas dicas foram muito preciosas. Estou montando meu roteiro e adorei o post! Um abraço!

  17. Silvio

    Ola !!! Ótima sugestão! Pretendo fazer eata viagem em agosto, Santiago e Puerto VAras, vc sabe me dizer se o inverno costuma ser muito rigoroso?

    • Vinícius Miranda

      Olá Silvio,
      Depende do ano. Quando estive lá em 2015 o inverno não foi muito rigoroso. A temporada de neve custou a começar. Já nos dois últios anos, foi bastante intenso.
      Abços

  18. Cintia

    Eu SIMPLESMENTE adorei o seu relato, estarei em Santiago em Setembro e estamos pensando em dar um pulinho em Puerto Varas, porém, sempre que procuramos a melhor época dizem que o Inverno é bem ruim para visitar os lugares. Muito Obrigada pelas dicas.

    • Vinícius Miranda

      Olá Cintia,
      Realmente a Região dos Lagos tem muita interferência do clima. Dependendo da época, pode acabar dificultando sua viagem. Quando eu fui em julho/2015, foi uma época em que o inverno custou a chegar e não foi tão rigoroso. Depende muito do ano. Por isso, não dá pra fazer uma previsão assim categórica. O tempo é imprevisível!
      Abçs

    • Lívia Oliveira dos Santos

      Cintia, você foi para puerto varas? Como foi? Você despachou bagagem? Passou quantos dias? beijos

  19. VANIA

    Adorei! Estava na dúvida em alugar um carro e já decidi com seu roteiro! Obrigada. Vânia

  20. livia oliveira

    Olá, adorei as dicas. Estou com uma dúvida: você despachou bagagem nesse vôo para Santiago?

Totos os direitos reservados