Visita à CN Tower Em Toronto: O Que Preciso Saber?

Uma das atrações mais procuradas em Toronto, a CN Tower é realmente imperdível. Saiba mais sobre essa visita e confira todas as dicas úteis para realizá-la.

CN Tower em Toronto

CN Tower em Toronto

Quando vemos fotos do panorama de Toronto, sempre aparece uma torre enorme e magrela em destaque, parecendo uma agulha espetando o céu da cidade.

A CN Tower é realmente o cartão-postal da capital da província de Ontario. E também uma das visitas mais procuradas pelos turistas.

A razão disso é simples: ela oferece uma vista aérea incrível (e em 360º) de Toronto.

Em minha visita de 5 dias em Toronto, não perdi tempo e programei minha subida à CN Tower. E não me arrependi: foi um passeio muito legal.

Neste post, vou contar um pouco como foi essa visita, com informações de o que visitar lá em cima.

E, é claro, algumas dicas úteis para tornar a sua visita bem sucedida.

A CN Tower

Construída na década de 70 pela companhia ferroviária Canadian National (daí o nome “CN”), a estrutura de concreto foi criada para ser uma torre de transmissão – função que exerce até hoje.

O motivo: no final dos anos 60, houve uma construção em massa de arranha-céus em Toronto e isso começou a gerar problemas de radiodifusão na cidade. Seria preciso construir uma torre de transmissão que fosse mais alta que os prédios e pudesse resolver essa questão.

CN Tower

CN Tower

O monumento foi privatizado nos anos 90 e pensaram em tirar o nome da cia. que a construiu. Mas como ele já era famoso o suficiente para ser trocado, não teve jeito... O nome antigo ficou.

Reza a lenda que agora o “CN Tower” seria de “Canada’s National Tower”.

A torre possui 553 metros de altura ostentou o título de estrutura mais alta do mundo até 2007, quando foi erguida a Burj Khalifa em Dubai – que, aliás, deve perder o posto já já para a Jeddah Tower, que tem previsão de ser inaugurada em 2020 na Arábia Saudita.

Além da função de antena de transmissão, a CN Tower também conta com ótimos observatórios que proporcionam uma vista incrível de Toronto. E de vários jeitos e ângulos...

O que fazer na CN Tower? A visita.

Ir a Toronto e não subir a CN Tower, é como ir a Paris e não subir a Torre Eiffel.

A visita consiste na subida aos observatórios da torre (sim, há mais de um), que oferecem uma espetacular vista 360º da cidade.

É um programa “turistão”? É... Mas também é um dos mais legais de se fazer em Toronto.

A entrada principal fica na 290 Bremner Boulevard, numa agradável praça que também dá acesso ao Ripley’s Aquarium e o Rogers Centre (o famoso estádio de hóquei de Toronto).

Entrada para a CN Tower

Entrada para a CN Tower

Entrada para a CN Tower

Entrada para a CN Tower

Quem vem de metrô, pode saltar na estação Union Station e vir andando pela passarela que liga a estação ferroviária à praça onde está a entrada da CN Tower. Há placas informativas e basta seguir as setas.

Após passar por um esquema de segurança (digno de aeroporto) na entrada, chegamos ao hall das bilheterias.

DICA: Para fugir das filas da bilheteria (que costumam ser homéricas), basta adquirir os ingressos com antecedência pelo site, que são válidos por 90 dias após a compra. Ou então, chegar cedo – de preferência, na hora da abertura – para comprar lá.

Toronto CityPASS

Toronto CityPASS

Outra opção é adquirir o Toronto CityPASS, que é um carnê que inclui ingressos para visitar vários pontos turísticos da cidade – dentre elas a CN Tower.

Vendido nas bilheterias das atrações credenciadas, ele é uma “mão na roda” para quem quiser fugir das filas e não se preocupar em ter que ficar comprando ingressos avulsos durante a viagem.

Saiba mais no post: Como funciona o Toronto CityPASS?

Como eu comprei o meu passe lá na bilheteria da CN Tower, tratei de chegar na hora que a atração estava abrindo. E não me arrependi: estava praticamente sem fila! Não levei nem 5 minutos para ser atendida.

Mas na hora que saí da torre (umas 2 horas depois), ela dava voltas e mais voltas.

Confira os horários de funcionamento AQUI.

► Subindo a CN Tower

O elevador que nos leva até o observatório principal sobe a uma velocidade de 22 km/h e leva 58 segundos pra chegar lá em cima.

E o mais legal: ele é panorâmico!

O ascensorista vai conversando conosco durante a “viagem” e traz algumas curiosidades sobre a torre.

Lá em cima, as atrações são as seguintes:

Atrações da CN Tower

Atrações da CN Tower

► LOOKOUT LEVEL

O mirante principal é a primeira parada do elevador. Ele está situado a 346 metros do chão e é a atração mais conhecida da CN Tower.

Ele é todo fechado por vidros e nos oferece uma vista aérea e em 360º de Toronto.

LookOut Level

LookOut Level

Janela panorâmica do LookOut Level

Janela panorâmica do LookOut Level

Vista de Toronto a partir do LookOut Level

Vista de Toronto a partir do LookOut Level

Vista de Toronto a partir do LookOut Level

Vista de Toronto a partir do LookOut Level

Segundo o site oficial, esses vidros contém um filme termocrômico que permite que ele ajuste a visibilidade usando a luz solar e a temperatura externa.

Eles informam, também, que isso facilitaria a captura de fotos. Mas não é bem assim... A claridade do dia fazia reflexo nos vidros e algumas fotos saiam com sombras no fundo.

Outra coisa: se tentássemos sair na foto, a paisagem fica super clara atrás. Só deu certo em alguns ângulos, e mesmo assim com a ajuda do recurso HDR do celular...

Claro que tudo depende da câmera e da lente, mas achei que as fotos só ficavam boas em alguns pontos do mirante.

Reflexo nos vidros atrapalham um pouco as fotos

Reflexo nos vidros atrapalham um pouco as fotos

Reflexo nos vidros atrapalham um pouco as fotos

Reflexo nos vidros atrapalham um pouco as fotos

Mas a vista é fascinante. Se bobear, perdemos horas ali só admirando a paisagem. Há até um café no recinto para quem deseja fazer essa visita sem pressa.

Outra coisa que achei uma “sacada” interessante foi o teto espelhado do local. Ele reflete o abismo abaixo de nós e gera um efeito super bonito nas fotos. Dá só uma olhada...

O teto espelhado do LookOut Level reflete a cidade lá embaixo

O teto espelhado do LookOut Level reflete a cidade lá embaixo

Recentemente, foi instalado um pequeno trecho de piso de vidro nesse no LookOut Level, que dá vista para o andar de baixo.

E ele já nos dá uma prévia da atração "emocionante" que vem a seguir...

► GLASS FLOOR

Situado abaixo do LookOut Level, ele é acessível por escadas (o elevador também chega lá, mas demora um pouco) e é uma das atrações mais legais da CN Tower.

Nele, há alguns trechos em que o chão passa a ser de vidro, permitindo uma vertiginosa vista dos 342 metros que estão abaixo dos nossos pés.

Glass Floor

Glass Floor

O abismo visto por quem está em cima do Glass Floor

O abismo visto por quem está em cima do Glass Floor

Confesso que encarei a brincadeira com um pouco de medo. Afinal, passou pela minha cabeça aquilo que passa na de todo mundo: "E se esse troço quebrar comigo ali em cima???"

O receio passou quando me deparei com uma placa informativa no local, que dizia que o piso de vidro é capaz de suportar um peso de 21,7 toneladas! Isso equivaleria a 3 orcas e meia, 35 alces e 41 ursos polares.

Ou seja, a probabilidade dele quebrar conosco lá em cima é praticamente nula. Mesmo que haja uma multidão junto.

Inclusive, o site oficial diz que pode andar, rastejar e até pular a vontade. O vidro não quebra de jeito nenhum.

CURIOSIDADE: Esse piso de vidro foi o primeiro do gênero, na época que foi inaugurado (1994). E inspirou outras atrações do mundo a fazer suas versões, como o Grand Canyon Skywalk, por exemplo.

Quem quiser registrar uma foto dessa experiência, há uma boa e uma má notícia...

A boa é que há um espelho no teto, que permite que façamos uma selfie sobre o chão de vidro.

A é que não é fácil conseguir tirar essa foto. Mais uma vez, a claridade do dia atrapalha um pouco os cliques de quem quer registrar essa "experiência". Ou sai a gente, ou sai o abismo.

Mais uma vez precisei do HDR da câmera do celular, como você pode ver nessa foto da direita...

Foi tenso, mas consegui!

Foi tenso, mas consegui!

O teto de espelho ajuda fazer uma selfie com o abismo

O teto de espelho ajuda fazer uma selfie com o abismo

No mesmo andar há também o Sky Terrace, que é um observatório protegido apenas por uma grade com rede.

Ele permite que o visitante entre em contato com o “ventinho” que rola lá em cima.

► 360 RESTAURANT

No pavimento acima do LookOut Level há um famoso restaurante panorâmico.

360 Restaurant

360 Restaurant

E ele também é giratório, permitindo que a pessoa veja Toronto por todos os ângulos enquanto faz a refeição. E leva 72 minutos para dar uma volta completa.

Dizem que o restaurante é super concorrido e convém fazer uma reserva para evitar surpresas desagradáveis lá na hora.

Não o visitei, mas ele super bem cotado. Ganhou até o certificado de excelência do Tripadvisor em 2018.

Ele funciona tanto no almoço quanto no jantar. Confira as informações.

Já comprou seus ingressos?

Não deixe para a última hora e muito menos para comprar durante a viagem. A Get Your Guide oferece um ambiente simples, seguro e com a garantia do menor preço para você comprar com antecedência seus ingressos para atrações, shows, espetáculos, eventos, tours, passeios e muitas outras experiências nos principais destinos do mundo, inclusive Toronto.

► SKYPOD

Trata-se do outro mirante da CN Tower, que está situado ainda mais alto: a 447 metros de altura.

Do LookOut Level, peguei um elevador (desta vez não panorâmico) que me levou a este observatório, também fechado por vidro.

E acredite: ele oferece uma vista ainda mais incrível de Toronto.

Vista de Toronto a partir do SkyPod

Vista de Toronto a partir do SkyPod

Vista das Ilhas de Toronto a partir do SkyPod

Vista das Ilhas de Toronto a partir do SkyPod

Lá dentro há um interessante painel que mostra o que as intempéries do tempo fazem com a torre.

Nele vemos como a CN Tower reage ao ser atingida por raios e também pelas rajadas de vento, que são frequentes naquela região da beirada do lago Ontario.

Pendulo no SkyPod

Pendulo no SkyPod

Parece uma coisa meio virtual, até nos depararmos com um pêndulo no local – que mostra se a torre está balançando naquele exato momento, devido ao vento.

E adivinha como ele estava no dia da minha visita??? Balançando lindamente...

Incrível e assustador! Realmente não sentimos a torre se movimentar.

CURIOSIDADE: A torre foi construída para resistir a ventanias de até 418 Km/h! Além da estabilidade e solidez de sua estrutura, as janelas blindadas foram cuidadosamente projetadas para tolerar ventos de extrema violência.

A visita ao SkyPod é um ingresso pago à parte. Ele pode ser comprado tanto na bilheteria principal, como também no próprio LookOut Level.

Vista de Toronto a partir do SkyPod

Vista de Toronto a partir do SkyPod

Vista do Lago Ontario a partir do SkyPod

Vista do Lago Ontario a partir do SkyPod

O motivo do bilhete ser separado é o fato de que o SkyPod nem sempre está aberto à visitação. Se tiver um dia com muito vento ou pouca visibilidade, ele é fechado por questões de segurança.

Dei sorte no dia que eu fui, mas foi por pouco... Enquanto subíamos pelo elevador, a ascensorista informou que havia previsão de tempestade naquele dia e como o vento estava ficando forte, o elevador tinha que subir devagar por precaução. #tenso

► EDGEWALK

EdgeWalk: Que tal?

EdgeWalk: Que tal?

Quem adora uma adrenalina, ainda pode encarar essa visita radical da CN Tower.

Acompanhado de um guia, o visitante dá uma volta no topo do mirante principal (acima do 360 Restaurante). Só que pelo lado de fora.

A pessoa tem que vestir uma roupa especial com faixas que são amarradas a um cabo. E esse, por sua vez, ficará preso a um trilho.

A brincadeira não fica só em andar por fora da torre. Você pode também deitar no vazio, com o corpo inclinado pra fora da estrutura. Que tal?

Vendo os corajosos no EdgeWalk a partir do SkyPod

Vendo os corajosos no EdgeWalk a partir do SkyPod

Deitadinha de leve...

Deitadinha de leve...

Nem por um segundo passou pela minha cabeça fazer esse passeio. Andar pelo Glass Floor já foi emoção suficiente para o meu gosto...

Mas quem quiser encarar essa aventura, saiba que ela dura 30 minutos e precisa de reserva. O visitante ainda ganha um vídeo de lembrança, fotos impressas e até um certificado pela “conquista”!

E, obviamente, só funciona se as condições climáticas forem favoráveis.

Confira as informações sobre essa visita. E não perca também as perguntas frequentes sobre ela.

► Descida da CN Tower

A descida de elevador do SkyPod termina no LookOut Level. E dele, pegamos o panorâmico para descer ao térreo.

Na saída, como era de se esperar, tem uma maravilhosa loja de lembrancinhas.

DICA: Resista à tentação, pois os souvenires dessa loja são um pouco caros. A maioria deles também é vendida nas inúmeras de lojinhas do gênero espalhadas por Toronto. A menos que você tenha amado muito algum item, deixe para procurar o seu souvenir fora da loja da CN Tower.

Os ingressos para a CN Tower

Quem pretende subir a torre, não é obrigado(a) a visitar todas as atrações. E por isso, há várias possibilidades de tickets:

General Admission = LookOut Level + Glass Floor

General Admission + SkyPod = inclui essa última ao pacote

SkyPod = ingresso para visitar APENAS essa atração

EdgeWalk = ingresso para fazer APENAS esse passeio

Timed General Admission = visita com dia e hora marcados ao LookOut Level + Glass Floor

Sea the Sky Combo Ticket = ingresso combinado (e com desconto) para a CN Tower (LookOut Level e Glass Floor) + Ripley’s Aquarium of Canada

Family Pass = é o ticket “General Admission” válido para 2 adultos (de 13 anos para cima) + 2 crianças (de 4 a 12 anos).

Family Pass + SkyPod = inclui essa última ao pacote

Premier = é um ingresso para quem quiser furar a fila do elevador. Inclui a visita ao LookOut level, ao Glass Floor e também ao SkyPod.

Confira todos os preços atualizados AQUI.

E quem tem o Toronto CityPASS?

O passe inclui apenas a visita ao LookOut Level e ao Glass Floor (tal como o “General Admission”).

Quem quiser fazer como eu e visitar também o SkyPod, tem que comprar o ingresso separado dessa atração. E o mesmo vale para quem quiser o EdgeWalk.

Vai Viajar?

 Encontre o hotel perfeito para sua próxima viagem com garantia do menor preço. O nosso blog tem parceria com o Booking, serviço que te ajuda a comparar preços de hospedagem em qualquer lugar do mundo de maneira rápida e segura. Você ainda pode fazer uma reserva com a opção de cancelamento gratuito e deixar para pagar só na hora do check-in. Garanta sua reserva de hotel agora mesmo.

 Antes de alugar um carro, faça uma comparação entre as principais locadoras do Brasil e do mundo. A nossa parceira RentCars te ajuda nessa busca de preços e oferece todas as opções de forma rápida e segura. A cobrança poderá ser feita em reais, sem IOF. Divida em até 12 parcelas no cartão de crédito ou aproveite um desconto de 5% no boleto bancário. Compare os valores e economize.

 Não esqueça do seguro viagem. Economize tempo e dinheiro fazendo uma cotação na Seguros Promo. Encontre os melhores planos das principais seguradoras por preços imbatíveis. Pagamento no cartão de crédito em até 12 parcelas ou com desconto no boleto bancário. Ganhe 5% de desconto adicional comprando seu seguro com nosso cupom de desconto: PARAVIAGEM05.

 Compre um chip internacional e se mantenha conectado durante sua viagem. A Easysim4u oferece planos ilimitados nos Estados Unidos e Canadá com conexão de internet 4G. Você informa o número de dias da viagem, recebe o chip em sua casa, de forma antecipada, e chega em seu destino com tudo funcionando. Compre com 10% de desconto usando o nosso cupom exclusivo: PARAVIAGEM10.

 Compre ingressos para atrações, shows, espetáculos, eventos, tours, passeios e muitas outras experiências com a GetYourGuide. A empresa, presente nos principais destinos, oferece vantagens como a garantia do menor preço e a possibilidade de reserva online antecipada, garantindo seus bilhetes antes da viagem.

Reservando com nossos parceiros, além de garantir o menor preço e um serviço de qualidade, você também ajuda a manter o blog e nos motiva a produzir cada vez mais conteúdo.

Galeria de Fotos:

5 Comentários
  1. Ivana

    Olá Fernanda! Suas dicas foram ótimas. Saberia me esclarecer se para chegar no LookOut Level existem elevadores sem ser panorâmicos? Obrigada

    • Fernanda Rangel

      Oi, Ivana!
      Eu que agradeço o elogio!
      Não. Todos são panorâmicos. Mas também não é todo de vidro, como vemos em alguns lugares. A porta do elevador tem um janelão, mas as laterais são fechadas. Quem tem tem um pouco de medo, basta fechar os olhos, pois a subida é muita rápida. Piscou, já tá lá em cima.
      Abs

  2. Wagner

    Olá Fernanda! Uma dúvida, qual é o valor adicional para o SkyPod? Vou comprar o CityPass que não inclui essa opção.
    Obrigado!

Totos os direitos reservados