Vale a Pena Fazer “Hop-on Hop-off” em uma Viagem?

Os passeios conhecidos como “Hop-on Hop-off” são feitos em ônibus panorâmicos de dois andares com um deck superior aberto que percorrem as principais atrações turísticas da cidade.

Hop-on Hop-off em Nova York

Hop-on Hop-off em Nova York

A maioria das grandes cidades mais visitadas por turistas possui agências especializadas neste tipo de serviço. O passeio consiste em uma espécie de city tour no qual você pode subir e descer do ônibus quantas vezes quiser nos pontos pré-determinados e o tempo do passeio tem a duração que você desejar, podendo levar o dia inteiro.

A grade pergunta é: Vale a pena fazer esse tipo de passeio?

E a resposta é: Depende. Depende do tempo que você tem para conhecer uma cidade, dentro do seu cronograma de viagem. Depende do perfil dos seus acompanhantes. Depende do clima. Depende do objetivo de sua viagem, dentre outros.

Vamos lá então:

1. Tempo

Se você está em uma viagem frenética, com pouco tempo de estadia em uma determinada cidade, talvez valha a pena contratar o serviço hop-on hop-off, pois você terá uma noção bem ampla, mas também superficial daquela cidade. De outro lado, se você prioriza explorar com mais calma determinado lugar, sem grilo de deixar de conhecer outros, esqueça.

2. Perfil do Acompanhante

Se você estiver viajando com crianças ou pessoas mais velhas, o hop-on hop-off é um bom recurso. Cidades onde as pessoas andam predominantemente à pé pode ser uma boa estratégia lançar mão desse modelo, pois é comum que as crianças ou os mais idosos não consigam acompanhar o pique dos mais jovens. Já utilizei esse recurso quando levei um grupo de senhoras à Nova York e o resultado foi bem legal, pois elas tiveram uma noção bem ampla da cidade, sem cansarem muito.

3. Clima

Se você estiver viajando numa temporada de frio ou chuva, o hop-on hop-off será uma grande furada, pois ficar no deck ao ar livre se torna inviável. Antes de viajar, procure saber como estará o clima na cidade durante a sua estadia e se este não for favorável, arrume outra alternativa para o seu passeio.

Ainda não reservou seu Hotel?

A melhor forma de escolher onde se hospedar em sua próxima viagem é pesquisando em sites comparadores como o Booking e o Hoteis.com. De forma rápida você consegue comparar vários hotéis que se encaixam no seu perfil, avaliar as qualificações dadas por outros hóspedes e assim achar um local bacana que cabe no seu bolso.

4. Objetivo da Viagem

Se o seu objetivo é conhecer a fundo cada ponto turístico relevante de uma cidade, observar detalhes do cotidiano das pessoas, contemplando um determinado lugar, o hop-on hop-off não será adequado para você. No entanto, se para você basta passar pelos principais pontos turísticos e pronto, vá em frente.

Não é demais lembrar que cada cidade possui características próprias de transporte e isso deve ser levado em consideração também na hora de decidir pela contratação do serviço.

Outra coisa que geralmente as pessoas acabam se decepcionando com esse modelo de passeio é pensar que vão usá-lo em substituição ao metrô ou ônibus, economizando na passagem. Ledo engano.

Quando você saltar do ônibus em um determinado ponto, perderá o lugar e só irá entrar no próximo que passar e muito provavelmente não haverá mais vaga em cima. O hop-on hop-off só funciona legal quando você passa todo o trajeto do passeio sentado no deck superior. E mais um detalhe: as suas fotos ficarão incríveis. Do contrário, é como se você estivesse realmente em um city tour, enclausurado dentro de um ônibus.

A empresa Gray Line oferece o serviço em diversas cidades ao redor do mundo.

E você, já utilizou o hop on/hop off em alguma viagem que vez? Como foi sua experiência? Compartilhe com a gente.

Vai Viajar?

 Encontre o hotel perfeito para sua próxima viagem com garantia do menor preço. O nosso blog tem parceria com o Booking, serviço que te ajuda a comparar preços de hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura. Você ainda pode fazer uma reserva com a opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in. Garanta sua reserva de hotel agora mesmo.

 Antes de alugar um carro, faça uma comparação entre as principais locadoras do Brasil e do mundo. A nossa parceira RentCars te ajuda nessa busca de preços e oferece todas as opções de forma rápida e segura. A cobrança poderá ser feita em reais, sem IOF. Divida em até 12 parcelas no cartão de crédito ou aproveite um desconto de 5% no boleto bancário. Compare os valores e economize.

 Não esqueça do seguro viagem. Economize tempo e dinheiro fazendo uma cotação na Seguros Promo. Encontre os melhores planos das principais seguradoras por preços imbatíveis. Aproveite esse cupom promocional de Halloween, disponível por tempo limitado, e garanta um desconto de 15% pagando no cartão de crédito ou economize 20% no boleto bancário. Utilize o código promocional: HALLOWEEN.

 Compre um chip internacional e se mantenha conectado durante sua viagem. A empresa OMeuChip oferece plano de dados em mais de 210 países, com conexão 4G garantida e internet ilimitada. Você recebe o chip em sua casa, de forma antecipada, e chega em seu destino com tudo funcionando. Compre com 15% de desconto usando o nosso cupom exclusivo: PARAVIAGEM15.

Reservando com nossos parceiros, além de garantir o menor preço e um serviço de qualidade, você também ajuda a manter o blog e nos motiva a produzir cada vez mais conteúdo.

Galeria de Fotos:

18 Comentários
  1. Dayse

    Como tudo tem pontos positivos e negativos.
    Ficar no deck superior é a opção.Se não for assim não adianta.
    Perfeito para quem quer ter uma visão geral da cidade. Alguns lugares são legais de ver, mas não compensa sair exclusivamente para conhecer. O hop on/hop off te possibilita economia de tempo, uma visão da cidade diferente e a chance de conhecer lugares que não estavam no teu roteiro.
    O importante é ver as opções de trajeto existentes. Se você pretende conhecer melhor uma determinada área não é interessante fazer um trajeto em que ela seja o destaque. Melhor usar o transporte público e fazer o seu roteiro.
    Se optar por fazer é legal tentar colocar no inicio da viagem.

  2. Vinícius Miranda

    Concordo com você, Dayse. Uma boa estratégia para lançar mão do hop on/hop off é estudar os trajetos oferecidos e utilizá-lo para conhecer os pontos turísticos que a princípio você não visitaria ou não conseguiria por causa do tempo.

    Continue participando do blog!!

    Um abraço.

  3. Jose

    Estou precisando de uma ajuda, estou indo no final de Novembro de 2013, para Nova York e sei que será inverno, será que vale pena comprar o passeio de Onibus ? e qual melhor opção comprar pela net ou deixar para comprar quando chegar em NY

    • Vinícius Miranda

      Olá José,
      Se estiver muito frio ou chovendo, provavelmente você não conseguirá ficar na parte superior do ônibus, principalmente no tour noturno. Acho até que eles fecham a parte de cima. O passeio acabá virando um city tour tradicional.
      Eu comprei o meu pela internet e consegui um cupom de desconto. Vale a pena pesquisar com antecedência, pois possivelmente o preço na hora é mais caro.
      Um abraço e boa viagem.

  4. Bruno A. Pereira

    Olá Vinícius, Eu e a minha esposa iremos pela primeira vez a NYC agora no mês de marco passar 4 dias. Ela está gravida e por isso estava pensando em utilizar o servico do Hop-On Hop-off. Vi que eles tem varias paradas por toda a cidade e a minha intencao era utilizar somente para os locais de nosso interesse, nao fazendo tanta questao de ir em cima para tirar fotos. Por exemplo, iriamos conhecer o Rockfeller center, passariamos uma hora lá, e o proximo onibus pegaríamos para o Central Park e lá passaríamos mais uma hora e por assim vai. Gostaria de saber se isso é possível. Obrigado.

    • Vinícius Miranda

      Olá Bruno,

      Não gosto muito da ideia de usar o hop-on/hop-off com esse objetivo.

      Mas no seu caso, por estar com a esposa grávida, acho válido estudar seus pontos de interesse e lançar mão do serviço em uma ou outra parada.

      No entanto, alerto que você tem que ter em mente que os ônibus passam em horários predeterminados, e dependendo do ponto, podem vir lotados, te obrigando a esperar ainda mais pelo subsequente. Especialmente pontos próximos de atrações concorridas, pois muita gente pensa em fazer o mesmo.

      Para um roteiro curto como o seu, creio que é um pouco arriscado contar apenas com o serviço do hop-on/hop-off para se locomover.

      Você já pensou no Metrocard? Avalie o custo benefício das duas hipóteses e depois retorne para relatar sua experiência.

      Abraços e boa viagem.

  5. MARCIA sAGRILLO sMIDERLE

    Olá, Vinicius!

    Estou pensando em utilizar essa modalidade de passeio em Frankfurt, pois tenho um intervalo de conexão entre voos de 07h, mas estou insegura porque estarei sozinha e não domino o inglês, tampouco o alemão.
    O que você acha? O tempo é suficiente? Que providências tomar para não perder meu voo? Devo comprar o bilhete pela internet? Qual site você indica?
    Já agradeço e envio um abraço,

    Marcia

    • Vinícius Miranda

      Olá Márcia,
      Infelizmente não sou a pessoa mais indicada a te orientar neste caso, pois não conheço a cidade de Frankfurt nem o aeroporto e não tenho uma referência idônea de companhia que preste este serviço lá.
      De qualquer maneira, você deve observar a distância entre o aeroporto e o centro da cidade e levar em consideração o tempo para deslocamento de ida e volta.
      Além disso, você precisa ficar atenta para estar de volta ao aeroporto com pelo menos duas horas de antecedência do seu vôo.
      O ideal seria já sair para o tour do próprio aeroporto. Confira aqui algumas dicas sobre o aeroporto de Frankfurt.
      Aqui, você pode acessar um guia com informações úteis para fazer o transfer.
      Espero ter ajudado.
      Um abraço

  6. JOICE BERNARDO

    Ficamos 2 dias em Los Angeles, dos quais 1 era feriado. Mesmo estando de carro, optamos pela praticidade desse tour, pois lemos em blogs sobre o trânsito caótico da cidade e Los Angeles é bem difícil em relação a estacionamento. A calçada da fama, de onde sai a linha vermelha era a poucos metros do hotel, fomos a pé pra calçada, tiramos fotos, pegamos a linha, descemos na calçada da fama do rock, mais fotos, descemos em Bervely Hills(metade da linha vermelha), fotos e caminhada na Rodeo drive, pausa pra um lanche e postagens de internet (na Starbucks da Rodeo), linha amarela até a praia de santa Mônica, fotos, linha verde pra rodar por Venice beach , Marina del rey e imediações(de carro não daria pra ver os canais, além do que o transito era caótico (ficávamos parados mto tempo) e aproveitávamos pra fazer fotos fantásticas. De volta a Santa Mônica, pegamos o restante da linha amarela pela UCLA e outras atrações retornando pra Bervely Hills onde pegamos o último bus pra voltar pra calçada da fama onde exaustas, jantamos e fomos pro Hotel.
    Valeu a pena pela praticidade, pelo tempo que foi otimizado, porque paramos onde nos interessava, porque recebemos várias informações que de outro modo não obteríamos. Por exemplo, no dia seguinte rodamos de carro pelos pontos do próprio roteiro e não aproveitamos muito, basicamente fomos no letreiro e morremos no The Grove e Farmer Market.
    Se eu tivesse mais dias, ainda assim optaria por esse tour nos 2 primeiros dias, fazendo as paradas pontuais pras fotos. Isso pra ter uma visão geral da cidade, nos outros dias eu iria de carro nos locais que me despertassem interesse.

  7. sonia

    Bom dia! Gostaria de tirar uma dúvida. Quero comprar o passeio de 72 horas com +3 ingressos. O ingresso tem validade de 365 dias, no caso eu comprando antecipado pela internet, tenho que ir na data marcada ou posso escolher o dia lá . Penso nisso, por causa da previsão do tempo. Obrigada!

    • Vinícius Miranda

      Olá Sônia,

      Normalmente eles pedem uma data provável para a utilização do serviço, mas acredito que não haja obrigatoriedade de agendar uma data fixa.

      O início da validade das 72 horas de passeio deve contar a partir da primeira utilização.

      Mas isso você precisa confirmar junto a cada prestadora de serviço por email ou telefone, ou no próprio site.

      Um abraço.

  8. Susanne

    Olá Vinicius, estou indo a NY semana que vem e gostaria de saber se vc tem uma proposta de passeios para fazer em três dias, um roteiro na verdade, estou perdida e não tenho muito tempo… Gostaria de visitar o Memorial 11/09, Estátua da Liberdade, Soho, Little Italy, Chinatown, Empire State, Top of the Rock, Rockfeller Center, Moma, Museu de Cera MT, Central Park, Interpride, e a NBC Studio Tour.. Ufa!!! Se vc já tiver um roteiro programado agradeceria muito!!!!

  9. Lilian

    E peguei um em nova york achei bem interessante porque conheci a parte norte em uma manha e outro na parte sul de manhantan a tarde. Porque eu não iria conhecer todos os pontos da ilha, fiz a pé e metro os que mais me interessavam e de ônibus fiz para ter uma vista geral da cidade.

    Mas comprei um que só havia em ingles então não deu para acompanhar muito os detalhes do que o guia falava dos lugares ficou mesmo no visual e nos bairros. Então antes de escolher deve ver se tem a tradução desejada.

    E como estava pouco frio mas era outono deu para suportar o passeio aberto, mas as condições climáticas tem que ser levadas em consideração.

    Tirei bonitas fotos porem é bem rápido pois ele não pára para tirar fotos mas pelo altura do ônibus o visual é bem legal, Eu recomendo para quem quer fazer como city tour e depois se tiver tempo se focar nos passeios dos lugares que mais gostou.

  10. João Carlos

    Com o devido respeito, isso é para turistas, não para viajantes.

    Para mim, não serve.

  11. Vinícius Miranda

    Olá João,
    Viajantes também são turistas e vice-versa. Como falei na matéria, o hop-on hop-off depende muito do perfil de cada um.
    Abçs

Totos os direitos reservados