Ukutula: Interação com Leões na África do Sul (e Outros Felinos)

Experiência com os leões no Ukutula Conservation Center. Na África do Sul é possível caminhar com os leões adultos e interagir com os lindos filhotes.

Selfie Filhote de Leão no Ukutula

Selfie Filhote de Leão no Ukutula

Já imaginou caminhar ao lado de leões adultos e interagir com os filhotes? Esse tipo de experiência é possível no Ukutula Conservation Center. Antigamente chamado de Ukutula Lion Park, o local fica a menos de 2 horas de Joanesburgo na África do Sul.

Mas antes de falar das experiências com leões é importante explicar o trabalho de conservação e pesquisa feito pelo Ukutula, que beneficia não apenas os leões mas diversos outros felinos.

Antes de decidir ir ao Ukutula, pesquisei bastante sobre esse tipo de experiência em outros locais na África do Sul. Para ser sincero, não gostei muito do que vi.

É comum o desejo dos turistas em interagir com leões e outros animais selvagens, mas não faria nenhum sentido viver esse momento causando algum mal ao animal. Em alguns lugares você pode tocar e tirar fotos com animais sedados ou acorrentados, mas definitivamente não era isso que procurávamos.

O Ukutula é um Centro de Conservação

Quando encontrei o Ukutula busquei informações sobre o local e cheguei a trocar emails com o proprietário antes de incluirmos essa experiência em nosso roteiro. O Ukutula tem inclusive um embaixador no Brasil e eu cheguei a conversar com ele por telefone para entender melhor o trabalho feito por lá.

Eles não são um santuário que resgata e cuida de animais machucados. O Ukutula é um centro de conservação e pesquisa de felinos, especializado em leões. Todos os animais de lá são extremamente saudáveis e bem cuidados.

Leão no Ukutula Convention Center

Leão no Ukutula Convention Center

Sua filosofia é que para proteger e preservar é preciso conhecer os animais.

No Ukutula desenvolvem-se técnicas de tratamento de leões que são pioneiras no mundo. Seus profissionais dão palestras e workshops sobre o assunto em todo o mundo, inclusive no Brasil. Já estão sendo criados cursos em universidades baseado nos resultados das pesquisas que são desenvolvidas por lá.

O local possui convênios com universidades e zoológicos de diversas partes do mundo e oferece treinamento sobre a forma adequada de tratar esses animais.

Sala de Procedimentos

Sala de Procedimentos

Laboratório do Ukutula

Laboratório do Ukutula

Toda estrutura necessária para o tratamento e pesquisa com os leões está disponível. Visitamos uma sala onde pequenos procedimentos podem ser feitos de forma segura nos leões, em caso de necessidade. Também existe um laboratório com diversos equipamentos de pesquisa.

O mais impressionante é o banco genético. O Ukutula possui amostras de pêlos, sangue e sêmen congelados de diversos leões e também outros animais. O sêmen, por exemplo, está congelado no nitrogênio líquido a uma temperatura de -200 graus, o que garante seu perfeito uso por um período de 100 anos.

Inseminação Artificial em Leões

O Ukutula Convention Center vem desenvolvendo diversas pesquisas ao longo dos anos e duas delas se destacam na atualidade.

O centro foi o primeiro lugar do mundo a obter sucesso na inseminação artificial com leões. Hoje já existem vários filhotes de leões nascidos fruto da técnica desenvolvida por eles. Esse trabalho pioneiro já começa a ser replicado em outros centros de pesquisa.

Tão importante quanto a inseminação artificial nos leões, é poder usar essa mesma técnica em outros felinos. A onça pintada, por exemplo, é um animal ameaçado de extinção e que poderá se beneficiar deste trabalho. Os tigres, leopardos e guepardos são outros felinos que a técnica pode ser aplicada.

Hoje os animais nascidos frutos da inseminação artificial ainda vivem em cativeiro. O grande desafio agora é conseguir uma forma de inserir esses filhotes na vida selvagem.

Vacina Contra a Tuberculose em Leões

Outro trabalho de extrema importância que está sendo desenvolvido no Ukutula é uma vacina para a tuberculose, específica para leões.

O Kruger National Park, maior área selvagem do país que abriga uma infinidade de animais, tem entre 60% a 80% dos leões infectados pela tuberculose. A doença está presente nos búfalos e passa para os leões quando estes se alimentam de carne contaminada.

A tuberculose prejudica drasticamente a qualidade e expectativa de vida dos leões, principalmente em meio selvagem. Estima-se que um leão tuberculoso viva no máximo 6 anos, sendo os últimos já em péssimas condições.

Os pesquisadores do Ukutula descobriram que as hienas são imunes a tuberculose. Desde essa descoberta eles vem desenvolvendo um trabalho com elas tentando produzir uma vacina para os leões. Quando estive no local em meados de 2019, as pesquisas já estavam bem avançadas.

Experiências com Animais no Ukutula

Algumas experiências com animais podem ser vividas por turistas no Ukutula. O grande diferencial quando comparamos com outros locais da África do Sul é que lá os animais não são dopados e não ficam presos.

Claro que existem várias regras e limites que precisam ser respeitados para evitar imprevistos. Todas as atividades com animais precisam ser supervisionadas por algum funcionário, já acostumado a lidar com os bichos.

Importante falar que essas experiências são enriquecedoras para estes animais. Lembre-se que eles nasceram em cativeiro e, enquanto não for possível inseri-los em seu habitat natural, eles terão sua vida juntos dos humanos. E até para que as pesquisas sejam possíveis, é importante que desde cedo os animais estejam acostumados a se relacionar com os humanos.

Alugar um carro pode ser uma ótima opção

A melhor forma de explorar um novo destino, com liberdade total, é alugando um carro. Em muitos casos você poderá economizar, evitando despesas com translados e deslocamentos em geral. Será que vale a pena? Faça uma cotação online na RentCars e encontre as menores tarifas entre as principais locadoras. Você tem a vantagem de poder pagar em reais, sem IOF, e ainda parcelar no cartão.

Caminhando com os Leões no Ukutula

Nossa primeira experiência no Ukutula Conservation Center foi o Bush Walk with Lions. Como o nome já diz, você vai de fato caminhar pela reserva ao lado de alguns leões. Parece loucura.

Essa atividade não é permitida para crianças ou menores de 1 metro e meio. O motivo é que uma pessoa muito baixa pode ser vista pelo animal como uma presa.

Outro detalhe é que não se pode carregar nenhuma bolsa ou mochila. Os leões estão acostumados a ser alimentados com pedaços de carne que ficam na bolsa do tratador. O receio é que ele possa confundir a bolsa de um turista e acabar se aproximando demais.

Bush Walk With Lions

Bush Walk With Lions

Nessa atividade os turistas são meros espectadores, não devendo se aproximar demais dos leões. Detalhe, ela é feita com leões adultos, com cerca de 3 ou 4 anos. São adultos jovens, já que os leões mais velhos passam a ter um comportamento dominante o que inviabiliza a atividade.

Não é qualquer leão que pode participar dessa experiência. Os tratadores escolhem apenas os animais que são mais amistosos com os seres humanos. E para eles é como um prêmio, poder caminhar livremente por uma área enorme da reserva e ainda ser alimentado.

A caminhada é acompanhada por vários cuidadores, que estes sim, interagem e alimentam os leões em diversos momento. Eles são também guias e passam várias informações sobre os animais e suas características.

Como Foi Minha Experiência

Primeiramente é entregue a cada turista um bastão mas logo é esclarecido sua função. Ele é um apoio para a caminhada e pode ser usado para escorar o leão caso ele se aproxime demais. Nunca deve ser usado para bater no animal. Na prática nenhum leão chega perto o suficiente para que o bastão seja de fato usado.

Depois de várias explicações finalmente os 3 leões adultos vieram em nossa direção. A barriga gelou na hora. Os animais eram grandes e tinham aquela juba linda e enorme.

Leões Adultos no Ukutula Convention Center

Leões Adultos no Ukutula Convention Center

Na verdade a juba desses leões ainda vai crescer mais nos próximos anos, mas isso não impediu de bater aquele medinho no primeiro momento.

Enfim nosso passeio começou. Os leões vão andando na frente seguidos pelos tratadores. Os turistas ficam mais atrás para garantir que sempre tenham tratadores entre eles e os animais.

Aos poucos a gente vai se sentindo mais seguro e começa a curtir essa experiência inesquecível.

Um momento marcante é quando paramos para alimentar os leões. Até então eles estavam super calmos, se movimentando bem lentamente. Nessa hora eles ficaram mais ariscos, com movimentos rápidos atrás da comida. Mais uma vez bate aquele medo ao ver o leão comendo ali na sua frente, solto, à poucos metros de você.

Mais uma caminhada até um lago e nova pausa, dessa vez para fotos. Não que a gente já não estivesse detonando a máquina mas nesse momento os leões ficam de frente para a gente. Os tratadores já tem um esquema legal de posicionamento para você poder registrar esse momento incrível.

Selfie com Leões no Ukutula

Selfie com Leões no Ukutula

Leão Subindo em uma Árvore

Leão Subindo em uma Árvore

Em seguida, antes do final do passeio, um dos leões subiu numa árvore. Foi demais ver ele escalando e ficando por um bom tempo lá no topo.

O proprietário do Ukutula que nos acompanhou no passeio disse que no primeiro local onde eles foram alimentados, algumas vezes os leões sobem na árvore também. Eles não obrigam, mas quando acontece eles premiam o animal. É uma experiência legal para os turistas, como acabou sendo, mas o leão só faz se quiser. Acabou acontecendo na segunda oportunidade.

Interagindo com os Guepardos

No Ukutula existem diversos animais além dos leões. Vimos outros felinos como tigre e até hienas. Mas a experiência mais legal, fora os leões, são com as Cheetahs, no Brasil chamados de Guepardos.

A atividade acontece com dois guepardos adultos do Ukutula, os irmãos Fast e o Furious, de 6 anos. Eles ficam dentro de uma área cercada e, depois de receber todas as instruções, entramos lá para visitá-los.

Mais uma vez deixamos do lado de fora as bolsas e dessa vez até as jaquetas. Felizmente as câmeras podiam entrar.

Guepardo do Ukutula Consention Center

Guepardo do Ukutula Consention Center

Acariciando o Guepardo no Ukutula

Acariciando o Guepardo no Ukutula

Furious é o mais amistoso. Pudemos nos aproximar por trás e acariciá-lo tomando o cuidado de não tocar suas patas e barriga. Só é permitido acariciá-lo nas costas, cabeça e pescoço.

Ficamos agachados por trás do guepardo mas é preciso ficar atento caso ele se levante. Basta você se levantar também e aguardar o animal buscar um outro local para deitar. Não é recomendado ficar agachado quando o animal está de pé e nem abordá-lo pela frente.

O guepardo parece muito com uma onça pintada, com o pelo claro, amarelado e com pintas pretas. A textura é bem mais grossa do que eu imaginava.

Seguimos a orientação da cuidadora e não fizemos carinho no Fast, o outro cheetah. Ele tem um temperamento diferente e uma relação de contato precisa partir dele. Ou seja, se o Fast for com a sua cara ele virá em sua direção e ai sim você poderá acariciá-lo. Caso contrário o turista poderá apenas apreciá-lo e foi o que fizemos.

Interagindo com os Filhotes de Leão

Acredito que esta seja a parte mais esperada do passeio, quando se tem a possibilidade de chegar bem perto e até tocar nos filhotes de leão.

O nível de restrições da experiência depende muito da idade dos animais. Os leões adultos você sequer pode tocar, só observar.

Leões com cerca de 5 meses você pode tocar, também com restrições, assim como os guepardos. Já os filhotes de apenas 7 semanas você já consegue interagir sem tantas restrições.

Filhotes de Leão com 5 Meses

Primeiro fomos visitar 5 leoas filhotes, uma com 4 meses, duas com 5 meses e duas com 6 meses. A orientação é bem diferente em relação aos guepardos, já que neste caso você pode tocar a barriga e patas. Por outro lado não se deve colocar a mão na cabeça dos leões.

Primeiro fui acariciar a Grace, uma filhote fêmea de 6 meses. Ela tava deitada de barriga pra cima e se esparramou toda como é comum quando brincamos com cachorros. Ela chegou a virar para o meu lado para brincar. Grace colocou a pata em mim e pude tocar em suas presas. A pata do leão, mesmo ainda filhote, é enorme além de ser um animal muito forte.

Acariciando Leões no Ukutula

Acariciando Leões Filhotes no Ukutula

É preciso ter cuidado e ficar sempre atento. Os leões são muito amistosos e brincalhões, mas até numa brincadeira pode acontecer algum acidente. A Grace segurou minha perna e suas garras se prenderam na minha calça jeans. Rapidamente as cuidadoras ajudaram a retirar as patas do filhote na minha roupa e pude levantar. Foi um pouco tenso, mas deu tudo certo.

Pude interagir com vários filhotes e vivi uma experiência inesquecível mas um momento foi ainda tenso. Cheguei por trás de um dos filhotes de leão que estava em cima de um vaso. Comecei a fazer carinho em suas costas enquanto a Jaque batia algumas fotos.

Das costas eu fui subindo as mãos, passando pela nuca até que cheguei na cabeça. Já estava confuso pois, diferente dos guepardos, não é permitido tocar a cabeça dos leões. Como eles tem um comportamento dominante existe a tendência deles se sentirem ameaçados com esse tipo de toque.

Leão de 5 Meses no Ukutula

Colocando a mão na cabeça do leão

Não deu outra, assim que coloquei a mão na cabeça, a cuidadora me lembrou da regra e rapidamente tirei. Instantes depois a leoa filhote olhou para trás e deu uma abocanhada. Claro que tomei um susto enorme e puxei a mão na hora. Contando assim parece algo muito perigoso, mas a minha sensação é que o filhote estava apenas reclamando e não atacando.

Ela continuou lá deitadinha, super tranquila. Fora o susto, foi incrível poder interagir com eles.

Filhotes de Leão com 7 Semanas

Para encontrar os filhotes de leão de apenas 7 semanas, foi preciso desinfetar as mãos para garantir a segurança dos animais. Como eles são ainda muito novinhos, o fato de termos tocado em outros animais poderia ser prejudicial a eles.

Mais uma vez deixamos as bolsas de fora mas agora não haviam tantas restrições em relação ao toque. As regras eram mais em relação ao respeito do espaço dos filhotes e a não levantá-los do chão.

Dessa vez tínhamos 2 filhotes machos e 1 fêmea. Eles eram a coisa mais linda e fofa que eu já vi. Tinham acabado de se alimentar e tivemos alguns minutos com eles numa área cercada.

Leão de 7 Semanas no Ukutula

Leão de 7 Semanas no Ukutula

Bricando com Filhotes de Leões no Ukutula

Bricando com Filhotes de Leões no Ukutula

Fiquei um tempo sentado em uma muretinha e 2 filhotes vieram em minha direção. Ficaram bem pertinho, se esfregando em mim, mexendo na minha perna e até subindo no meu colo. Claro que tirei várias fotos e gravei muitos vídeos desse momento surreal.

Foi demais!

Como Chegar ao Ukutula

O Ukutula Convention Center fica localizado na fica de de Brics, à pouco menos de 2 horas ao norte de de Joanesburgo. A maioria das pessoas fazem um bate e volta para visitar o centro de conservação.

Não foi o nosso caso que viemos do Kruger dirigindo mais de 6 horas, passando por Pretoria até chegar, à noite, em Brics. No caminho aproveitamos para conhecer às Echo Caves, uma experiência interessante. Dormimos nos Lodges do Ukutula e já acordamos por lá para viver essas experiências incríveis.

Veja o mapa abaixo com os principais pontos de interesse da região e o trajeto de carro para chegar ao Ukutula Conservation Center de carro, saindo de Joanesburgo.

Ainda neste dia, na parte da tarde, seguiríamos de avião para Cape Town, a Cidade do Cabo, do outro lado do país. Para facilitar a logística compramos esse voo saindo do aeroporto de Lanseria, bem mais próximo para quem está saindo do Ukutula. Dependendo do seu roteiro pode ser interessante considerar essa opção.

Aproveite e veja como comprar um voo interno da Kulula, cia aérea low cost da África do Sul. Neste outro artigo contamos como foi nossa experiência.

E os Leões? O que Acontece com Eles?

Você talvez esteja se perguntando como isso tudo começou, de onde vieram esses leões e o que acontece com eles depois que ficam mais velhos. É justamente nesse aspecto que existe muita polêmica e controvérsia em relação ao Ukutula.

Fiz esses questionamentos algumas vezes em oportunidades diferentes. Basicamente a resposta que obtive é que a origem dos animais se deu no momento da compra da propriedade, uma área enorme que já abrigava com leões e muitos outros animais da região. Claro que não havia a estrutura de hoje, mas tudo foi acontecendo aos poucos, gradativamente.

Hoje, todos os leões do Ukutula Convention Center nasceram lá. A maioria fruto do cruzamento natural ou induzido e, mais recentemente, de inseminação artificial.

As pesquisas ocorrem primordialmente com os leões mais jovens. É importante que o animal esteja acostumado com a presença humana para que essa interação aconteça.

Como os leões nasceram lá e foram cuidados por humanos desde cedo, eles estão acostumados com a presença dos homens. Depois que eles se tornam adultos velhos, a tendência é não ser mais possível esse relacionamento, devido a própria natureza do animal.

O Ukutula exporta leões para vários locais do mundo através de sua rede de parceiros. Eles dão inclusive treinamento para que, por exemplo, um zoológico possa receber o animal e cuidar adequadamente dele.

Infelizmente esses leões nunca sobreviveriam se fossem soltos na natureza.

Importante deixar registrado que o Ukutula Convention Center nos garantiu que não apoia nem trabalha com a venda desses animais para fazendas de caça. Infelizmente essa é uma prática comum na África, mas é repudiada pelo Ukutula que apoia o IUCN's One-Plan-Approach, com princípios de conservação e criação de animais.

É Certo Domesticar Leões?

Muitas pessoas acham que a aproximação entre homens e leões é inadequada, pois os leões precisariam ficar isolados sem nenhuma interferência. Como já comentei anteriormente, o Ukutula pensa diferente.

Claro que devem existir leões em seu habitat natural, a maioria, mas também é importante termos leões acostumados com os seres humanos para possibilitar pesquisas sobre o animal. E no final das contas, só podemos protegê-los se conhecê-los a fundo.

Eu fiquei bem confortável com essa visão do Ukutula, tanto que decidi visitar o local. Vi tudo com os meus próprios olhos e pude confirmar como os animais são muito bem tratados. As experiências fazem parte do estreitamento da relação dos leões e os humanos e são feitas dentro dos limites de cada animal.

Me arrisco a dizer que os leões do Ukutula aproveitam e se divertem com esses momentos próximos das pessoas.

Claro que eu respeito pessoas que pensam de forma diferente e acho razoável que existam outras linhas de pensamento. Porém, mais importante do que ler um texto na internet ou assistir a um documentário na televisão é conhecer pessoalmente o trabalho feito e tirar suas conclusões.

Vale a Pena Conhecer o Ukutula

Se você entende e concorda com o trabalho de conservação e pesquisa feito pelo Ukutula, com certeza vale a pena. A experiência com os leões de diferentes idades é algo inesquecível, mas é preciso ter coragem.

E você, o que achou do Ukutula? Teria medo de interagir com os leões? Deixe o seu comentário.

Vai Viajar?

 Encontre o hotel perfeito para sua próxima viagem com garantia do menor preço. O nosso blog tem parceria com o Booking, serviço que te ajuda a comparar preços de hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura. Você ainda pode fazer uma reserva com a opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in. Garanta sua reserva de hotel agora mesmo.

 Antes de alugar um carro, faça uma comparação entre as principais locadoras do Brasil e do mundo. A nossa parceira RentCars te ajuda nessa busca de preços e oferece todas as opções de forma rápida e segura. A cobrança poderá ser feita em reais, sem IOF. Divida em até 12 parcelas no cartão de crédito ou aproveite um desconto de 5% no boleto bancário. Compare os valores e economize.

 Não esqueça do seguro viagem. Economize tempo e dinheiro fazendo uma cotação na Seguros Promo. Encontre os melhores planos das principais seguradoras por preços imbatíveis. Pagamento no cartão de crédito em até 12 parcelas ou com desconto no boleto bancário. Ganhe 5% de desconto adicional comprando seu seguro com nosso cupom de desconto: PARAVIAGEM05.

 Compre um chip internacional e se mantenha conectado durante sua viagem. A empresa OMeuChip oferece plano de dados em mais de 130 países, com conexão 4G garantida e internet ilimitada. Você recebe o chip em sua casa, de forma antecipada, e chega em seu destino com tudo funcionando. Compre com 15% de desconto usando o nosso cupom exclusivo: PARAVIAGEM15.

Reservando com nossos parceiros, além de garantir o menor preço e um serviço de qualidade, você também ajuda a manter o blog e nos motiva a produzir cada vez mais conteúdo.

Galeria de Fotos:

Totos os direitos reservados