Roteiro de 4 Dias em San Francisco na Califórnia

Este roteiro pode ser muito útil para que você saiba exatamente o que fazer em San Francisco, economizando tempo e dinheiro, caso tenha poucos dias em sua viagem à Califórnia.

Dirigindo pela Ponte Golden Gate

Dirigindo pela Ponte Golden Gate

Umas das cidades que eu mais gostei de conhecer em minhas viagens pelo mundo, sem dúvida, foi San Francisco na Califórnia. No meu caso, fiquei durante apenas 5 noites na cidades, tendo apenas 4 dias completos para conhecê-la.

Foi preciso montar uma programação bem inteligente para que fosse possível conhecer ao máximo essa cidade maravilhosa. Neste artigo vou te mostrar o que fazer em San Francisco e dar dicas para elaborar seu roteiro.

A primeira decisão é escolher onde se hospedar. Considerando a proximidade com os locais de interesse e a facilidade de transporte, escolhi o Grant Hotel, que fica próximo à Union Square. Além de ser uma bela área da cidade, com as ladeiras clássicas, as principais linhas de bondinho (cable car) passam por ali. Confira também esse artigo com várias dicas de hotéis em San Francisco próximos da Union Square.

Falando nos bondinhos, considero essa a maneira mais interessante e estilosa para se deslocar pela cidade. Recomendo a compra do Muni Passport que dá direito em todos os transportes municipais, incluindo os bondinhos, durante o número de dias contratados.

Por outro lado, dependendo do seu roteiro, pode valer a pena comprar o Explorer Pass que te da direito a visitar 3, 4 ou 5 atrações, dentre as mais de 20 disponíveis no passe. Entre as opções estão o Big Bus Hop-On Hop-Off, Aquarium of the Bay, California Academy of Sciences, Cruzeiro pela Golden Gate Bay, Museu deYoung, Museu Madame Tussauds, Exploratorium e muitas outras.

Dia 1: Lombard Street, Fisherman Wharf e Alcatraz

Já com o Muni Passport na mãos, comprado no Walgreens, pegamos o bondinho Powell-Hyde logo pela manhã e, depois de curtir o trajeto, saltamos na Lombard Street. Esta é uma rua muito famosa tão íngreme que tem um trecho em zigue-zague.

Descemos a Lombard Street a pé e tiramos várias fotos. A rua é um ponto belíssimo, imperdível, sempre toda florida.

Nossa próxima parada foi o Fisherman Wharf que fica a uns 15 minutos à pé deste ponto. Além de muitas lojinhas e alguns restaurantes você pode apreciar a bela orla de San Francisco. Os leões marinhos adoram ficar pegando sol ao lado do pier. Chega a faltar espaço para os animais e o cheiro você consegue reconhecer de longe.

Caminhando um pouco mais chegamos ao Pier 39. Vale a pena conhecer e quem sabe almoçar por lá.

A tarde nossa programação foi conhecer Alcatraz. O passeio sai do Pier 33 mas recomendo que você compre sua entrada pela internet, com pelo menos 15 dias de antecedência para garantir que haverá disponibilidade.

Vista de San Francisco de Alcatraz

Vista de San Francisco de Alcatraz

A visita a ilha de Alcatraz é realmente impactante. É um lugar com um clima bem pesado e ao mesmo tempo lindo e cheio de história. O tour pelas celas já está incluído no preço e pode ser feito em várias línguas, inclusive em português.

Você vai se impressionar com a vista da cidade de San Francisco deste ângulo, assim como a vista da ponto Golden Gate. Haja foto.

É permitido permanecer o tempo que quiser na ilha, mas fique sempre atento aos horários de retorno do barco.

De volta ao continente, antes de pegar a linha Powell Mason do cable car de volta para o hotel, recomendo dar uma passadinha na ROSS, que fica ali ao lado. Certamente você encontrará muitas roupas de marca por um preço bem atrativo.

Já contratou o Seguro Viagem?

Não corra riscos desnecessários e evite viajar preocupado, contrate um seguro viagem e aproveite ao máximo suas férias. Faça agora mesmo uma cotação na Seguros Promo e escolha entre as melhores seguradoras sempre com ótimo custo benefício. Aproveite essa oportunidade e tenha 5% de desconto utilizando o nosso cupom: PARAVIAGEM05

» Quer encontrar um seguro viagem barato de verdade? Nesse artigo você encontra um passo a passo detalhado que te ajuda a economizar!

Dia 2: Grace Cathedral, Ferry Biulding MarketPlace e Union Square

Nossa primeira parada no segundo dia foi no Huntington Park na California Street. Essa rua fica a umas 4 ou 5 quadras acima da Union Square, então dependendo de onde estiver seu hotel, vale a pena pegar o bondinho para chegar lá, afinal são 4 quadras de ladeira.

Área Interna da Grace Cathedral

Área Interna da Grace Cathedral

Aproveite essa pracinha super agradável logo pela manhã e em seguida vá conhecer a Grace Cathedral, que fica logo ao lado. Independente da sua religião, visitar essa igreja é um programa imperdível. Não tire apenas fotos de fora, entre na Catedral e aprecie sua beleza.

A igreja tem várias áreas com velinhas para você acender e fazer um pedido. A visita é gratuita, mas tem cartazes pedindo doação para ajudar a igreja.

Em seguida, pegamos o bondinho na linha California em direção ao Ferry Biulding MarketPlace. Nesta área da cidade você perceberá um estilo diferente de arquitetura, mais moderna, com prédios mais altos.

Em frente ao MarketPlace há uma bela praça com uma pequena feira de artesanato. Já no Ferry Biulding, você verá uma bela arquitetura com lojinhas e restaurantes. A área externa é muito bonita, com vista da baia e da San Francisco-Oakland Bay Bridge. Este pode ser um cenário perfeito para o seu almoço.

O caminho de volta é feito pegando o bondinho na linha California e, se necessário o bondinho na linha Powell. Dessa forma chegaremo na nossa próxima parada, a Union Square, porém antes de chegar lá, recomendo uma passada pelo portal de China Town, na Bush Street

Duas quadras para baixo chegamos na Union Square, uma bela praça cercada de lojas e hoteis. Nessa área você encontrará lojas famosas como Macy's, Victoria's Secret, Nike, Levis, Gucci entre outras. Quero ver você ainda ter perna para fazer compras.

Dia 3: Palace of Fine Arts, Golden Gate Bridge e Coit Tower

Depois de conhecer praticamente toda a área coberta pelas linhas históricas do bondinho, preferimos alugar um carro para conhecer os demais pontos turísticos mais distantes. Confira o link com o roteiro completo do terceiro dia.

Antes de alugar o carro, faça uma cotação na RentCars, uma empresa nacional que oferece uma cotação online comparando o valor do aluguel nas principais locadores do país e do mundo, com a garantia do menor preço e pagando em reais, sem IOF, podendo dividir em até 12 parcelas no cartão de crédito ou ainda garantir um desconto de 5% no boleto bancário.

Saindo do hotel passeamos de carro pelo bairro de China Town apreciando um pouco da arquitetura particular desta área. Em seguida seguimos pela orla da cidade passando por cada piers até chegarmos no Fisherman's Wharf.

Lago do Palace of Fine Arts

Lago do Palace of Fine Arts

Seguimos para nossa primeira parada, o Palace of Fine Arts. Este é um local com uma arquitetura marcante e um lindo lado. Foi construído em 1915 e mantem sua estrutura original até hoje, mesmo depois das reformas. Vale muito a pena caminhar em torno do lado passando pelas construções grandiosas deste lugar especial.

A praia de Crissy Field foi nossa próxima parada. Esta foi nossa primeira vista da Golden Gate Bridge. Você pode caminhar nesta área ou até andar de bicicleta até o Fort Point, na base da ponte. Também dá pra chegar lá de carro, seguindo a orla.

Depois de apreciar esta parte da cidade, seguimos na direção da Golden Gate. Prepare-se para enfrentar algum transito, que acaba não incomodando tanto estando neste cenário. Dirigir pela Ponte Golden Gate foi realmente prazeroso, pena que passa tão rápido.

Lembre-se que você também pode apreciar todo esse visual fazendo um Tour de Bike. Particularmente acho que a bicicleta pode ser um meio de transporte perfeito para conhecer cidades pelo mundo. Acho super prazeroso sem falar na sensação de liberdade. Nesta viagem, como estávamos acompanhados do meu filho de 1 ano e pouco, não foi possível viver essa experiência.

Do outro lado da ponto fica Salsalito, uma bela cidade que beira a baia. Em sua orla existem vários restaurantes que podem ser uma boa opção para a hora do almoço, ainda mais com essa linda vista de San Francisco.

Internet no celular durante a viagem

Não dá mais pra viajar para o exterior sem internet no celular. Para fugir das altas tarifas das operadoras a melhor solução é comprar um chip internacional antecipadamente e já chegar no destino com tudo funcionando. A Easysim4u oferece planos ilimitados nos Estados Unidos e Canadá com conexão de internet 4G. Compre com 10% de desconto usando o nosso cupom exclusivo: PARAVIAGEM10.

Antes de pegar a ponte de volta, você precisa ir para um dos pontos mais belos dessa viagem, o Hawk Hill. Esta montanha fica na entrada da baia de San Francisco e tem uma vista incrível da Golden Gate, de Alcatraz e de toda a cidade.

Depois de estacionar o carro e tirar suas fotos, atravesse o túnel a pé e explore aquela área da montanha. Algumas construções antigas e uma vista belíssima do Oceano Pacífico te esperam.

Vista da Golden Gate em Baker Beach

Vista da Golden Gate em Baker Beach

De volta a cidade, passando novamente pela ponte, nossa próxima parada foi em Baker Beach, uma praia virada para o pacífico e com vista para o ângulo contrário, mas não menos belo, da Golden Gate. Tiramos apenas algumas fotos no local, mas confesso que tive vontade de aproveitar um pouco a praia. Quem sabe numa outra oportunidade.

O museu Legion of Honor foi a nossa próxima parada. Além de apreciar as belezas do local, neste ponto existe uma trilha pequena que te leva à uma bela vista do Pacífico e da Golden Gate pelas pedras.

Nosso último ponto turístico do dia foi o Coit Tower, onde pretendíamos apreciar o pôr do sol. Optamos por pegar a Lombard Street desde o começo e passar de carro pelo trecho mais íngreme, onde ela faz o zigue-zague. Este é também um local bacana para se dirigir.

Enfim, chegamos ao Coit Tower, mas não é fácil encontrar uma vaga no alto da montanha, ao lado da torre. Com um pouco de paciência conseguimos parar o carro e apreciar o anoitecer.

Dia 4: Conservatory of Flowers, Japanese Tea Garden e Twin Peaks

Confira o link com o roteiro completo no Google Maps do nosso quarto dia.

Ainda de carro, a primeira parada do dia é na Alamo Square. Neste ponto existe uma vista bem famosa da cidade, com várias casas coloridas, uma ao lado da outra. A praça ainda tem um parquinho que pode ser bom para quem viaja com crianças.

Em seguida fomos na direção do Golden Gate Park, mais precisamente para o Conservatory of Flowers. Vale a pena uma caminhada neste cenário tão tranquilo e florido.

Passeamos de carro em torno do Stow Lake, um lago dentro do Golden Gate Park com uma ilha no meio. Uns andam de pedalinho e outros caminham pelas trilhas da pequena ilha.

Não chegamos a ir nos museus mas conhecemos o lindo Japanese Tea Garden. É realmente uma graça esses jardins no estilo japonês, repletos de bonsais, lagos, pontes, pedrinhas. O de Young Museum logo ao lado tem um restaurante bacana, um bom lugar para almoçar.

Casinhas Coloridas Entre a Haight e a Page Street

Casinhas Coloridas Entre a Haight e a Page Street

Saindo do Golden Gate Park, passamos pelas ruas Haight e Page para conhecer um pouco desta área da cidade. Você certamente vai reconhecer algumas casas e ruas.

Antes de irmos para o Twin Peaks, onde a ideia era assistir ao pôr do sol, fomos para o Dolores Park, uma grande praça com um público bem alternativo. Vale a pena curtiu um sol na grama enquanto espera o fim do dia se aproximar.

No nosso caso, quando chegamos no Twin Peaks estava um frio terrível e uma neblina que não permitia ver um metro a frente do nariz. Acabamos desistindo de esperar o pôr do sol e seguimos caminho.

Antes de voltar para o hotel passamos em frente ao AT&T Park, um famoso estádio de baseball onde o time dos San Francisco Giants joga. O ideal é estacionar o carro e explorar a área.

Falando em estacionar, esta costuma ser uma dificuldade na parte principal de San Francisco. Para o pernoite na área da Union Square, a maioria dos lugares cobram entre 35 e 50 dólares. Graças ao ParkMe, um Aplicativo para Android que usamos na viagem, encontramos o Sutter Stockton Garage, onde o custo do pernoite ficou abaixo de 15 dólares.

Infelizmente não foi possível incluir uma visita ao Yosemite National Park em nosso roteiro, pois seguimos viagem pelo litoral, mas certamente este é um local incrível e que vale muito a pena conhecer. Você pode pegar todas as informações com a Silvia do Suas Próximas Viagens, que publicou um artigo em seu blog contando sua experiência em Yosemite.

Depois de San Francisco, seguimos viagem pela California Highway 1 em direção a San Diego. O roteiro completo dessa parte de nossa aventura você pode acompanhar neste outro artigo.

Claro que esse roteiro está bem corrido, mas se você tiver mais dias disponíveis é só dividir e reorganizar a programação, ganhando mais tempo para aproveitar cada ponto e quem sabe incluindo outros lugares. Alguma sugestão?

Vai Viajar?

 Encontre o hotel perfeito para sua próxima viagem com garantia do menor preço. O nosso blog tem parceria com o Booking, serviço que te ajuda a comparar preços de hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura. Você ainda pode fazer uma reserva com a opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in. Garanta sua reserva de hotel agora mesmo.

 Antes de alugar um carro, faça uma comparação entre as principais locadoras do Brasil e do mundo. A nossa parceira RentCars te ajuda nessa busca de preços e oferece todas as opções de forma rápida e segura. A cobrança poderá ser feita em reais, sem IOF. Divida em até 12 parcelas no cartão de crédito ou aproveite um desconto de 5% no boleto bancário. Compare os valores e economize.

 Não esqueça do seguro viagem. Economize tempo e dinheiro fazendo uma cotação na Seguros Promo. Encontre os melhores planos das principais seguradoras por preços imbatíveis. Pagamento no cartão de crédito em até 12 parcelas ou com desconto no boleto bancário. Ganhe 5% de desconto adicional comprando seu seguro com nosso cupom de desconto: PARAVIAGEM05.

 Compre um chip internacional e se mantenha conectado durante sua viagem. A Easysim4u oferece planos ilimitados nos Estados Unidos e Canadá com conexão de internet 4G. Você informa o número de dias da viagem, recebe o chip em sua casa, de forma antecipada, e chega em seu destino com tudo funcionando. Compre com 10% de desconto usando o nosso cupom exclusivo: PARAVIAGEM10.

 Compre ingressos para atrações, shows, espetáculos, eventos, tours, passeios e muitas outras experiências com a GetYourGuide. A empresa, presente nos principais destinos, oferece vantagens como a garantia do menor preço e a possibilidade de reserva online antecipada, garantindo seus bilhetes antes da viagem.

 Encontre as melhores datas para a sua próxima viagem e economize na hora de comprar as passagens aéreas. Usando a plataforma do Passagens Promo você pode pagar com cartão de crédito em parcelas sem juros e sem cobrança de IOF. A empresa conta ainda com selo de qualidade no atendimento. Agora não tem mais desculpe, partiu San Francisco!

Reservando com nossos parceiros, além de garantir o menor preço e um serviço de qualidade, você também ajuda a manter o blog e nos motiva a produzir cada vez mais conteúdo.

Galeria de Fotos:

61 Comentários
  1. DLL

    Prezado Rafael, bom dia
    Agradeço pela informação. Estou indo próximo domingo para San Francisco, e acredito que este seu roteiro será de grande importância, pois ficarei também 4 ou 5 dias.
    Gostaria de saber, qual a sua dica para reduzir os custos na hora de estacionar o carro durante o dia e a noite.
    Obrigado

    • Rafael Miranda

      Olá DLL.

      Durante o dia eu não cheguei a pagar estacionamento, porque só fui de carro para locais onde era possível estacionar. Na parte mais movimentada e complicada de estacionar fui de bondinho.

      Claro que eu tive que parar o carro para o pernoite, não tem jeito. Na área da Union Square, a maioria dos estacionamentos cobram entre 35 e 50 dólares. Graças ao ParkMe, um aplicativo para android que usei muito na viagem, encontrei o Sutter Stockton Garage, onde o custo do pernoite ficou abaixo de 15 dólares.

      Aqui algumas fotos e tabela de preços: http://bit.ly/1eyowPh

  2. Marli

    Rafael
    Nós vamos em março para São Francisco, eu e meu marido, e estou preocupada se vou encontrar no Grant Hotel da Union Square, onde você disse que ficou e nós também vamos ficar, um secador de cabelos, pia de banheiro com bancada, cabides suficientes par roupas de casal para 12 dias, ferro de passar roupa, e um espelho de corpo inteiro. Vou? Abraço.

    • Rafael Miranda

      Olá Marli.
      Eu não tenho como falar de todos os quartos, apenas do quarto que eu fiquei hospedado.
      Sei que o hotel oferece secador de cabelo e tábua de passar, caso você solicite.
      A pia do banheiro era bem pequena, não tinha essa bancada que você comentou.
      Se não me engano o quarto tinha uns 6 cabides apenas. Achei bem pouco mas deu pro gasto. Não sei se seria possível solicitar mais cabides.
      O quarto tinha 2 espelhos mas nenhum era de corpo inteiro. Um ficava acima da pia no banheiro e outro no quarto, acima da mesinha.
      Não sei se você chegou a ver, mas escrevi um artigo específico sobre minha experiência no Grant Hotel, inclusive com fotos mostrando detalhes do quarto e banheiro.
      Vale a pena dar uma olhadinha: //www.paraviagem.com.br/grant-hotel-perto-da-union-square-em-san-francisco/
      Boa viagem!

  3. Mary

    Oi!
    Adorei os posts!
    Estou montando uma viagem com meu marido e gostaríamos de aproveitar a estrada.
    Teremos 15 dias e meio, chegaremos por Las Vegas e retornaremos por Los Angeles.
    Já conhecemos Vegas mas quisemos dar “um pulinho” por lá novamente.
    Pensei em ir de Las Vegas a San Francisco de avião e de lá pegar um carro para descer a costa.
    Estou um pouco receosa com relação à bagagem…
    Não temos muito interesse em parques da Disney, mas gostaria de saber quantos dias vc sugere em cada cidade (até San Diego), tendo em vista esse nosso tempo, e ainda, se tem como diminuir os dias da viagem de carro.
    Sei que é difícil, mas vc pode sugerir um trecho de carro mais curto mas que não tire a beleza do passeio e da estrada?
    Obrigada!
    Mary

    • Rafael Miranda

      Olá Mary.
      Saindo de San Francisco em direção ao sul da Califórnia você tem basicamente duas opções de estrada. Ou vai pela Interstate-5, que não terá nenhuma vista mas será bem mais rápida, ou vai pela California Highway 1 que segue a costa do pacífico e é belíssima.
      Já escrevi um artigo trata exatamente do meu roteiro neste trajeto, com as cidades que conheci e os dias que fiquei em cada uma. Leia aqui: //www.paraviagem.com.br/california-highway-1-de-san-francisco-a-san-diego/
      Deu bastante trabalho programar essa viagem, mas no final das contas achei o meu roteiro excelente e recomendo.
      Em relação as malas quando se está viajando com um carro alugado, escrevi um artigo dando várias dicas. Na minha viagem eramos 4 adultos e um bebê, então certamente o seu é um caso diferente, mas acho os meus comentários sobre a capacidade do porta malas dos carros pode ser muito útil para a sua escolha de veículo. Leia aqui: //www.paraviagem.com.br/quantas-malas-cabem-num-carro-alugado/
      Espero ter ajudado.

  4. GISELDA MARCOLINA DA SILVA

    OI Rafael.
    Adorei as suas dicas, até porque vou ficar apenas 4 dias também, estou indo dia 24/04. Como o meu inglês é péssimo, gostaria de saber se vc tem alguma dica de guia local que fale português?
    Abrigada

    • Rafael Miranda

      Olá Giselda.
      Antes de fazer minha viagem pesquisei muito pela internet e um dos blogs que mais me ajudou a montar meu roteiro em San Francisco foi o Hotel California, é escrito por uma brasileira chamada Maryanne.
      Ela mora nos Estados Unidos e oferece “tours” super personalizados na região. Não conheço pessoalmente seu trabalho, nem ganho nada com essa indicação, mas li vários comentários positivos.
      Acho que valeria a pena você dar uma olhada na página onde ela explica as opções e como funcionam os “tours”.
      http://hotelcaliforniablog.com/tours-com-hotel-california/
      Depois volte para nos contar como foi sua viagem.

  5. simone

    Oi Rafael!

    Estarei indo em janeiro para a California com meu marido, minha filha de 10 anos e meu filho, que terá 2 anos qd formos. Vi que vc foi com o seu menino também. Foi tranquilo?
    Adorei o seu roteiro, queremos fazer algo bem parecido também. Obrigada pelas dicas.
    Simone

    • Rafael Miranda

      Olá Simone.
      Realmente nessa viagem levamos meu meu filho que tinha quase 1 anos e meio. Nossa viagem foi ótima, deu praticamente tudo certo e foi maravilhoso estar com ele lá, mas é preciso uma programação bem cuidadosa e organizada para evitar problemas.
      E você precisa entender que não só a sua filha está viajando com você, mas você também está viajando com sua filha. A criança tem os seus horários, sua rotina, suas necessidades.
      Claro que algumas coisas na viagem funcionariam melhor sem a criança, mas por outro lado você provavelmente vai valorizar muito o fato de estar lá com sua filha.
      Eu escrevi um artigo dando dicas de como viajar com um bebê para Nova York, mas na verdade tem muitas dicas gerais, que se aplicam também para uma viagem à Califórnia. Dá uma olhadinha: //www.paraviagem.com.br/nova-york-com-um-bebe-de-1-ano-e-pouco/
      O cuidado básico é com o clima. Manter sempre a criança bem agasalhada, evitando sereno. Os pequenos sentem muito a mudança do clima.
      Boa viagem!

  6. simone

    Obrigada pela atenção, Rafael. As dicas são maravilhosas, já salvei o seu blog como favoritos.
    Valeu!

  7. Jose

    Rafael, boa tarde.
    Parabens pelo blog está me ajudando muito nas dicas.
    Queria uma ajuda, pretendo fazer Sao Francisco, Los Angeles e Las Vegas em 15 dias.
    Estava querendo ficar 3 dias em Sao Francisco, e comecar descer para los angeles chegando em 2 dias no maximo.
    Voce acha possivel fazer a viagem em 2 dias apenas ate Los angeles ?
    Em 3 dias é possivel conhecer Sao Francisco, não pretendo fazer compra lá ?
    E o que sugere com o carro, alugar na chegada em SF ou deixar para ultimo dia ?
    Obrigado.

    • Rafael Miranda

      Olá José.
      Como expliquei neste artigo, San Francisco é uma cidade maravilhosa e com bastantes áreas de interesse. Acho que alguns pontos ficam complicados de se visitar, principalmente quando se tem pouco tempo, sem um carro.
      A minha recomendação é basicamente o que explico neste artigo, ficar sem o carro nos primeiros dias e alugar o carro nos últimos. Agora quantos dias dependerá de como você vai organizar sua programação. Pessoalmente acho 3 dias pouco, mas você pode ficar só 3 dias e conhecer menos lugares.
      No trajeto de San Francisco a Los Angeles pela California Highway 1 eu recomentaria dormir em 3 cidades: Monterey, Morro Bay e Santa Barbara. São belas cidades e fazem uma boa divisão do trajeto, evitando que fique cansativo e possibilitando que você conheça melhor esses lugares.
      Em Los Angeles, se você não tiver interesse em parques temáticos, dá pra fazer o mais importante em apenas 2 dias.
      No caminho caminho para Vegas, recomendo visitar Calico, uma cidade fantasma no meio do deserto. É bom para dar uma esticada mas pernas.
      Em Las Vegas a sua programação pode ser longa ou curta, depende do seu interesse.
      Coloquei os links dos artigos que já escrevi sobre cada ponto de sua viagem, espero que ajude!

  8. Elias

    Oi Rafael, td bem?

    Queria saber se vc teve alguma dificuldade para se locomover de carro pela cidade, se você estava com GPS e se foi tranquilo programar os destinos e chegar aos lugares sem problema. Já tive algumas experiências ruins com GPS me mandando para lugares errados e sempre fico com pé atras, ainda mais que é a primeira vez que vou pra SF.

    Abrs e obrigado!

    • Rafael Miranda

      Olá Elias.
      Como você deve ter lido no meu artigo, preparei anteriormente dois roteiros para serem feitos de carro (em dois dias diferentes) e o restante dos pontos turísticos eu conheci usando transporte público.
      Para os locais que eu fui de carro usei o meu GPS e não tive nenhum problema.
      Claro que antes da viagem eu estudei o mapa da cidade e todos locais que me interessavam e já fui com todos os pontos salvos no GPS.
      Então na hora foi só pedir para ele fazer a rota para o local desejado.
      Quem aluga o GPS junto com o carro, possivelmente encontrará já gravado muitos dos pontos de interesse, mas eu recomendaria que a pessoa levasse todos os endereços anotados. Ter um conhecimento geral do mapa da cidade também ajuda muito.
      Boa viagem!

      • Elias

        Blza, não tenho GPS, mas minha ideia é comprar um na Amazon e pegar quando chegar em LA, mas já vou anotar os endereços dos lugares que pretendoo ir. Valeu tbm pela dica da HappyTours, realmente eles têm um preço excelente!

        Abrs,

  9. Juliana

    Oi Rafael. Ótimas dicas! Gostaria de uma opinião e até mesmo uma sugestão: penso em fazer a costa oeste e Las Vegas, porém só terei 15 dias. Acha que dá para conhecer San Francisco, Los Angeles, San Diego e Vegas? Quantos dias recomenda em cada cidade? Fica muito puxado fazer San Francisco a Los Angeles direto sem parar para dormir em outras cidades? Muitas perguntas.. Rssss
    Agradeço muito se puder me orientar.
    Obrigada.

    • Rafael Miranda

      Olá Juliana.
      A primeira coisa que eu te recomendaria é ler os roteiros que já escrevi sobre cada uma dessas cidades aqui no Para Viagem. Além deste em San Francisco, veja também os artigos sobre: California Highway 1, San Diego, Los Angeles, Disneyland e Las Vegas.
      Entendendo melhor o que cada cidade tem a oferecer você poderá determinar quantos dias pretende ficar em cada uma, de acordo com o seu interesse.
      Eu particularmente acho 15 dias muito pouco tempo para conhecer toda a costa oeste e ainda ir para Vegas.
      Uma das partes mais bacana dessa viagem é a estrada costeira, e as cidades litorâneas. Você até pode ir de San Francisco direto para Las Vegas pela interestadual, mas deixará de ver todas as belezas naturais desse trajeto. Para ir direto de San Francisco até Los Angeles pela Highway 1, sem parar para dormir sequer uma noite, acho inviável.
      Nesse roteiro tem 3 coisas que você pode abrir mão para conseguir fazer a viagem em apenas 15 dias. Não ir até San Diego, ignorar os parques temáticos ou desistir da esticada até Las Vegas.
      Claro que a minha sugestão é conseguir esticar a viagem, mas se isso não for possível sacrifique o que você tiver menos interesse.
      Boa viagem!

  10. Marcelo

    Rafael, parabéns pelo site. Muito bom!
    Estou em dúvida se vale a pena ir para San Francisco final de janeiro/início de fevereiro. Pela sua experiência o frio, vento etc atrapalha muito os passeios e depois ainda pegar a estrada para LA, será uma boa idéia no inverno, e ainda por cima com crianças? abs e obrigado!

    • Rafael Miranda

      Olá Marcelo.
      Minha viagem para a Califórnia foi no verão, justamente por causa dessas mesmas preocupações que você tem.
      Eu não recomendaria ir no inverno. Acho que o clima frio pode atrapalhar bastante, principalmente em San Francisco, onde você já pega um friozinho mesmo no verão.
      Crianças normalmente sofrem mais com essas mudanças bruscas de clima e é comum pegar uma virose, ter febre, nariz escorrendo, etc.
      Para ir até Los Angeles, se pretende seguir pelo litoral, na Highway 1, é mais um motivo para ir no verão. A graça dessa viagem é apreciar a linda vista e conhecer as cidades costeiras, mas se o clima estiver ruim você poderá perder o melhor da diversão.
      Espero ter ajudado!

      • Marcelo

        Valeu Rafael! Vou trocar San Francisco por San Diego então, e subir dirigindo para LA. Talvez o frio não seja tão rigoroso em San Diego. abs!

        • Rafael Miranda

          Com certeza o clima de San Diego já é outro, bem mais tropical.
          Se você não tem como mudar a época da viagem concordo que ir para San Diego seja melhor por esse motivo.

  11. Renata Menezes

    Olá Rafael!

    Saberia informar se existe algum lugar que eu possa alugar um carro em San Francisco e devolvê-lo em Las Vegas? Gostaria de fazer um roteiro por várias cidades de carro começando em San Francisco e terminando em Las Vegas.

    Obrigada!

    • Rafael Miranda

      Olá Renata.
      Qualquer grande locadora permitirá que você faça isso, alugue em San Francisco e devolva em Las Vegas. Claro que eles cobram uma taxa por esse deslocamento, chamada drop-off, e pode ser bem cara.
      Foi exatamente o que fiz na minha viagem. Alguns orçamentos o drop-off dobrava o valor do aluguel, o que no meu caso inviabilizaria a viagem.
      Acabei fazendo a reserva na Alamo, mas através de uma agência pela internet onde o drop-off ficou baratinho e o valor da reserva em si também era bem interessante, mais barato do que diretamente no site da empresa.
      Espero ter ajudado. Boa viagem!

  12. Fala Rafael.
    Primeiro parabéns pelo site. Estou começando as pesquisas para fazer essa viagem pela Califórina e achei muito bacana os seus relatos e dicas. Pude ver que em uma das fotos está com seu filho e essa era uma dúvida minha, viajar com filho pequeno. Minha filha vai estar com pouco mais de um ano na data da viagem. Gostaria de saber com qnto anos seu filho estava e se foi tudo tranquilo?!
    Parabéns mais uma vez pelo site!!!
    Abraço!

    • Rafael Miranda

      É verdade Pedro Henrique, viajamos com meu filho ainda bem pequeno. Na época ele tinha 1 ano e 4 meses.
      Na resposta a pergunta da Simone eu falei exatamente sobre isso, como foi nossa viagem, o lado bom de estar com meu filho nesse momento marcante e também algumas dificuldades e cuidados que são importantes ter em mente.
      Dá uma olhadinha, qualquer coisa é só falar.

  13. Camila

    Rafael, bom dia!…Vc acha melhor o muni ou o city pass?
    Obrigada!

    • Rafael Miranda

      Olá Camila.
      Para saber o que vai valer mais a pena para você, vai depender das atrações que você pretende visitar em San Francisco.
      O Muni Passport é exclusivo para transporte público, já o City Pass te da direito também a algumas atrações, como museus, aquários e até um passeio de barco.
      É uma questão de colocar na ponta do lápis e ver o que você pretende realmente usar do City Pass. Veja quanto ficaria se comprasse separado e escolha o que for mais econômico.
      Espero ter ajudado.

  14. Edelweiss Zandona

    O nome do meu filho é Rafael ,logo tenho afinidade com Rafaeis ,estou fazendo meu roteiro de viajem com a grande ajuda das tuas esperiências e de outro Rafael que encontrei no blog da Marianne hotelscaliforniablog,está ficando ótimo. Como eu e minha amiga temos 60 e picos anos estamos ainda procurando algumas dicas para programar coisas apropriadas a nossa idade.obrigada

    • Rafael Miranda

      Olá Edelweiss.
      Fico muito feliz que o artigo com o meu roteiro em San Francisco esteja te ajudando.
      Vejo que você teve muito bom gosto para escolher o nome do seu filho 🙂
      Lá no Hotel California Blog tem mesmo muitas dicas boas da cidade, pesquisei muito por lá antes de fazer essa viagem.
      Inclusive a Maryanne oferece um serviço de Tours. Quem sabe alguma programação mais complicada de ser feita por vocês sozinhas, não poderia ser realizada facilmente com a ajuda dela? Ela fala mais sobre isso aqui.
      Boa viagem!

  15. Nelma Bissoli

    Oi Rafael, tudo bem?
    Por favor, preciso de sua ajuda, estou perdida. Faremos S. Francisco – Highway 1 – Los Angeles. Tenho 18 dias para isso: chego no dia 15/12/14 à noite em S. Francisco e venho embora no dia 02/01/14 à noite de Los Angeles. Estou com dificuldade de distribuir a quantidade de dias em cada uma dessas 3 etapas. Qual é a sua dica? Quantos dias em S. Fco., quantos dias viajando na Highway 1 e quantos em LA? Agradeço muitíssimo sua ajuda e resposta!!!!!!

    • Rafael Miranda

      Olá Nelma.
      Com 18 dias você consegue montar um ótimo roteiro para essa viagem, e eu diria até que sobrariam dias.
      Opções seriam ir até San Diego, que fica mais ao sul de Los Angeles ou ir até mesmo a Las Vegas que fica ao leste.
      Eu não tenho como te dizer quantos dias ficar em cada lugar. Cada cidade tem seus atrativos e você precisa conhecê-los para escolher o que te interessa e incluir no roteiro. Dessa forma você defini o tempo que precisa em cada cidade e isso vai variar de pessoa para pessoa.
      Esses artigos contando a minha experiência podem te ajudar, como uma sugestão, mas o seu roteiro final vai depender do seu interesse.
      Eu por exemplo não fui na Universal Studios em LA, porque estava com meu filho pequeno e as atrações de lá não seriam adequadas para ele. Pelo mesmo motivo também não fui no parque Six Flags, cheio de montanhas-russas. Por outro lado passei uns dias em Anaheim, onde ficam os parques da Disneyland.
      Enfim, olhe tudo que se pode fazer nessa região e defina suas prioridades. Então monte seu roteiro baseado no que mais gosta.
      Boa viagem!

      • Nelma Bissoli

        Rafael, superobrigada pela atenção e resposta!! Acredita que só a vi hoje?? Nunca comentei em blog antes, eu achei que receberia um e-mail avisando… kkkk. A princípio, distribuí assim: 5 dias em S. Fco., 3 na Highway e 10 em LA, mas continuo em dúvida, pois acho que são muitos dias em LA, não é mesmo? Acha que eu coloco mais 1 dia em S. Fco. ou mais 1 na Highway? Por favor, veja o que acha de minha programação em S. Fco.:

        1o dia
        Bondinho Powell-Hyde
        Lombard Street
        Fisherman Wharf
        Pier 39 e Pier 45 (USS Pampanito-submarino 2a. Guerra e SS Jeremiah O’Brien-navio 2a. Guerra)
        Coit Tower

        2o. dia
        Alcatraz
        Almoçar Ferry Building
        Chinatown/ Union Square
        Civic Center

        3o. dia
        Golden Gate
        Fort Point (vista privilegiada da ponte)
        Bairro Hippie/ Castro (bairro gay)/ Mission District (bairro latino e arte de rua)/ Alamo Square (casas vitorianas)

        4o. dia
        Golden Gate Park (Japanese Tea Garden/ Conservatório de Flores/ Academy of Science)

        5o. dia
        Exploratium

        6o. dia
        Alugar o carro
        Dirigir na Lombard Street (q não sei se estará aberta, pois será domingo e li algo a respeito)
        Twin Peaks (vista da cidade)
        e ir embora

        Acha que está bom? Dará tempo de tudo? Faltou algo muito importante?
        Enfim, é a 1a. vez que programo uma viagem sozinha e não sei se estou fazendo um bom trabalho. Obrigada novamente por sua ajuda!! Abs.

        • Rafael Miranda

          Olá Nelma.
          Normalmente nosso blog envia sim um email quando o comentário é respondido. Não sei porque você não recebeu.
          Realmente 10 dias é Los Angeles é bastante tempo, mas depende muito da sua programação. Você precisa ter tempo para fazer o que se propor a fazer em cada local, isso que vai determinar o tempo em cada cidade.
          Roteiro é uma coisa bem pessoal. Você já leu o meu artigo, onde explico o que eu fiz e o que eu recomendo. Tem coisas que eu considero imperdíveis como o Palace of Fine Arts e a vista do Hawk Hill, mas se você não colocou, suponho que optou por não colocar.
          No seu dia 5 você pretende passar o dia todo no Exploratorium? Eu não fui, mas acho que não gastaria um dia inteiro não. Também acho que na programação do dia 4, o Golden Gate Park daria para conciliar com mais coisas.
          Outro comentário é sobre o dia 3. Você pretende fazer esse roteiro se locomovendo de que forma? Da Golden Gate até a Alamo Square é muito longe, e não tem cable car nesse trecho. O carro você alugará depois, então teria que ser de ônibus ou taxi.
          Outro ponto importante é saber onde você vai se hospedar. Faz toda a diferença na hora de montar os roteiros. Eu pessoalmente recomendo ficar num Hotel próximo da Union Square.
          Espero ter ajudado. Boa viagem!

  16. Nelma Bissoli

    Rafael, você é tão atencioso!!! Muito obrigada!! Não sei se posso continuar comentando ou se existe um limite máximo de comentários… rsrs.
    Em relação a esses “bairros” (Hippie, Castro, Mission e Alamo Square), é possível ir a pé de um para outro? Outra dúvida é se devo me dirigir a uma área específica em cada um deles ou se o programa é simplesmente andar a esmo por eles.

    • Rafael Miranda

      Olá Nelma.
      Nos meus roteiros eu sempre me desloquei pela cidade (de carro ou de cable car) com o objetivo de ir a algum ponto, ou ver alguma coisa específica. Visitar um bairro é algo muito genérico. A cidade e os bairros são grandes, você pretende ver o que exatamente?
      Acho que você deveria se concentrar mais nos pontos de interesse do que nos bairros.
      Agora lá é tudo bem longe. São Francisco é uma cidade BEM grande e você precisa analisar com cuidado o mapa para montar um roteiro viável. Acho que vai ser difícil você ficar só andando a pé.

  17. Paulo Calheiro da Silveira

    Olá Rafael, muito legal suas dicas, pois estamos indo para San Francisco em janeiro, pela segunda vez. Gostei muito das dicas. Um abração e brigadão .

  18. Eduardo Filho

    Rafael, a dica do Muni Passport foi bem interessante. Estou em SF e daqui a pouco vou tentar compra-lo no Walgreens.

    • Rafael Miranda

      Olá Eduardo.
      O Muni Passport vale bastante a pena, sem falar que andar de cable car, os bondinhos históricos de San Francisco, é uma delícia.
      É super fácil de comprar o cartão, como expliquei no texto, vende em vários locais inclusive no Walgreens.
      Boa viagem!

  19. Maria Melo

    Estou em janeiro e gostaria de umas dicas suas.Poderia entrar em contato comigo por email.
    Obrigada

    • Rafael Miranda

      Olá Maria.
      Este blog é um trabalho voluntário de alguns amigos que simplesmente amam viajar.
      Não temos condição de atender pessoalmente cada leitor por email.
      Tentamos publicar aqui todas as dicas e roteiros para ajudar os futuros viajantes e ainda procuramos responder algumas dúvidas nos comentários de forma que a resposta possa também ajudar outros leitores.
      Recomendo que tente tirar suas dúvidas aqui pelos comentários.

  20. Cris Almeida

    Oi Rafael,

    Qual a melhor maneira de conhecer a Golden Gate se não estaremos de carro? Tem algum ponto de parada no meio da ponte ou somente nas pontas ??
    Obrigada

    • Rafael Miranda

      Olá Cris.
      Você pode caminhar pela Golden Gate Bridge. Ela tem uma calçada para pedestres ao lado das pistas que é muito utilizada, principalmente por turistas. Eu não fui para a ponte a pé, mas se você está sem carro eu recomendaria.
      Claro que existem alguns pontos da cidade de onde se tem uma vista maravilhosa da ponte e são imperdíveis: Crissy Field, Hawk Hill e Baker Beach são os meus preferidos.
      Espero ter ajudado.

  21. Leonardo

    Olá Rafael,

    primeiramente parabéns pelos posts! Estão ajudando muito.

    Nossa viagem está marcada para dia 23 próximo e devido as atribulações diárias, só estou conseguindo fazer o panejamento hoje, menos de uma semana antes.

    Alcatraz me chama muito a atenção e definitivamente quero ir lá. Porém, em todos os sites de compra de ingressos eles aparecem esgotados para a data que teremos, dia 29. Tem alguma dica de como posso conseguir os ingressos assim, em cima da hora?

    Obrigado

    • Rafael Miranda

      Olá Leonardo.
      A dica que eu sempre dou em relação a Alcatraz é comprar antecipado. É muito comum os ingressos se esgotarem para as datas mais próximas.
      O pior é que não tem solução. O passeio para Alcatraz sai sempre do mesmo local, da mesma empresa. Existe um lugar oficial na internet que vende os ingressos, e devem existir outros que apenas revendem. Se não tem disponibilidade no site oficial, não terá em nenhum outro, infelizmente.

  22. Ana Luiza

    Oi Rafael.
    Perfeito suas dicas.
    Talvez vc não possa me responder, mas quem sabe me orientar em algum site.
    Vou viajar de motorhome pela Califórnia. Tenho uma bebê e vai precisar do bebê conforto.
    Você sabe se o motorhome tem um próprio ou preciso levar?
    Obrigada 😃

  23. Taiza

    Oi Rafael! Muito obrigada pelas suas dicas, especialmente porque ficarei hospedada na mesma região e então já deu pra ter uma boa idéia de como me locomover dentro da cidade. Foi de grande ajuda pois não sou muito boa com direções geográficas. Obrigada!

  24. Luciene

    Olá Rafael!

    Acabei de voltar da Califórnia e quero agradecer suas dicas, foram fantásticas e pudemos aproveitar muito a viagem com elas. Realmente São Francisco e a costa californiana são magníficas e cada lugar é de tirar o folego, uma sequencia de “uauuuu” inesquecíveis. Sem dúvida quero voltar lá. Abraços e obrigada.

  25. val

    Oi, amei o blog. To indo com a minha filha de 15 anos pra San Francisco, quero ficar 7 dias, to querendo reservar pelo booking.com mas o fato de pagar na hora não atrapalha na imigração? Não queria pagar o hotel antes pq vai que eu chego e não gosto, ou quero ir pra outro. Só fico preocupada pq não vou ter comprovante de pagamento, só da reserva, isso tem problema?

    • Rafael Miranda

      Olá Val.
      O Booking é uma empresa líder mundial no ramo de hotéis. Todos os dias milhares de pessoas chegam aos Estados Unidos com reservas feitas por este serviço. Certamente você não terá problema na imigração por causa disso.
      Sobre essa questão de pagar o hotel na hora, considere também que hotéis em San Francisco costumam ter um custo bem elevado de uma forma geral, o que acaba dificultando muito achar algo na hora por um preço razoável. Minha dica é que você faça a reserva com antecedência, mas sempre considerando bastante a opinião dos hóspedes anteriores, para evitar qualquer surpresa.
      Espero ter ajudado, boa viagem!

  26. Gustavo Costa

    Rafael, boa tarde. Sou daqueles que prefere estar sempre de carro, pois acho que os deslocamentos para ir até os pontos de transporte público as vezes são longos e cansam desnecessariamente, ocasionando em perda de tempo. O hotel que reservei em SFO possui estacionamento grátis e estou cogitando a possibilidade de ficar de carro na cidade. Você acha que valeu a pena? Perdeu muito tempo tentando estacionar nas atrações? Pagou caro pelos estacionamentos das atrações? Pergunto, pois a maioria dos blogs não recomenda carro pra visitar San Francisco, sugerindo Transporte Público bom e abundante.

    • Rafael Miranda

      Olá Gustavo.
      Sou como você, e gosto sempre de estar de carro quando viajo, mas depois de pesquisar bastante, decidi só usar o carro em parte do meu roteiro em San Francisco.
      Se você ler com atenção nosso roteiro vai ver que nos primeiros dias optamos pelo transporte público, justamente porque as atrações que visitamos ficam em locais complicados para estacionar. De quebra você tem a experiência de andar nos históricos bondinhos da cidade, os cablecars.
      Na sequencia, aí sim optamos por alugar o veículo e fazer outras programações mais distantes e com certa facilidade de estacionar. Está tudo explicadinho aí no roteiro.
      Outra dica é na hora de alugar o carro é fazer uma cotação na RentCars nossa parceira, que sempre apresenta o menor preço após uma comparação entre as principais locadoras.
      Se tiver alguma dúvida é só falar.

  27. PAULO

    Ola Rafael.
    Estou indo para San Francisco e tbm vou ficar no mesmo hotel que você indicou.
    Você tem alguma dica de transporte do aeroporto para o Grant Hotel? Quanto você gastou ?

    • Rafael Miranda

      Olá Paulo.
      No meu caso, eramos 4 adultos e 1 criança de colo. Nossa única opção era taxi, porque os transfers exigem aquele assento de segurança para crianças, mas não o fornecem. Usando transporte público, é permitido levá-los no colo.
      Mas de qualquer forma, o taxi acaba sendo a melhor opção quando você viaja em grupo de 3 ou 4 pessoas.
      Não lembro exatamente o valor mas se não me engano foi algo em torno de 60 dólares a corrida.
      Espero ter ajudado.

Totos os direitos reservados