Museu do Prado em Madri: Roteiro de Visita em Poucas Horas

Para você que pretende visitar o Museu do Prado em Madri e quer uma sugestão de como montar um roteiro sucinto e obter dicas das obras mais procuradas por lá, então não perca este post.

Museu do Prado em Madri

Museu do Prado em Madri

Quem estiver fazendo um planejamento de viagem à Madri, certamente já se deparou com algumas opções de museus interessantes a serem visitados na capital espanhola.

Mas, de longe, um deles é o mais procurado, já que é considerado uma das principais galerias de arte do mundo: o Museu do Prado.

Há realmente muitas obras incríveis a serem apreciadas nele e o ideal seria ficar muitas horas lá dentro pra ver tudo com calma.

O problema é que quem está indo visitar Madri (especialmente pela 1ª vez) geralmente não tem tanto tempo assim disponível no roteiro.

E aí vem o desafio: como programar uma visita de poucas horas num museu tão vasto e interessante? Quais serão as obras mais importantes que não devemos deixar de ver?

Passei pelo mesmo dilema quando fiz meu planejamento de viagem à Madri e digo a você: é possível fazer uma visita objetiva e rica ao mesmo tempo.

Com alguns macetes, consegui fazer esse passeio em aproximadamente 2h30 e, pelo menos pra mim, valeu super a pena.

Já disse aqui no blog que não sou uma fã inveterada de museus e escolho apenas conhecer os muito famosos. Mas quando me proponho a fazer a visita, faço de uma maneira mais completa possível e procuro aproveitar ao máximo o passeio.

Neste post trago dicas de como priorizar o seu tempo de visita ao Museu do Prado e também a lista das principais obras a serem vistas.

OBS: A lista de “o que ver no Museu do Prado” foi baseada numa pesquisa sobre as obras mais visitadas e também na inclusão daquelas em que encontrei maior público em volta durante a minha visita à galeria. NÃO estão incluídas as exposições temporárias.

É lógico que cada um tem sua lista de preferidos e interesses. Por isso, se você já visitou, traga suas sugestões nos comentários do post para que possamos todos ajudar aqueles que estejam planejando uma visita a esse excelente museu.

Como é o Museu do Prado?

Museu do Prado em Madri

Museu do Prado em Madri

Ele está instalado num bonito e imponente palácio neoclássico construído no final do século 18 por Juan de Villanueva à mando do Rei Carlos III.

Inicialmente seria o Gabinete de Ciências Naturais mas acabou virando uma galeria de arte no século 19, à mando do seu neto, o Rei Fernando VII.

O museu possui 4 entradas que dá acesso a diferentes tipos de visitantes:

Porta dos Jerônimos = fica nos fundos do edifício e é a entrada para quem comprou o ingresso com antecedência pelo site (o que altamente recomendável);

Porta de Goya = fica na fachada norte (à esquerda de quem está de frente pro museu, na Calle Felipe IV) e é a entrada para quem não tem ingresso. A bilheteria fica ali;

Porta de Velázquez e Porta de Murillo = na fachada voltada para o Paseo del Prado e na fachada sul (respectivamente), são entradas especiais para grupos.

Portas de entrada do Museu do Prado. As mais utilizadas são a Porta dos Jerônimos e a Porta de Goya

Portas de entrada do Museu do Prado. As mais utilizadas são a Porta dos Jerônimos e a Porta de Goya

Edifício do Museu do Prado

Edifício do Museu do Prado

Olhando da rua, você notará que o edifício possui 2 andares. Mas na verdade ele possui 4 pisos: o subsolo (-1), o térreo (0), o andar superior (1) e outro mais acima (2).

Em todos os andares há obras a serem visitadas, sendo que a grande maioria está no térreo (0) e no andar superior (1).

As obras que iremos sugerir neste post estão basicamente nesses 2 pisos, de modo que ignoraremos os outros 3 para seguirmos a visita sucinta e objetiva que propusemos aqui.

Os acessos entre os andares são feitos tanto por escadas quanto por elevadores, ou seja, é bastante tranquilo para quem tiver dificuldade de locomoção.

Número das salas nos portais (Fonte: Google Street View)

Número das salas nos portais (Fonte: Google Street View)

As salas estão dispostas de maneira contígua e são dividas por números (sinalizados em algarismos romanos no alto dos portais). É possível passar de uma pra outra sem grandes dificuldades.

Porém muita gente pode ficar meio perdida, pois às vezes uma mesma sala dá acesso a outras duas ou três. E logicamente, isso poderá fazer você perder um tempo precioso lá dentro.

Mas tem jeito de evitar isso...

Como priorizar o seu tempo no Museu do Prado?

Há várias coisas que você deve fazer para tornar sua visita mais objetiva.

Antes de chegar lá, faça uma lista das obras que você gostaria de visitar no Museu do Prado e anote o número das salas onde cada uma elas estão localizadas (o ideal é fazer isso ainda em casa).

O site oficial disponibiliza essas informações, mas nós facilitamos o seu trabalho aqui no post e traremos as salas e o piso em que as principais obras do museu estão localizadas (veremos isso mais adiante...).

Feita a lista, a próxima coisa a se fazer é comprar o ingresso com antecedência no site oficial. Já de cara isso poupará seu tempo, pois as filas da bilheteria costumam ser homéricas.

Comprando no site, você receberá o voucher por e-mail, que conterá o número da reserva, a data da sua visita (dentre outros dados), um código de barras e um QR Code.

Basta imprimi-lo e se dirigir direto para a Porta dos Jerônimos, onde terá que apresenta-lo ao fiscal da entrada.

Porta dos Jerônimos

Porta dos Jerônimos

Porta dos Jerônimos

Porta dos Jerônimos

Durante o processo da compra online, você terá que marcar a data da sua visita e estará livre para chegar em qualquer horário, desde que seja nesse dia agendado.

E aí vem a próxima dica pra priorizar seu tempo...

Comece a sua visita no horário de abertura do museu, ou seja, às 10:00 da manhã.

A fila na Porta de Goya

A fila na Porta de Goya

Digo isso porque geralmente é a hora que o museu fica menos cheio e você não terá que disputar tanto espaço para ver as obras.

Falo por experiência. Cheguei na hora da abertura e já de cara ganhei um tempo em relação a quem estava mofando lá na fila da bilheteria. Mas cerca de 1 hora depois, o museu já estava relativamente cheio, de modo que em alguns momentos tive que esperar as pessoas saírem da frente de algumas obras para eu conseguir apreciar direito.

Apesar da entrada imediata pra quem tem ingresso online, há algumas coisas que deverão ser feitas antes de começar a visita propriamente dita. Isso tem que ser levado em consideração.

Primeiro, será necessário passar por um esquema de segurança antes de entrar, com direito a detector de metais, Raio X e tudo mais.

Já contratou o Seguro Viagem?

Você sabia que quando se viaja para a Europa a contratação de um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros é obrigatória? Então, faça agora mesmo uma cotação na Seguros Promo e escolha entre as melhores seguradoras sempre com o melhor custo benefício. Aproveite esse cupom promocional de Halloween, disponível por tempo limitado, e garanta um desconto de 15% pagando no cartão ou economize 20% no boleto. Utilize o código: HALLOWEEN.

Uma vez lá dentro do hall principal, se dirija ao balcão de informações e pegue o mapa do museu (em português) e o audioguia.

UPDATE (2018): Na época que visitei, não tinha audioguia em português (usei o espanhol, que foi super tranquilo de entender). Mas segundo informou o nosso leitor Pedro Henrique Carvalho no dia 25/02/2018, felizmente agora há essa opção disponível no Museu do Prado!

Esse audioguia é pago (custou €4 – preço de Março de 2017), mas garanto a você que vale super a pena ser adquirido, pois te trará uma série de informações legais e curiosidades das obras que irão enriquecer a sua visita, tornando-a muito mais interessante.

Todas as obras do museu tem uma plaquinha anexa com um número. Basta digitá-lo no audioguia e ouvir as informações, como se fosse um telefone sem fio.

Com o mapa em mãos, a próxima coisa a se fazer para priorizar o seu tempo é pegar a lista que você preparou em casa e marcar no mapa todas as salas onde estão as obras que você irá visitar.

Mapa do Museu do Prado

Mapa do Museu do Prado (em português)

Fazendo isso, você automaticamente já tem um roteiro em mãos e basta ficar atento(a) aos números das salas assinaladas nos portais e seguir o seu próprio itinerário.

Conforme for visitando as salas, vá marcando no mapa o que já viu e continue seguindo em frente.

O que ver no Museu do Prado?

O acervo do Prado traz uma vasta coleção de arte adquirida pela Coroa Espanhola.

Lá encontramos algumas esculturas e móveis decorados (as mesas que estão expostas em algumas galerias são lindas!). Porém, a maioria maciça é de pinturas de artistas provenientes de vários países como França, Itália, Alemanha e Holanda.

Mas o grande atrativo mesmo é a maravilhosa coleção de arte espanhola que há por lá. O Museu do Prado possui o maior acervo do mundo deste gênero, com destaque para as obras de 2 artistas espanhóis famosos: Goya e Velázquez.

Quando você estiver diante do mapa do museu, verá que as salas estão agrupadas por cores, de acordo com o país do artista que produziu o acervo em exposição nelas.

Eu preferi ir visitando as salas consecutivas, independente do país de origem das obras. Até porque elas não estão exatamente no mesmo lado do museu – você verá que tem pinturas espanholas tanto nas salas da esquerda quanto nas da direita e também em ambos os pisos. Achei mais prático visitar cada lado de uma vez e depois fazer isso de novo no piso superior.

Pra quem gosta de apreciar os estilos dos traçados característicos de cada artista, saiba que as obras de cada um estão praticamente agrupadas em salas próximas.

Sendo assim, eis a lista de obras mais visitadas do Museu do Prado e as respectivas salas onde elas estão localizadas. Ela está mais ou menos na ordem que visitei.

Trago também alguns breves comentários sobre as pinturas mais famosas.

PISO TÉRREO (0)

Sala 49Caída en el caminho del Calvario (Rafael)

Sala 49La Virgen del Pez (Rafael) – Também chamada de “Sagrada Familia con Rafael, Tobías y San Jerónimo”

Sala 56BEl Trânsito dela Virgen (Mantegna)

Sala 56BEscenas de la historia de Nastagio degli Onesti (Botticelli) – Uma das principais obras do Prado e também do artista, trata-se de um conjunto de 3 telas (de um total de 4 existentes) que retratam uma das novelas do “Decamerão” de Boccaccio.

Jardim das Delícias

Jardim das Delícias

Sala 56BLa Anunciación (Fra Angélico)

Sala 56AEl Jardin de las Delicias (Hyeronimus Bosch ou "El Bosco") – Uma das obras mais disputadas do Prado, é um enorme tríptico (um trio de telas unidas por dobradiças, sendo a central fixa e as laterais móveis) que traz a representação do Jardim do Éden à esquerda, o Jardim das Delícias Terrenas (prazeres da carne) ao centro e o Inferno à direita.

Sala 56ATriunfo de la Muerte (Brueghel)

Sala 58Descendimiento de la Cruz (Van der Weyden)

Sala 61BDoña Isabel la Católica dictando su testamento (Rosales) – Retratando os minutos finais da monarca mais famosa da Espanha.

El 2 de Mayo

El 2 de Mayo

Salas 64 e 65El 2 de Mayo / El 3 de Mayo (Goya) – Uma dupla de quadros que está entre as mais famosas do Museu do Prado. Retratam a revolta da população de Madri contra as tropas de Napoleão Bonaparte, ocorridas nos dias 2 e 3 de maio de 1808.

Sala 67Las Pinturas Negras (Goya) – Também muito procurados no Prado, trata-se de um conjunto de telas do famoso artista, pintados em um tom mais escurecido e retratando figuras humanas sombrias e distorcidas. O mais famoso do conjunto é o macabro “Saturno devorando a su hijo.

PISO SUPERIOR (1)

Sala 36La Maja Vestida / La Maja Desnuda (Goya) – Uma curiosa dupla de pinturas que retratam uma mesma mulher deitada na mesma posição, porém vestida em uma tela e nua na outra. Provocou a ira da Inquisição Espanhola na época e até hoje ninguém sabe ao certo quem seria a modelo da obra.

Maja Vestida

Maja Vestida

Sala 29Las Tres Gracias (Rubens)

Sala 28La Adoración de los Reyes (Rubens)

Sala 16BJudit en el banquete de Holofernes (Rembrandt) – Também conhecido como “Artemísia”, o nome errôneo atribuído à obra incialmente.

Sala 12Las Meninas (Velázquez) – De longe, a principal obra do Museu do Prado. Retrata a princesa Margarida Teresa ao centro, cercada por damas de companhia, anões e um cachorro. Em pé à esquerda e encarando o espectador, está o próprio Velázquez (trabalhando em uma grande tela) e ao fundo, refletidos num espelho, os pais da menina: o Rei Felipe IV e rainha.

Las Meninas

Las Meninas

Sala 11Los Borrachos (Velázquez)

Sala 9ALa Rendición de Breda (Velázquez)

Sala 9El sueño de Jacob (Ribera)

Sala 6David y Goliat (Caravaggio)

Sala 8BLa Trinidad (El Greco)

Sala 8BCaballero de la mano em el pecho (El Greco) – Também um dos mais famosos do Prado e do artista, até hoje não se sabe ao certo quem era o nobre da foto.

Sala 10BLa adoración de los pastores (El Greco)

Sala 25El lavatório (Tintoretto)

Internet no celular durante a viagem

Não dá mais pra viajar para o exterior sem internet no celular. Evite as altas tarifas das operadoras e compre um chip internacional antecipadamente e já chegue no destino com tudo funcionando. A empresa OMeuChip oferece plano de dados na Europa com chip local e conexão 4G garantida e internet ilimitada. Compre com 15% de desconto usando o nosso cupom exclusivo: PARAVIAGEM15.

Considerações Finais

Essa lista está completa? Lógico que não!

O Museu do Prado tem muito mais obras a serem visitadas, o que certamente levaria bem mais tempo do que as 2h30 que levei pra ver essas que citei acima.

Mas como o objetivo do post foi trazer uma proposta de visita mais sucinta, sem deixar de ver as obras mais importantes do museu, então essa lista é bem interessante para uma visita básica.

E pra quem pretende fazer uma visita mais prolongada, esse roteiro também serve de base para um planejamento inicial. Nos folhetos distribuídos na entrada são propostas várias obras importantes do museu, dentre as quais a maioria está na nossa lista. Mas tem outras que deixei de fora e você pode incluir as que mais te interessarem, se tiver mais tempo pra fazer essa visita.

Inclusive, quem passará muitas horas lá dentro pode contar com a presença de uma cafeteria e um restaurante self-service caso a fome aperte. Não será necessário sair do museu pra fazer uma boquinha.

Informações adicionais

• É proibido fotografar o interior do museu.

• O museu abre diariamente às 10h00, exceto nos dias 1º de janeiro, 1º de maio e 25 de dezembro.

• Menores de 18 anos e portadores de deficiência não pagam ingresso.

• Maiores de 65 anos pagam meia entrada (50% de desconto).

• Se a equipe de segurança da entrada vetar algum volume que você esteja carregando, não se preocupe: há um guarda-volumes gratuito no local. Contudo, não é permitido guardar volumes muito grandes (que não passem pelo Raio X), alimentos, bebidas e materiais que possam oferecer algum tipo de perigo.

• Você pode adiantar esse serviço de marcar no mapa ainda em casa e ganhar mais tempo. Basta imprimir o mapa do Museu do Prado disponibilizado no site oficial e já chegar lá com tudo pronto. E não se esqueça também de marcar os acessos ao piso superior e vice-versa, para evitar ter que perder tempo procurando por eles lá na hora.

• Como toda atração pode sofrer alterações ao longo do tempo, pedimos que você confira todas as informações atualizadas sobre dias e horários de abertura, preço dos ingressos e serviços disponíveis no site oficial do Museu do Prado.

• Não deixe de conferir, também, nossa sugestão ROTEIRO DE 4 DIAS EM MADRI para que você possa ter uma ideia do que fazer e visitar nessa encantadora cidade.

Dicas importantes para seu planejamento de viagem à Espanha

Para não entrar em nenhuma roubada em sua viagem pelo país, não deixe de conferir nossas DICAS DE SOBREVIVÊNCIA PARA QUEM VAI À ESPANHA.

• Quer um roteiro completo pelo país? Então, não perca nossa sugestão de ROTEIRO DE 15 DIAS PELA ESPANHA e veja o que visitar por lá em 2 semanas de viagem.

Vai Viajar?

 Encontre o hotel perfeito para sua próxima viagem com garantia do menor preço. O nosso blog tem parceria com o Booking, serviço que te ajuda a comparar preços de hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura. Você ainda pode fazer uma reserva com a opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in. Garanta sua reserva de hotel agora mesmo.

 Antes de alugar um carro, faça uma comparação entre as principais locadoras do Brasil e do mundo. A nossa parceira RentCars te ajuda nessa busca de preços e oferece todas as opções de forma rápida e segura. A cobrança poderá ser feita em reais, sem IOF. Divida em até 12 parcelas no cartão de crédito ou aproveite um desconto de 5% no boleto bancário. Compare os valores e economize.

 Não esqueça do seguro viagem. Economize tempo e dinheiro fazendo uma cotação na Seguros Promo. Encontre os melhores planos das principais seguradoras por preços imbatíveis. Aproveite esse cupom promocional de Halloween, disponível por tempo limitado, e garanta um desconto de 15% pagando no cartão de crédito ou economize 20% no boleto bancário. Utilize o código promocional: HALLOWEEN.

 Compre um chip internacional e se mantenha conectado durante sua viagem. A empresa OMeuChip oferece plano de dados na Europa com chip local, conexão 4G garantida e internet ilimitada. Você recebe o chip em sua casa, de forma antecipada, e chega em seu destino com tudo funcionando. Compre com 15% de desconto usando o nosso cupom exclusivo: PARAVIAGEM15.

 Compre ingressos para atrações, shows, espetáculos, eventos, tours, passeios e muitas outras experiências com a GetYourGuide. A empresa, presente nos principais destinos, oferece vantagens como a garantia do menor preço e a possibilidade de reserva online antecipada, garantindo seus bilhetes antes da viagem.

Reservando com nossos parceiros, além de garantir o menor preço e um serviço de qualidade, você também ajuda a manter o blog e nos motiva a produzir cada vez mais conteúdo.

Galeria de Fotos:

4 Comentários
  1. Pedro Henrique Carvalho

    Fernanda, olá.

    Acabei de ir ao Prado. Segui parte seu roteiro e fiz uma ótima visita ao Museu do Prado. Ao observar todas as obras recomendadas no mapa fornecido pelo museu, perdi a noção do tempo e fiquei mais de 5 horas dentro de um paraíso. Pequenas atualizações: o audioguia custa 6 euros e já está disponível em português.

    Att.
    Pedro Henrique Carvalho

    • Fernanda Rangel

      Oi, Pedro!
      Obrigada pela informação! Vou atualizar no post. 😉
      Eu tb adorei o Museu do Prado. E tive que me segurar pra não ficar mais tempo, pois é realmente um museu belíssimo e muito rico.
      Essa situação de perder a noção da hora num museu me aconteceu nos Museus do Vaticano, em que pretendia ficar 3h e fiquei o dobro. Apesar de ter bagunçado meu roteiro daquele dia, não me arrependi nem um pouco. Foi uma visita tão única, que mereceu este tempo. E assim foi tb no Louvre em Paris.
      Grande abraço.

  2. Fernanda

    Fernanda, seus posts são simplesmente sensacionais estou fã deles! Parabéns pelo trabalho.

Totos os direitos reservados